logo Melhores Destinos

O que fazer no Porto: 53 dicas da capital do norte de Portugal

Bruna Scirea
Bruna Scirea
26/11/2020 às 4:55

O que fazer no Porto: 53 dicas da capital do norte de Portugal

O Porto é a capital do norte de Portugal e também vice-campeã em número de turistas, ficando atrás somente da capital Lisboa. O Porto tem um charme diferente, com nevoeiros pela manhã, espetaculares finais de tarde às margens do Rio Douro e ruas coloridas, com casas azulejadas, que deixam qualquer passeio a pé pelo centro histórico ainda mais prazeroso.

Uma cidade vibrante, que está a todo momento sendo modernizada e já conta com inúmeras lojas de design, museus de arte moderna e restaurantes premiados – onde a boa pedida é se deliciar com frutos do mar ou pratos típicos do norte português, sempre na companhia de um bom vinho do Porto.

O que fazer no Porto

Não tem como passar por Portugal sem conhecer a “Invicta”, como carinhosamente a cidade é chamada pelos portuenses. Neste post, resumimos tudo o que você tem que saber para planejar uma viagem incrível para o Porto. E se ainda não garantiu as passagens para Portugal, confira nossa página especial com os melhores preços!

Pontos turísticos do Porto, Portugal

1. Torre dos Clérigos

Uma das melhores vistas de toda a cidade está no topo da Torre dos Clérigos, um dos mais importantes pontos turísticos do Porto. A construção de mais de 75 metros de comprimento ficou pronta em 1763 para ser uma torre sineira, mas ao longos da história acabou orientando navegadores e também serviu como ponto estratégico para combates militares. Visitantes devem subir mais de 200 degraus de uma estreita escada para chegar ao topo da torre, mas a recompensa é das melhores: uma vista 360º (com ou sem névoa) sobre as principais atrações do Porto, além do Douro e de Gaia.

porto

Pode até ser cansativo subir as escadarias da Torre dos Clérigos, mas a vista compensa!

2. Livraria Lello

As filas em frente à porta já entregam que a Livraria Lello é um das mais badaladas atrações do Porto. Seu mais de um século de história, a fachada neogótica e o interior de paredes forradas de livros, vitrais e uma bela escadaria sinuosa e vermelha são parte do motivo. Mas o sucesso da Lello entre os turistas tem um motivo a mais: o boato de que ela teria servido de inspiração para alguns cenários clássicos dos filmes de Harry Potter. De fato a autora J. K. Rowling morou na cidade, mas ela declarou que não chegou a conhecer a livraria. De todo modo, a Lello continua linda e vale a visita – e, sim, as escadas realmente são parecidíssimas com  as da escola de bruxaria Hogwarts.

3. Sé do Porto

Em um dos pontos mais altos da cidade, próximo à Ponte Luís I e com vista privilegiada para o Douro, está a Catedral Sé do Porto. Construída no século 12, a Sé tem um extenso largo logo em frente, que por si só já vale a visita: dali é possível ver a beleza da cidade, com telhados avermelhados se esparramando colina abaixo e as casas revestidas dos famosos azulejos azuis, tão característicos do Porto. Mas não deixe de entrar e admirar o interior da Igreja e o seu claustro.

A Sé do Porto fica em um dos pontos mais altos do Porto – e a vista é incrível!

4. Palácio da Bolsa

Classificado como Patrimônio Mundial pela Unesco, o Palácio da Bolsa é uma das mais bonitas e conservadas construções do Porto. Ali, importantes decisões referentes à economia portuguesa foram tomadas ao longo do último século. Hoje, o Palácio da Bolsa é sede da Associação Comercial do Porto. Em visita guiada, conheça todo o rico interior da construção, com mosaicos em madeira e pinturas em ouro.

porto

No Palácio da Bolsa importantes decisões comerciais portuguesas foram tomadas

5. Estação de São Bento

A estação central do Porto é um dos cartões postais da cidade. Concluída em 1915, a construção tem o saguão revestido por mais de 20 mil azulejos, com pinturas que revisitam importantes passagens da história de Portugal. Quem chega ao Porto de trem, provavelmente irá fazer o desembarque na Estação Campana e depois pegar outro comboio até a São Bento, uma chegada em alto estilo!

porto

Estação São Bento, no Porto, é um dos cartões postais da cidade

6. Capela das Almas

Em um passeio pela movimentada Rua de Santa Catarina certamente você se surpreenderá quando, em uma das esquinas, ver uma belíssima capela, revestida em mais de 16 mil azulejos azuis, com imagens de São Francisco e de Santa Catarina. É a Capela das Almas, sem dúvida uma das joias do Porto.

porto

Capela das Almas, na Rua Santa Catarina, é uma das mais belas do Porto

7. Igreja de São Francisco

A discreta fachada gótica esconde um interior pomposo. Na Igreja de São Francisco, as três naves são revestidas com talha dourada, um trabalho que dizem ter utilizado até 300 kg de folha do precioso metal. Na visita à igreja não deixe de percorrer o subsolo, onde está o cemitério catacumbal, que reúne jazigos de irmãos da Ordem e de nobres famílias do Porto.

porto

Riquíssimo interior da Igreja São Francisco, revestida com folhas de ouro

8. Igreja de Santo Ildefonso

Outra belíssima igreja do Porto, revestida de azulejos azuis, é a Igreja de Santo Ildefonso. A visita ao interior da igreja vale a pena, mas um simples passagem pelo seu entorno já é bastante interessante, já que na praça em frente sempre se reúnem artistas e não raro há grupos de dança.

porto

Igreja de Santo Ildefonso fica próximo à Sé do Porto

9. Igreja do Carmo e Igreja dos Carmelitas

Os mais distraídos que passam em frente à construção pode até achar que trata-se de uma coisa só. Mas, na verdade são duas igrejas coladas uma à outra, com fachadas bem diferentes. Uma é totalmente revestida de azulejos azuis (lindos!) e a outra tem ares mais simples. Entre elas, nem todos sabem, existe ainda um imóvel, a chamada Casa Escondida, que pode ser visitada. A quem interessar possa, na Igreja do Carmo é possível visitar as catacumbas, onde estão restos mortais de irmãos da Ordem do Carmo.

porto

A um olhar desatento, as igrejas do Carmo e dos Carmelitas parecem a mesma construção

10. Mercado do Bolhão

O Bolhão é o mercado centenário onde comerciantes vendem frutas, verduras, peixes, embutidos, queijos e todos os outros produtos que costumamos encontrar nos mercado públicos. Daqueles lugares perfeitos para se conhecer mais da gastronomia e também dos costumes locais.

11. Ponte D. Luís I

Cartão postal dos mais conhecidos, a ponte D. Luís I liga o Porto à Vila Nova de Gaia, do outro lado do Rio Douro. Pelo tabuleiro debaixo, passam carros e a vista para os pedestres é a mais próxima ao rio e aos barcos que navegam por ele. É no tabuleiro de cima, no entanto, que estão as belas vistas sobre o Porto, sobretudo no entardecer, quando a cidade ganha tons dourados.

porto

12. Rua das Flores

A rua que já foi endereço de palacetes de nobres e burgueses é hoje uma das mais tradicionais vias terrestres do Porto, onde se encontram lojas de lembrancinhas, restaurantes, cafés e vários artistas de rua. Em um passeio por lá, fique atento às construções com varandas bem floridas.

13. Rua de Santa Catarina

É na agitada Rua de Santa Catarina, uma espécie de calçadão (assim como é a Rua Augusta, em Lisboa) que estão dezenas e dezenas de lojas de artesanato, roupas, calçados, além de grandes marcas como Fnac e Zara. Nesta que é uma das mais conhecidas vias do Porto, também ficam importantes pontos turísticos da cidade, como a Capela das Almas, o Café Majestic e a Igreja de Santo Ildefonso.

porto

14. Majestic Café

Durante o bate-perna pela Rua Santa Catarina, faça uma parada em um dos mais tradicionais cafés do Porto, o Café Majestic, de 1921. Peça uma rabanada e um cimbalino, como os portuenses chamam a taça de café, e respire o ar Bélle Époque que o estabelecimento conserva até hoje. Ah, esse sim era frequentado pela autora de Harry Potter quando morava na cidade, segundo ela “um dos cafés mais bonitos onde já escreveu“.

porto café masjetic

15. Ribeira

Localizada às margens do Douro, a Ribeira é famosa pelo seu casario colocado, com as construções coladinhas umas às outras. Por ali estão vários restaurantes, bares e lojas de lembrancinhas. Passeie pelo calçadão junto à orla e deixe se encantar com este belíssimo cartão postal do Porto.

porto ribeira

16. Praça da Liberdade

É o coração do Porto, uma de suas maiores e mais movimentadas praças. Construída em 1916, a praça abrigava no seu entorno sedes de bancos, jornais e importantes associações políticas da época. Entre as construções mais bonitas está a da Câmara Municipal e de um McDonald’s, instalado on edifício onde antes era o Café Imperial.

17. Jardim das Oliveiras:

Entre a Torre dos Clérigos e a Livraria Lello está um agradável e belo jardim, ideal para um descanso à sombra ou mesmo um happy hour nos dias mais quentes. No entorno e no próprio jardim, estão vários quiosques de bebidas, além de lojas de roupas e artesanatos. Em uma viagem ao Porto, você certamente irá passar várias vezes em frente ao Jardim das Oliveiras e se surpreender com a beleza do gramado verdinho e do belo paisagismo.

porto jardim oliveiras

18. Jardins do Palácio de Cristal

Embora o palácio tenha sido colocado abaixo em 1951 para dar espaço a um centro de esportes, restaram os belos jardins do seu entorno, projetados pelo paisagista alemão Émille David. Um passeio por lá reserva aos visitantes cenários de filme, com fontes, estátuas e incríveis vistas para o Douro.

19. Fundação Serralves

Amantes das artes e dos espaços modernos têm na Fundação Serralves um excelente passeio. Além de visitar o Museu de Arte Contemporânea, belíssima edificação assinada por Álvaro Siza Vieira, um dos mais importantes arquitetos portugueses, também é possível conhecer a Casa Serralves (o mais notável exemplo do art déco em Portugal) e um encantador parque, que chama para um passeio demorado.

20. Casa da Música

Aos fãs da música, vale a pena ficar ligado na programação da Casa da Música, uma das principais salas de concertos do Porto. O espaço também oferece passeios guiados pela construção, projetada para ter uma acústica perfeita. O restaurante da Casa da Música também é ótimo!

21. Praia de Matosinhos

Matosinhos é o refúgios dos portuenses e visitantes da cidade nos dias mais quentes. Mesmo se o clima não estiver convidativo, vale um passeio pela região para conhecer o Mercado Municipal e os bons restaurantes da região. Por lá estão duas das principais obras do renomado arquiteto português Álvaro Siza Vieira: a Casa de Chá da Boa Nova, onde funciona o estrelado restaurante do chef Rui Paula, e a Piscina das Marés, de águas salgadas. O trajeto mais rápido desde o centro do Porto é de metrô, mas de ônibus (número 500) a viagem é mais bonita!

porto fundação serralves

Caves do Vinho do Porto e atrações em Gaia

Quem vai ao Porto não pode deixar de conhecer a história e experimentar um dos produtos mais emblemáticos da cidade, o vinho do Porto. Mais licorosos, os vinhos do Porto são produzidos no Vale do Douro, armazenados nas caves de Gaia e levam esse nome pelo fato de a partir do século 17 terem sido exportados para todo o mundo, sobretudo para a Inglaterra, a partir da cidade do Porto.

porto gaia vinho do porto

Atravesse a ponte D. Luís I e passe um delicioso dia em Vila Nova de Gaia, logo à frente do Porto. Visite quantas vinícolas puder, passeie pelo calçadão à margem do rio, almoce em um bom restaurante e curta o fim de tarde no Jardim do Morro ou no mirante do Mosteiro da Serra do Pilar.

22. Cave Sandeman

O passeio nas caves da Sandeman é guiado pela misteriosa figura do Sandeman Don, que estampa os rótulos do produtos da marca. Os visitantes percorrem corredores frescos e escuros onde são armazenados barris de vinho do porto desde 1811. Ao fim do percurso, tem a esperada prova dos vinhos – os preços vão variar conforme os tipos de vinho escolhidos para a degustação. A visita à Sandeman é sem dúvida uma das mais populares do Porto em função da boa localização e pelo tour ser realizado em várias línguas. O preços variam entre 13 e 40 euros e é necessário fazer reserva antecipadamente.

23. Caves Calém

Um dos mais populares e informativos passeios nas caves de Gaia é o da Calém, uma das primeiras caves que o visita encontra após atravessa a ponte D. Luís I. O tour é guiado, bastante interativo e tecnológico, com projeções sobre os barris de vinho. Os passeios têm valores partindo de 13 euros por pessoa.

24. Graham’s Port Lodge

A cave de 1890 fica um pouco mais afastada do calçadão de Vila Nova de Gaia, mas as belas vistas da parte mais alta da cidade compensam a visita. O tour pela cave incluí faz um passeio pela história da vinícola e também do vinho do Porto, bem como traz em detalhes todos os processos de produção.

25. Cave Taylor’s Port

Um pouco mais afastado do calçadão de Gaia, mas uma localidade muito bonita, estão as caves da Taylor’s Port, uma das marcas mais famosas de vinho do Porto. Os passeios são audioguiados (então não é preciso marcar horário) e a degustação pode ser feita no belo jardim da propriedade, acompanhado ou não de tábuas de frios. Boa pedida para quem tem mais tempo na região e gosta de incluir momentos agradáveis e de descanso no roteiro. A visita custa 15 euros, com prova de dois vinhos.

26. Caves Ferreira

Outra marca bastante conhecida de vinho do Porto é a Ferreira, que oferece passeio guiado pelo sua cave. Os passeios partem de 14 euros e dão direito à prova de pelo menos dois vinhos da casa. As Caves Ferreira estão localizadas bem no calçadão de Vila Nova de Gaia, próximo ao teleférico.

27. Teleférico de Gaia

Após um dia de visita às caves do vinho do Porto em Vila Nova de Gaia, uma boa pedida é pegar o teleférico do calçadão às margens do Douro até a parte mais alta da cidade, onde estão o Jardim do Morro, o Mosteiro da Serra do Pilar o acesso ao tabuleiro superior da Ponte D. Luís I, três dos melhores lugares para assistir o pôr do sol na cidade. O trecho leva menos de cinco minutos para ser percorrido e custa 6 euros por pessoa.

28. Mosteiro da Serra do Pilar

A construção do início do século 16 abrigava frades agostinhos, mas após a Guerra Civil, na primeira metade do século 19, passou para as propriedades do exército português. Uma visita ao Mosteiro da Serra do Pilar inclui um passeio pelo claustro circular e a subida à cúpula da igreja, de onde a vista para o Douro e o Porto é de tirar o fôlego. Também é possível curtir a bela vista desde o miradouro do mosteiro sem custo algum.

porto mosteiro serra do pilar

29. Jardim do Morro

No topo de Gaia, bem próximo ao tabuleiro superior da Ponte D. Luís I, está um dos pontos mais legais da região para curtir o pôr do sol. No fim da tarde o Jardim do Morro fica cheio de jovens, famílias, turistas e moradores, que dividem o bem cuidado gramado para assistir de camarote ao espetáculo do anoitecer.

pôr do sol douro porto portugal

O pôr do sol pode ser admirado de diversos pontos da cidade, como do topo da ponte D. Luís I

Onde comer no Porto, Portugal

30. Francesinha

Uma vez no Porto, prove a francesinha, a iguaria mais famosa da cidade. Trata-se de um sanduíche com presunto, linguiça, salsicha às vezes até outras carnes (ou nenhuma, na versão vegetariana), coberto com queijo derretido. Por cima, um molho à base de tomate, cerveja e a pimenta piri-piri dá o toque final. Para acompanhar, peça um fino, como é chamado o chopp de 250 ml no Porto. Segundo os portuenses, algumas das melhores francesinhas são servidas no Café Santiago, Confeitaria Cunha, Barcarola Café, Bufete Fase, Capa Negra II, Brasão Cervejaria, Cervejaria Galiza e O Afonso.

francesinha porto portugal

Há versões ainda mais suculentas da francesinha, que levam um ovo frito em cima!

31. Taberna D’Avó

Em um ambiente aconchegante, no centro histórico do Porto, o restaurante Taberna D’Avó serve comida portuguesa com aquele tempero caseiro que poucos estabelecimentos oferecem. É recomendado fazer reserva.

onde comer porto portugal

32. Adega São Nicolau

Bem próximo à Ribeira, escondido em uma travessa, está a Adega São Nicolau, um dos mais tradicionais e disputados restaurantes do Porto. A comida portuguesa de qualidade, o atendimento gentil, a ótima carta de vinhos são alguns dos motivos do sucesso do estabelecimento. Aos que conseguirem um lugarzinho na parte externa, tem ainda mais: uma bela vista garantida para o Douro e Vila Nova de Gaia.

restaurantes porto portugal

33. Casa Guedes

Se você é fanático por lanches, não deixe de provar o sandes (sanduíche) de pernil da Casa Guedes. É de chorar. O pão rústico, o pernil sempre quentinho e suculento, recém-saído do forno, podem ainda ser acompanhados de queijo da Serra Estrela, cremoso que só ele. O ambiente também é uma atração à parte, uma viagem a algumas dezenas de décadas atrás.

34. Tasquinha Zé Povinho

Para uma comidinha despretensiosa, deliciosa e super em conta, vá até o Zé Povinho. Todos os dias são oferecidos cinco menus diferentes, pelo valor de 6 euros. Vem uma entrada, salada, um prato principal, sobremesa e uma bebida. Economia e comida justa!

porto portugal

Bom e barato! Com sorte, na Tasquinha Zé Povinho você consegue até uma mesinha a rua!

35. O Rápido

Pertinho da Estação São Bento, O Rápido serve comidas típicas de Portugal e é bastante frequentado pelos portuenses – ótimo sinal! Peixes, pratos com bacalhau, polvo e até iguarias tradicionais do norte de Portugal, como Tripas à Moda do Porto e língua são alguns dos pedidos mais clássicos por lá!

36. Taberninha do Manel

Em Vila Nova de Gaia, a Taberninha do Manel tem mesas à rua, com vista para o Douro e a ribeira do Porto. A casa serve alguns clássicos da gastronomia portuguesa. Por lá, pedimos pratos com bacalhau e provamos a alheira, linguiça típica do norte de Portugal. Aprovamos!

37. Restaurante Escondidinho

Para provar a gastronomia regional do Porto em um ambiente aconchegantes, com ótimo atendimento e carta de vinhos, a pedida é o Escondidinho. Muitos viajantes dizem terem provado ali o melhor bacalhau de todo Portugal. Vale conferir, não?

38. DOP – Chef Rui Paula

Para uma experiência mais sofisticada, que tal jantar no restaurante de um dos mais reconhecidos chefs portugueses? O DOP, estrelado estabelecimento do chef Rui Paula, fica bem no centro do Porto, próximo ao Palácio da Bolsa. No cardápio, estão pratos com grande variedade de peixes e mariscos, carnes tradicionais, sopas, massas, queijos e saladas.

39. Cantinho do Avillez

Outro restaurante estrelado do Porto é o do chef José Avillez, com sua gastronomia moderna e, ao mesmo tempo, bem portuguesa.

40. O Buraco

Para desfrutar os pratos mais tradicionais do Porto e região, busque O Buraco. Os pratos mais pedidos por lá são As Tripas à Moda do Porto, vitela assada, além de vários outros pratos com peixes e frutos do mar, além de carnes variadas, como de cabrito, porco e embutidos.

41. Casa de Chá da Boa Nova

Agora, se a ideia for transformar a refeição em uma experiência memorável, com vista para o oceano, em uma construção projetada pelo célebre arquiteto português Álvaro Siza e cardápio assinado pelo estrelado chef Rui Paula, o lugar ideal é a Casa de Chá da Boa Nova. Em destaque no restaurante, estão os pratos com peixes e frutos do mar.

42. O Gaveto

Próximo ao Mercado de Matosinhos, está um dos restaurantes mais procurados pelos portuenses quando o assunto é frutos do mar fresquíssimos: O Gaveto! Bom lugar para inovar: que tal provar os percebes, uns crustáceos bem esquisitinhos, mas, dizem, cheios de sabor!

Onde ficar no Porto, Portugal

43. Onde se hospedar no Porto

No Porto boa parte das atrações estão localizadas no Centro Histórico (próximo à Ribeira, Mercado do Bolhão, Avenida dos Aliados e Rua de Santa Catarina) sendo perfeitamente possível se locomover entre os pontos turísticos ao longo do dia. Portanto, hospedar-se por ali é sempre uma boa pedida. Quem busca hotéis mais novos e modernos, com boa infraestrutura e estacionamento, pode concentrar as buscas na região da Avenida Boavista.

onde ficar hotel porto portugal

Pestana Porto Hotel fica na Ribeira, com vista para o Douro e próximo a vários pontos turísticos

44. Hotéis no Porto: algumas sugestões

Alguns dos hotéis em que já nos hospedamos e recomendamos são o Pestana Vintage Porto, My Stay Porto Bolhão, OportoHouse, Moov Hotel Porto Centro, Hotel Premium Porto Downtown, Hotel Dom Henrique Downtown, Porto Palácio, HF Tuela Porto, The Yeatman (em Vila Nova de Gaia) e Hotel Internacional Porto.

Compras no Porto, Portugal

Além da Rua Santa Catarina e da Rua das Flores, que já comentamos acima como atrações turísticas do Porto, há outras regiões que concentram lojas no Porto. Vamos às dicas:

45. Rua Miguel Bombarda

Amantes do design e das artes encontram na Rua Miguel Bombarda grande variedade de lojas modernas e irreverentes, sobretudo no trecho conhecido como Quarteirão das Artes. O Centro Comercial Bombarda também estão lojas vintage, sustentáveis, de cosméticos orgânicos e outras tantas tendências.

compras porto portugal

46. Vila do Conde Outlet

A 50 minutos de trem desde o centro do Porto, o Vila do Conde Outlet reúne lojas de dezenas de marcas internacionais, como Calvin Klein, Nike, Pull & Bear, entre outras.

outlet compras porto portugal

Transporte no Porto

47. Como chegar ao Porto

Desde Lisboa, a maneira mais cômoda de chegar ao Porto é de trem. Os comboios partem várias vezes do dia, tem preços acessíveis e a viagem dura cerca de três horas. Para quem viaja em grupo e pretende visitar cidades menores no caminho, a pedida é alugar um carro. De trem a viagem fica um pouco mais longa, mas a economia é garantida. E também é possível ir de avião. Neste post, comparamos todas as maneiras de ir de Lisboa para o Porto.

48. Como se deslocar no Porto

Se estiver hospedado nas regiões próximas ao Douro, à Baixa (que ironicamente fica em uma parte mais alta da cidade) ou à Avenida dos Aliados, você provavelmente irá utilizar muito pouco o transporte público. Boa parte das atrações do centro histórico e mesmo as caves do outro lado do Douro, em Gaia, podem ser acessadas com agradáveis caminhadas.

Para ir para as regiões da Boavista, Fundação Serralves, Casa da Música, Foz do Douro e praia de Matosinhos, vá de ônibus (1,20 euro). Para ir até o Outlet Vila do Conde, em Modivas, pegue o metrô. Há ainda três linhas para passeios de bondinho no Porto: da Ribeira à Foz do Douro, da zona dos Clérigos para a região do Douro e a linha que passa pela zona dos Clérigos, Avenida dos Aliados, Estação São Bento e Praça da Batalha (próxima à Igreja de Santo Ildefonso).

Passeios próximos ao Porto

49. Coimbra

A uma hora e meia de trem desde o Porto está a cidade universitária de Coimbra. Por lá, as maiores atrações estão nas dependências da universidade, onde se pode visitar museus, bibliotecas, capelas e salas históricas. Mas a cidade também serviu de palco para paixões trágicas, tem ruínas romanas, construções de diversos períodos arquitetônicos, bons restaurantes e doces que só existem lá!

50. Aveiro

Para quem está de carro, uma boa parada entre o Porto e Coimbra é a cidade litorânea de Aveiro. Além da praia, famosa pelas casinhas com listras coloridas, Aveiro encanta com seus canais (é conhecida como a Veneza Portuguesa), construções em Art Déco, bons restaurantes de frutos do mar e passeios bastante agradáveis.

51. Braga

A uma hora de comboio desde o Porto, turistas encontram Braga, a mais antiga cidade portuguesa e um dos principais destinos do norte de Portugal. É um dos principais centros religiosos portugueses, suas praças são floridas e são bons os seus restaurantes. Uma vez em Braga, não deixe de conferir o Santuário do Bom Jesus do Monte.

52. Guimarães

A menos de uma hora e meia de trem desde o Porto, Guimarães é uma simpática cidadezinha, florida e calma, com monumentos medievais, centro histórico pequeno e charmoso, e que conta ainda com museus, bons restaurantes e tradicionais doces conventuais.

53. Vale do Douro

Maior região produtora de vinhos de Portugal, o Vale do Douro é um paraíso para amantes dos tintos, brancos e claro, do vinho do Porto – que é produzido ali e armazenado no Porto. Há trens que partem diariamente do Porto para a Régua, um dos principais vilarejos da região. Mas também é possível chegar à região de carro ou por meio de cruzeiros de um ou mais dias saindo do Porto.


Já esteve no Porto e tem mais dicas? Ou vai viajar e ficou com dúvidas? Participe nos comentários!