logo Melhores Destinos

24 países onde você pode comprar a cidadania (e ter um segundo passaporte)

Wendell Oliveira
24/10/2020 às 5:45

24 países onde você pode comprar a cidadania (e ter um segundo passaporte)

Você sabia que é possível comprar uma segunda cidadania — e consequentemente ter um segundo passaporte? Sim, legalmente! Afinal, nem todos ficam satisfeitos com a nacionalidade que nascem, e nem têm a oportunidade de ter pais ou avós estrangeiros. Mas isso não significa que não seja possível adquirir uma dupla cidadania ao longo da vida. Muitos países oferecem seu status de cidadão residente como um investimento. Basta ter dinheiro. Em alguns casos, muito dinheiro!

Há diversas razões para obter uma segunda cidadania: conseguir um passaporte mais poderoso, evitar tributação e serviço militar obrigatório ou até mesmo facilitar a obtenção de dupla cidadania para a família. Confira os países que oferecem a essa opção:

Leia também:
Turismo de nascimento: países que dão direito à cidadania automática para bebês
– Conheça os passaportes mais poderosos do mundo!

🇦🇬 Antígua e Barbuda

Localizada no encontro entre o Atlântico e o Mar do Caribe, Antígua e Barbuda é conhecida por suas praias paradisíacas e resorts. O processo de cidadania por investimento leva entre 3 a 4 meses e permite a adição de dependentes menores de 28 anos e avós acima de 58 anos. O passaporte do paraíso fiscal caribenho permite a entrada em mais de 100 países sem vistos.

  • Investimento imobiliário de pelo menos US$ 400.000, ou;
  • Uma doação para o Fundo Nacional de Desenvolvimento de US$ 100.000, ou;
  • Um investimento de US$ 400.000 em um empreendimento comercial recém-criado.

🇦🇺 Austrália

A Austrália possui diferentes programas de residência que podem levar a obtenção da cidadania a longo prazo, embora sejam complexos e demorados.

Confira as exigências:

  • Para solicitar o visto de Investidor (subclasse 891), é necessário morar na Austrália há pelo menos dois dos últimos quatro anos, já possuindo um visto provisório de negócios (subclasses 160-165).
  • Um patrimônio líquido pessoal de pelo menos 2,25 milhões de dólares australianos (AUD) que deve ser aplicado nos dois anos anteriores à solicitação do indivíduo;
  • Um investimento de 1,5 milhão de AUD em um projeto ou empresa da Austrália, que por sua vez beneficiará a economia australiana.

Saiba mais informações sobre cidadania por investimento na Austrália.

🇦🇹 Áustria

Ao contrário de outros países da União Europeia como Chipre e Malta, não existe um programa oficial de obtenção da cidadania austríaca por investimento. No entanto, a Áustria usa o Artigo 10, Seção 6, de sua Lei de Cidadania para permitir que o governo recompense os estrangeiros que contribuam com “mérito extraordinário”.

Nesse caso, o mérito envolve investimentos diretos na economia austríaca para a criação de empregos. Investimentos imobiliários, depósitos bancários ou compras de títulos do governo não contam. Os aplicantes devem financiar empreendimentos no valor de aproximadamente 10 milhões de euros. Caso não deseje investir em atividades comerciais, é possível fazer uma doação para um projeto social de artes, educação ou esportes. As doações devem ser de pelo menos 2 a 3 milhões de euros, e o governo austríaco deve aprovar o projeto escolhido.

Vale mencionar que a Áustria não permite dupla cidadania, o que significa que você seria forçado a abandonar sua cidadania existente para obter um passaporte austríaco.

🇧🇬 Bulgária

Existem dois tipos de programas para obtenção de cidadania na Bulgária. A primeira opção consiste em:

  • Investimento de 1 milhão de lev búlgaros (US$ 600.000) em um título do governo com garantia total por cinco anos;
  • O valor será devolvido ao investidor após o prazo, sem juros.

Já a segunda opção, mais rápida e cara, seria:

  • Investimento de 1 milhão de lev búlgaros (US$ 600.000) em um título do governo e;
  • Investir mais 1 milhão de lev búlgaros um ano depois;
  • Ter pelo menos um ano de residência permanente;
  • Manter os dois investimentos por pelo menos dois anos após a concessão da cidadania.

🇨🇦 Canadá

Montreal Canadá

Criado pelo governo do Canadá para atrair empresários ricos para o país, o Programa de Investidores Imigrantes permite obter residência permanente se atender aos quatro critérios a seguir:

  • Demonstrar experiência comercial adequada – ter gerenciado ou operado previamente um negócio qualificado por pelo menos dois dos cinco anos anteriores e;
  • O aplicante (e seu cônjuge) devem ter um patrimônio líquido pessoal superior a 1,6 milhão de dólares canadenses (CAD) e;
  • Toda a família deve concluir e passar nas avaliações médicas e de segurança do Canadá e;
  • Investir pelo menos 800.000 CAD por um período de cinco anos em um dos programas disponíveis.

🇰🇭 Camboja

O passaporte do Camboja não é exatamente forte, mas a cidadania por investimento pode ser estratégica para aqueles que visam estabelecer negócios no Sudeste Asiático. Vale mencionar que o país vem recebendo grandes investimentos da China e adota o dólar como moeda oficial.

As exigências para obter a cidadania por investimento no Camboja são:

  • Investimento de US$ 290.000 no país. O investimento deve ser aprovado pelo Conselho de Desenvolvimento do Camboja ou pelo Governo Real, ou;
  • Doação de US$ 240.000 para a restauração e reconstrução da economia do Camboja.

Os aplicantes também devem ter conhecimento da história e do idioma khmer, e devem viajar para o Camboja para obter certificados de saúde, antecedentes criminais e bom comportamento, além de assinar o juramento de cidadania.

🇨🇾 Chipre

O Chipre é uma das maiores ilhas do Mar Mediterrâneo, com praias cristalinas e clima ameno. O inglês é amplamente falado pela população local, já que o território fez parte do Império Britânico. O país atualmente possui um dos programas mais caros de cidadania por investimento.

As opções existentes incluem:

  • Investimento imobiliário de pelo menos 2 milhões de euros, ou;
  • Investimento de pelo menos 2 milhões de euros em negócios ou empresas sediadas e operando em Chipre, ou;
  • Investimento de pelo menos 2 milhões de euros no Fundo de Investimentos Alternativos (AIF).

Também é possível adquirir a residência com os seguintes critérios:

  • Comprar imóveis novos de pelo menos 300.000 euros, e;
  • Depositar no mínimo 30.000 euros do exterior em uma conta no Chipre que ficará bloqueada por três anos e;
  • Ter um rendimento anual de pelo menos 30.000 euros proveniente do exterior.

🇩🇲 Dominica

Existem duas maneiras de obter a cidadania em Dominica:

  • Uma doação ao Fundo Nacional de Transformação de US$ 100.000 para um único candidato, ou US$ 200.000 para uma família de quatro pessoas, ou;
  • Um investimento imobiliário a partir de US$ 200.000.

🇺🇸 Estados Unidos

O visto EB-5 leva ao status de residente condicional nos Estados Unidos (conhecido como Green Card), que pode levar ao passaporte americano. Dois anos após obter o Green Card, o investidor e sua família se tornam elegíveis para residência permanente.

As opções de investimento são:

  • Investimento de US$ 900.000 em uma área rural ou área com alto desemprego em uma novo negócio para criar 10 novos empregos em período integral;
  • Investimento direto de US$ 1,8 milhão em uma empresa americana;
  • Os fundos podem permanecer investidos até que o status de residente permanente seja concedido (geralmente 4 anos).

Também há a opção do Regional Center Program, onde os aplicantes podem:

  • Investir US$ 900.000 em um projeto designado pelo programa, tornando-se um parceiro limitado da empresa;
  • O requerente fica livre para morar e trabalhar em qualquer lugar dos EUA;
  • No entanto, é necessário ter um patrimônio líquido de pelo menos US$ 1,8 milhão.

🇪🇸 Espanha

A Espanha oferece o programa Golden Visa, que eventualmente pode levar à obtenção da cidadania espanhola. Confira os requerimentos:

  • Investimento mínimo de 500.000 euros em imóveis, ou;
  • Investimento mínimo de 1 milhão de euros em ações de empresas espanholas, ou;
  • Depósito mínimo de 1 milhão de euros em um banco espanhol, ou;
  • Investimento mínimo de 2 milhões de euros em títulos do governo.
  • Após cinco anos, o solicitante pode solicitar residência permanente.
  • Após 10 anos, a cidadania pode ser solicitada.

🇬🇩 Granada

Existem duas maneiras de obter cidadania através de investimento em Granada:

  • Uma doação de US$ 150.000 ao Fundo Nacional de Transformação de Granada, ou;
  • Investimento imobiliário de pelo menos US$ 350.000, além de algumas taxas adicionais.

🇬🇷 Grécia

Lançado em 2013, o programa Golden Visa da Grécia garante cinco anos de residência na Grécia em troca de um investimento mínimo de 250.000 euros em imóveis no país. O visto, válido por cinco anos, também pode ser renovado a cada cinco anos caso o investimento seja mantido.

A cidadania, no entanto, só pode ser obtida após sete anos de residência no país.

🇯🇴 Jordânia

Para obter a cidadania da Jordânia, o requerente deve investir US$ 1,5 milhão. As opções são:

  • Depósito bancário com taxa de juros zero por cinco anos;
  • Investimento em títulos do tesouro por um período mínimo de dez anos;
  • Investimento de US$ 1,5 milhão em títulos por cinco anos;
  • Investimento de US$ 1 milhão em pequenas ou médias empresas por cinco anos;
  • Investimento de US$ 2 milhões por três anos em qualquer local do país (US$ 1,5 milhões fora da capital Amã), com criação mínima de 20 empregos.

🇲🇹 Malta

Para obter a cidadania de Malta por investimento, são necessários:

  • Contribuição não-reembolsável de pelo menos 650.000 euros para o Fundo Nacional de Desenvolvimento e Social, e;
  • Compra de 150.000 euros em ações / títulos do governo e;
  • Uma transação imobiliária, que pode incluir uma compra (valor mínimo de 350.000 euros) ou aluguel (no mínimo 16.000 euros por ano), durante cinco anos.

🇲🇩 Moldávia

Para obter a cidadania por investimento da Moldávia, é necessário:

  • Uma contribuição mínima não reembolsável ao Fundo de Investimento Público (PIF) de 100.000 euros por solicitante;
  • Taxas de prestador de serviços e agentes de 35.000 euros;
  • Taxas governamentais de 5.000 euros;
  • Taxas de diligência de 6.000 euros e;
  • Taxas de passaporte biométrico de 300 euros.

🇲🇪 Montenegro

Existem duas opções de cidadania por investimento em Montenegro. As exigências são:

  • Investir 250.000 euros em um projeto de desenvolvimento aprovado pelo governo na região norte de Montenegro (área não desenvolvida), ou;
  • Investir 450.000 euros em um projeto de desenvolvimento aprovado pelo governo na região sul de Montenegro (área desenvolvida).

Há uma taxa adicional de 100.000 euros por inscrição, que também é paga ao governo e será investida em “um fundo especial para o desenvolvimento de áreas menos desenvolvidas em Montenegro”.

🇳🇿 Nova Zelândia

É possível morar, trabalhar e estudar na Nova Zelândia com os programas de visto de residente Investor 1 e Investor 2.

Para o visto Investor 1 são necessários:

  • Um investimento de 10 milhões de dólares da Nova Zelândia (NZD) em três anos;
  • Sem limite máximo de idade, sem requisitos de idioma e sem experiência em negócios.

Já para o Investor 2:

  • Um investimento de 3 milhões de NZD em quatro anos e;
  • Ter mais de 65 anos, falar inglês, ter pelo menos três anos de experiência profissional e um mínimo de 2,5 milhões de NZD em fundos ou ativos disponíveis.

Saiba mais informações sobre cidadania por investimento na Nova Zelândia.

🇵🇹 Portugal

Portugal oferece diversas oportunidades para obtenção de cidadania via investimento. É possível adquirir a cidadania portuguesa através de transferência de capital, aquisição de imóveis e abertura de negócios. Confira:

Transferência de Capital

  • Uma transferência de pelo menos 1 milhão de euros para uma conta bancária portuguesa, ou opção de investimento aprovada, ou;
  • Investimento de 350.000 euros em atividades de pesquisa que fazem parte do sistema científico e tecnológico nacional, ou;
  • 350.000 euros de investimento na produção artística ou no patrimônio cultural nacional, ou;
  • 350.000 euros em fundos de investimento ou capital de risco comprometidos com a capitalização de empresas constituídas nos termos da lei portuguesa, com um prazo de vencimento mínimo de cinco anos.

Aquisição de Propriedade

  • Compra de imóveis de pelo menos 500.000 euros, ou;
  • Compra de imóveis com mais de 30 anos ou em uma área de regeneração urbana de pelo menos 350.000 euros para reforma.

Negócios

  • Criação de no mínimo 10 novos empregos, ou;
  • 350.000 euros para a incorporação ou aumento de capital de uma empresa portuguesa, criando ou mantendo um mínimo de cinco empregos permanentes, por um período de três anos.

🇬🇧 Reino Unido

O visto de investidor UK Tier 1 é um dos mais recomendados para quem planeja ser residente e adquirir a cidadania britânica. Confira os requisitos:

  • Investimento de 2 milhões de libras esterlinas na economia do Reino Unido (em títulos do governo do Reino Unido, capital social ou empréstimos para empresas registradas e ativas no Reino Unido, exceto aquelas que se dedicam a investimentos imobiliários);
  • Os candidatos devem ter pelo menos 18 anos de idade e ser de fora do Espaço Econômico Europeu (EEA) e da Suíça;
  • O visto permite a estadia por 3 anos e 4 meses, que podem ser estendidos por mais 2 anos;
  • Os candidatos podem solicitar uma licença por tempo indeterminado para permanecer após 5 anos no Reino Unido.
  • Os candidatos podem solicitar a cidadania britânica depois de passar 6 anos no país.

🇷🇺 Rússia

Embora a Rússia não tenha um programa oficial de cidadania por investimentos, é possível pagar impostos em quantidade suficiente por um determinado período de tempo e obter a cidadania como resultado.

Ao pagar cerca de US$ 70.000 em impostos ao longo de três anos (na cotação atual do rublo russo), os empreendedores podem obter a cidadania russa.

🇰🇳 São Cristóvão e Névis

Confira as exigências para obter a cidadania por investimento de São Cristóvão e Névis:

  • Uma doação não reembolsável de US$ 250.000 (para apenas um solicitante) ao SIDF, fundação sem fins lucrativos que financia o desenvolvimento de indústrias alternativas para apoiar a economia nacional;
  • Uma doação não reembolsável ao SIDF de US$ 300.000 para um solicitante com até três dependentes, além de US$ 25.000 adicionais por dependente adicional, ou;
  • Uma contribuição não reembolsável de US$ 150.000 ao SGF, um fundo que apóia o crescimento econômico em todos os setores da economia, com US$ 25.000 adicionais para um cônjuge ou US$ 10.000 para cada solicitante adicional;
  • Compra de imóveis avaliados em pelo menos US$ 200.000 que não podem ser vendidos por um período de sete anos ou;
  • Compra de imóveis avaliados em pelo menos US$ 400.000 que não podem ser vendidos por um período de cinco anos.

🇱🇨 Santa Lúcia

Existem três maneiras de obter a cidadania de Santa Lúcia:

  • Uma doação de pelo menos US$ 100.000 ao Fundo Econômico Nacional de Santa Lúcia (dependendo do número de dependentes), ou;
  • Investimento de pelo menos US$ 300.000 na compra de um imóvel, ou;
  • Investimento de US$ 3,5 milhões em um projeto empresarial aprovado pelo governo.

🇹🇷 Turquia

O programa de cidadania por investimento da Turquia oferece cinco opções, três das quais envolvem investimentos ao longo de três anos:

  • Compra de propriedade avaliada em US$ 250.000, ou;
  • Depósito de US$ 500.000 em um banco turco, ou;
  • Investimento de US$ 500.000 em títulos do governo.

Existem ainda outras duas opções:

  • Investir US$ 500.000 em renda fixa, ou;
  • Criar 50 empregos na Turquia.

🇻🇺 Vanuatu

O Programa de Contribuição para Vanuatu (VCP) é uma das maneiras de obter cidadania por investimento, junto com o Programa de Apoio ao Desenvolvimento (DSP). Mas, no DSP, os cidadãos não podem votar ou participar da vida política.

Sobre o VCP, os requisitos são:

  • Uma contribuição mínima de US$ 130.000, mais US$ 25.000 em taxas de processamento e;
  • Um patrimônio líquido mínimo de US$ 250.000.

Qual é o país mais barato para comprar uma dupla cidadania?

Dominica, no Caribe, é o país mais barato do mundo para adquirir uma dupla cidadania (e consequentemente um segundo passaporte), com opções disponíveis a partir de US$ 100.000, mais taxas governamentais.

Outras maneiras de obter uma dupla cidadania

Se você não pretende adquirir uma dupla cidadania por investimento, existem outras maneiras mais baratas (embora nem sempre menos burocráticas) de consegui-la. As opções variam de país para país, e incluem:

  • Cidadania por descendência (ex: Itália, Portugal, etc);
  • Cidadania por nascimento (ex: Estados Unidos, Canadá, etc);
  • Cidadania por casamento (ex: Israel, Polônia, etc);
  • Cidadania por tempo de residência/naturalização (ex: Espanha, Panamá, etc).

Achou muito caro mas ainda quer morar fora? Então confira nosso post com 10 países que oferecem visto de trabalho remoto para brasileiros!


E você, sabia que era possível comprar uma segunda cidadania? 

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção