logo Melhores Destinos

45 passeios e atrações grátis em Buenos Aires que não podem faltar em sua viagem!

Camille Panzera
Camille Panzera
08/04/2021 às 12:23

45 passeios e atrações grátis em Buenos Aires que não podem faltar em sua viagem!

Buenos Aires, na Argentina, é o tipo de cidade que você visita várias e várias vezes e sempre pode se deparar com algo novo para conhecer. Pensando nos leitores que querem visitar a cidade mas estão com o orçamento limitado, fizemos uma relação de passeios completamente grátis em Buenos Aires!

Vários dos locais citados no texto realizam também visitadas guiadas de forma gratuita e essa é uma excelente oportunidade para conhecer mais detalhes sobre as obras e história da capital portenha gastando praticamente nada.

Atenção: devido à pandemia o governo da Argentina tem proibido a visita de estrangeiros. Confira a situação atual antes de reservar sua viagem

passeios gratis buenos aires

Passeios grátis em Buenos Aires

1 – Casa Rosada – A sede do governo Argentino, localizado na Praça de Maio, tem visitas guiadas gratuitas aos sábados, domingos e feriados. O passeio é bastante interessante e permite conhecer os salões internos do edifício, que são muito bem decorados. Atualmente, para conhecer o local você deve reservar a visita pela internet.

2 – El Caminito – Uma das principais atrações de Buenos Aires é gratuita! O Caminito, no bairro de La Boca, é um clássico entre turistas e um passeio muito agradável para se fazer a pé. A região é ótima para comprar lembranças de viagem e tirar fotos das casas coloridas.

3 – Cemitério da Recoleta – Há quem não goste de visitar um cemitério como “atração turística”, mas é fato que o cemitério da Recoleta guarda boa parte da história da Argentina. Há túmulos de personalidades do país que são verdadeiras obras de arte, com estátuas e obras ornamentadas.

passeios gratis buenos aires

4 – Museu Nacional de Belas Artes – Buenos Aires é um ótimo destino para quem gosta de atividades culturais e um desses lugares imperdíveis é o Museu de Belas Artes, que reúne coleções permanentes e temporárias, além de obras bastante diferentes uma das outras. O acervo do museu inclui obras de grandes artistas como Monet, Rembrandt e El Greco. Quartas e sextas-feiras, às 16h30, há visitas guiadas em português.

5 – Catedral Metropolitana – Principal templo da Igreja Católica em Buenos Aires, a Catedral Metropolitana é lindíssima e surpreende muitas pessoas com seu interior grandioso. Ela é sede da igreja no país e tem artigos do Papa Francisco, que durante anos foi arcebispo da cidade. Visitas guiadas em espanhol são feitas na igreja de segunda a sexta-feira, às 11h30.

6 – Teatro Colón – Um dos principais edifícios de Buenos Aires é o Teatro Colón, localizado na emblemática Av. de Júlio. O teatro tem uma excelente acústica e um interior lindo! São feitas visitas guiadas que valem muito a pena para conhecer detalhes do local, porém, são visitas pagas. O que nem todo mundo tem conhecimento é que o Colón tem programas gratuitos (em especial aos domingos) em que você tem a oportunidade de ver o teatro por dentro e ainda assistir a uma apresentação sem pagar nada por isso. Acompanhe o site do teatro para ver quais são as apresentações gratuitas e como pegar seu ingresso.

7 – Passeios guiados grátis – Mais uma das “facilidades” que Buenos Aires tem e pouca gente sabe a respeito são os passeios guiados oferecidos pelo órgão de turismo da Prefeitura. São mais de 50 opções, várias delas completamente gratuitas e há atividades para todos os gostos, entre eles um tour de cervejas por San Telmo, passeio de remo em Puerto Madero, trekking urbano, passeios guiados pela Plaza de Mayo, La Boca e Recoleta, por exemplo. Todos eles necessitam reserva – veja aqui mais informações no site ou pelo e-mail visitasguiadas_entur@buenosaires.gob.ar.

8 – Centro Cultural Kirchner – Não tão popular no roteiro dos turistas, o CCK é um espaço com várias exposições diferentes, apresentações e mostras culturais. O edifício do centro cultural é clássico por fora e por dentro bastante moderno! Sua entrada é gratuita, assim como a visita guiada que conta a história do local. É uma boa opção para quem viaja com crianças! Mais informações no site do Centro Cultural Kirchner.

passeios gratis buenos aires

9 -Visita guiada de arte urbana pelos bairros – Percorra os bairros de La Boca, Coghlan, Barracas e Palermo com um olhar artístico, apreciando os murais de rua e grafites e conhecendo as histórias dos artistas que ali viveram. As visitas gratuitas são oferecidas ao visitante pela Prefeitura de Buenos Aires e são uma excelente oportunidade de conhecer melhor os bairros portenhos! Saiba mais no site oficial.

10 – Circuito papal – Buenos Aires é um lugar privilegiado e único para conhecer a vida e a obra do Papa Francisco. Para isso, a cidade oferece um passeio gratuito de ônibus para visitar os lugares mais importantes e significativos na vida do líder religioso, que foi arcebispo portenho antes de ser papa. Mais informações no site oficial.

11 – Bosques de Palermo e Rosedal – Ótimo passeio para um dia de céu aberto, os Bosques de Palermo são uma delícia para caminhar, relaxar ou fazer um piquenique. O espaço é agradável, com diferentes jardins e muitas árvores. Vale dar uma passada no Rosedal, que tem muitas roseiras e é lindo para tirar fotos!

12 – Puerto Madero – Um dos bairros mais legais em Buenos Aires, Puerto Madero era uma área em decadência que há alguns anos foi totalmente revitalizada e se tornou um dos passeios mais gostosos durante as tardes e noites na cidade. É uma área ótima para caminhar, fazer um bom jantar e apreciar o pôr do sol. Ali fica a Puente de la Mujer, uma ponte em homenagem às mulheres.

13 – Feira de San Telmo – Muito tradicional, a feira acontece no bairro de San Telmo, aos domingos entre 10 e 18 horas. É um programa perfeito para o final de semana e em que se encontra de tudo um pouco: roupas, calçados, bijuterias, comidas e principalmente antiguidades. As lojinhas do bairro também são excelentes e têm muitos produtos legais para quem deseja fazer compras. Não se esqueça de tirar uma foto com a simpática personagem Mafalda e seus amigos na esquina entre as ruas Chile e Defensa!

14  – Reserva Ecológica Costanera Sur – Ideal para fazer um passeio ao ar livre ou andar de bicicleta, a Reserva Ecológica Costanera Sur, que fica logo atrás de Puerto Madero é pouco conhecida entre os turistas. Nos domingos de sol o parque fica cheio de gente aproveitando o dia ao ar livre.

15 – Livraria El Ateneo Grand Splendid – O antigo teatro Grand Splendid abriga hoje a livraria El Ateneo, que além de ser uma livraria maravilhosa está em um salão lindíssimo, com direito a um teto pintado e uma decoração digna de cenário de filmes! A livraria conta com uma cafeteria e é o paraíso para amantes da leitura.

16 – Floralis Genérica – Mais um símbolo de Buenos Aires! O parque que abriga a Floralis é simples, mas muito gostoso; sua principal atração é mesmo a escultura metálica em forma de flor, que de acordo com a luz do sol abre e fecha as suas pétalas. Parada certa para fotos ou para lagartear no gramado.

17 – Galerias Pacífico – Um dos principais centros comerciais da cidade, as Galerías Pacífico são um ótimo passeio mesmo para quem não tem a intenção de fazer compras e está passeando pela Calle Florida. O shopping elegante tem uma variada gama de lojas, muitas delas de grifes internacionais, mas o sucesso do local já se faz, sobretudo, pelo edifício, que é belo por dentro e por fora. A área externa da Galeria recebe uma iluminação especial durante a noite e dentro do prédio você pode conferir sua cúpula pintada.

18 – Palácio de Aguas Corrientes – O suntuoso edifício da Av. Córdoba praticamente não dá pistas do que existe em seu interior. Ele abriga obras sanitárias de Buenos Aires e tem tanques com capacidade de armazenar 72 milhões de litros de água potável. Além das atividades relacionadas à empresa de saneamento local, o edifício tem um museu (gratuito) e visitas guiadas também gratuitas que acontecem às segundas, quartas e sextas-feiras às 11h. Mais informações.

passeios gratis buenos aires

19 – Congresso Nacional –  Imponente, o edifício do Congresso Nacional, local de trabalho de deputados e senadores, grande parte das vezes é conhecido apenas pelo lado de fora. Para quem tem interesse em conhecer seus salões internos , há visitas guiadas nas duas casas. Veja aqui informações sobre a visita ao Senado argentino e Câmara dos Deputados.

20 – Palermo e Plaza Serrano – O bairro de Palermo é uma graça! Tem ruas arborizadas, vários parques, lojas descoladas, ótimos restaurantes e uma vida noturna muito animada. As ruas de Palermo Soho muitas vezes têm murais grafitados que são lindos para fotos! Vale a pena passear pela região, principalmente para ir aos seus bares durante a noite ou aos domingos, quando acontece uma feira na Plaza Serrano.

passeios gratis buenos aires

21 – Tigre – A simpática cidade de Tigre está a cerca de uma hora de Buenos Aires e tudo que você precisa para conhecer o lugar é pegar um trem da Estação do Retiro até a cidade. É simples e barato fazer o passeio por conta própria. Chegando a Tigre você pode conhecer o Puerto de Frutos (bom para compras), o cassino Trilenium ou fazer um lindo passeio de barco ao longo do rio Tigre e suas ilhas fluviais, onde há várias casinhas.

22 – Passeios de bicicleta – Buenos Aires é uma cidade ótima para se pedalar! E o melhor é que você não precisa gastar nada para isso. A Prefeitura da cidade oferece o serviço de empréstimo gratuito de bicicletas Ecobici aos visitantes. Também há a possibilidade de participar de passeios guiados sem pagar nada.

23- Circuitos de tango – Para os amantes do tango ou os que desejam saber mais do mais tradicional ritmo portenho, há circuitos que percorrem muitos lugares que refletem o passo inesquecível de grandes figuras por diversos bairros de Buenos Aires. Mais informações sobre os circuitos amarelo, verde e a Nueva Pompeya.

24- Rooftops para ver a cidade do alto – Os terraços estão na moda nas principais cidades do mundo e Buenos Aires não é exceção. Há circuitos gratuitos oferecidos pela cidade para observar as cidade de cima nas regiões da 9 de Junio, Avenida de Mayo, Centro e Monserrat.

25- Bondinho histórico. Desde 1980, o “Tranvía Histórico de Buenos Aires” é um dos poucos museus em movimento da cidade. Seus bondes históricos circulam todos os fins de semana e feriados pelo bairro de Caballito, oferecendo passeios gratuitos. Se trata de un percurso de 2 quilômetros, com partidas a cada 20 minutos, pelas ruas e avenidas do bairro. O passeio começa e termina no mesmo ponto e passa por locais muito pitorescos da capital argentina, como o encantador “Barrio Inglés”, a imponente avenida Pedro Goyena e a movimentada avenida Rivadavia.

26- La Usina del Arte – No bairro La Boca, a cerca de 2 km do estádio La Bombonera, fica esse incrível centro cultural, com uma sala sinfônica e diferentes espaços para espetáculos de dança, exposições de artes visuais, shows e exposições. Além da programação variada, vale a visita pela arquitetura do prédio de 1916, feito em estilo florentino com tijolos à vista. Há atividades constantes, principalmente para crianças, e é totalmente gratuito. O ideal é consultar a programação online.

27 – Biblioteca Pública Parque de la Estación – Esta Biblioteca no centro de Once funciona em um espaço que foi remodelado muito recentemente. São 700 m2, espaços flexíveis com mesas de trabalho compartilhadas, salas de leitura, auditório e exposição de livros, ampla área infantil para atividades recreativas, área de leitura e sala de produção. Há livros de todos os tipos e para todas as idades e o acesso é gratuito.

28 – Tecnópolis – Na periferia da cidade existe um parque gigante com muitos atrativos relacionados à ciência e tecnologia, pensado especialmente para crianças, mas adequado para toda a família! Há também uma agenda de shows e recitais. Funciona apenas alguns meses por ano, por isso é importante verificar online

29 – Ecoparque – No coração de Palermo, o antigo Zoológico de Buenos Aires foi transformado em um Ecoparque interativo, educacional e ambiental. O novo Ecoparque visa preservar os habitantes do antigo zoológico, por isso abre menos dias na semana, limita o número de entradas diárias e proíbe os visitantes de alimentar os animais. Uma das áreas, que faz fronteira com a entrada da Plaza Italia, é habitada por patos, maras, pavões e algumas outras espécies que circulam livremente na área onde lagoas e pastos podem ser vistos como um cenário natural. Dentro do Ecoparque há ainda um simpático café, brinquedos para crianças e um carrossel.

30 – Cabildo de Buenos Aires – Durante a visita à Plaza de Mayo, você pode conhecer esse edifício histórico que foi sede da administração colonial e ocupa o mesmo local desde 1580, embora tenha sofrido várias modificações. A última reforma foi em 1940, quando parte do projeto original foi resgatado. O Cabildo abriga o Museu Histórico Nacional do Cabildo de Buenos Aires e da Revolução de Maio.

31 – Rua Florida Uma das ruas favoritas dos brasileiros em Buenos Aires, a Calle Florida é um calçadão repleto de lojas e lanchonetes existe desde 1582, mas só foi batizado em 1814 com o nome de Valle de la Florida, em comemoração à vitória contra os monarquistas no Alto Peru. Na Rua Florida você encontra de tudo, tanto souvenirs como roupas, livros e até os clássicos “arbolitos” que trocam dinheiro com cotações melhores que as casas de câmbio.

32 – Galeria Güemes – Durante o passeio pela Florida, vale a pena conhecer essa passarela de pedestres com mais de 100 metros de extensão que a liga à rua San Martín e tem um valor cultural e histórico, além de um famoso mirante mítico. Destaque para a arquitetura europeia do final do século 19, com seu marcado estilo Art Nouveau. O mirante fica no 14º andar, com 87 metros de altura, e foi por muitos anos o ponto mais alto da Argentina – há uma taxa para subir. Mais informações no site

33 – Mercado de San Nicolás – Em 1966 as barracas itinerantes que trabalhavam na área mudaram-se para o que foi o novíssimo Mercado de San Nicolás. Em abril de 2019 este antigo mercado foi reaberto, mas agora com um toque moderno com uma grande oferta econômica, vale a pena visitar!

34 – Igreja Ortodoxa Russa da Santíssima Trindade – Esta igreja é muito particular pelo seu estilo moscovita do século XVII, embora tenha sido inaugurada em 1904. De cada uma das cúpulas azuis existe uma cruz virada a nascente, suportada por correntes, como é comum na Rússia. A fachada apresenta três vitrais que ilustram diferentes cenas bíblicas e, no frontispício, um mosaico feito em São Petersburgo representando a Santíssima Trindade. Mais informações no site.

35 – Plaza San Martín – É uma das praças mais antigas da cidade e foi palco de importantes acontecimentos históricos. Fica em uma das extremidades da Rua Florida e é uma ótimo local para uma parada para descansar e apreciar o verde das árvores e o vai e vem das pessoas. Tem um mirante da Torre dos Ingleses e um parquinho ótimo para quem está com crianças!

36- Plaza Francia – Outro clássico de passeio pelo bairro Recoleta é esta praça, inaugurada em 1910. Chamam a atenção as belas estátuas de mármore e os quatro baixos-relevos de bronze que evocam acontecimentos centrais na história da Argentina e da França. É ideal para ir aos finais de semana e curtir a feira de grande variedade que acontece.

37 – Centro Cultural da Recoleta – Esse edifício de 1732 era originalmente o convento dos monges da Recoleta, que deu nome ao bairro. Depois de ser utilizado para diversos fins, em 1978 foi projetado o Centro Cultural, que hoje conta com 27 salas de exposições, um microcine, um auditório e um anfiteatro. São inúmeras as atividades, como exposições de artes visuais, recitais, concertos e apresentações teatrais. A agenda é gratuita e recomendamos a consulta online 

38 – Avenida Alvear – Não custa nada visitar a avenida mais elegante de Buenos Aires, com alguns dos palácios mais bonitos da cidade! Ao longo da avenida, há uma série de residências aristocráticas, como o Palácio Pereda, onde funciona a Embaixada do Brasil, o Palácio Ortiz Basualdo (Embaixada da França), o casarão Concepción Unzué de Casares (sede do Jockey Club), o Álzaga Unzué Palace (Hotel Four Seasons) e a residência Duhau ( Hotel Park Hyatt. Na esquina da Alvear com a Ayacucho fica o Alvear Palace Hotel, que é um verdadeiro palácio, inaugurado em 1932 e declarado Monumento Histórico da Cidade de Buenos Aires em 2003. Aqui se hospedaram imperadores, reis, presidentes e artistas.

39 – Palais de Glace Mais um belo museu de artes que pode ser visitado de graça em Buenos Aires! O prédio na Recoleta foi inaugurado em 1910 como rinque de patinação no gelo, e somente em 1931 foi transformado na sala de exposições de obras artísticas que é hoje. Atualmente a arte argentina é exposta aqui e possui um patrimônio de cerca de mil obras!

40 – Costanera Norte – É um longo corredor que acompanha o Río de la Plata da Recoleta a Palermo. É repleto de espaços verdes, praças, restaurantes, discotecas, bares, espaços recreativos e esportivos. Aqui estão alguns dos restaurantes mais conhecidos de Buenos Aires, frequentados por celebridades argentinas. Mas também há os clássicos carrinhos de beira-rio, que poderíamos dizer que são os precursores dos food trucks, nos quais se pode comer um delicioso sanduíche de bondiola ou o clássico choripán muito barato e com uma excelente vista para o rio. No final da Costanera Norte está o Parque de los Niños, um grande espaço verde para desfrutar do ar livre com suas caixas de areia, playgrounds e mesas de piquenique.

41 – Clube dos Pescadores – Fica na Costanera Norte, a mais de 50 metros acima de um cais do Río de la Plata. Aqui estão 2 belas vistas: do cais, você pode admirar Buenos Aires com seus edifícios clássicos e ver os aviões decolarem e pousarem; do outro lado, água, veleiros, barcos, pássaros e o céu aberto, e se o dia estiver claro dá para ver até a costa do Uruguai. Além disso, o restaurante localizado no cais possui um menu requintado onde se destacam peixes e frutos do mar.

42 – Jardim Botânico – Um refúgio tranquilo ideal para passear e relaxar na cidade, percorrendo seus caminhos e conhecendo as diferentes espécies da Argentina e de outros continentes. No coração de Palermo, ao lado do Ecoparque, possui mais de 7 hectares e abriga cerca de 6.000 espécies de plantas, jardins temáticos, herbário, estufas, e várias esculturas.

43 – Centro Cultural de la Ciencia – É um lugar ideal para as crianças (e adultos também!) explorarem, fazerem perguntas e aprenderem sobre ciências manipulando objetos e brincando. Oferece três salas de exposições permanentes com inúmeras experiências interativas. Além disso, nos fins de semana, há uma grande variedade de workshops – confira a programação no site.  A poucos metros fica o shopping outlet ao ar livre do Bairro de Arcos.

44 – Chinatown de Buenos Aires – A cultura oriental é o grande atrativo do Barrio Chino de Buenos Aires. Formado pela onda de imigração durante a década de 1980, aqui existem vários restaurantes de culinária asiática e um dos primeiros templos budistas da cidade, o Templo Chong Kuan. Se visitar Buenos Aires durante a tradicional celebração do Ano Novo Chinês (geralmente entre o final de janeiro e o início de fevereiro), vale a pena participar das celebrações com inúmeros shows musicais, atividades e uma grande feira com barracas de comida.

45 – Parque Centenário – Pouco conhecido pelos brasileiros, é um dos parques mais agradáveis de Buenos Aites e foi projetado pelo paisagista Carlos Thays, no ano de 1909, para comemorar os cem anos da Revolução de Maio. O parque possui uma fonte com um lago artificial, diversas áreas de lazer para crianças, carrossel, murais e diversas esculturas, entre elas a “Vitória Alada” do italiano Eduardo Rubino, “Madame Curie” de Santiago Parodi e “La Aurora” , do francês Emilio Peinot. Ao redor do parque estão o Museu Argentino de Ciências Naturais Bernardino Rivadavia e o observatório da Associação Amigos da Astronomia. Durante a semana, há uma feira de livros e revistas usados ​​muito concorrida.

Quer ler mais um pouco sobre Buenos Aires? Temos um guia completo sobre a cidade, com dicas de o que fazer, quando ir e onde ficar!

Leia também:
O que fazer em Buenos Aires: 43 dicas para a sua viagem!
103 pontos turísticos de Buenos Aires!
Restaurantes em Buenos Aires: 50 lugares comer e beber 
Dicas de compras em Buenos Aires
Dicas de transporte em Buenos Aires
Como ir de Ezeiza a Buenos Aires

25 passeios grátis em Buenos Aires – como economizar em sua viagem 
Maradona em Buenos Aires: um roteiro por 7 lugares que marcaram a vida do ídolo

 

Tem mais alguma dica sobre passeios grátis em Buenos Aires? Conte para gente nos comentários e ajude outros leitores a economizar!

Quer ver mais dicas de como economizar em viagens ao exterior? Assista ao nosso vídeo:

Atualizado em abril de 2021 pela editora Leila Aisen.