logo Melhores Destinos

Santiago volta para a fase 2 do desconfinamento. O que esperar de uma viagem ao Chile neste momento?

Yenifer Contreras
09/12/2020 às 10:39

Santiago volta para a fase 2 do desconfinamento. O que esperar de uma viagem ao Chile neste momento?

Foi com surpresa que os moradores de Santiago receberam o anúncio de que a capital chilena voltará à fase 2 do desconfinamento, mais restritiva, a partir de amanhã, 10 de dezembro.

A medida preventiva tenta evitar uma segunda onda de infecções e será realizada de forma mais flexibilizada do que a praticada há alguns meses. Em duas semanas, os números serão revistos, sendo possível o retorno à fase 3.

Mas, como isso afeta os viajantes? Quais são as restrições? É conveniente viajar para o Chile agora?  Eu sou o editora do Melhores Destinos Chile, residente no país, e irei orientá-lo sobre tudo o que você deve considerar para viagens nas próximas semanas.

Quais são as fases de desconfinamento no Chile?

No nosso país existe um plano denominado Passo a Passo, que a cada semana posiciona as comunas em fases de desconfinamento, que vão de de 1 a 5 – sendo o passo 1 a quarentena e o passo 5 a abertura absoluta. Até agora, grande parte do país está nas fases 3 e 4. Com restaurantes, hotéis, parques e até academias abertos. Era o caso de Santiago até então, com todas as suas comunas. No entanto, nesta semana foi anunciado que a capital do Chile regredirá para a fase 2 do desconfinamento a partir de amanhã, 10 de dezembro.

Por quê? As autoridades registraram aumentos de casos em alguns municípios da Região Metropolitana. Para evitar que as infecções se tornassem explosivas, decidiram aplicar algumas restrições preventivas nas próximas duas semanas. Por isso, esta fase 2 é muito diferente da que vinha sendo implementada no país em maio e junho, e não deve afetar muito seus planos de viagem ao Chile.

Quais são as principais restrições da fase 2?

A principal limitação é a quarentena nos finais de semana. Todos os sábados e domingos, quem vive ou faz turismo em Santiago, e deseja sair, terá que preencher um formulário no site da Comisaría Virtual. A medida visa, principalmente, restringir festas e reuniões familiares, que são os eventos com maior risco de contágio. Esta licença autoriza você a circular pelas ruas por três horas para fazer compras no supermercado, farmácias ou procedimentos essenciais.

A segunda limitação é o impedimento de fazer viagens a outras regiões, a partir de Santiago. Mas essa restrição se aplica apenas aos residentes da capital. Todos os viajantes que chegam na cidade e seguem viagem para outras cidades do país, seja por via aérea ou terrestre, podem fazê-lo sem problemas. Você só precisa fazer seu passaporte sanitário de viajante no site oficial do C19. É importante que você saiba que dispõe de 24 horas a partir de sua chegada a Santiago para deixar a cidade e poder se locomover pelo país sem restrições.

Vale lembrar que ao longo da semana, entre 0h e 5h, há restrição em relação à circulação nas ruas do Chile. Essa medida está em vigor em todo o país desde março deste ano, e o governo anunciou que continuará em vigor pelo menos até março de 2021.

Serviços de transporte, entretenimento e hospedagem

Esta é uma das grandes mudanças desta fase 2 em relação à outra vez que esta etapa foi aplicada: o transporte continuará operando normalmente em Santiago. O metrô de Santiago, a rede de ônibus intermunicipal e o transporte para outras cidades não serão afetados. Embora as companhias aéreas informem que os passageiros podem fazer alterações sem custo devido às restrições, lembre-se que elas se aplicam apenas aos residentes em Santiago, não aos turistas estrangeiros que estejam de passagem pela cidade.

Informações mais detalhadas sobre horários de voos podem ser encontradas diretamente com sua companhia aérea ou no site oficial do Aeroporto Internacional de Santiago.

Piscinas públicas, parques e terraços de restaurantes estarão abertos ao público de segunda a sexta-feira. O Parque Metropolitano, que reúne o Cerro San Cristóbal, a piscina Tupahue e o zoológico metropolitano, também anunciaram funcionamento normal de segunda à sexta-feira.

Os hotéis também continuarão a receber os viajantes sem grandes restrições. Mas com todas as medidas sanitárias exigidas pelo governo.

Centros comerciais como o Shopping Costanera Center, Parque Arauco e Alto Las Condes estarão abertos ao público de segunda à sexta-feira. Nestes lugares há capacidade limitada, então você pode encontrar fila para entrar em vários andares ou mais espaços percorridos.

É obrigatório o uso de máscara e álcool gel em todos os espaços públicos, abertos ou fechados.

Viagens para outras cidades do Chile

Não há quarentena em cidades próximas como Viña del Mar e Valparaiso. Os principais destinos do país também já reabriram ao turismo, com exceção de Puerto Montt, Puerto Varas que estão na fase 2, assim como Santiago.

Puerto Natales e Punta Arenas estão em quarentena, porém o Parque Torres del Paine está na fase 3 e está aberto a todos os viajantes. Os parques de campismo estão operacionais. Os hotéis do parque começam a ser reabertos neste mês.

Se planeja viajar a outras regiões, é preciso ficar atento ao quadro de quarentena da comuna que pretende viajar.

Requisitos de entrada para o Chile

O Chile está com suas fronteiras abertas para estrangeiros desde novembro e a quarentena não é mais necessária desde 7 de dezembro. Mas você precisa de um teste PCR negativo para entrar no país. Confira nossa postagem especial sobre a abertura de fronteiras no Chile para obter mais detalhes sobre os procedimentos de entrada.


E você, tem viagem marcada para o Chile para as próximas semanas? O que planeja fazer? Comente e participe!

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção