logo Melhores Destinos

Braga, em Portugal, é eleita o Melhor Destino Europeu em 2021- saiba tudo sobre a cidade!

Rafael Castilho
Rafael Castilho
11/02/2021 às 10:41

Braga, em Portugal, é eleita o Melhor Destino Europeu em 2021- saiba tudo sobre a cidade!

Braga foi a grande vencedora do Prêmio Melhor Destino Europeu para visitar em 2021. A cidade portuguesa deixou para trás importantes destinos, como Paris, Roma, Viena, Capadócia, e foi eleita com o 109.902 votos dos internautas. Conheça um pouco mais desta milenar cidade no norte de Portugal.

Na edição deste ano, Braga foi o destino favorito dos viajantes do Reino Unido e do Brasil e uma das principais escolhas dos americanos e franceses. Dos cerca 110 mil votos, 72% foram de internautas em território português. O prêmio Melhor Destino Europeu é realizado pela European Best Destinations, organização sediada em Bruxelas e promotora do turismo na Europa. É o maior evento de e-turismo europeu onde eleitores escolhem digitalmente o melhor destino.

Braga atual

Por sua história e localização, a cerca de 30 minutos ao norte do Porto, Braga hoje é uma cidade jovem, cosmopolita e multicultural. Perto de grandes centros econômicos da Europa, com uma educação de qualidade, segurança, bem arborizada e um bom sistema de saúde, hoje é casa de muitos brasileiros. Eu escolhi a cidade para morar com a família e já estou cá há mais de 6 meses. Apesar da pandemia que alterou a rotina, tenho sentido a cada dia a felicidade da boa escolha. Uma cidade calma, acolhedora e com grandes oportunidades, ainda mais para educar um filho pequeno. Podemos dizer que Braga tem o ar de cidade do interior com tudo que uma grande metrópole tem a oferecer.

Além disto, Braga tem uma oferta turística capaz de responder a múltiplas exigências e interesses. É uma cidade com rica história, ainda hoje conhecida como a cidade dos Arcebispos ou a Roma portuguesa. Por sua fé, Braga também é lembrada por suas inúmeras igrejas. Dizem que há uma capela para cada dia do ano, assim como as pastelarias e os cafés encontrados a cada esquina, onde você pode saborear os famosos doces Tibía e Pudim Abade de Priscos com seus 15 ovos. Veja abaixo algumas das principais atrações de Braga:

Atrações de Braga

Catedral da Sé

A Catedral da Sé é sem dúvida a construção mais marcante no centro de Braga. A Sé, tal como hoje a conhecemos, foi projetada no final do séc. XI pelo Bispo D. Pedro. Acredita-se que a catedral foi construída num local onde teria existido um templo romano dedicado à deusa Ísis. Por muitos anos, a catedral ganhou nova adornos e espaços, por isso abriga em um único lugar diferentes estilos, como gótico, romântico e barroco. A Catedral também conta com um museu de arte sacra. A entrada para o Tesouro-Museu da Sé mais a Catedral sai por 3 euros.

Catedral da Sé, Braga

Palácio do Raio

É uma das mais importantes obras da arquitectura barroca do país e uma das mais bonitas construções de Braga. Com mais de 250 anos, o Palácio do Raio, ou Casa do Mexicano como também é conhecido, atualmente abriga o Centro Interpretativo das Memórias da Misericórdia de Braga, que tem entrada gratuita.

Palácio do Raio, Braga

Centro histórico

O local é um dos mais visitados e concorridos de Braga. A cada esquina uma nova história e um edifício belo para apreciar. Não deixe de admirar a Torre de Menagem, que pertenceu ao antigo castelo medieval do século XIV. O suntuoso  Theatro Circo, com mais de 100 anos de história. O Jardim de Santa Bárbara, um dos mais bonitos da cidade, que ao fundo abriga parte do paço medieval e já foi casa do arcebispo de Braga.  O edifício da Arcada com seus arcos de 1715 e um dos símbolos do centro da cidade. Além de muitas praças, igrejas e capelas, como a Irmandade de Santa Cruz e Basílica dos Congregados. Não deixe de caminhar pela rua de comércio Dom Diogo de Sousa e passar pelo Arco da Porta Nova de 1512.

Bom Jesus do Monte

O símbolo de Braga. A escadaria com a Basílica do Bom Jesus do Monte é lugar mais icônico desta cidade portuguesa. Para chegar a esta igreja você pode encarar os 573 degraus, se preferir pode subir com o funicular mais antigo da Península Ibérica (1882) ou até de carro. Há vestígios de atividade cristã no Monte desde 1373, mas o Bom Jesus atual começou a ser construído em 1722. Além da Basílica, o local abriga um belo parque e tem uma das melhores vistas panorâmicas da cidade.

Bom Jesus do Monte, Braga

Santuário de Nossa Senhora do Sameiro

A cerca de 3 km do Bom Jesus fica o Santuário de Nossa Senhora do Sameiro que teve sua construção iniciada em 1863. Hoje o local é o segundo maior centro de devoção mariana em Portugal.

Santuário de Nossa Senhora do Sameiro, Braga

Núcleo Museológico de S. Martinho de Dume

O local abriga os vestígios da Basílica de Dume e Sarcófago dito de S. Martinho. Mandada construir pelo Rei Suevo Charrarico no ano 550, a antiga Catedral foi consagrada a S. Martinho de Tours, como voto de agradecimento pela cura do filho. A entrada tem custo de 1,50 euro.

Museu dos Biscainhos

O museu está instalado no Palácio dos Biscainhos – habitação dos condes de Bertiandos – fundado no século XVII. Em 1978 foi convertido em Museu. O palácio, os jardins barrocos e as suas coleções, revelam o quotidiano da nobreza na época e dos outros habitantes do espaço: capelães, criados e escravos. Entrada custa 2 euros.

Museu dos Biscainhos, Braga

Mosteiro de S. Martinho Tibães

No final do século XI, foi fundado o Mosteiro de São Martinho de Tibães, de observância beneditina, no qual os monges seguiam as regras – silêncio, obediência, pobreza, oração e trabalho – prescritas por São Bento de Núrsia. Durante o século XVI tornou-se a “Casa Mãe” da congregação de São Bento em Portugal e no Brasil, sublinhando a importância do mosteiro a nível nacional. O Mosteiro de Tibães fica a cerca de 15 quilômetros do centro de Braga e tem entrada ao custo de 4 euros. Visita imperdível!

Importantes Festividades em Braga

Braga é um dos destinos no segmento do Turismo Religioso, quer pelas suas celebrações, que têm o seu expoente máximo na Semana Santa e no São João, quer pelo seu património edificado.

As celebrações litúrgicas da Semana Santa adquirem especial esplendor nos Calvários de Rua, nas Cerimónia na Catedral, nas Procissões da Burrinha, Teofórica, Ecce Homo com os Farricocos, e do Enterro. Nesta semana, Braga é visitada por milhares de crentes oriundos de todas as partes do país e também do estrangeiro, adquirindo já o estatuto de interesse para o Turismo.

Mas para além da Semana Santa, outras importantes demostrações de fé se realizam em Braga, como a peregrinação ao Sameiro, santuário Mariano que em importância sucede Fátima, em junho e agosto e as Romarias de São Vicente e da Santa Marta da Falperra.

Além disto, Braga conta com o maior São João de Portugal. A festividade em junho atrai mais de 1 milhão de pessoas para as 270 horas de programação. As comemorações de São João em Braga é muito tradicional e tem o primeiro registro em 1150, data em que é fundada uma igreja dedicada ao São João na cidade.

Além das festividades religiosas, o Natal está ganhando cada vez mais espaço em Braga. Toda a cidade se enfeita e tem atraído, a cada ano, mais visitantes.

Como chegar a Braga

Braga está localizada ao norte de Portugal e bem perto do Porto. É possível ser acessada de ônibus, carro ou trem.

Trem

Saindo do Porto – 3,25 euros – duração de 1 hora

Lisboa – a partir de 12,75 euros – duração de 4h30 (no trem mais rápido – com parada e troca de trem no Porto)

Ônibus

Porto – 5 euros – duração de 1 hora

Lisboa – 22 euros – duração 4h30

Carro

Porto – 40min (59 km) – 3,35 euros em pedágios

Lisboa – 3h30 (365km) – 25,55 euros em pedágios

Aeroporto mais próximo de Braga

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, em Porto, é o mais próximo de Braga. Localizado a 35 minutos de carro ou cerca de 1 hora de ônibus (8 euros o trajeto pela Getbus). Há voos diretos da TAP saindo do Rio de Janeiro e de São Paulo.

História de Braga

Com mais de 2000 anos de história Braga é a mais antiga cidade portuguesa e uma das cidades cristãs mais antigas do mundo.

Fundada pelos romanos no ano 16 a.C. e denominada de “Bracara Augusta” em honra do imperador César Augusto. Foi capital da Galécia, de onde irradiavam 5 Vias Romanas, com um vasto território que ía desde o norte do Douro até o Mar Cantábrico. Após conquistas e reconquistas de vários povos, o rei de Leão, D. Afonso IV doou-a como dote a sua filha D. Teresa, aquando do seu casamento com o Conde D. Henrique de Borgonha.

A longa história de Braga é visível nos seus monumentos, sítios arqueológicos da era Neolítica e igrejas, sendo a Catedral da Sé a mais imponente que exibe vários estilos, do romano ao barroco, orgulhando-se também das esplêndidas casas, particularmente do século XVIII.

Hoje Braga tem cerca de 140 mil habitantes, é “capital” da região do Minho e importante polo industrial e estudantil. Vencedora do Prêmio Melhor Destino Europeu 2021, Braga já pensa lá na frente e quer ser escolhida Capital Europeia da Cultura em 2027.

Encontre aqui mais notícias sobre Braga.

O que achou da premiação? Já esteve em Braga? Conte para nós nos comentários logo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *