logo Melhores Destinos

Tábua de maré: não planeje sua viagem ao litoral antes de ler isso!

Camille Panzera
Camille Panzera
01/02/2021 às 13:05

Tábua de maré: não planeje sua viagem ao litoral antes de ler isso!

A tabua de maré (ou tábua das marés) é fundamental para quem está planejando uma viagem ao litoral – especialmente para a região Nordeste do Brasil! Quem vive nas cidades praianas provavelmente está familiarizado com o tema e sua importância ao realizar uma viagem, mas para quem desconhece o assunto, consultar a tábua de maré é a forma mais segura de garantir seus passeios a piscinas naturais e aproveitar as melhores praias do Brasil!  Se você já esteve no Nordeste, deve se lembrar que viajar no período correto da maré faz toda a diferença para curtir a viagem. Hoje, então, vamos te mostrar como funciona a tábua de maré e te ajudar a identificar quando viajar para o destino que você deseja!

O que é a tábua de maré — porque é tão importante?

As marés são as alterações no nível do mar. Elas são influenciadas pela força gravitacional do Sol e principalmente da Lua: à medida que o movimento entre a Terra, Sol e Lua acontece, a movimentação do mar varia, fazendo com que o nível da água do mar desça ou suba acima do seu nível regular.

Os pontos extremos desse movimento são a maré cheia (ou maré alta), quando a água visivelmente atinge seu nível mais alto e parece levar mais água para a terra, e a maré baixa (ou maré seca), em que a água atinge seu nível mais baixo, quando temos a impressão de que a água do mar foi retraída em direção ao oceano. É justamente no período de maré baixa, ou seja, quando o nível do mar está mais retraído e seco, que as piscinas naturais ficam em evidência e, portanto, melhores para aproveitar muitas das praias do litoral brasileiro.

tabua de maré maceio

Maceió

A primeira coisa importante a saber é que esse processo é cíclico: a maré se enche por cerca de 6 horas, até que ela atinge seu ponto mais alto. Após chegar ao ápice, ela começa a descer e, em torno de 6 horas depois, atinge seu ponto mais baixo. Esse ciclo da maré subindo e descendo acontece o tempo inteiro, em turnos de aproximadamente 6 em 6 horas.

Mais uma coisa que muitos desconhecem: os horários da maré baixa e da maré alta variam diariamente. É comum ouvir pessoas dizendo que sempre é melhor fazer tal passeio pela manhã ou de tarde, o que não é verdade, já que não há um horário fixo para a maré baixa. Na verdade, a maré sobe e desce duas vezes ao longo de um dia e os horários do ponto máximo da maré cheia e do ponto mínimo da maré baixa também mudam diariamente.

Para aproveitar a melhor maré, também é importante estar atento às fases da lua. No período de lua cheia e de lua nova encontramos as marés mais baixas, portanto essa é a melhor época para viajar para várias cidades do Nordeste, como Porto de Galinhas, Maceió, Maragogi e João Pessoa.

Já nas luas minguante e nova, a maré não sobe nem desce muito, e é o que se chama de maré morta e não é tão legal assim. Mas mesmos nesses casos é importante consultar a tábua de maré para saber o horário em que o nível do mar estará mais baixo.

Como funciona a tábua de maré?

A tábua de maré é uma tabela disponível no site da Marinha, que mostra os dados referentes a essa movimentação que a maré sofre ao longo dia. Os números da tábua de maré mudam de acordo com a cidade e o dia, então tenha sempre em mente que quando você for viajar para um lugar, deverá procurar os dados desse destino específico que vai visitar.

Para conferir os dados da tábua de maré você deverá primeiro escolher o porto mais próximo do destino que irá e o mês da viagem. Em seguida, consulte a tabela, que traz os horários em que ocorrerão o pico da maré alta e da maré baixa dia a dia, assim como a altura do mar nesse horário. Olhando a imagem abaixo ficará mais fácil entender:

tabua de maré dicas

Imagem do site climatempo.com.br

Essa é a tábua de maré de 9 dias em Maceió – Alagoas, no mês de agosto. Os valores mais altos indicam a hora que ocorrerá o ápice da maré alta e os valores mais baixos indicam quando a maré estará mais seca.

O cenário ideal para um mergulho ou passeio às piscinas naturais é quando a maré está próxima de 0.0 durante o dia. Quanto mais próxima de 0.0 estiver a maré, melhor para o seu passeio!

A maioria das empresas de turismo acompanha esses horários e marca os passeios no momento ideal, mas é bom ficar atento a isso, especialmente para escolher o melhor dia para fazer o passeio durante a viagem ou para quando for visitar alguma praia por conta própria.

Ao observar a imagem, você perceberá que a altura das marés vai caindo com o passar dos dias, assim como o horário em que a maré atinge seu ápice. No dia 20/08, às 10h36, a maré atinge seu ponto mais baixo — o que seria um momento excelente para realizar um passeio às piscinas naturais. Pensando nisso, você poderia, por exemplo, se programar para chegar às piscinas naturais 1h antes do ápice da maré baixa, voltando à terra firme 1 hora depois. Dessa maneira, você conseguiria desfrutar das piscinas naturais em sua forma mais bonita!

tabua de maré dicas viagem

Maragogi, Alagoas

Depois de atingir o ápice da maré baixa no dia 20/08, a maré vai subindo nos próximos dias: no dia 21 é ligeiramente mais alta, no dia 22 também vai subindo e assim consecutivamente. Observando a imagem, você verá até que em alguns momentos a maré está negativa, um cenário ainda melhor para esse tipo de atividade no mar, mas que seria mais propício que ocorresse durante o dia.

Concluindo, então, procure sempre consultar a tábua de maré para a cidade que você pretende ir e no mês que pretende viajar. Veja quando a maré estará próxima de 0.0 e assim escolha as melhores datas para tirar férias. Marés de nível 0.1, 0.2 e 0.3 também são baixas e boas para passeios, mas marés 0.6 já não são muito legais para conhecer piscinas naturais.

Além do site da Marinha, você também pode consultar a tábua de marés em sites como Clima Tempo e WindGuru.

Tábua de maré – Maragogi

Maragogi é um destino em que viajar na maré baixa faz total diferença e que tem um cenário completamente diferente entre a maré baixa e maré alta. As piscinas naturais da cidade ficam lindas no período de maré baixa e nessa época também dá para admirar o banco de areia que fica na praia de Barra Grande, conhecido como Caminho de Moisés — é maravilhoso! Todo o litoral da cidade fica bonito nessa época, com o mar bem retraído!

Como Maragogi não tem porto, você pode se basear nos dados do Porto de Maceió – Alagoas, no site da Marinha do Brasil. Antes de marcar seu passeio para as piscinas naturais da cidade, confira o horário em que ocorrerá o pico da maré baixa e chegue no local uma hora antes. Leve também em consideração o tempo de deslocamento até as piscinas, que pode ser diferente fazendo o trajeto em lancha ou catamarã.

tabua de mare

Tábua de maré – Maceió

Maceió foi nosso destino de exemplo aqui na matéria e é mesmo essencial consultar a maré antes de fazer seus passeios na cidade. Você pode consultar a Tábua de Marés olhando no site da Marinha os dados do porto de Maceió. Para fazer o passeio de jangada às piscinas naturais de Pajuçara, curtir a Praia do Francês e a Praia do Gunga, vá sempre na maré baixa!

Tábua de maré – Porto de Galinhas

Porto de Galinhas é um destino muito conhecido entre os brasileiros, onde muitas pessoas aprendem a ver a tábua de maré, já que várias pousadas e hotéis disponibilizam seus dados na recepção para facilitar o agendamento de passeios. Se Porto de Galinhas é o seu destino, você poderá consultar no site da Marinha a Tábua de Maré do Porto de Suape, a cerca de 20 km de distância da vila. Além do passeio às piscinas naturais, a maré baixa é o monumento perfeito para curtir a praia de Muro Alto, que fica parecendo uma lagoa no período de seca da maré, ótima para praticar esportes ou visitá-la com crianças!

tabua de mare maragogi

Maragogi, Alagoas

Tábua de maré – Santos

Para quem viaja a Santos e outras cidades do litoral paulista, é possível consultar a tábua de Maré do Porto de Santos. É uma informação importante para quem deseja conhecer as praias da região porque em dias em que a maré está muito alta, o mar pode tomar a areia da praia e ficar inviável curtir o mar.
Não só uma questão de lazer, é também uma questão de segurança, já que às vezes a maré alta se junta a outras condições meteorológicas e provoca uma ressaca, que pode deixar o mar muito perigoso.

Tábua de Maré – Pipa, RN

Para quem visita Pipa,  Tibau do Sul, Natal e outras cidades do Rio Grande do Norte, saber a tábua de marés é muito importante porque várias praias do estado têm piscinas naturais em alto mar e também em suas praias. Os dados sobre a tábua de marés em Pipa e outros destinos da região você pode chegar no site da Marinha, buscando pelo Porto de Natal.

Tábua de maré – Recife

Assim como outros destinos do litoral nordestino, Recife tem piscinas naturais até em suas praias urbanas, como é o caso de Boa Viagem e você poderá consultar os dados da maré através das informações do Porto de Recife, no site da Marinha. É melhor também que você visite Boa Viagem na época da maré baixa, porque nesse período a água fica protegida pelo arrecife de corais que há na beira do mar e impede que tubarões se aproximem.

tabua de mare

Tábua de maré – Fortaleza

Para quem visita Fortaleza, é possível consultar os dados do Porto de Mucuripe, no site da Marinha. Durante a maré baixa, algumas piscinas naturais se formam na Praia do Futuro e esse será um momento também para realizar passeios para as praias do litoral Cearense.

Tábua de maré – João Pessoa

Viajando para João Pessoa você poderá consultar a Tábua de Marés do Porto de Cabedelo no site da Marinha. A maré baixa será fundamental para conhecer as Piscinas Naturais de Picãozinho ou fazer o passeio para a Ilha de Areia Vermelha, já que a ilha é, na verdade, um banco de areia, que aparece durante a maré seca.

tabua de marés praias

Tábua de maré – Salvador

A capital baiana é outro destino que fica lindo na maré baixa porque evidencia suas piscinas naturais. Ondina e Stella Maris são duas praias que ficam mais bonitas nesse período, além de todas as praias de Morro de São Paulo, que recomendamos conhecer no período de maré baixa — as praias da ilha se transformam completamente a depender da maré! Costa do Sauípe e Praia do Forte, onde também há piscinas naturais, também seguem a tábua de Salvador. Procure as informações do Porto de Salvador no site da Marinha do Brasil para saber os melhores dias para realizar passeios na cidade.

Tábua de maré – Porto Seguro

Quem visita Porto Seguro pode consultar a Tábua de Marés do Porto de Ilhéus no site da Marinha do Brasil, que não é tão perto, mas é o porto mais próximo em que a tábua de marés pode ser consultada. A dica da maré baixa é válida principalmente para visitar as piscinas do Recife de Fora, Coroa Vermelha e a Praia do Espelho, uma das praias mais lindas do Nordeste e do Brasil e que fica ainda mais espetacular com a maré certa! Outros destinos do sul da Bahia como a Península de Maraú e Itacaré também ficam bem diferentes no período de maré cheia e baixa.


E você, tem mais dicas sobre a tábua de maré? Divida sua experiência com a gente nos comentários!