logo Melhores Destinos

10 dicas infalíveis para escolher a mala ideal para a sua viagem de avião

Thayana Alvarenga
17/11/2019 às 6:00

10 dicas infalíveis para escolher a mala ideal para a sua viagem de avião

Aproveitou nossas promoções de passagens aéreas e a viagem está chegando? Hora de fazer a mala! Quer ajuda para escolher a melhor mala de viagem, além de dicas sobre modelos, tamanhos, e muito mais? Esse post é para você!

Primeiro é importante entender que nas viagens de avião o passageiro pode levar na cabine uma bagagem de mão, além da opção de despachar a bagagem.

O que é bagagem de mão?

A bagagem de mão é aquela que vai com você na cabine do avião e fica acomodada no compartimento acima. Ela pode ser daquelas de rodinhas pequena ou até mesmo uma mochila, desde que respeitando sempre os tamanhos e limite de peso permitido em cada companhia.

É aqui que você deve transportar seus objetos de valor, sempre se responsabilizando por eles. Em voos saindo do Brasil estão assegurados 10 kg de bagagem de mão sem custo adicional, porém em outros países a regra pode ser diferente.

melhor mala de viagem

Atenção especial para as dimensões máximas estabelecidas para a bagagem de mão. Atualmente as companhias aéreas, por meio da Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear), fazem um controle da dimensão das malas de mão, obrigando os clientes com medidas fora do padrão a retornar ao check-in e despachar a bagagem. E o custo de comprar a bagagem no aeroporto é sempre mais alto do que a compra antecipada.

O que é bagagem despachada?

A bagagem despachada são as malas maiores, que vão no bagageiro do avião. Elas são entregues no balcão de check-in do aeroporto de embarque e são devolvidas ao passageiro na chegada.

Quando o passageiro despacha a bagagem, ele recebe um comprovante, que deve ser guardado para conferência ou no caso dela extraviar (por algum motivo não chegar ao destino). Ao sair do avião no aeroporto final, o passageiro deve conferir o painel e ir à esteira de seu voo para aguardar a mala.

Quando ela chegar, não custa conferir a etiqueta com o seu nome, pois pode haver outras malas iguais à sua. Adesivos, plásticos ou etiquetas de viagem com seu nome e telefone são boas formas de evitar a troca de bagagens.

Bagagem sendo despachada no aeroporto

Dicas para escolher a mala para viagem de avião

Escolher a mala correta é importante para ter uma viagem tranquila e sem surpresinhas desagradáveis longe de casa com seus objetos pessoais. Confira as nossas dicas e escolha a melhor mala de viagem!

1. Se possível, fuja do pretinho básico

Lembre-se que pode ser bastante útil escolher uma cor de mala diferente do pretinho convencional na hora de comprar a sua mala de viagem. Isso porque como preto é uma “cor padrão”, fica mais fácil confundir as malas no aeroporto, causando transtornos. Ainda assim, se você realmente prefere a mala preta, lembre-se de colocar alguma coisa nela para diferenciar das demais. Pode ser um lenço amarrado, algum adesivo, ou até mesmo aquelas tags de identificação.

2. Desapegando da sua querida mala

Parece estranho falar isso, mas é verdade: não se apegue à sua mala de viagem. Na hora de comprar escolhemos a que achamos mais bonita, porém depois de entregá-la no balcão do aeroporto, ela segue um caminho pela esteira até ser empilhada com outras bagagens e colocada dentro do avião.

Imprevistos podem acontecer e é real a chance da sua mala sofrer algum dano durante o transporte. Eu mesma já tive mala quebrada no aeroporto, mas depois ganhei uma novinha da finada Avianca Brasil.

Uma boa dica neste quesito é apostar em malas resistentes, como as de tecido, que aguentam mais aos impactos. Por outro lado esse tipo de material pode molhar seus itens pessoais em caso de chuvas, então vale a pena considerar esta informação na hora de comprar. As minhas malas são aquelas mais rígidas, que duram muito bem e ainda tem a vantagem de que não entram água.

3. Kit 3×1 pode valer a pena

Na maioria das lojas é possível encontrar conjuntos de malas com três unidades, sendo a menor delas a bagagem de mão, além de outras duas maiores que devem ser despachadas. Comprando as três juntas o preço pode compensar mais do que adquirindo as três individualmente. Sem contar que é sempre bom ter opções em casa, afinal, a quantidade de dias no destino é que determina o tanto de coisas que você precisa levar e tudo pode acontecer.

4. Escolhendo as rodinhas da mala

As rodinhas da sua mala também merecem atenção, já que podem facilitar ou não o transporte das suas coisas. Eu particularmente acho que vale muito a pena investir naquelas bagagens com rodinhas que giram em 360°, pois ajuda muito na hora de andar com elas no aeroporto e na chegada / saída do destino. Fica mais fácil caminhar com ela do lado e não é necessário fazer muito esforço para ela “andar”, apenas conduzindo o sentido que quer que ela vá.

5. Parte interna com divisórias

Não são todas as malas que contam com divisórias, porém ao menos um espaço à parte com zíper ou velcro é legal que elas tenham. Isso é importante para separar os seus itens e deixar a mala organizada durante a viagem. Você não vai querer misturar chinelo & bactérias de contato com o chão, por exemplo, com peças de roupa.

Tenho uma bagagem de mão mais simples que não tem divisórias internas. Quando viajo com ela, eu gosto de ter algumas necessaires variadas dentro da mala separando os itens de higiene, como sabonete e creme dental, e outra com itens pessoais como calcinhas, sutiãs e meias do restante da mala, assim fica tudo mais arrumadinho e fácil de encontrar.

6. Malas com cadeados

O cadeado é um item de segurança muito importante quando se viaja de avião. Isso porque nada mais é do que uma proteção a mais para os seus itens pessoais. Imagina se alguém tenta abrir sua mala sem autorização?

Em alguns casos há bagagens mais modernas que já contam com cadeados embutidos, que são bem práticos porém podem custar um pouco mais caro. Na dúvida caso não tenha é só escolher a mala e depois comprar aí na sua cidade um cadeado pequeno, que vai te custar cerca de mais uns R$ 15 em qualquer chaveiro.

Lembrando que o cadeado não é item obrigatório na mala para viajar e você não será cobrado por isso no aeroporto – eu mesma nem sempre tranco as minhas – porém vale a pena se prevenir.

7. Aproveitando as promoções

O mercado de malas de viagem é conhecido por trabalhar com altas margens. Por isso, é possível encontrar promoções com até 50% ou mesmo 60% de desconto, especialmente em trocas de coleções e queimas de estoque. Só que geralmente essas ofertas acontecem depois do período de férias escolares (dezembro, janeiro, e julho), quando a maioria das pessoas já viajou e a demanda por bagagens diminuiu bastante. Logo, para economizar mais o ideal é se antecipar e deixar a mala guardada para a próxima viagem.

8. Comprando mala de viagem nos Estados Unidos

Se você vai viajar para os Estados Unidos, destino de compras de muitos brasileiros, pode aproveitar para adquirir a sua mala diretamente no destino, para carregar suas compras extras na volta. Nos outlets de Miami ou Orlando é possível encontrar bagagens de mão por ótimos preços, por cerca de 15 dólares. Eu mesma já comprei para trazer coisas a mais em viagens que fiz para a Disney e acho que vale muito a pena, sendo que é possível depois aproveitar para outros voos.

9. Peso da mala vazia

Conferir quanto pesa a mala vazia é uma boa dica na hora de comprar, já que as companhias aéreas levam a sério a franquia de bagagem e qualquer peso extra vai te custar dinheiro a mais. Além disso, qualquer peso a mais da mala em si é um peso a menos que você poderia estar levando com roupas e outros itens.

O ideal mesmo é considerar malas de no máximo 2 kg, porém isso pode variar com o material, sendo que as de tecidos costumam ser mais pesadas. Você pode conferir essa informação na etiqueta ou nos detalhes do item no site, caso a compra seja feita pela internet.

10. Marcas com garantia vitalícia

Certas marcas de malas de viagem oferecem garantia vitalícia em alguns modelos, como acontece na Samsonite, Sestini e na Victorinox. Em outras, geralmente há garantia contra defeitos de fabricação de até 10 anos. É legal verificar essa informação antes de comprar, pois as vezes a diferença de preço nem é tão grande e você pode ter uma mala boa para sempre.

Onde comprar a mala de viagem ideal

Bagaggio está com uma promoção exclusiva para os leitores do Melhores Destinos. Aproveite um cupom exclusivo com 15% de desconto na compra de malas e acessórios de viagem! Não tem nenhum mistério: é só entrar no site da Bagaggio, escolher os produtos desejados e na hora de pagar inserir o cupom MELHORESDESTINOS.

A Bagaggio é uma loja recomendada, com diversas opções de malas de viagem resistentes, sejam elas pequenas ou grandes. O site vende online, então você pode escolher modelos, cores, além de outros itens para viagens sem sair de casa.

É importante ter em mente que existem bagagens que custam quase mil reais, com materiais mais caros e mais resistentes, bem como malas muito boas que não vão passar dos R$ 400. Cabe a você avaliar o quanto está disposto a investir para transportar suas coisas nas viagens.

Modelos de bagagem de mão

No caso da bagagem de mão, é importante ela ser leve e estar de acordo com as dimensões máximas definidas pela Abear citadas neste post.

Modelos de bagagem despachada

Já a bagagem despachada pode ser de tamanho médio, grande ou extra-grande. Consulte apenas as dimensões máximas aceitas pela companhia aérea que você vai viajar. A maioria das lojas segue o padrão internacional do setor.

Nos dois casos, são apenas alguns exemplos que encontramos entre os produtos mais vendidos no mercado. Como ressaltamos, a escolha é pessoal e depende da sua necessidade, orçamento e da qualidade do material que você planeja comprar.


E você, tem alguma dica para dar na hora de comprar uma mala de viagem? Comente abaixo e ajude outros leitores!

Não perca nenhuma oportunidade!
ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
tela do app do melhores destinos
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção