Quanto custa cancelar ou remarcar uma passagem emitida com milhas? Dicas para não perder seus pontos!

Leonardo Cassol
Leonardo Cassol
23/08/2019 às 4:59 - atualizado em 25/12/2019

Quanto custa cancelar ou remarcar uma passagem emitida com milhas? Dicas para não perder seus pontos!

Alterar, cancelar e reembolsar uma passagem aérea emitida com pontos ou milhas pode custar caro, da mesma maneira que uma passagem tradicional. Confira como funciona o reembolso ou remarcação de bilhetes nos três principais programa de fidelidade nacionais, quanto custa e algumas dicas e informações importantes para evitar prejuízo quando seus planos de viagem mudarem, nesse post exclusivo!

Quem nunca precisou cancelar ou alterar uma passagem aérea e se surpreendeu com enorme custo para fazer isso? Uma viagem, seja ela para perto ou para longe, sempre envolve a administração de riscos pessoais, familiares e profissionais, sem contar imprevistos. E um bilhete aéreo possui tantas regras, taxas e procedimentos que fica difícil saber o que fazer nesses casos.

A regra universal para quem resgatou uma passagem aérea com pontos ou milhas é: faça tudo para não perder o voo. Se mudar de planos, cancele o bilhete com pelo menos três horas de antecedência da hora da viagem. Nos dois principais programas de fidelidade nacionais, Smiles e Multiplus, toda a pontuação utilizada é perdida em caso de não comparecimento (no show). Já no TudoAzul, há uma penalidade adicional de R$ 330 ou US$ 350, além da multa mínima de R$ 275 para reembolsar o bilhete. Ou seja, uma pena de morte para o seu bolso, ou para os seus pontos!

Ainda que você consiga avisar com antecedência o programa de fidelidade sobre sua mudança de planos, esteja preparado para gastar uma boa grana para cancelar ou remarcar o bilhete. Dependendo da pontuação utilizada, pode nem valer a pena reaver as milhas. Veja as regras e custos definidos pelos principais programas a seguir.

Quanto custa alterar ou cancelar uma passagem aérea emitida com pontos no TudoAzul, Latam Pass / Multiplus ou Smiles?

Confira as regras dos principais programas nacionais para o cancelamento ou alteração de passagens aéreas emitidas com pontos ou milhas. O quadro foi elaborado considerando as regras em agosto de 2019, podendo sofrer alterações. É importante consultar os programas para saber as regras vigentes.

Importante:

  • Todos os valores indicados são calculados por trecho e por passageiro. Ou seja, uma ida e volta custa duas vezes o valor indicado, vezes o número de passageiros.
  • Os programas que fazem a alteração de passagens com pontos cobram, além  da multa, a diferença em pontos entre a passagem emitida originalmente e o novo bilhete. Ela tende a ser maior quanto mais lotado e mais próximo estiver o novo voo. Portanto, remarcar um voo em cima da hora será quase sempre um péssimo negócio!
  • Na hora da compra da passagem é possível ver em detalhes as regras tarifárias do bilhete. Consulte antes de emitir, em caso de dúvida.

Como cancelar ou alterar uma passagem emitida com pontos na Multiplus / Latam Pass?

A Multiplus e a Latam cobram as menores taxas de cancelamento entre os programas nacionais. Mas isso não significa que seja barato alterar ou reembolsar uma passagem aérea. Quem emitiu bilhetes com pontos a partir de 20 de janeiro de 2019 vai pagar R$ 250 por trecho e por passageiro em voos nacionais, ou R$ 225 para uma alteração, além da diferença de tarifa em pontos, se houver.

Já voos internacionais são cobrados em dólar, variando entre US$ 75 e US$ 200, desde que solicite até três horas antes do voo. Após o horário do voo, os pontos perdem a validade e não serão mais devolvidos. Mas as taxas de embarque devem ser reembolsadas.

Para cancelar, reembolsar ou remarcar uma passagem aérea emitida com pontos Multiplus é necessário entrar em contato pelos telefones 4002-5700 (São Paulo e Capitais) ou 0300- 570 5700 (outras localidades). É um dos pontos negativos do programa. Outro problema é que os pontos podem levar até 30 dias para serem creditados novamente, um terror para quem mudou de planos mas quer utilizar os pontos em outro resgate.

É possível fazer o cancelamento gratuito de bilhetes emitidos em até 24 horas após a emissão, desde que com antecedência maior de 7 dias para a data da viagem. Mas também somente pelos telefones acima.

Clientes Latam Fidelidade com status Platinum, Black e Black Signature são isentos de taxas por alterações e reembolso de passagens emitidas com pontos Multiplus, desde que solicitem a alteração antes do voo. Esse é um importante benefício dessas categorias.

Vale lembrar que caso seja solicitado o reembolso de pontos eles entram na conta com a validade original. Ou seja, correm o risco de vencer no período entre a data do resgate e o cancelamento.

Veja aqui mais informações sobre as taxas cobradas pela Latam.

Como cancelar uma passagem emitida com milhas na Smiles / GOL / parceiras?

A Smiles cobra R$ 300 por trecho e por passageiro para o cancelamento de voos nacionais da GOL. Já passagens internacionais são cobradas em dólar, variando entre US$ 150 e 100% da tarifa. Algumas tarifas não são reembolsáveis, dependendo da companhia aérea parceira e do tipo de bilhete. Tem que checar a informação na hora da emissão. Em todos os casos, o cancelamento deve ser solicitado pelo menos duas horas antes do voo. Após esse prazo as milhas perderão a validade e não serão mais devolvidas, somente as taxas de embarque.

Não é possível remarcar uma passagem emitida com milhas na Smiles. Para cancelar e reembolsar o pedido é feito pelo site do programa e as milhas costumam ser creditadas na hora, após a confirmação do pagamento. É possível fazer o cancelamento gratuito de bilhetes emitidos em até 24 horas após a emissão, desde que com antecedência maior de 7 dias para a data da viagem, também pelo site.

Clientes Smiles Diamante e Ouro não tem nenhum benefício no cancelamento de passagens.

Vale lembrar que, caso seja solicitado o reembolso das milhas, elas entram na conta com a validade original. Ou seja, correm o risco de vencer no período entre a data do resgate e o cancelamento.

Um serviço diferenciado que a Smiles oferece é o Viaje Fácil (venda fiada), onde é possível reservar a passagem com milhas mesmo sem ter o saldo necessário para a viagem. Nesse caso, o cliente paga R$ 120 pelo serviço, que não é reembolsado, mas recebe em troca 2.000 milhas (ou 4.000 milhas para clientes Clube Smiles ou Diamante) ao quitar a passagem, o que deve ocorrer até 60 dias antes do voo. A vantagem desse serviço é que, caso você desista da viagem nesse período, o custo é de apenas R$ 120, ante os valores mais altos do cancelamento de uma passagem comum.

Como cancelar uma passagem emitida com pontos no TudoAzul / Azul?

O TudoAzul cobra R$ 275 por trecho e por passageiro para alterações e cancelamento de bilhetes em voos nacionais do TudoAzul, além da diferença de pontos, se houver, no caso das alterações de voos. Caso o cliente não se apresente no aeroporto e faça a solicitação após o voo, é cobrada uma taxa adicional de R$ 330, adicionada aos R$ 275.

Já voos internacionais são cobrados em dólar, variando entre US$ 150 e US$ 300 dependendo do voo. Caso o cliente não se apresente no aeroporto e faça a solicitação após o voo, é cobrada uma taxa adicional de US$ 330, adicionada ao valor da multa.

Para cancelar, reembolsar ou remarcar uma passagem aérea emitida com pontos TudoAzul é necessário entrar em contato pelo telefone 4003-1141. É um dos pontos negativos do programa. Mas os pontos são creditados imediatamente após o pagamento das taxas.

É possível fazer o cancelamento gratuito de voos emitidos em até 24 horas após a emissão, desde que com antecedência maior de 7 dias para a data da viagem. Mas também somente pelo telefone acima.

Clientes TudoAzul Diamante e Safira não tem nenhum benefício no cancelamento de passagens.

Vale lembrar que, caso seja solicitado o reembolso dos pontos, eles entram na conta com a validade original. Ou seja, correm o risco de vencer no período entre a data do resgate e o cancelamento.


Dicas e informações que você precisa saber antes de remarcar ou cancelar uma passagem aérea emitida com pontos ou milhas

1. Você tem 24 horas para manifestar o direito de arrependimento e cancelar a compra sem custo, desde que a aquisição da passagem tenha sido feita com 7 dias ou mais de antecedência em relação à data do voo. Esta regra vale para compras realizadas pela internet ou lojas físicas.

2. Verifique se seu voo foi alterado pela companhia aérea antes de pedir um reembolso. Se houver uma mudança maior que 30 minutos, você tem direito a receber de volta tudo o que pagou, ou a remarcar o bilhete para outro voo ou data sem custo. É comum as empresas fazerem ajustes na malha até uma semana antes de viagem. Por isso, se for cancelar a viagem, esperar pode valer a pena.

3. Tente antecipar o voo no mesmo dia da viagem, antes de remarcar sua passagem, caso precise viajar mais cedo. No dia da viagem a antecipação pode ser gratuita, dependendo da tarifa ou do seu nível no programa de fidelidade. Se for cobrada, tende a custar bem menos do que a remarcação do voo. Mas fique atento: a antecipação não é garantida, pois depende de disponibilidade. GOL e Azul limitam a antecipação em até 6 horas antes do voo original. A Latam permite alterar no mesmo dia sem restrição de horas.

4. Se não for voar o(s) trecho(s) de ida, é possível aproveitar a volta sem custo adicional. Para isso, é necessário avisar a companhia aérea até o horário do voo de ida. Pode ser mais barato comprar uma passagem nova para o voo de ida (considerando todas as companhias aéreas) do que remarcar apenas o primeiro trecho de uma passagem de ida e volta. No entanto, caso o passageiro tenha mais de um voo programado no segmento de ida, com escalas ou conexões, esses serão cancelados conjuntamente, sem a possibilidade de embarcar pelo meio do caminho.

5. Problemas com o nome ou sobrenome dos passageiros na passagem podem ser corrigidos sem custo, desde que sejam erros de grafia, como falta de letras, letras trocadas ou nome e sobrenome invertidos. Para isso, ligue com antecedência para a central de atendimento da companhia aérea, pois a mudança tem que ser feita antes do check-in. Não é permitido por nenhuma empresa simplesmente trocar totalmente o nome de um passageiro, mesmo pagando multa. Importante: passageiros cujos nomes terminam com Júnior, Filho etc. devem ter o sobrenome anexado ao agnome (Nome + Sobrenome + Agnome); Mulheres que adotaram o sobrenome do conjugue devem emitir o bilhete considerando o que consta no documento que será utilizado no embarque. Do contrário, o embarque poderá ser negado.

6. O programa de fidelidade é obrigado a reembolsar as taxas de embarque. Mesmo quando o cliente não tem mais direito aos pontos, o valor pago pelas taxar aeroportuárias deve ser devolvido.

7. Caso tenha comprado franquia adicional de bagagem é possível receber o dinheiro de volta, em caso de cancelamento ou perda do voo. É preciso solicitar.

—–

Veja também: 10 dicas e informações que você precisa saber antes de alterar ou cancelar uma passagem aérea

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *