logo Melhores Destinos

Viajar de trem-bala: velocidade, preço das passagens e destinos pelo mundo

Wendell Oliveira
28/10/2020 às 4:59

Viajar de trem-bala: velocidade, preço das passagens e destinos pelo mundo

O trem-bala surgiu como uma evolução do transporte ferroviário tradicional, trazendo mais rapidez e pontualidade ao conectar diversos destinos pelo mundo. Embora não exista um padrão internacional, trens que alcancem mais de 200 km/h podem ser considerados de alta velocidade.

O primeiro trem-bala foi inventado no Japão em 1964. Desde então, o meio de transporte foi sendo adotado em muitos países, ultrapassando os 400 km/h de velocidade máxima. Confira quais países possuem trem-bala, qual é o trem-bala mais rápido do mundo, novos projetos, quanto custa uma passagem e a previsão de quando o Brasil terá um trem-bala.

Países que possuem trem-bala

Vale mencionar que o termo trem-bala é a tradução da palavra japonesa dangan ressha (弾丸列車), alcunha do projeto original quando ainda estava em fase inicial de discussão, nos anos 30. Por isso, somente o Japão usa oficialmente o termo “trem-bala”. Outros países preferem chamá-los apenas de trens de alta velocidade — high-speed rail (HSR), em inglês.

Trem-bala no Japão

Trem-bala no Japão

Muitos países desenvolveram trens de alta velocidade para conectar suas principais cidades. Na Europa, os trens de alta velocidade cruzam até mesmo fronteiras internacionais. Já a China possui 35.000 quilômetros de linhas de alta velocidade, representando dois terços do total mundial.

  • 🇩🇪 Alemanha: Linha de 1.571 km — Velocidade máxima: 300 km/h
  • 🇸🇦 Arábia Saudita: Linha de 453 km — Velocidade máxima: 300 km/h
  • 🇦🇹 Áustria: Linha de 352 km — Velocidade máxima: 250 km/h
  • 🇧🇪 Bélgica: Linha de 354 km — Velocidade máxima: 300 km/h
  • 🇨🇳 China: Linha de 35.000 km — Velocidade máxima: 431 km/h
  • 🇰🇷 Coreia do Sul: Linha de 1.104 km — Velocidade máxima: 305 km/h
  • 🇩🇰 Dinamarca: Linha de 65 km — Velocidade máxima: 250 km/h
  • 🇪🇸 Espanha: Linha de 3.410 km — Velocidade máxima: 310 km/h
  • 🇺🇸 Estados Unidos: Linha de 362 km — Velocidade máxima: 260 km/h
  • 🇫🇮 Finlândia: Linha de 1.079 km — Velocidade máxima: 220 km/h
  • 🇫🇷 França: Linha de 2.734 km — Velocidade máxima: 220 km/h
  • 🇬🇷 Grécia: Linha de 700 km — Velocidade máxima: 200 km/h
  • 🇳🇱 Holanda: Linha de 175 km — Velocidade máxima: 300 km/h
  • 🇭🇰 Hong Kong: Linha de 26 km — Velocidade máxima: 200 km/h
  • 🇮🇹 Itália: Linha de 1.467 km — Velocidade máxima: 300 km/h
  • 🇯🇵 Japão: Linha de 2.764 km — Velocidade máxima: 320 km/h
  • 🇲🇦 Marrocos: Linha de 186 km — Velocidade máxima: 320 km/h
  • 🇳🇴 Noruega: Linha de 103 km — Velocidade máxima: 210 km/h
  • 🇵🇱 Polônia: Linha de 272 km — Velocidade máxima: 200 km/h
  • 🇵🇹 Portugal: Linha de 624 km — Velocidade máxima: 220 km/h
  • 🇬🇧 Reino Unido: Linha de 1.527 km — Velocidade máxima: 300 km/h
  • 🇷🇺 Rússia: Linha de 845 km — Velocidade máxima: 250 km/h
  • 🇸🇪 Suécia: Linha de 1.706 km — Velocidade máxima: 205 km/h
  • 🇨🇭 Suíça: Linha de 147 km — Velocidade máxima: 250 km/h
  • 🇹🇼 Taiwan: Linha de 348 km — Velocidade máxima: 315 km/h
  • 🇹🇷 Turquia: Linha de 621 km — Velocidade máxima: 300 km/h
  • 🇺🇿 Uzbequistão: Linha de 741 km — Velocidade máxima: 250 km/h

Qual é o trem-bala mais rápido do mundo?

O trem-bala mais rápido do mundo é o Maglev de Xangai, que está no topo da lista com uma velocidade operacional máxima de 430 km/h e velocidade média de 251 km/h. Em operação desde 2004, a linha possui 30,5 km de extensão e é a primeira linha de levitação magnética de alta velocidade comercialmente operada no mundo. O trajeto parte da Estação Longyang Road da Linha 2 do Metrô e termina no Aeroporto Internacional Pudong de Xangai.

Os trens-bala mais rápidos do mundo

  • 🇨🇳 1º. Shanghai Maglev – Velocidade Máxima: 430 km/h
  • 🇨🇳 2º. Harmony CRH 380A – Velocidade Máxima: 380 km/h
  • 🇪🇺 3º. AGV Italo – Velocidade Máxima: 360 km/h
  • 🇪🇺 4º. Siemens Velaro E / AVS 103 – Velocidade Máxima: 350 km/h
  • 🇪🇺 5º. Talgo 350 (T350) – Velocidade Máxima: 350 km/h
  • 🇯🇵 6º. E5 Series Shinkansen Hayabusa – Velocidade Máxima: 320 km/h
  • 🇪🇺 7º. Alstom Euroduplex – Velocidade Máxima: 320 km/h
  • 🇪🇺 8º. TGV Duplex – Velocidade Máxima: 300 km/h
  • 🇪🇺 9º. ETR 500 Frecciarossa Trains – Velocidade Máxima: 300 km/h
  • 🇹🇼 10º. THSR 700T – Velocidade Máxima: 300 km/h

No futuro, outros trens de alta velocidade, como o HEMU-400X, o Zefiro 380 e o Talgo Avril, são candidatos ao título de trens mais rápidos do mundo.

Projetos de trem-bala

Novos projetos de trem de alta velocidade ainda estão no papel ou em fase inicial de execução. Confira os futuros trens-bala que poderão inaugurar no futuro:

América do Sul

  • 🇦🇷 Argentina: Um projeto de trem de alta velocidade (até 320 km/h) entre Buenos Aires, Rosário e Córdoba estava programado para começar em 2008, mas foi suspenso devido à crise econômica. Outros projetos incluem as linhas Buenos Aires x Mar del Plata (400 km) e Buenos Aires x Mendonza (1.200 km).
  • 🇨🇴 Colômbia: Desde 1990 empresas japonesas propõe a criação de uma rede de trens-bala entre Bogotá e as cidades vizinhas. O governo mostrou interesse em tirar alguns planos do papel em 2020, mas os projetos atualmente estão pausados.
Projetos de trem-bala na Argentina

Projetos de trem-bala na Argentina

América do Norte

  • 🇨🇦 Canadá: Duas rotas foram propostas, entre Edmonton e Calgary; e de Windsor para Quebec, passando por Toronto, Ottawa e Montreal. Uma conexão entre Montreal e Boston ou Nova York já foi discutida, mas nunca foi adiante.
  • 🇲🇽 México: A criação de uma linha de alta velocidade (até 300 km/h) ligando a Cidade do México a Guadalajara em apenas duas horas foi anunciada em 2014 como “o primeiro trem-bala da América Latina”. No entanto, o projeto foi adiado.

Os Estados Unidos 🇺🇸 também pretendem expandir suas linhas de alta velocidade no futuro. Desde 2002 há planos para o estado do Texas. Uma malha de 1.300 km deve ligar as cidades de Sacramento, San Francisco, Los Angeles e San Diego, na Califórnia. O projeto Desert Express propõe trens elétricos de até 240 km/h ligando o Sul da Califórnia até Las Vegas, em Nevada. Outras linhas pretendem ligar Washington D.C., Boston, Baltimore, Filadélfia e Nova York.

Mapa com os projetos de trem-bala propostos nos EUA

Mapa com os projetos de trem-bala propostos nos EUA (Imagem: Wikipedia)

América Central

  • 🇵🇦 Panamá: Em 2019 a China propôs ao governo panamenho um projeto de trem-bala de 391 km, conectando a Cidade do Panamá até a fronteira com a Costa Rica. O custo de US$ 4 bilhões seria financiado pela China, mas nenhuma decisão ainda foi tomada.

África

  • 🇲🇦🇩🇿🇹🇳 Marrocos, Argélia e Tunísia: Em 2018 o Marrocos inaugurou o primeiro trem-bala da África. O trecho construído no país foi planejado para ser o início da trans-Maghreb, que pretende conectar-se os vizinhos Argélia e Tunísia. No entanto, as relações complicadas entre Marrocos e Argélia atrasam o projeto.
  • 🇪🇬 Egito: Em 2018 o governo do Egito anunciou o projeto de ligar as cidades banhadas pelo Mediterrâneo (Alexandria e Beheira) até o Mar Vermelho.
  • 🇿🇦 África do Sul: Desde 2010, estuda-se a criação de um trem-bala entre Joanesburgo e Durban, reduzindo a jornada de 12h para 3h. Uma linha de alta velocidade entre Joanesburgo e Cidade do Cabo também está sendo estudada.

Ásia

  • 🇧🇩 Bangladesh: A criação de um trem-bala entre as cidades de Dhaka e Chittagong foi considerada em 2005. Em 2014, China e Espanha demonstraram interesse no projeto.
  • 🇶🇦 Catar: Em 2010 o Catar anunciou a intenção de ter um trem-bala ligando o Bahrein à Arábia Saudita até a Copa do Mundo de 2022.
  • 🇰🇿 Cazaquistão: Uma linha de alta velocidade de 1.011 km foi aprovada entre Nur-Sultan, capital do país, e Almaty, a maior cidade.
  • 🇨🇳🇱🇦 China e Laos: A ferrovia Vientiane-Boten está sendo construída desde 2016, com previsão de conclusão em 2021. A linha ligará a capital do Laos com a cidade de Boten, na fronteira da China.
  • 🇨🇳🇲🇲 China e Mianmar: Os planos para a construção da linha de 1.920 km entre Yangon, no Mianmar, e Kunming, na, China, foram pausados em 2014 e retomados em 2019.
  • 🇦🇪 Emirados Árabes: Os países do Golfo Pérsico planejam uma linha de 2.200 km, com trecho de alta velocidade ligando Dubai a Abu Dhabi.
  • 🇵🇭 Filipinas: Em 2013, foi proposto um “Trem expresso entre aeroportos”, ligando Quezon City, Manila e Makati City.
  • 🇮🇳 Índia: Em colaboração com o Japão, a linha de alta velocidade entre Mumbai e Ahmedabad (508 km) está em construção, prevista para 2023.
  • 🇮🇩 Indonésia: Em 2015 foi aprovada a construção do trem-bala ligando as cidades de Jacarta, Bandung e Surabaya. A obra está prevista para 2021, embora atualmente esteja parada devido à pandemia.
  • 🇮🇷 Irã: A linha de alta velocidade entre Teerã, Qom e Isfahan está sendo construída, prevista para 2025. Serão 422 km, a uma velocidade máxima de 350 km/h.
  • 🇯🇵 Japão: Uma linha de maglev entre Tokyo e Osaka está em construção. O trecho entre Nagoia e Tokyo e Nagoia deve ser entregue em 2027; enquanto o trecho entre Nagoia e Osaka só estará pronto em 2045.
  • 🇲🇾🇸🇬 Malásia e Singapura: Em 2013, Malásia e Singapura anunciaram oficialmente a construção da linha de alta velocidade saindo de Kuala Lumpur. Com 380 km, a obra era prevista para 2020, mas foi adiada para 2031.
  • 🇹🇭 Tailândia: Em parceria com a China, 4 rotas de alta velocidade partindo de Bangkok foram aprovadas. O governo pretende ainda criar uma trem-bala entre Bangkok e a cidade litorânea de Pattaya, que poderá servir como um terceiro aeroporto da capital tailandesa.
Projeto de trem-bala na Tailândia

Projeto de trem-bala na Tailândia (Imagem: BOI – The Board of Investment of Thailand)

Europa

  • 🇧🇾 Bielorrússia: Em 2017 o governo da Bielorrússia concordou em ceder partes de seu território para companhias chinesas, visando a criação de um corredor de alta velocidade entre a Europa e a Rússia.
  • 🇭🇺 Hungria: No início de 2020 foi feito um estudo de viabilidade para a criação do trem-bala entre a capital Budapeste e a cidade de Cluj-Napoca, na Romênia.
  • 🇮🇸 Islândia: Uma linha de 49 km ligando o aeroporto Reykjavik deve começar a operar em 2023, com velocidade máxima de até 250 km/h.
  • 🇺🇦 Ucrânia: Em 2014 o projeto de ligação entre Kiev e Moscou foi cancelado devido aos conflitos entre os dois países. Em 2017 foi proposta a criação de um trem de alta velocidade entre as cidades de Lviv e Varsóvia, na Polônia.

Países europeus que já possuem linhas de alta velocidade, como Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Holanda, Noruega, Polônia, Rússia, Suécia e Reino Unido também planejam expandir a malha ferroviária nos próximos anos.

Oceania

  • 🇦🇺 Austrália: Em 2010, foi proposta uma linha de alta velocidade conectando Brisbane, Sydney, Canberra e Melbourne.

Quando o Brasil vai ter um trem-bala?

O projeto do Trem de Alta Velocidade (TAV), que previa ligar Campinas, São Paulo e o Rio de Janeiro em cerca de 1h30 a 2h, chegou a ser cogitado para a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. A obra, no entanto, nunca saiu do papel. Órgãos da União estimavam que o Trem de Alta Velocidade custaria cerca de R$ 35 bilhões ao longo de seus 510 km de extensão.

Projeto de Trem de Alta Velocidade (TAV) no Brasil

Projeto de Trem de Alta Velocidade (TAV) no Brasil

Após anos esquecido, o TAV voltou a ser alvo de especulações recentes quando um grupo chinês demonstrou interesse em levar o projeto adiante. Entretanto, o Ministério da Infraestrutura negou qualquer intenção nesse sentido. Por isso, infelizmente não há previsão de quando teremos um trem-bala no Brasil.

Quanto custa uma passagem de trem-bala?

O custo de uma passagem de trem-bala varia conforme o país e seu modelo de tarifas. Em alguns casos, o preço também pode ser influenciado pela distância da rota, data da viagem, modelo do trem e classe de assentos.

No Japão, por exemplo, um ticket unitário do trem-bala Shinkansen entre Tokyo e Osaka custa a partir de 14.170 yenes (cerca de US$135). Já um bilhete JR Pass, que permite viagens ilimitadas por até 7 dias, custa a partir de 29.650 yenes (cerca de US$ 280).

Estação de trem-bala

Estação de trem-bala

O futuro dos trens-bala

Os trens-bala ainda devem evoluir muito no futuro, em conceitos que garantem mais velocidade e até a ausência de trilhos. Um exemplo é o projeto ambicioso Hyperloop, projetado pelo bilionário sul-africano Elon Musk, fundador da Tesla e da Spacex. O trem seria capaz de conectar o Rio a São Paulo em 25 minutos.

Hyperloop

Hyperloop

Trata-se basicamente de uma cápsula pressurizada que circula dentro de um tubo quase a vácuo. A ideia é reproduzir em solo as mesmas condições encontradas pelos aviões na altitude. Sem o atrito do vento ou dos trilhos, as cápsulas alcançariam velocidades que podem ultrapassar 1.000 km/h, com baixo consumo de energia.

trem hyperloop

Hyperloop: uma cápsula que “flutua” dentro de um tubo a vácuo. (Foto: Hyperloop TT/Divulgação)

Os primeiros 5 km da linha do sistema Hyperloop deverão estrear em 2021, nos Emirados Árabes, ligando Dubai a Abu Dhabi em 12 minutos. Outros projetos já estão sendo discutidos para outros países, como Indonésia e Índia.

“A vida é trem-bala, parceiro”

Você deve conhecer a letra da música Trem-bala. Lançada na internet em 2017, a canção de autoria da compositora brasileira Ana Vilela fez muito sucesso e se tornou um hit. Apesar do título, nada tem a ver com o meio de transporte, sendo apenas uma reflexão sobre a rapidez da vida — tão veloz quanto um trem-bala!

E você? Já viajou em algum trem de alta velocidade? Conte como foi a experiência nos comentários!

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção