Oneworld, a aliança de companhias aéreas da Latam e American Airlines

Rafael Castilho
2/09/2019  ·  4:58Publicado 2 · set · 2019  ·  4:58Atualizado 4 · out · 2019

Oneworld, a aliança de companhias aéreas da Latam e American Airlines

A Oneworld é a menor aliança global em número de companhias e em passageiros transportados entre todas as três, mas a que conta com a maior empresa aérea do mundo – a American Airlines. O grupo transportou em 2018 cerca de 550 milhões de pessoas entre os mais de 1000 aeroportos servidos pelas companhias integrantes.

Hoje 13 empresas fazem parte da Oneworld: American Airlines, British Airways, Cathay Pacific, Finnair, Iberia, Japan Airlines, Malaysia Airlines, Qantas, Qatar, Royal Jordanian, S7 Airlines e SriLankan. Além da Latam, que surgiu da fusão entre TAM e LAN em 2012 e hoje é a maior companhia aérea da América Latina transportando mais de 60 milhões de passageiros para cerca de 150 destinos em 26 países.

O grupo foi fundado há 20 anos, em 1º de fevereiro de 1999 pelas companhias American Airlines, British Airways, Cathay Pacific e Qantas. Hoje são cerca de 14 mil decolagens pelo mundo, 3,5 mil aeronaves e receitas anuais de US$ 135 bilhões.

No ano que vem a Oneworld crescerá com a chegada da Royal Air Maroc, o primeiro membro pleno do continente africano no grupo. Hoje a Royal Air Maroc transporta mais de sete milhões de passageiros nas suas 55 aeronaves com hub em Casablanca, de onde sai os voos para São Paulo. São 94 destinos em 49 países da África, América do Sul e do Norte, Europa e Oriente Médio.

Maiores companhias da Oneworld

A American Airlines é a maior companhia do mundo em número de aeronaves com 968 aviões em operação atualmente. São mais de 20 modelos diferentes, entre Boeing, Embraer, Douglas, Airbus e Fokker. Fundada em abril de 1926 para o transporte de correspondências nos Estados Unidos, a empresa passou a focar no transporte de passageiros em 1934. Hoje conta como principais hubs: Dallas, Charlotte, Los Angeles, Miami, Chicago e Nova York. Se levarmos em conta as operações das empresas regionais do grupo, o número de aeronaves ultrapassa as 1.700. São mais de 200 milhões de passageiros transportados por ano voando para 350 destinos em mais de 50 países.

A British Airways aparece em segundo na aliança que ela ajudou a fundar. Criada em 1974, a British Airways hoje conta com 267 aeronaves e voa para 250 destinos. Em 2018 transportou cerca de 47 milhões de passageiros. É dela a rota mais rentável do mundo. A British arrecadou, entre abril 2018 e março 2019, US$ 1,16 bilhão com o percurso entre Londres e Nova York, uma média de US$ 27.159 por hora de voo.

A Qatar Airways entrou para a aliança em 2013. Escolhida neste ano como a melhor companhia do mundo pelo Prêmio Skytrax, a empresa do Oriente Médio tem como hub a capital Dora e conta com uma frota de 227 aeronaves voando para 200 destinos em cerca de 100 países. Tem como destaque o serviço de qualidade e classe executiva. Conheça como é voar na premiadíssima Classe Executiva da Qatar.

Connect Member

Em comemoração aos 20 da Oneworld, a aliança lançou esta nova modalidade de afiliação. A primeira companhia a fazer parte como Connect Member foi a Fiji Airways. Diferente de um membro pleno, por enquanto somente os frequentadores frequentes da British Airways, American Airlines e Cathay Pacific pontuarão quando voarem com a Fiji. Já todos os membros Sapphire e Emerald de qualquer companhia tem embarque e check-in prioritários viajando com a Fiji Airways.

Como acumular milhas

A Oneworld não oferece o seu próprio programa de passageiro frequente.  Para acumular milhas e trocar por passagens é preciso se inscrever em um dos programas participantes. A vantagem é que você pode se inscrever na sua companhia aérea favorita e acumular milhas voando em qualquer uma das empresas parceiras. Você também pode usar os pontos do seu programa para emitir passagens em outras companhias da aliança, o que amplia muito a possibilidade de utilização das milhas acumuladas. Mas vale destacar que não são todas as tarifas que pontuam milhas. Fique atento na aquisição da passagem.

Sempre é importante inserir o seu número de passageiro frequente durante o preenchimento dos dados para check-in em qualquer companhia filiada à Oneworld.

No Brasil, a Latam é a companhia mais frequente entre os usuários da Oneworld no país. Ao voar pela empresa ou nas parceiras da aliança você acumula pontos no programa Multiplus ou no Latam Pass, nos países da América Latina. Quanto mais milhas acumuladas melhor ficará seu status e benefícios em futuras viagens. Ao atingir o status Gold Latam você já começa a ganhar facilidades nas próximas viagens com as companhias parceiras da aliança. Veja na tabela abaixo o status Oneworld com o programa de viajante frequente da Latam.

Status Ruby, Sapphire e Emerald Onewold

Apesar de não ter seu programa independente, todo o grupo Oneworld é conectado e assim o passageiro também pode obter status Ruby, Sapphire e Emerald da aliança, mantendo boa parte dos benefícios ao voar com qualquer empresa membro.

O status mais baixo é o Ruby que dá ao passageiro check-in, lista de espera e reserva de assentos preferenciais. Já o Sapphire agrega os benefícios anteriores ao embarque preferencial, bagagem adicional sem custo e acesso às salas VIPs para Classe Executiva.

O top é o Emerald, para os passageiros muito viajados. Além das mesmas facilidades do Sapphire, este cliente tem acesso as salas VIP da Primeira Classe e passagem rápida em vistorias de segurança em alguns aeroportos pelo mundo.

Salas VIP Oneworld

A aliança Oneworld conta com mais de 650 salas VIP das companhias aéreas parceiras em todo o mundo. No aniversário de 20 anos foi anunciado que a Oneworld inaugurará em breve a primeira sala VIP do grupo.

No Brasil a Latam e American Airlines, integrantes da Oneworld, contam com sala VIP nos aeroportos de São Paulo e Rio de Janeiro. Conheça um pouco da sala Latam e a da American Airlines em Guarulhos.

Encontre aqui uma sala VIP Oneworld pelo mundo.

Volta ao mundo com a Oneworld

No site da Oneworld é possível reservar a sua viagem de volta ao mundo com as empresas parceiras da aliança e escolher entre mais de 1000 destinos. Para agendar há alguns requisitos básicos:

– a viagem deve começar e terminar na mesma cidade;

– a reserva deve ocorrer oito dias antes da primeira partida;

– a viagem deve durar no mínimo 10 dias e no máximo 12 meses;

– a viagem deve incluir no mínimo três continentes;

– no máximo pode ter 16 paradas;

– a viagem deve ser para uma única direção: leste ou oeste;

– só pode cruzar o Oceano Pacífico e o Atlântico uma única vez.

O sistema para montar a sua viagem de volta ao mundo é bem didático e fácil de operar. Primeiramente você escolherá o ponto de partida e os destinos. Depois as datas e por fim o pagamento. As passagens Oneworld Explorer acumulam milhas e podem ser alteradas. Reserve sua viagem de volta ao mundo Oneworld.

A Oneworld também oferece mais dois tipos de viagem com vários destinos: Circle Pacific (para explorar Camboja, China, Hong Kong, Indonésia, Japão, Coreia, Malásia, Filipinas, Singapura, Taiwan, Tailândia, Vietnã, Austrália, Nova Zelândia, EUA e Canadá) e Global Explorer (conta com mais companhias aéreas parceiras e mais possibilidades de destinos, além da reserva ser feita por número de milhas a serem viajadas 26 mil, 29 mil, 34 mil ou 39 mil). Estas duas modalidades de viagens devem ser reservadas nas empresas aéreas e não no site da Oneworld.