logo Melhores Destinos

Dragon Pass: conheça o programa que dá acesso a salas VIP, restaurantes e mais!

João Goldmeier
João Goldmeier
27/04/2021 às 4:15

Dragon Pass: conheça o programa que dá acesso a salas VIP, restaurantes e mais!

O Dragon Pass é um programa de salas VIP de origem chinesa e é concorrente dos conhecidos Priority Pass e LoungeKey no continente asiático. Fundado em 2005, o programa oferece acesso a mais de 970 lounges em aeroportos, além de mais de 1.000 restaurantes e ofertas de traslado e receptivo e conta com mais de 30 milhões de associados no mundo. Conheça mais sobre o Dragon Pass:

Como funciona o Dragon Pass?

O primeiro passo é se cadastrar no programa, o que pode ser feito pelo site ou pelo aplicativo para dispositivos móveis (App Store e Play Store). Feito o cadastro, o cliente deverá selecionar o plano desejado, realizar o pagamento e, depois ter a associação confirmada, é só apresentar o cartão virtual na recepção dos lounges credenciados e começar a usufruir do serviço.

Dragon Pass

Quanto custa?

O Dragon Pass oferece três planos para associação. Todos os planos oferecem descontos em restaurantes, traslados em limusines e receptivos. A diferença entre eles, além do custo, é o número de visitas sem custo adicional as salas VIP durante o ano.

Os planos Classic e Preferential custam, respectivamente, US$ 99 e US$ 219 anualmente e oferecem, nessa ordem, um e oito acessos gratuitos. Já o plano Prestige, o mais completo, custa US$ 399 e oferece acessos ilimitados ao assinante.

Todos os acessos extra e de convidados são cobrados pela taxa de visita no valor de US$ 31.

Planos Dragon Pass

A estrutura é muito similar à oferecida pelo Priority Pass, que também tem três níveis para a adesão: o Classic que custa US$ 99 e inclui 1 acesso sem custo; o Preferential que custa US$ 219 e dá 8 acessos e; o Prestige que custa US$ 399 e dá acessos ilimitados. Os acessos extra de qualquer plano custam US$ 31.

Salas VIP Dragon Pass

A quantidade de salas credenciadas com o Dragon Pass no Brasil ainda é bem pequena, limitando-se apenas a salas nos aeroportos de Congonhas, Florianópolis, Guarulhos e do Galeão, veja:

Já no exterior são muitas salas associadas principalmente na Europa e Ásia. Confira a lista completa no site do Dragon Pass. No site é também possível consultar as amenidades, horários de funcionamento e serviços oferecidos por cada sala. Geralmente são oferecidos espaços para descanso e trabalho, além de bebidas e snacks gratuitos.

Dragon Pass

Sala VIP oferecida pelo Dragon Pass

Parceria Dragon Pass e Visa

No Brasil, a bandeira de cartões de crédito Visa mantêm parceria com o programa Dragon Pass e oferece uma associação gratuita aos portadores de cartões da bandeira nas variantes Platinum e Infinite emitidos por qualquer banco. Para usufruir do benefício é necessário baixar o aplicativo Visa Airport Companion (App Store e Play Store) e se cadastrar inserindo o número do seu cartão Visa.

Embora a associação ao programa Dragon Pass oferecida pela Visa seja gratuita, haverá a cobrança da taxa de visita no valor de US$ 27. As visitas devem ser adquiridas previamente diretamente no aplicativo. Depois de realizada a compra, é só apresentar o seu QR code para aproveitar alguma das salas conveniadas.

Saiba mais sobre o Visa Airport Companion no site da Visa.

Dragon Pass Vale a pena?

Se levarmos em conta apenas o custo, dá pra ver que o Dragon Pass é mais barato que o Priority Pass, porém convém lembrar que este último costuma realizar promoções com desconto na anuidade e possui uma quantidade bem maior de salas conveniadas.

O ponto positivo do Dragon Pass é que viajantes que não possuam cartões de alta renda como Visa Infinite ou Mastercard Black, mas que tenham a bandeira Visa Platinum, podem ter acesso a salas VIP pagando um valor fixo por visita sem a necessidade de uma associação anual.

E você? Já utilizou o Dragon Pass? Como foi sua experiência? Deixe sua opinião nos comentários e participe!