logo Melhores Destinos

Exclusivo! Latam vai unificar seus programas e criar a quarta maior rede de fidelidade do mundo

Leonardo Cassol
Leonardo Cassol
28/08/2019 às 12:12

Exclusivo! Latam vai unificar seus programas e criar a quarta maior rede de fidelidade do mundo

Nas próximas semanas o Grupo Latam Airlines deve anunciar o lançamento de um novo programa de fidelidade, unificando Multiplus, Latam Fidelidade e Latam Pass. O programa terá um novo nome e muitas novidades! A informação foi revelada pelo CEO do grupo Latam Airlines, Enrique Cueto, e pelo CEO da Latam Brasil, Jerome Cadier, em entrevista ao Melhores Destinos, durante o lançamento do novo interior de cabines para os voos internacionais da empresa.

Segundo os executivos, a proposta de valor do programa será fidelizar o cliente à companhia aérea, retornando às origens dos programas de fidelidade. “Teremos o quarto maior programa de fidelidade do mundo, perdendo apenas para as três grandes companhias aéreas dos Estados Unidos”, enfatizou Enrique Cueto.

Os detalhes do novo programa serão divulgados nas próximas semanas. A implantação das mudanças deve ocorrer até o primeiro trimestre de 2020.

O que podemos esperar do novo programa de fidelidade do Grupo Latam

O programa vai voltar a ter um foco maior em viagens, com destaque para os voos da Latam Airlines. Essa mudança já começa a ser notada, antes mesmo do lançamento, com o encerramento da loja online da Multiplus “Comprei Pontuei” e a diminuição na quantidade e na publicidade de parcerias de resgate no varejo menos relevantes, por exemplo. As parcerias em varejo que forem importantes vão continuar, inclusive com as promoções, mas o aéreo será fortalecido.

Segundo Jerome Cadier, a aquisição da Multiplus foi a primeira fase da mudança, que terá sequência nos próximos meses. “Fizemos um investimento na incorporação da Multiplus e agora temos um alinhamento de interesses entre a Latam e o programa de fidelidade. A companhia aérea quer que os clientes voem mais com ela. O resgate de uma geladeira, por exemplo, não pode ser o foco principal. O mais importante é garantir o acesso aos voos, num programa que você consegue pagar com mais ou menos pontos, combinando com dinheiro. E essas coisas ficavam um pouco mais difíceis de implementar quando eram empresas separadas.”, explicou o CEO da Latam no Brasil.

“Vamos ter um programa mais parecido com o que temos nos outros países onde a Latam atua. O Latam Pass já era parte da Latam, só no Brasil ocorria esse desalinhamento de interesses ou de objetivos. Vamos ver um programa mais parte da companhia aérea. Vai ser mais fácil do cliente entender e ter um comportamento fiel à companhia.”, destacou Cadier, dando uma pista do que podemos esperar desse novo programa.

Combate ao comércio de pontos

A mudança também deve ajudar a coibir o comércio paralelo de pontos. Apuramos que a Latam estuda adotar um modelo inspirado no que é utilizado pela Singapore Airlines, onde o cliente informa no início do ano os CPFs das pessoas que deseja beneficiar com o resgate de passagens aéreas com pontos, o que geraria grande impacto para os vendedores de milhas, que teriam dificuldade de antecipar essa informação. A redução da quantidade de CPFs beneficiários também está sendo avaliada. Mas não temos mais detalhes sobre como isso funcionaria.

“Coibir esse comércio paralelo, que vai contra as regras do programa, vai evitar uma desvalorização dos pontos. Em 2018, antes do controle de resgates por CPFs, apenas uma conta da Multiplus chegou a resgatar mais de 4.000 passagens. Isso não é uma pessoa, é uma empresa, que ganhava até R$ 60.000 por mês de comissão. Virou um negócio, uma agência de viagem, que desvirtuava as regras do programa. Não é o nosso propósito. Queremos premiar as pessoas pelo comportamento e voo e não alimentar uma indústria paralela de agências de viagem com base em milhas.”, enfatizou Jerome Cadier.

Não há informações confirmadas sobre eventuais mudanças em parcerias como o acúmulo através do Km de Vantagens, ou mesmo a venda direta de pontos pelo programa e o Clube Multiplus. Mas todas as parcerias estão sendo analisadas dentro da nova filosofia da empresa. A promessa é que o cliente pessoa física será beneficiado com as alterações, que terão foco nas distorções e no hiper acúmulo de pontos que algumas parcerias possibilitam hoje.