logo Melhores Destinos

EasyJet: tudo sobre a segunda maior companhia low cost da Europa

Rafael Castilho
Rafael Castilho
27/05/2020 às 12:47

EasyJet: tudo sobre a segunda maior companhia low cost da Europa

A Easyjet é a segunda maior companhia de baixo custo da Europa e já faz parte de qualquer planejamento e roteiro de viagem pelo Velho Continente. Com sede em Londres, ela opera mais de mil rotas em 30 países. Neste post fazemos um raio-x completo da companhia aérea, com informações importantes e dicas para quem pretende viajar com EasyJet, desde a compra das passagens aéreas, bagagem e serviços extras cobrados? E vale também como não cair em roubadas ao voar com uma companhia aérea low cost.

EasyJet Airlines

A Easyjet tem sede em Luton, na Inglaterra e é uma gigante entre as companhias low cost da Europa e a principal concorrente da Ryanair. A empresa foi fundada em 1995 pelo empresário grego Stelios Haji-Ioannou, então com 28 anos. Após avaliar a possibilidade de lançar uma filial da Virgin na Grécia, ele achou melhor iniciar sua companhia do zero  estudar vários modelos, ele decidiu se basear na americana Southwest, maior companhia aérea do mundo.

Diferentemente da sua concorrente, a Easyjet aposta em aviões da fabricante Airbus e tem a sua frota de mais de 330 aeronaves somente de modelos A319, A320 e A321.

Em 2019 a companhia ficou em segundo lugar no ranking mundial da Skytrax de melhor companhia low cost. A Easyjet voa para 140 destinos em 30 países e tem encomendado mais 114 aviões da Airbus. Veja aqui para onde voa a EasyJet.

Compra de passagens e preços da EasyJet

A EasyJet vende passagens somente por meio de seu site. A companhia identifica automaticamente o seu país e ao abrir o site, daqui do Brasil, a home virá em português de Portugal e lhe mostrará as ofertas partindo das cidades lusas: Lisboa, Porto, Funchal ou Faro. Além dos países europeus, a EasyJet voa para Israel, Egito, Tunísia e Marrocos.

Os preços variam bastante, mas o ideal é comprar com antecedência e ficar de olho nas promoções. A companhia realiza alguns feirões de passagens pontuais com valores abaixo dos 10 euros. Mas quanto mais perto do voo, mais cara costuma ser a tarifa.

Em comparação com a Ryanair, a vantagem da EasyJet é incluir uma mala de mão com a dimensão máxima de 56 x 45 x 25 cm (incluindo as rodinhas e alça) e sem peso determinado desde que o passageiro possa carregá-la.

A EasyJet trabalha com uma janela de compra de passagens de 12 meses.

EasyJet em Portugal

A EasyJet tem uma grande malha aérea a partir de Portugal. A companhia voa para Lisboa, Porto, Faro e Funchal. Dos aeroportos portugueses é possível viajar para a maioria dos destinos europeus atendidos pela EasyJet.

A partir de Lisboa, a companhia oferece voos para Funchal e outros 20 destinos, incluindo capitais e cidades importantes como Madri, Londres, Edimburgo, Amsterdã, Berlim, Paris, Luxemburgo, Zurique e Milão. A partir do Porto e Faro a companhia também oferece mais de 20 opções de destinos.

EasyJet no Brasil

A EasyJet Airlines nunca cogitou operar voos domésticos ou regionais no Brasil, por meio da criação de uma nova subsidiária por aqui. Até a alteração na política de bagagens e o fim da franquia e na lei que proibia companhias aéreas com capital 100% estrangeiro não havia condições técnicas para a EasyJet ou outra companhia low cost operar no mesmo modelo que atuam na Europa, Estados Unidos e outros locais. Após o fim da crise da Covid-19, a expectativa é que nosso país receba novas companhias aéreas de baixo custo.

Easyjet

Interior de um avião da Easyjet. Foto: Adrian Pingstone (Wikimedia Commons)

EasyJet é confiável

A EasyJet é a segunda maior empresa low cost na Europa e desde a sua fundação nunca registrou um acidente aéreo. Em 2019 a companhia transportou cerca de 100 milhões de passageiros. Já realizei alguns voos com a EasyJet e nunca tive problemas nem com atrasos. Mas é claro que cancelamento e atrasos são comuns no setor aéreo. Veja aqui a avaliação da EasyJet entre Londres e Moscou.

As principais reclamações contra a companhia são referentes as taxas extras. Para não cair em roubadas veja os detalhes abaixo.

Tipos de passagens EasyJet

Diferentemente da maioria das companhias aéreas, a EasyJet só tem um tipo de passagem. Na tarifa está incluída uma mala de mão, taxas e impostos.

Bagagem na EasyJet

A boa notícia para quem planeja voar com a EasyJet é que a companhia inclui uma bagagem de mão com a dimensão máxima de 56 x 45 x 25 cm (incluindo as rodinhas e alça) e sem peso determinado. Mas cuidado: se a sua mala exceder o tamanho ou se você carregar mais um item pessoal, mesmo que seja pequeno como um bolsa, a companhia lhe cobrará 60 euros. Fique esperto porque no portão de embarque o pessoal da equipe fica de olho.

Há dois tipos de mala despachada à disposição para a compra: a de até 15 kg e a de 23 kg. Os preços são a partir de 9€ até 48€, mas variam bastante conforme a rota. Veja aqui mais detalhes dos custos de bagagem na EasyJet.

 

Se a mala passar dos 23 kg é possível adquirir uma bagagem mais pesada. O valor aqui também é dinâmico, sendo 15€ para cada 3 kg a mais.

O viajante também pode pagar para levar instrumentos musicais e esportivos.

O passageiro pode efetuar a compra de bagagem até 2 horas antes do embarque. Mesmo limite do check-in. É possível comprar mala mesmo após o check-in realizado, claro respeitando o horário limite. A companhia alerta que caso isto ocorra é necessário fazer um novo check-in e imprimir novamente o cartão de embarque.

Leia também: Dicas para escolher a mala ideal para a sua viagem de avião

Escolha de assento na EasyJet

A tarifa da EasyJet não permite a escolha gratuita do assento desejado. Prática comum nas Low Costs na Europa e no mundo. Pela poltrona mais simples, do meio ao final da aeronave, o passageiro pagará a partir de 2,99€. Já os assentos na frente com mais espaço para as pernas saem por até 39,49€ (Extra Legroom). O legal desta escolha, assim como a Up Front, é o direito do passageiro de embarcar antes com 2 artigos de bagagem de mão (mala de 56 x 45 x 25 cm e mais um artigo pessoal).

Os preços são dinâmicos e variam de acordo com a rota, aproximação do voo e data escolhida.

Viagem completa com a EasyJet

A EasyJet oferece diferentes serviços para os seus viajantes. Os itens extras podem ser comprados juntamente com a passagem ou depois serem acrescidos a reserva. No seguro de viagem o passageiro também pode adquirir proteção a bagagem.

A EasyJet oferece também a possibilidade de reservar carro com uma das empresas parceiras da companhia aérea.

Check-in nos voos da EasyJet

O passageiro pode efetuar o check-in entre 30 dias e 2 horas antes do voo. O cartão de embarque pode ser impresso, mas o melhor é realizar pelo APP da EasyJet e utilizar o cartão de embarque digital. Cartões em PDF no celular não são aceitos, somente pelo APP.

A EasyJet não cobra por check-in realizado nos aeroportos, mas é preferencial realizar online para evitar filas. Veja aqui mais detalhes sobre o check-in na EasyJet.

EasyJet ou Ryanair?

A Ryanair e a EasyJet Airlines são as duas maiores companhias low cost na Europa – a empresa irlandesa é apenas um pouco maior que a concorrente. Se as duas operam o voo que deseja, qual escolher? A diferença mais sensível aos passageiros é o tipo de aeronave operada pelas empresas – Ryanair com Boeing e EasyJet com Airbus. Além disto, a Ryanair realiza promoções mais agressivas e mais frequentes que a Easyjet. Em compensação, a passagem da EasyJet inclui uma mala de mão de 10 kg enquanto na Ryanair este item é cobrado. Assim como o check-in no aeroporto é pago na Ryanair. Outra diferença é que a EasyJet utiliza os principais aeroportos das cidades. Já a Ryanair em alguns destinos voa para secundários.

O mais importante para o viajante é pesquisar bastante e comparar a malha aérea, as rotas, os destinos e os horários de cada companhia. Além do preço da passagem incluindo os adicionais necessários, leve em conta o tempo e preço do deslocamento, caso as companhias voem para aeroportos diferentes.

 

Vale a pena voar com a EasyJet na Europa?

As companhias low cost vieram para ficar e você deve experimentar. Já viajei em várias. Sempre fui bem atendido, com conforto razoável, sem atrasos e, o melhor, pagando pouco. Para quem busca uma forma econômica de viajar a EasyJet é uma bela opção – especialmente em tempos de euro nas alturas! É claro que você deve pesquisar bastante, comprar com antecedência, comparar preços, custos do transfer até o aeroporto, fazer check-in online e, principalmente, não levar malas e não adicionar itens extras que encarecem o valor da tarifa.

Já viajou com a EasyJet na Europa? Como foi a experiência? Para você qual a melhor Low Cost europeia? Deixe seu relato e comentário logo abaixo.