logo Melhores Destinos

Grupo Air France-KLM anuncia 18 voos semanais para o Brasil em julho

Leonardo Cassol
11/06/2020 às 11:00

Grupo Air France-KLM anuncia 18 voos semanais para o Brasil em julho

O grupo Air France-KLM anunciou hoje uma ampliação da quantidade de voos para o Brasil. A partir dessa semana, as empresas passam de 10 para 14 frequências semanais, chegando a 18 voos por semana de Paris ou Amsterdã para São Paulo e o Rio de Janeiro a partir de 6 de julho.

Essa programação de voos segue até pelo menos o fim de agosto, e representa 41% do que o grupo costumava voar semanalmente para o Brasil, e três vezes mais do que tinha sido anunciado em 23 de março, quando mesmo no início da crise, o grupo manteve seis vezes por semana para o País.

Olhando a operação global, incluindo voos domésticos e internacionais dentro da Europa, o grupo informou que em julho vai chegar a 35% da oferta de voos que tinha antes da pandemia. Já em agosto, esse percentual sobe para 40%. É bem mais do que os 15% atuais.

Transporte de carga compensa em parte a queda no número de passageiros

Apesar de uma ocupação média de apenas 50% da capacidade de passageiros nas rotas para o Brasil, o transporte de cargas por via aérea está com uma demanda altíssima, compensando, pelo menos em parte, a queda no número de viajantes. As empresas destacaram que boa parte das cargas trazidas e levadas são essenciais durante a pandemia, como produtos farmacêuticos, equipamentos médicos, matéria-prima para produção de medicamentos, frutas, suprimentos e embalagens.

Além dos voos de passageiros, a KLM opera também voos de carga cinco vezes por semana entre Amsterdã e o Aeroporto Internacional de Viracopos.

Destinos atendidos pela Air France e KLM em julho e em agosto

Em julho, a Air France terá 20 destinos na França, outros 40 na Europa e mais de 30 intercontinentais, além de aumentar a quantidade de voos para os destinos onde já operava. Em agosto chegará a 137 cidades.

Já a KLM ampliará principalmente no sul da Europa, incluindo Portugal, Itália e Espanha. No intercontinental a aérea planeja adicionar seis destinos – Jacarta, Denpasar, Washington, São Francisco, Vancouver, Calgary – e aumentar frequências aos destinos que a KLM já oferece. Em agosto, terá voltado a 73 cidades.

Vale ressaltar que a partir de 6 de julho a Air France voltará a voar para Santiago, no Chile, mas apenas com um voo semanal.

Confira os detalhes da operação no Brasil e América do Sul:

O novo Airbus A350 é a grande novidade na operação da Air France no Brasil. A alocação desse modelo não é definitiva. A empresa informou que após a pandemia irá reavaliar o equipamento mais adequado, conforme a demanda evoluir. Já os Airbus A380 (de dois andares) serão mesmos aposentados precocemente, não havendo nenhuma chance de ver um deles em operação regular por aqui.

No Brasil, as operações para Fortaleza ainda não tem previsão de retorno. A rota deve ser retomada apenas quando a demanda atingir um patamar mínimo de normalidade. Mas, o grupo destacou o importante papel exercido pela parceira GOL na ligação de dezenas de destinos no Brasil: “1 a cada 4 passageiros da Air France e KLM são conectados a outras cidades brasileiras pela GOL”, ressaltou Jean-Marc Pouchol, diretor geral do grupo para a América do Sul.

Preço das passagens aéreas

As empresas informaram que não devem fazer promoções de passagens aéreas até que as fronteiras da Europa e do Brasil sejam reabertas. No entanto, o diretor geral Air France-KLM para a América do Sul destacou que quando a situação se normalizar e a oferta/demanda de voos crescerem, naturalmente irão analisar o cenário para ter preços competitivos.

A política de flexibilidade, que permite remarcar passagens aéreas compradas durante a pandemia sem a cobrança de multa, deve ser mantida até que a situação se normalize.

De acordo com os executivos do grupo, a programação de voos definida até julho não depende diretamente da reabertura de fronteiras. “Vamos manter esse cronograma havendo restrições de viagens ou não”, disse Pouchol.

Veja também: Europa deve manter fronteiras fechadas para brasileiros até que a pandemia esteja controlada aqui

Reabertura do comércio e das atrações na França

Aos poucos as atrações da França vão reabrindo. Foi feito um calendário que se estende até o final de julho. Comércios e restaurantes já voltaram a funcionar. O Palácio de Versalhes foi reaberto no dia 6 de junho. Já o Museu de Orsay vai reabrir dia 23 desse mês. O principal museu do país, o Museu do Louvre, só será reaberto em 6 de julho. A Torre Eiffel vai reabrir no próximo dia 25 de junho. Confira a programação completa de reaberutra das atrações na França.

Lembrando que todos os espaços vão reforçar a segurança sanitária e devem evitar a aglomeração de pessoas. O uso de máscara será obrigatório.

Medidas especiais de prevenção ao coronavírus em voos da Air France e KLM

Para assegurar aos passageiros uma viagem segura, a Air France e a KLM introduziram medidas em torno de triagem e higiene para proteger clientes e funcionários, a bordo e nos aeroportos, como a limpeza extensiva das aeronaves e o uso obrigatório de máscaras por passageiros desde 11 de maio. As políticas implementadas são baseadas em diretrizes francesas, holandesas, além das recomendações internacionais (OMS, IATA).

As companhias estão totalmente comprometidas em atender os clientes e recomendam que antes de fazer qualquer plano de viagem, entrem em contato com as autoridades nacionais relevantes para verificar os requisitos de entrada e permanência nos países de destino e de trânsito.

Quem quiser pode conferir os vídeos com as medidas sanitárias da Air France e da KLM.

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção