logo Melhores Destinos

Morar no exterior: 11 países que oferecem visto de trabalho remoto

Wendell Oliveira
Wendell Oliveira
15/10/2020 às 20:01

Morar no exterior: 11 países que oferecem visto de trabalho remoto

Com o advento do trabalho remoto, morar e trabalhar no exterior está se tornando cada vez mais comum. Até mesmo as mudanças que a pandemia trouxe ao mundo acabaram contribuindo para que muitos países abrissem as portas para nômades digitais, oferecendo visto de trabalho remoto. Se você sempre sonhou em morar no exterior e trabalhar à distância, confira as opções de países que permitem fazer isso legalmente:

🇧🇧 Barbados

A proposta do governo de Barbados é incentivar a vinda de turistas de longa permanência para o país e, consequentemente, a entrada de dólares na economia da ilha. Em um período pós-pandemia, seria mais difícil realizar viagens de curto prazo e mais vantajoso permanecer por um longo período no destino. O governo de Barbados, no entanto, não informou detalhes, nem prazo para a ideia sair do papel.

Saiba mais:
Barbados planeja dar visto de 12 meses para nômades digitais

Que tal morar um ano no Caribe? Barbados planeja dar visto de 12 meses para nômades digitais

Que tal morar um ano no Caribe? Barbados planeja visto de 12 meses para nômades digitais

🇧🇲 Bermudas

As Ilhas Bermudas lançaram um novo visto de 12 meses para quem puder morar no arquipélago e trabalhar ou estudar de forma remota. A medida faz parte de uma crescente tendência de países tentando atrair os nômades digitais, profissionais que trabalham enquanto viajam pelo mundo.

Leia também:
Conheça o novo visto que permite morar nas Ilhas Bermudas e trabalhar lá por um ano

Quer morar nas Ilhas Bermudas? Conheça o novo visto que permite morar e trabalhar lá por um ano

Que tal morar nas Ilhas Bermudas?

Com esses atrativos Bermudas pretende atrair pessoas do mundo todo que podem trabalhar ou estudar remotamente. Os requisitos são ter mais de 18 anos, possui seguro saúde, prova do vínculo empregatício ou matrícula em instituição de ensino superior e demonstrar capacidade financeira para se manter. As regras completas do novo visto de Bermudas você encontra aqui.

🇦🇪 Dubai

Dubai está implementando um novo “programa de trabalho virtual”, que permitirá aos trabalhadores remotos e suas famílias permanecerem na cidade por até um ano enquanto trabalham para empresas sediadas no exterior.

O visto válido por 1 ano custará US$ 287, mais seguro médico com cobertura válida nos Emirados Árabes Unidos e taxa de processamento por pessoa. O site do visto informa que o aplicantes e sua família poderão abrir uma conta em um banco local, obter um número de telefone, matricular os filhos na escola e ter acesso a todos os serviços públicos disponíveis.

No entanto, uma das exigências é o comprovante de emprego com salário no mínimo US$ 5.000 por mês.

Dubai está implementando um novo “programa de trabalho virtual”

🇰🇾 Ilhas Cayman

As Ilhas Cayman querem nômades digitais! O Departamento de Turismo do país  lançou um programa que permite aos trabalhadores remotos morarem no território ultramarino britânico por um período de até dois anos. É o Global Citizen Concierge Program (GCCP).

Os aprovados terão de encontrar acomodação por conta própria em uma das três ilhas: Grand Cayman, Cayman Brac ou Little Cayman. Todas elas, nem precisa dizer, com cenários de tirar o fôlego. Veja aqui mais informações sobre o programa e o formulário a ser preenchido.

As Ilhas Cayman lançaram um programa especial para nômades digitais

As Ilhas Cayman lançaram um programa especial para nômades digitais

🇪🇪 Estônia

A Estônia foi o primeiro país do mundo a criar um visto para nômades digitais, permitindo trabalhar legalmente – à distância! Até então, essa era uma das principais barreiras para o trabalho remoto no exterior. Esse tipo de profissional costuma ficar em um “limbo” entre o turismo e a necessidade do visto de trabalho.

Leia também
Estônia cria o primeiro visto para nômades digitais do mundo

Estônia: o primeiro país digital do mundo.

Estônia: o primeiro país digital do mundo.

Embora os detalhes finais ainda estejam sendo definidos, estima-se que até 1.800 vistos sejam disponibilizados por ano no país. Segundo o governo, a emissão de visto para nômades digitais passará pelos mesmos critérios minuciosos dos solicitantes de outras categorias e, por isso, não são garantidos.

🇬🇪 Geórgia

Encravada nas montanhas entre a Europa e a Ásia, a Geórgia anunciou no dia 16 de julho seu novo visto para nômades digitais. De acordo com o Ministério da Economia, o visto é projetado para trabalhadores remotos que desejam permanecer no país por seis meses ou mais.

Embora a Geórgia ofereça isenção de visto de turismo por até 365 dias, o país ainda não está na lista de países para onde brasileiros podem viajar durante a pandemia. No entanto, a emissão de um visto para nômade digital resolveria isso.

As Ilhas Cayman lançaram um programa especial para nômades digitais

Geórgia: país lançou novo visto para nômades digitais.

Vistos alternativos de longa duração

Embora vistos para nômades digitais ainda sejam uma novidade, muitos países oferecem outros tipos de autorização de estadia para viajantes de longa duração. Seja você um autônomo ou trabalhador remoto, confira as opções em cada país:

🇩🇪 Alemanha: Visto “Freiberufler” (Freelancer)

O visto alemão “Freiberufler”, feito para freelancers, é perfeito para nômades digitais, e pode ser prorrogado por até 3 anos. Para se qualificar, o escritório fiscal local deve considerar seu trabalho como freelancer “liberal” ao invés de uma profissão comercial. Note que, caso seja aprovado, será necessário pagar impostos ao governo alemão. Os candidatos também devem apresentar comprovante de renda, seguro viagem e cartas de recomendação dos empregadores anteriores.

Berlim

Alemanha: é possível trabalhar com um visto de freelancer ou artista no país

Um outra variação do visto de freelancer alemão é o visto de artista, aplicável somente em Berlim, voltado para artistas, que pode variar de pintores, músicos, escritores… Em última análise, caberá ao seu empregador qualificá-lo como um artista. Você poderá fazer parte de um dos destinos mais procurados por nômades digitais!

🇪🇸 Espanha: Visto de autônomo

É possível solicitar um visto de trabalho autônomo no país. O visto especial permite que o viajante more e trabalhe na Espanha pelo prazo de até um ano. Os candidatos precisam declarar o emprego e passar na verificação de antecedentes criminais. Confira mais detalhes para o pedido de visto de autônomo na Espanha.

🇲🇽 México: Visto de residente temporário

Embora brasileiros possam permanecer no México por até 180 dias sem a necessidade de visto, o país permite morar e trabalhar legalmente em home office por até quatro anos com o visto de residente temporário do país.

O visto de residente temporário permite que os visitantes morem no México por um ano, sendo posteriormente prorrogado por até mais três anos. Para se qualificar, o processo de solicitação exige uma renda superior a US$ 1.620 (cerca de R$ 8.350) por mês ou um saldo na conta bancária superior a US$ 27 mil (+- R$ 139.000).

🇵🇹 Portugal: Visto para imigrantes empreendedores

O Visto D2 de Portugal é um programa especial para empreendedores estrangeiros, oferecendo residência temporária para trabalhadores independentes. No entanto, os candidatos deverão demonstrar que suas habilidades são necessárias no país.

Portugal oferece visto de residência temporária para trabalhadores independentes

Portugal oferece visto de residência temporária para trabalhadores independentes

Para obter o Visto D2, é necessário fazer o pedido no Centro de Solicitação de Visto mais próximo, caso ainda esteja no Brasil. Se já estiver em Portugal, visite o SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) para mais informações.

🇨🇿 República Tcheca: Visto de longa duração

Se você deseja permanecer por um longo período em Praga, uma das melhores cidades do Leste Europeu, consulte o Visto de Longo Prazo da República Tcheca com a finalidade de negócios. Com este visto de longa duração, você pode ficar por um ano. Será necessário ter um lugar para morar resolvido com antecedência, já que acomodação é um requisito obrigatório para se qualificar.

Para maiores informações, entre em contato com o consulado e preencha um requerimento, que inclui comprovante de renda, seguro médico de viagem e acomodação.


E você, já pensou em morar no exterior trabalhando remotamente?