Dicas para não pagar anuidade do cartão de crédito

Daniel Gadelha
Daniel Gadelha
15/06/2020  ·  15:3215 · jun · 2020  ·  15:32

Dicas para não pagar anuidade do cartão de crédito

Nos últimos anos os cartões de crédito se tornaram um dos principais meios de pagamento para os brasileiros. Além da praticidade, ele é uma excelente forma de acumular milhas e pontos para trocar por passagens aéreas e viajar de graça. A maioria dos cartões, contudo, cobra uma tarifa de anuidade que pode custar caro. O que muitas pessoas não sabem é que em muitos casos é possível conseguir a isenção dessa cobrança ou pelo menos conquistar um grande desconto. Neste post você vai saber tudo sobre a anuidade do cartão de crédito e como evitar a tarifa.

O que é a taxa de anuidade cobrada pelos cartões de crédito?

A tarifa de anuidade é uma cobrança feita pela maioria dos bancos para o uso dos seus cartões de crédito. Os bancos alegam que a cobrança do valor é necessária para que o cliente possam continuar usufruindo dos benefícios oferecidos pelo cartão como acúmulo de pontos, acesso a salas VIP e seguros e assistências oferecidas bandeiras.

O Banco Central permite a cobrança da anuidade conforme sua resolução 3919. Nela fica estabelecido que a cobrança pode ser feita a cada ciclo de 12 meses e que deve estar claramente divulgada na tabela geral de tarifas do banco e informada ao cliente no momento da contratação do produto. No caso dos melhores cartões de crédito, a anuidade pode chegar a R$ 1.500! Mas em muitos casos é possível reduzir ou mesmo eliminar totalmente essa taxa, como veremos a seguir.

Quando a anuidade do cartão de crédito é cobrada?

A cobrança é feita a cada ciclo de 12 meses. É comum que os bancos ofereçam parcelamento da tarifa em até doze parcelas sem juros. Quando você solicita um cartão de crédito novo, a cobrança é lançada na primeira fatura gerada. Alguns bancos oferecem cartões de crédito com a primeira anuidade grátis.

Quanto custa a anuidade do cartão de crédito?

O valor da tarifa varia muito de acordo com o banco emissor, a bandeira e a categoria. É possível encontrar cartões mais básicos com a anuidade grátis como o Nubank Mastercard Gold mas que não oferece muitos benefícios. Por outro lado, encontramos também no mercado cartões como o American Express The Platinum Card que oferece 2,2 pontos Livelo por dólar gasto, acesso a salas VIP, status em rede de hotéis e outros benefícios cobrando R$ 1.500 de anuidade por ano.

Mas isso não quer dizer que para ter um cartão de crédito para acumular milhas e viajar você precise gastar uma pequena fortuna com anuidade todos os anos. Vamos apresentar dicas para que você consiga ficar isento da cobrança ou pelo menos conseguir um bom desconto.

Como conseguir a isenção da anuidade do cartão de crédito

Não pense que conseguir desconto na anuidade ou ficar isento da cobrança é algo excepcional. Os bancos estão acostumados a receber esse pedido dos seus clientes e já possuem setores específicos para tratar sobre esse assunto. Confira algumas dicas e argumentos para utilizar em sua negociação para ficar livre da tarifa e economizar muito.

A primeira dica é concentrar todos os gastos nos cartões de crédito e pagar as faturas sem atrasos. Ser um cliente com altos gastos e que não é inadimplente com o banco é o primeiro passo na negociação da anuidade. Não menospreze o seu poder de gasto, ele é mais valioso para o banco do que você imagina. Esse será o seu primeiro argumento na negociação.

A maioria dos bancos estão sempre prospectando novos clientes. Se o seu banco não oferecer uma boa negociação na anuidade, considere trocá-lo. Quem nunca recebeu ligações de atendentes oferecendo diferentes produtos bancários, dentre eles, cartões de crédito? Constantemente os bancos promovem campanhas oferecendo até dois anos de anuidade grátis e pontos bônus para novos clientes. Por que pagar anuidade para o banco X quando o banco Y lhe recebe de “braços abertos” e sem anuidade? Lembre-se dos bancos que já lhe ligaram oferecendo cartões novos e você recusou. Esse será seu segundo argumento.

Verifique se o cartão atual perdeu algum benefício recentemente como: deixou de oferecer acesso a salas VIP ou reduziu a quantidade de pontos oferecida por dólar. Uma redução nos benefícios será um bom argumento na sua negociação. Caso você tenha tentado utilizar alguma vantagem do cartão e não conseguiu, não esqueça de mencionar ao atendente.

Anuidade do cartão de crédito

Como negociar a anuidade do cartão de crédito?

Munido dos argumentos e dicas que apresentamos, entre em contato com a central de atendimento do seu cartão. Geralmente o telefone da central aparece no verso do cartão. Verifique se nas opções do atendimento eletrônico é oferecida a opção para falar de anuidade e escolha essa alternativa. Se não, escolha a opção de falar com um atendente.

Quando o atendente atender, permaneça calmo. Informe que você está ligando para pedir a isenção da anuidade. Raramente você terá seu pedido aceito logo de cara, mas é uma possibilidade. Nesse momento o atendente irá começar a falar sobre os benefícios do cartão para tentar justificar a cobrança. Deixe que ele faça isso, faz parte do trabalho dele. Seja sempre educado e respeitoso mas permaneça convicto de merece a isenção da anuidade.

Caso ele não faça uma primeira oferta, comece a utilizar seus argumentos. Utilize um argumento de cada vez e veja qual será a proposta do atendente para cada uma delas. Geralmente os descontos oferecidos começam em 25%, que é um desconto muito baixo. Não aceite e insista que você quer a isenção e que estaria disposto a cancelar o cartão.

Alguns bancos oferecem a opção de isentar a anuidade utilizando pontos do seu programa de fidelidade. Recuse pois geralmente é um mal negócio. Continue insistindo para que o banco lhe conceda a isenção.

Anuidade do cartão de crédito

Caso o atendente não conceda a isenção e esteja irredutível, peça para falar com o supervisor e recomece a negociação apresentando os argumentos iniciais.

Ao final da negociação, é difícil que não tenha conseguido a isenção. É bom saber que se você já tiver pago alguma parcela da anuidade, ela pode ser estornada. Se o atendente lhe informar que não é possível, insista!

E seu eu não conseguir a anuidade grátis?

Caso você não consiga a isenção mesmo tendo seguido todas as dicas, você terá três opções:

1. Pense a respeito: Diga ao funcionário que você vai pensar na proposta que lhe foi feita e ligar no dia seguinte. Você pode ligar logo em seguida e, muito provavelmente, será atendido por outra pessoa que talvez esteja mais disposto a ajudá-lo;

2. Aceite a melhor proposta: Caso goste do cartão e não queira cancelá-lo, quando o atendente questionar se deseja mesmo cancelar seu cartão, diga que aceita a melhor proposta que tenha sido oferecida, por exemplo, de 75% de desconto. No mês seguinte, ligue novamente e tente isentar os 25% restantes!

3. Cancelar o cartão: Tome essa decisão se já tem outra opção de cartão isento de anuidade ou não faz tanta questão daquele cartão, mas lembre-se de que a decisão deve ser racional. Caso você deseje voltar a ter o mesmo cartão, terá que preencher uma nova proposta e a aprovação dependerá de aprovação do banco. É importante utilizar eventuais pontos que você tenha no programa daquele cartão antes de solicitar o cancelamento. Não se apegue ao cartão, o mercado oferece muitas opções de cartões com política clara de isenção de anuidade e que pontuam até 2,2 pontos por dólar.

Cartões de crédito sem anuidade 

Para ficar livre para sempre da temida anuidade dos cartões de crédito, os consumidores podem optar por aderir à um cartão sem a cobrança. Os bancos logo perceberam que uma parcela dos seus clientes era muito sensível a tarifa. Pensando nesse mercado, surgiram diversos cartões isentos da taxa como Nubank, Banco Inter e Digio.

Como ponto negativo, esses cartões geralmente não possuem programas de fidelidade ou oferecem a ferramenta mediante a cobrança de uma taxa. O Nubank Mastercard, por exemplo, cobra uma mensalidade para que o cliente acumule pontos no seu programa, o Nubank Rewards.

Cartões de crédito sem anuidade mediante gastos

Além dos cartões de crédito que não possuem anuidade, vem crescendo no mercado uma variedade de cartões que oferecem regras claras para o cliente conquistar a isenção da tarifa sem precisar ligar na central de atendimento e negociar. Esses cartões estabelecem faixas de gastos mensais para oferecer desconto progressivo ou até ficar livre da cobrança. Já outros bancos requerem que o cliente pertença a determinados segmentos do banco para oferecer descontos ou isenção da anuidade.

Analise as opções disponíveis conforme o seu perfil de gastos. É bem mais interessante ter um cartão que ofereça vantagens como acúmulo de pontos e que permita isentar a anuidade mantendo o volume de gastos que você já tem todos os meses do que solicitar um cartão sem anuidade que não oferece benefícios. As opções de cartões que oferecem a isenção da tarifa mediante gastos variam dos mais simples com poucos benefícios até os mais sofisticados.

Conclusão

Não se apegue ao seu cartão de crédito, ao contrário do que o marketing dos bancos quer atribuir, não o veja como uma fonte de status ou diferenciação, é apenas mais uma forma de pagamento.

Depois que você conseguir a primeira isenção, nos anos seguintes, essa conquista será mais um argumento a seu favor. Diga ao atendente que no ciclo anterior você recebeu a isenção e que deseja permanecer isento para continuar utilizando o cartão.

Você já negociou a anuidade do seu cartão de crédito? Usou algum argumento que não citamos? Compartilhe sua estratégia nos comentários! Se você ainda não negociou, faça isso e deixe um comentário contando a sua experiência.

Veja também: