logo Melhores Destinos

Rappi vai lançar cartão de crédito metalizado com maior cashback do Brasil

Daniel Gadelha
Daniel Gadelha
07/01/2021 às 11:00

Rappi vai lançar cartão de crédito metalizado com maior cashback do Brasil

2021 começa com a expectativa de um novo cartão de crédito premium no mercado. O RappiBank, empresa de serviços financeiros do aplicativo de entregas Rappi, vai lançar muito em breve dois cartões em parceria com a bandeira Visa nas variantes Infinite e Gold. Os produtos oferecerão dinheiro de volta em todas a compras, benefícios em viagem e, no caso do Infinite, o cartão será metalizado. Saiba mais sobre os novos cartões Rappi!

Cartão de crédito Rappi Visa Infinite

O cartão será fabricado em material metalizado e irá oferecer 5% de cashback em compras feitas no aplicativo e 2% nas demais despesas. Será o maior percentual entre todos os cartões no país.  O produto contará com todos os benefícios de viagem Visa Infinite, inclusive associação gratuita ao programa de salas VIP em aeroportos LoungeKey os acessos, no entanto, terão a cobrança da taxa de visita – o que, na prática, faz com que não compense seu uso.

Pelo menos em um primeiro momento, não será possível solicitar cartões adicionais.

Cartão Rappi

A anuidade vai ser no valor de R$ 1.080 e, pelo menos por enquanto, não haverá nenhuma política para que o cliente fique livre da cobrança, como o estabelecimento de metas mensais de gastos. Sendo assim, vale conferir nossas dicas para não pagar anuidade de cartão de crédito.

Como não oferece acessos grátis à salas VIP LoungeKey e uma política clara para isenção de anuidade, o Rappi Visa Infinite será menos atrativo que outros cartões do mercado como, por exemplo, o C6 Bank Carbon Mastercard Black que oferece quatro acessos LoungeKey, cobra anuidade semelhante e ainda oferece isenção para quem tiver gastos mensais de pelo menos R$ 8 mil.

Por outro lado, para quem prefere receber dinheiro de volta na fatura ao invés de acumular pontos e utiliza outros cartões para acessar salas VIP, o cashback oferecido de 3% será o maior do mercado.

Cartão de crédito Rappi Visa Gold

Já os clientes que solicitarem a versão Gold do cartão terão anuidade grátis para sempre. O cashback será de 3% em compras feitas no app e 1% nas demais despesas, o que é um bom percentual por se tratar de um cartão de crédito sem anuidade e que, aparentemente, não haverá cobrança para participar do programa de recompensas. Curioso que, mesmo pertencendo a categoria Gold, o cartão é preto, dando mais charme ao produto.

Como solicitar os cartões de crédito Rappi?

A estimativa é de que os cartões estejam disponíveis para o público em geral a partir de março de 2021. Por hora, só é possível se cadastrar em uma lista de espera. Eu fiz o meu cadastro e fiquei surpreso ao ver que a empresa montou uma espécie de “jogo” em que é possível acumular pontos para melhora a sua posição na fila de espera pelos cartões.

São duas formas de acumular pontos: seguindo as redes sociais da Rappi (Facebook, Twitter, Instagram e LinkedIn) e convidando amigos para também entrarem na lista. O site mostra ainda quantos pontos você já acumulou e os 15 primeiros colocados.

Ambos os cartões irão participar do programa Vai de Visa.

Para entrar na fila de espera do novo cartão, acesse o site e cadastre seu e-mail.


Novos produtos no mercado aumentam a concorrência e são sempre bem-vindos.  Os percentuais de dinheiro de volta oferecidos pelos cartões da Rappi são agressivos se comparados a outros cartões de crédito que oferecem cashback. Nesse período em que o real está desvalorizado, os produtos que oferecem dinheiro de volta se mostram interessantes se comparados aos que atrelam os seus programas de fidelidade ao dólar. A exceção continua sendo o Pão de Açúcar Itaucard que segue oferecendo 1 ponto por real gasto (oremos que continue assim ainda por bastante tempo!).

Mais informações no site do Rappi.

E você, também vai entrar na lista de espera pelo novo cartão Rappi? Comente e participe!

Veja também:

*A matéria foi atualizada em 11 de janeiro de 2021 com informações do presidente da RappiBank no Brasil, João Paulo Félix.