O que fazer em Jericoacoara – dicas para aproveitar sua viagem ao paraíso cearense!

Camille Panzera
25/07/2018  ·  13:56Publicado 25 · jul · 2018  ·  13:56Atualizado 13 · jun · 2019

O que fazer em Jericoacoara – dicas para aproveitar sua viagem ao paraíso cearense!

Há muito o que fazer em Jericoacoara, um dos melhores destinos do Ceará e do Brasil! Praias, dunas, boas pousadas e hotéis e um clima maravilhoso atraem cada vez mais turistas a Jericoacoara. Nesse post preparamos um apanhado com todas as dicas para planejar sua viagem e aproveitar o que Jeri tem de melhor!

O que fazer em Jericoacoara

Jijoca de Jericoacoara, mais conhecida apenas por “Jeri”, é um dos destinos nordestinos que se tornou sensação entre os viajantes nas últimas décadas. A vila, localizada a cerca de 300km de Fortaleza, é um lugar pacato, com ruas de areia e cenários bucólicos – ideais para quem quer descansar e renovar as energias! Para conferir todas as dicas da cidade, acesse o Guia de Jericoacoara, no nosso Guia de Destinos!

Escondida entre dunas, lagoas, mangue e o mar, Jeri era uma simples vila de pescadores, um local de difícil acesso e com praticamente nenhuma estrutura. Hoje o cenário simples ainda se faz presente, mas a vila é também mais moderna, tem hotéis e pousadas com excelente estrutura, restaurantes e bares. As ruas permanecem com pouca iluminação, os pés continuam tocando a areia ao caminhar e aquela atmosfera quase familiar de uma cidade interior ainda é o que move e envolve o clima da região, que agrada a tanta gente.

O que fazer em Jericoacoara

Quando ir a Jericoacoara

Jericoacoara é um destino para visitar o ano inteiro. Entre a segunda quinzena de dezembro e o Carnaval a vila tende a ficar com mais turistas, especialmente durante o Réveillon, época bastante cobiçada. No primeiro semestre do ano a quantidade de chuvas é maior, e são elas que fazem as lagoas da região ficarem cheias – não significa, no entanto, que nessa época chove o dia inteiro, pelo contrário, ainda assim você poderá desfrutar de bons dias de sol e calor.
Já o segundo semestre é mais seco e para quem quer velejar, agosto é o melhor mês, com médias históricas de ventos fortes. Independentemente da época do ano, é bom saber que Jeri é um destino muito frequentado em fins de semana e feriados, então, nesses períodos, procure não deixar para fazer a reserva de sua pousada em cima da hora!

Clima em Jericoacoara mês a mês – Informações do site ClimaTempo

 

Como chegar a Jericoacoara

A logística para chegar a Jeri não é das mais simples, mas já foi bastante pior. Atualmente há um aeroporto regional em Cruz, a 30 km de Jericoacoara que opera voos da Azul e há também a possibilidade de ir até o Aeroporto de Fortaleza e então seguir de carro ou ônibus até Jeri.


Caso opte por chegar no aeroporto da capital cearense, a sugestão que dou é procurar um transfer compartilhado que faça esse trajeto adicional até a vila – são vários motoristas oferecendo esse serviço, com a vantagem de serem pessoas mais experientes em atravessar a área de dunas do caminho até Jericoacoara. Se você não tem experiência em dirigir na areia, recomendo cuidado ao realizar esse trajeto em veículo próprio, pois não é raro veículos atolarem.

Não é possível circular com carro dentro de Jeri, todos eles devem ser deixados em um estacionamento nas redondezas da vila.

O que fazer em Jericoacoara

Jeri fica localizada na frente do mar e é a praia uma de suas principais atrações. As lagoas, formadas pelas chuvas e que têm águas cristalinas também são destaques da região. Passeios que levam ao lado leste e oeste da vila permitem conhecer toda a redondeza com facilidade. Veja abaixo as principais atrações de Jericoacoara:

Praia de Jeri – Ela é a principal praia da vila, usada por praticantes de Wind surf para aprender ou treinar o esporte. À frente do mar estão alguns hotéis, restaurantes e bares que durante a tarde oferecem um visual lindo para o pôr do sol. A praia de Jeri costuma ter um mar calmo e seu visual muda bastante com o subir e descer da maré.

Praia da Malhada – A Malhada é uma praia pouco frequentada de Jeri, mas que fica pertinho da vila, na direção leste do litoral. É ideal para quem procura um local tranquilo para curtir o mar e com fácil acesso a pé. Essa praia é utilizada por praticantes de kitesurfe e não tem nenhum comércio ou vendedores ambulantes.

Duna do Pôr do Sol – A querida duna, um dos símbolos de Jericoacoara, é a grande atração da vila no fim de tarde. Quando o sol vai se aproximando do mar, uma legião de pessoas vai fazendo o caminho até o alto da duna para apreciar o sol. O programa é clichê mas é maravilhoso! Não deixe de ir!

Pedra Furada – Cartão postal de Jericoacoara, a Pedra Furada é uma atração muito boita e que rende belas fotos. A pedra com uma fenda no meio fica na beira do mar, e em um determinado período do sol o pôr do sol ocorre “dentro” da pedra. A dica é ir andando de Jeri até a Pedra furada pelo mar, no período de maré baixa – a caminhada é linda, com praias pouco movimentadas e pedras diferentes.

Lagoa do Paraíso  – Localizada no município de Jijoca de Jericoacoara, a Lagoa do Paraíso é uma das principais atrações da região e que você não deve perder. É uma lagoa de águas cristalinas, com tons de azul e verde. Ao longo de sua extensão estão alguns estabelecimentos, entre eles o Alchymist, um club que tem uma estrutura excelente e boa comida. Vários dos estabelecimentos que ficam na lagoa colocam redes para os visitantes aproveitarem – assim você curte a lagoa e descansa ao mesmo tempo, uma delícia de lugar! Para quem quer curtir a lagoa de verdade, recomendo passar todo o dia todo no local, que dependendo do seu gosto, pode ser tão bom quanto passar o dia na praia (ou ainda melhor). Geralmente as pessoas visitam a Lagoa durante o passeio pelo litoral leste, mas o tempo acaba sendo restrito e a permanência na lagoa por pouco tempo. No centrinho da vila você encontra transportes que levam pessoas para passar o dia na lagoa e depois retornam para buscá-las.

Mangue Seco – A região do mangue localizada às margens do Rio Guriú, onde também é feito um passeio para observar cavalos marinhos. O cenário do mangue com árvores de raízes tortuosas é diferente e muito bonito. Alguns pequenos estabelecimentos da região colocam ali balanços e redes para os turistas, que levam para casa belas fotos como presente.

Passeio pelo litoral leste – O passeio de buggy pelo Litoral Leste de Jericoacoara faz um trajeto que passa pela árvore da preguiça – uma árvore com galhos “deitados” devido aos ventos fortes de Jericoacoara -, pela Lagoa Azul, pela Lagoa do Paraíso e uma parada opcional em Pedra Furada. É um passeio bem popular e que leva às principais atrações da região – não deixe de fazê-lo.

Passeio pelo litoral oeste – (Mangue Seco e Tatajuba) O passeio é bastante completo e através dele você pode conhecer um viveiro natural de cavalos marinhos, atravessar o Rio Guriú de balsa, fazer uma parada no Mangue Seco, atravessar dunas de areia, descer em um “tobogã” improvisado colocado nas dunas e curtir algumas horas da Lagoa da Tatajuba, que tem restaurantes ao seu redor, com mesas e redes na água. A atividade pode ser feita em buggy ou caminhonetes compartilhadas com outros visitantes.

Dica: Jeri não é um destino muito grande… com 2 ou 3 dias você consegue aproveitar boa parte do que a vila oferece. Sugiro apenas reservar um tempo para relaxar, curtir a natureza e aproveitar a atmosfera tranquila do lugar.

Para saber antes de ir: 

  – A vila de Jericoacoara é um lugar bastante simples, por isso não espere grandes avanços tecnológicos do lugar. Não há bancos ou caixas eletrônicos na vila e carros não podem circular sem autorização.

–  Em setembro de 2017 a Prefeitura de Jijoca, município do qual Jericoacoara faz parte, passou a cobrar uma Taxa de Turismo no valor de R$5 por dia de permanência por pessoa. Idosos com mais de 60 anos e crianças até 12 anos estão isentos da taxa. O valor pode ser pago previamente pela internet, através do site da Prefeitura de Jijoca ou na chegada à vila.

– Leve roupas leves na mala, faz calor o ano todo em Jeri. Roupa de frio, apenas leve, para se proteger do vento.

– Use e abuse do filtro solar. Como venta muito nessa região muitas vezes as pessoas não sentem o sol queimando.

– Cartões de crédito são amplamente aceitos nos restaurantes e lojas.

Onde comer em Jericoacoara

Jeri tem bons restaurantes, vários deles seguindo uma decoração rústica, típica do lugar. Para jantar em um lugar com comidas gostosas e pratos bem servidos, sugiro o Na Casa Dela, com gostinho de comida nordestina caseira. Para petiscar e tomar uma bebida, uma dica é o Freddysimo, e se quiser comer em um ambiente bem diferente, com pratos refinados, o Tamarindo é uma boa opção. Para uma refeição econômica, o Cantinho da Tapioca é uma boa pedida, e para sorvetes vá ao Gelato e Grano.

Pousadas e hotéis em Jericoacoara

Os mais variados tipos de acomodação estão presentes na vila, desde singelas e pequenas pousadas a luxuosos hotéis. Tudo depende do que você está disposto a pagar e receber. Algumas acomodações estão instaladas na beira da praia, outras ficam em ruas internas – mas no geral tudo é muito perto e acessível com pequenas caminhadas.

Uma pousada simpática, pequenina e muito bem localizada é a Baobá, ideal para quem procura algo econômico. Se você quiser uma pousada com um pouco mais de estrutura, então indico a Pousada Carcará, com ótimo atendimento dos funcionários e uma piscina gostosa para curtir o fim de tarde ou o Hotel Villa Terra Viva. Para quem prefere algo mais luxuoso, boas opções são o My Blue Hotel, com uma ótima estrutura na beira da praia ou o Essenza Hotel, que tem maravilhosas piscinas e quartos com piscinas privadas.

Para mais dicas de hotéis e pousadas em Jericoacoara, acesse um post completo sobre o tema!

E você? Já esteve em Jericoacoara? Conte pra gente o que achou da viagens e suas dicas imperdíveis!