logo Melhores Destinos

Morro de São Paulo: como chegar, o que fazer e 35 dicas imperdíveis!

Monique Renne
11/02/2022 às 7:40

Morro de São Paulo: como chegar, o que fazer e 35 dicas imperdíveis!

Morro de São Paulo é um destino com praias incríveis, localizadas a apenas 60 km de Salvador, na Bahia. O lugar é perfeito para quem ama relaxar em faixas de areia paradisíacas, mergulhar em um mar transparente, comer boas moquecas, praticar snorkeling ou, melhor ainda, não fazer nada e descansar! Confira nossas dicas de Morro de São Paulo e saiba o que fazer por lá!

Localizada no arquipélago baiano de Tinharé, e distrito da cidade de Cairu, a vila de Morro de São Paulo é um destino pequenino, cheio de charme e que encanta por suas belezas naturais e boas baladas. Sim! Morro de São Paulo atrai tanto os viajantes que desejam dias de descanso na praia quanto os baladeiros que curtem a noite e festa sem ter hora para acabar. Seja qual for o seu estilo, você encontrará em Morro de São Paulo a viagem perfeita para as suas férias na Bahia. Confira nossas dicas do que fazer em Morro de São Paulo, como chegar, a melhor época para ir e, claro, boas pousadas em Morro de São Paulo para você relaxar. A gente sabe que você merece!

Morro de São Paulo

Morro de São Paulo

O que fazer em Morro de São Paulo

As praias são as principais atrações de Morro de São Paulo e para explorar cada uma delas você poderá escolher entre caminhadas à beira-mar, passeios de lancha, percursos de quadriciclo e deliciosos trajetos de bike pela areia. Além das praias de Morro de São Paulo, quem visita o destino poderá dar um pulinho na vizinha Ilha de Boipeba, que sempre rende um passeio maravilhoso e um bom mergulho nas piscinas naturais.

Em uma viagem a Morro de São Paulo não pode faltar também um lindo pôr do sol; uma volta pelo centrinho; a boa culinária local; uma animada balada, que pode começar ao pôr do sol e seguir até a madrugada; uma pousada com visual incrível; e, claro, a emoção de descer a tirolesa e cair direto no mar.

Não falta o que fazer em Morro de São Paulo, por isso prepare-se para ficar o máximo de tempo que puder por lá!

O que fazer em Morro de São Paulo Bahia

Vila de Morro de São Paulo

1 – Vá a todas as praias de Morro de São Paulo

As praias de Morro de São Paulo são incríveis e vale conhecer cada uma delas durante a sua viagem. E como estamos falando de mais de dez praias, é bom se já se organizar para conseguir ver todas. As praias de Morro de São Paulo têm sempre um visual incrível, mar transparente e temperatura na medida certa para relaxar. Algumas praias têm formação de piscinas naturais, outras atraem pela faixa de areia deserta, boas ondas para a prática de esportes e até pela balada, que em Morro acontece tanto de dia quanto à noite. Na dúvida, visite todas as praias de Morro de São Paulo para eleger a sua favorita.

Morro de São Paulo praias

Segunda Praia de Morro de São Paulo

2 – Primeira Praia de Morro de São Paulo

A Primeira Praia de Morro de São Paulo é a favorita entre os moradores, mas poucas vezes procurada pelos turistas. Localizada bem perto do centrinho de Morro de São Paulo, entre o Morro do Farol e a Segunda Praia, a Primeira Praia é famosa por ser o ponto de chegada da tirolesa de Morro de São Paulo. Sim! É nas águas da Primeira Praia que você chegará ao se aventurar na descida dos 350 metros de extensão da maior tirolesa do Brasil.

Melhores praias de Morro de São Paulo

Primeira Praia de Morro de São Paulo

Ainda que não esteja entre as prediletas dos turistas, a Primeira Praia – que tem apenas 310 metros de extensão – é ótima pedida para curtir  o banho de mar e também a prática de esportes, já que esta é a única praia de Morro de São Paulo com boas ondas. Para os menos aventureiros, o visual do mirante entre a Primeira e Segunda Praia rende lindas fotos!

3 – Segunda Praia de Morro de São Paulo

A Segunda Praia de Morro de São Paulo é a mais popular entre os turistas que visitam a ilha. Animada, cheia de bares e restaurantes, com diversas boas pousadas e um mar sempre espetacular, a Segunda Praia é uma das melhores para curtir tanto de dia quanto à noite. Com pouco menos de 400 metros de extensão, a Segunda Praia tem faixa de areia larga, areia branquinha e costuma ter mar muito tranquilo. Durante a maré baixa é possível até curtir algumas piscinas naturais que se formam por lá. Excelente pedida para famílias com crianças.

Segunda Praia de Morro de São Paulo

Segunda Praia de Morro de São Paulo

Para curtir o dia na Segunda Praia vale aproveitar o delicioso mar para um bom mergulho; passear pela vegetação da Ilha da Saudade; aproveitar a larga faixa de areia para a prática de esportes, como vôlei, frescobol, futebol e outros; subir ao mirante para uma linda foto; e, claro, experimentar os bons pratos servidos pelos restaurantes locais. Já à noite, a pedida na Segunda Praia é aproveitar os animados bares à beira-mar.

4 – Terceira Praia de Morro de São Paulo

A Terceira Praia de Morro de São Paulo marca a passagem do agito da Segunda Praia para a calmaria da Quarta Praia. Por isso mesmo ela é ideal para quem deseja estar em um ambiente mais tranquilo, mas sem ficar distante demais do agito de Morro de São Paulo. Na Terceira Praia não é comum ter barracas e espreguiçadeiras disponíveis para os turistas e os restaurantes servem as refeições apenas nas mesas, o que ajuda a manter a faixa de areia sempre mais vazia.

Terceira Praia de Morro de São Paulo

Terceira Praia de Morro de São Paulo

Com cerca de 800 metros de extensão, a Terceira Praia conta com o lindo cenário da Ilha da Saudade à esquerda e com deliciosas piscinas naturais no canto direito. O visual da praia muda muito de acordo com a maré, já que na maré alta uma boa parte da faixa de areia desaparece, enquanto na maré baixa surgem os corais e piscinas. Sabendo disso, visite a Terceira Praia em diferentes horários do dia.

Vale dizer ainda que é a partir da Terceira Praia que partem os passeios de barco que seguem o roteiro de Volta à Ilha, com visita aos arredores da Ilha de Tinharé e à Ilha de Boipeba. Outro passeio possível a partir desta praia é o trajeto de caiaque até a Ilha de Caitá, um banco de areia com corais que rende lindas fotos.

5 – Quarta Praia de Morro de São Paulo

A Quarta Praia de Morro de São Paulo é o lugar certo para ficar longe do movimento e curtir o lindo cenário natural da ilha. Com 4 km de faixa de areia e permeada com belas formações de piscinas naturais, a Quarta Praia é um convite a se isolar e relaxar. A infraestrutura da Quarta Praia está limitada ao início da faixa de areia (próximo à Terceira Praia), onde estão as piscinas naturais que aparecem na maré baixa. Mais à frente, você encontrará pequenos trechos com movimento, onde estão alguns dos hotéis e resorts da Quarta Praia, entre eles o famoso Patachocas.

Quarta Praia de Morro de São Paulo

Quarta Praia de Morro de São Paulo

A Quarta Praia de Morro de São Paulo costuma ser o ponto final da famosa caminhada que começa na Primeira Praia. E como os turistas já chegam por lá um pouco cansados, não costumam seguir adiante até o final. Não se entregue! Siga a caminhada para ver a Quarta Praia cada vez mais linda. Vale dizer que pela grande extensão e acesso mais distante, a Quarta Praia nunca fica lotada. É uma ótima pedida para dias em que Morro de São Paulo está muito movimentada.

6 – Quinta Praia de Morro de São Paulo (Praia do Encanto)

A Quinta Praia, ou Praia do Encanto, é uma das mais isoladas e de difícil acesso em Morro de São Paulo. Distante de todo o agito da ilha, ela é o lugar certo para quem deseja tranquilidade, contato intenso com a natureza e, se o orçamento permitir, uma hospedagem incrível e inesquecível à beira-mar. São quase 2 km de faixa de areia praticamente deserta. Um paraíso!

Quinta Praia de Morro de São Paulo

Quinta Praia de Morro de São Paulo

Permeada por coqueirais e manguezais, a Quinta Praia oferece incrível cenário natural, com direito a piscinas que aparecem na maré baixa e tornam o espetáculo ainda mais belo. Uma caminhada pela Quinta Praia rende paisagens bem distintas a cada trecho do passeio. Não deixe de ir de mangue a mangue, de ponta a ponta, para conhecer cada detalhe que deu a esta praia o título de Praia do Encanto.

7 – Praia da Gamboa

Gamboa é uma vila vizinha a Morro de São Paulo. Tão pertinho que nem parece um destino diferente. Na prática, Gamboa e Morro de São Paulo dividem a mesma fama e você poderá circular entre elas tranquilamente, sem nem perceber a mudança. Em poucos minutos de caminhada, um rápido trajeto de barco ou um passeio com agência você estará na maravilhosa Praia da Gamboa, uma das melhores pedidas para um dia à beira-mar na Ilha de Tinharé.

Praia da Gamboa

Praia da Gamboa

A Praia da Gamboa tem cerca de 2 km de extensão e conta com mar calmo, transparente e de fundo de areia, coisa rara nas praias da região. Ao longo de toda a orla, há quiosques e restaurantes que atendem aos turistas. Na parte mais movimentada da faixa de areia (canto esquerdo da praia) as pousadas e restaurantes à beira-mar são conectados por passarelas suspensas de madeiras, o que facilita a caminhada. Já na parte mais afastada da praia (canto direito), tudo é mais rústico. Você caminhará pela areia e poderá relaxar nas redes e espreguiçadeiras sob as árvores. Percorra toda a extensão da Praia da Gamboa para descobrir qual pedacinho combina mais com você. Depois, basta relaxar diante do mar.

Vale dizer que na caminhada pela Praia da Gamboa rumo à direita (sentido Morro de São Paulo) você encontrará enormes paredões de argila que, segundo os locais, têm propriedades terapêuticas. Aproveite para se besuntar na argila. No mínimo será divertido!

8 – Praia do Porto de Cima

A Praia do Porto de Cima é a primeira praia no trajeto da caminhada de Morro de São Paulo à Praia da Gamboa. Por estar muito próxima ao cais de Morro de São Paulo, a Praia do Porto de Cima muitas vezes é ignorada pelos turistas. A verdade, no entanto, é que esta praia tem um dos mais lindos cenários entre as praias de Morro de São Paulo.

Praia do Porto de Cima

Praia do Porto de Cima

O mar da Praia do Porto de cima forma piscinas naturas em lindos tons entre azul e verde; a faixa de areia é pontilhada por pedras que parecem ter sido delicadamente depositadas; e tudo é emoldurado por intenso verde, que recobre a alta encosta que cerca o lugar. E a boa notícia é que os 700 metros da faixa de areia da Praia do Porto de Cima estão quase sempre vazios. Uma delícia, mesmo em dias de ilha cheia.

Para chegar à Praia do Porto de Cima, serão apenas 500 metros de caminhada entre a Igreja Nossa Senhora da Luz e as escadarias que levam à faixa de areia. Na maré baixa, é possível chegar caminhando pela areia, a partir do cais de Morro de São Paulo.

9 – Praia da Ponta de Pedra

A Praia da Ponta da Pedra marca o meio do caminho entre a vila de Morro de São Paulo e a Praia da Gamboa. Localizada entre a Praia do Porto de Cima e o paredão de argila, a Praia da Ponta da Pedra oferece 800 metros de faixa de areia deserta, onde o que reina é apenas a natureza. Na praia não há quiosques, restaurantes ou pousadas à beira-mar. É o lugar certo para se sentir cercado apenas pela incrível paisagem de Morro de São Paulo.

A Praia da Ponta da Pedra tem mar tranquilo e formação de piscinas naturais na maré baixa. Já quando a maré está alta, a faixa de areia praticamente desaparece, o que limita a caminhada entre a Gamboa e a vila de Morro de São Paulo. Caso seja pego de surpresa pela maré, suba pelas escadas e pegue o caminho da Rua do Porto de Cima.

Praia da Ponta da Pedra

Praia da Ponta da Pedra

10 – Praia de Garapuá

A Praia de Garapuá é um paraíso ainda pouco explorado pelos turistas que chegam a Morro de São Paulo. Apesar de cada dia ganhar mais fama, é comum encontrar viajantes que nunca ouviram falar de Garapuá. Garapuá é um pequeno povoado de pescadores que faz parte da Ilha de Tinharé, mesma ilha de Morro de São Paulo. Localizada depois da Quinta Praia e distante 14 km do centro de Morro de São Paulo, Garapuá pode não ser o lugar mais fácil de ser visitado, mas certamente está entre os passeios imperdíveis para quem está em Morro.

Praia de Garapuá

Praia de Garapuá

A Praia de Garapuá tem 2 km de extensão e um belíssimo formato de ferradura, que do alto rende um dos mais lindos cenários entre as praias da Bahia. Exuberante, bem preservada e ainda com jeito de antigamente, Garapuá tem tudo para entrar no roteiro de melhores praias do Brasil, por isso é bom garantir a visita antes que o destino se torne muito popular.

Na Praia de Garapuá há longos trechos de faixa de areia deserta, mas nos arredores da vila há quiosques, restaurantes e cenários bem regionais, com direito a igrejinha e barcos de pescadores. Cercada por coqueiros e com mar transparente de fundo de areia (que varia entre trechos de piscina e outros com ondas), Garapuá é capaz de atender a todos os desejos de quem busca um dia de frente para o mar. E para completar o pacote de felicidade, Garapuá oferece ainda piscinas naturais maravilhosas, que fazem parte do roteiro do passeio Volta à Ilha.

11- Praia de Pratigi

Buscando uma praia nada convencional na sua viagem a Morro de São Paulo? Pratigi é o seu lugar! Praticamente desconhecida entre turistas, a Praia de Pratigi é para quem gosta de fugir do circuito comum de viagem. É lugar para desbravadores e viajantes apaixonado por praias desertas! E antes que haja confusão, esta Pratigi aqui não é a mesma Praia de Pratigi onde acontece a famosa festa “Universo Paralelo”.

Localizada após a Praia de Garapuá, a Praia de Pratigi é a mais extensa praia da Ilha de Tinharé e segue por 10 km até o Rio do Inferno, na divisa com a Ilha de Boipeba, onde ganha o nome de Praia do Pontal. É uma faixa de areia deserta, preservada, cercada por coqueirais e um mar sensacional, com direito a formações de piscininhas na maré baixa. Um sonho para poucos, já que chegar até lá não é tarefa fácil!

Praia de Pratigi

Praia de Pratigi

A Praia de Pratigi está distante 3 km do povoado de Garapuá, onde é possível alugar uma bicicleta para fazer o trajeto e também conseguir um barco para ir a Pratigi (neste caso a negociação não será fácil). Outra opção é ir com o 4×4 que faz o trajeto entre Morro de São Paulo e Boipeba. Você poderá pedir para ficar na praia, ao invés de ir até Boipeba. Na volta, combine um horário para encontrar o motorista na estrada.

Quem optar pela caminhada entre Garapuá e Pratigi não terá problemas para identificar a trilha. Basta seguir a beira-mar até a entrada do mangue, onde um caminho bem demarcado vai até a Praia de Pratigi. A passagem por dentro do mangue leva, em média, 15 minutos. Ao chegar a Pratigi, lembre-se que há ainda 10 km de caminhada em faixa de areia deserta. Ande o quanto conseguir e aproveite esse paraíso particular.

12 – Prainha do Forte de Morro de São Paulo

Segredinho bem guardado entre os moradores de Morro de São Paulo, a Prainha do Forte é o destino perfeito para fugir do agito e curtir uma faixa de areia quase deserta. Dificilmente os turistas de Morro de São Paulo chegam a essa praia, mas se você estiver em busca de um lugar especial e isolado, ela será uma boa pedida!

A Prainha do Forte de Morro de São Paulo é uma curta faixa de areia pontilhada por pedras, que na maré baixa formam deliciosas piscinas naturais. Já na maré alta, a praia ganha ondas e a faixa de areia praticamente desaparece. Sabendo disso, consulte a tábua de maré e programe-se para ir à Prainha do Forte de Morro de São Paulo na maré baixa. Vale dizer que no Forte de Morro de São Paulo, onde está a praia, é possível apreciar um lindo pôr do sol. Aproveite o fim do dia para emendar com o entardecer, que na Prainha do Forte é de graça!

Prainha do Forte de Morro de São Paulo

Prainha do Forte de Morro de São Paulo

13 – Invista em alguns passeios em Morro de São Paulo

Os passeios em Morro de São Paulo são uma ótima maneira de conhecer as principais atrações da vila e os destinos vizinhos, onde outras porções de paraíso merecem a sua visita! Em Morro de São Paulo vale fazer passeio de lancha, mas também de 4×4, quadriciclo, bike, tirolesa e, claro, muitos passeios a pé. Afinal, nada como uma boa caminhada para conhecer cada metro de um dos melhores destinos do Brasil. Confira as melhores opções de passeios em Morro de São Paulo!

Passeios de Morro de São Paulo

Passeio de Volta à Ilha em Morro de São Paulo

14 – Passeio de Volta à Ilha

Principal passeio para fazer em Morro de São Paulo, o Passeio de Volta à Ilha percorre de barco as ilhas do arquipélago de Tinharé, permitindo admirar em um mesmo dia algumas das principais atrações do arquipélago. Ele tem duração de um dia inteiro, sai pela manhã da Terceira Praia e faz parada nas piscinas naturais de Guarapuá, que estão em Morro de São Paulo, e/ou nas piscinas naturais de Moreré, localizadas em Boipeba.

Depois no mergulho nas piscinas naturais, a embarcação segue rumo às praias de Boipeba, ilha vizinha a Morro de São Paulo e onde estão algumas das mais belas faixas de areia do arquipélago de Tinharé. A parada em Boipeba costuma ser na Praia de Cueira ou na Praia da Boca da Barra, de onde é possível caminhar para outras praias da região. A parada serve tanto para o almoço quando para se deliciar nas praias de Boipeba. Por fim, o passeio faz uma parada nos bares flutuantes em Canavieiras ou em Cairu, sede do arquipélago e onde é possível visitar o Convento de Santo Antônio.

Ilha de Boipeba

Ilha de Boipeba

A depender da maré, nem todas as paradas são possíveis. Pode até ser que não haja paradas nas piscinas naturais. Para evitar surpresas indesejadas, confira a tábua de maré durante a sua viagem e escolha o melhor dia para fazer o “Volta à Ilha”. O ideal é que a maré mais baixa esteja em horário próximo ao da saída do passeio. As melhores luas para visitar as piscinas naturais são a nova e cheia, quando a variação de maré é maior. Se possível, prefira viajar em datas com estas luas, assim você verá as piscinas naturais no auge da beleza.

  • Custo do passeio: R$ 250 por pessoa em lancha compartilhada;
  • Tempo de duração: 8h (em média);
  • O que você verá no passeio: as piscinas naturais de Garapuá e Moreré, a Praia da Cueira e Boca da Barra (Ilha de Boipeba), bar flutuante em Canavieiras e Cidade Histórica de Cairú (o roteiro pode variar de acordo com a maré);
  • Dica: confira se o horário de saída do passeio coincidirá com a maré baixa, só assim será possível aproveitar as piscinas naturais.

15 – Passeio até a Praia de Garapuá com 4×4

O passeio de Volta à Ilha faz uma parada nas piscinas naturais da Praia de Garapuá, no entanto não leva os visitantes até a faixa de areia. Para conhecer esse paraíso bem de pertinho, será necessário fazer o passeio de 4×4, realizado em veículos tipo jardineira e com partida da Segunda Praia.

O roteiro de passeio para a Praia de Garapuá tem uma rápida parada na Quinta Praia (Praia do Encanto) e depois seque até a Praia de Garapuá, onde os turistas têm liberdade para passar o dia sem se preocupar com horários. A partir da praia, vale investir em uma visita às piscinas naturais (custo extra de R$ 20) ou ainda alugar uma bike para ir até a Praia de Pratigi, uma faixa de areia deserta localizada logo após Garapuá.

  • Custo do passeio: a partir de R$ 130 por pessoa;
  • Tempo de duração: 6h;
  • O que você verá no passeio: a Quinta Praia e a Praia de Garapuá;
  • Dica: o melhor dia para fazer o passeio é quando a maré baixa acontecer em um horário que você já esteja na praia, assim será possível ir até as piscinas naturais.
Passeio Garapuá

Passeio Garapuá 4×4

16 – Passeio para a Ilha de Boipeba com veículo 4×4 ou quadriciclo

Enquanto Morro de São Paulo é famosa pelo agito, Boipeba se destaca pela calmaria e paisagens ainda muito preservadas. Independente do passeio de Volta à Ilha, que faz uma paradinha por lá, invista em um tour de dia inteiro só na Ilha de Boipeba. Assim você terá tempo de percorrer as principais praias, entre elas a Praia do Tassimirim, Praia da Cueira, Praia de Moreré e Praia do Bainema. Se você tiver mais tempo em Morro e quiser pernoitar em Boipeba (o que é uma excelente pedida) vai ser possível ir ainda à Praia da Ponta dos Castelhanos, entre as mais bonitas do Brasil. O passeio até a Ilha de Boipeba pode ser feito em veículo 4×4 ou quadriciclo. Seja qual for a opção, vale a viagem!

Passeio para Boipeba

Passeio para Boipeba 4×4

O passeio de 4×4 para Boipeba parte da Segunda Praia e segue por 25 km de estrada até o Rio do Inferno, onde a rápida travessia é feita de barco. Você chegará à Praia da Boca da Barra e terá todo o dia livre para curtir sem pressa. Não perca a chance de caminhar até as praias de Tassimirim, Cueira, Bainema e a famosa Praia de Moreré. Todas são lindas e valem a visita. É possível fazer todo o percurso a pé para conhecer cada uma delas. No retorno do passeio, há ainda uma parada rápida para conhecer a Praia de Garapuá. Vale dizer que este mesmo roteiro pode ser feito também de quadriciclo. Neste caso, o custo por quadriciclo (para até duas pessoas) é a partir de R$ 580.

  • Custo do passeio: a partir de R$ 200 por pessoa;
  • Tempo de duração: 9h;
  • O que você verá no passeio: a Ilha de Boipeba e a Praia de Garapuá;
  • Dica: prefira fazer o passeio em um dia de sol e mar calmo, quando Boipeba estará ainda mais linda.

17 – Caminhada da Primeira Praia à Quarta Praia

A caminhada entre a Primeira e a Quarta Praia é o grande clássico entre os passeios de Morro de São Paulo. Difícil encontrar um turista que visite Morro de São Paulo pela primeira vez e que não invista algumas horas nesse trajeto. Serão pouco mais de 2 km entre a Primeira Praia e o início da Quarta Praia, sendo que para chegar até o final dela serão mais 4 km de caminhada, totalizando assim 6 km de percurso. Se o pique não der para tanto, vá somente até as piscinas naturais, localizadas no começo da Quarta Praia.

O melhor horário para o passeio é na maré baixa, quando a faixa de areia é mais larga e as piscinas naturais aparecem. Não deixe de fazer paradas para curtir cada uma das faixas de areia. E se o pique permitir, siga a caminhada até a Quinta Praia!

  • Custo do passeio: gratuito;
  • Tempo de duração: mínimo de 1h, mas o tempo total vai depender das suas paradas em cada praia;
  • O que você verá no passeio: a Primeira, Segunda, Terceira e Quarta Praia, além da Ilha da Saudade;
  • Dica: o melhor horário para fazer o passeio é na maré baixa.
Caminhada da Primeira Praia à Quarta Praia

Caminhada da Primeira Praia à Quarta Praia

18 – Caminhada de Morro de São Paulo até a Praia da Gamboa

A Praia da Gamboa está bem pertinho de Morro de São Paulo e é possível ir até lá caminhando, sem gastar um real sequer! O trajeto parte do cais de Morro de São Paulo e segue por uma pequena trilha até a Praia do Porto de Cima. A partir deste ponto, toda a caminhada será pela beira-mar, passando ainda pela Praia da Ponta de Pedra e o paredão de argila, onde é possível aproveitar um banho de argila cujo efeitos, segundo os moradores, são terapêuticos. Logo depois, você chegará à Praia da Gamboa, onde um lindo mar com fundo de areia e quiosques relaxantes te esperam para um dia de descanso.

Caminhada de Morro de São Paulo até a Praia da Gamboa

Caminhada de Morro de São Paulo até a Praia da Gamboa

Para fazer a caminhada, é preciso ir na maré baixa. O trajeto total leva apenas 30 minutos (sem paradas). Caso o horário da ida ou da volta não seja compatível com a maré certa, vale optar pelo trajeto de barco, que tem custo de apenas R$ 4 e faz a ligação entre o cais de Morro de São Paulo e o cais da vila da Gamboa. Outra opção é fazer o passeio até a Praia de Gamboa inteiramente de barco, com agências de turismo. Neste caso, o custo será a partir de R$ 80 por pessoa e haverá ainda uma parada no banco de areia Coroa Vermelha e na Praia da Ponta do Curral, em Valença.

  • Custo do passeio: gratuito;
  • Tempo de duração: a partir de 2h;
  • O que você verá no passeio: Praia do Porto de Cima, Praia da Ponta da Pedra, paredão de argila e Praia da Gamboa;
  • Dica: a caminhada deve ser feita na maré baixa.

19 – Observação de baleias jubarte

O litoral da Bahia recebe todos os anos o espetáculo das baleias jubarte, que procuram as águas quentes do estado para se reproduzirem. Se você é um amante destes animais incríveis e estará em Morro de São Paulo entre os meses de julho e outubro, não perca a oportunidade de fazer um passeio de barco para observá-las. A temporada de baleias não tem data exata, então pode variar um pouco o começo e o final. Antes da viagem, entre em contato com as empresas que oferecem o passeio para saber se estão operando ou não o tour.

  • Custo do passeio: a partir de R$ 200;
  • Tempo de duração: 4h;
  • O que você verá no passeio: baleias jubarte;
  • Dica: no geral, só é possível observar as jubartes entre os meses de julho e outubro.

20 – Desça a tirolesa de Morro de São Paulo

Descer a tirolesa de Morro de São Paulo é uma ótima maneira de começar o passeio pelas praias da ilha. São 52 metros de altura, com 340 metros de percurso, que te levam do alto do Farol de Morro de São Paulo até as águas da Primeira Praia. Sim! Você cairá dentro do mar e dali mesmo já poderá começar a curtir as praias de Morro de São Paulo. Antes da descida, aproveite para fazer lindas fotos da Primeira Praia, Segunda Praia e da Ilha da Saudade. O visual da tirolesa é um dos mais bonitos de Morro e vale o registro, independe da coragem de descer ou não a tirolesa. A descida da tirolesa de Morro de São Paulo tem custo de R$ 70.

tirolesa de Morro de São Paulo

Mirante da tirolesa de Morro de São Paulo

21 – Assista ao pôr do sol em Morro de São Paulo

O pôr do sol em Morro de São Paulo é um evento. Os turistas se organizam para assistir ao entardecer e há diversos pontos da ilha onde o final da tarde é mesmo de emocionar. Alguns lugares têm acesso gratuito, em outros é preciso consumir ou pagar ingresso. Comum a todos é a beleza do sol que desce no mar. Confira os melhores pontos para assistir ao pôr do sol em Morro de São Paulo.

Pôr do Sol em Morro de São Paulo

pôr do Sol em Morro de São Paulo

22 – Toca do Morcego – Pôr do sol com balada

O pôr do sol mais famoso de Morro de São Paulo é o da Toca do Morcego. O espaço é um mix de bar, balada e restaurante, com ambiente descolado, gente animada (e muito arrumada) e, claro, o maravilhoso visual para o pôr do sol de Morro de São Paulo. A Toca do Morcego fica na subida para o Farol do Morro de São Paulo, o que permite uma ampla visão do alto. Para entrar, é preciso pagar ingresso, que tem preço variável de acordo com o movimento em Morro de São Paulo, podendo ultrapassar R$ 100 por pessoa nos dias mais disputados.

Toca do Morcego - Pôr do sol

Pôr do sol na Toca do Morcego

23 – Farol do Morro de São Paulo – Pôr do sol de graça

O Farol do Morro de São Paulo oferece visual semelhante ao da Toca do Morcego, com a grande diferença de ter o acesso gratuito. A subida pode exigir um pouquinho do fôlego, mas a caminhada é bem curta e logo você estará na palafita de madeira que marca o mirante. De frente para o mar e bem no alto do morro, você terá visão privilegiada para o entardecer. Se Morro de São Paulo estiver cheia, suba cedo. Assim você poderá escolher um bom lugar para aproveitar.

Pôr do sol no Farol do Morro de São Paulo

Pôr do sol no Farol do Morro de São Paulo

24 – Pousada Passárgada – Pôr do sol com música ao vivo e piscina de borda infinita

Se tem uma pousada famosa pelo pôr do sol com certeza é a Passárgada. Localizada um pouco antes da Toca do Morcego, a Passárgada tem piscina de borda infinita com vista livre para o entardecer. Se você for hóspede, peça um drink e aproveite o momento fazendo uma hidromassagem na piscina. Caso esteja hospedado em outra pousada, não fique triste. Você poderá curtir o visual do Bossa Nova Bistrô, restaurante da pousada que oferece música ao vivo todo final de tarde.

Pousada Passárgada - Pôr do sol

Pousada Passárgada

25 – Fortaleza de Tapirandú (Forte de Morro de São Paulo) – Pôr do sol com praia

A posição estratégica do Forte de Morro de São Paulo, à direita do cais, não serve apenas para proteção da ilha. O local também é perfeito para aproveitar o entardecer em Morro de São Paulo. A caminhada de dez minutos ao longo da área murada leva ao final do forte, onde a posição é ideal para apreciar o sol descendo no mar. De quebra, você ainda terá ao lado uma prainha escondida, conhecida apenas entre os moradores, para aproveitar um banho de mar. O acesso é gratuito, por isso aproveite!

Pôr do sol na Fortaleza de Tapirandú

Pôr do sol na Fortaleza de Tapirandú

26 – Hotel Portaló – Pôr do sol com drinks e boa comida

O Hotel Portaló funciona dentro de uma parte murada do Forte de Morro de São Paulo e tem um bar com linda vista para o mar. O acesso é permitido também a quem não está hospedado por lá. Aproveite o visual, as mesinhas bem posicionadas e peça um ótimo drink para acompanhar o momento.

Hotel Portaló

Hotel Portaló

27 – Praia do Porto de Cima e Praia da Ponta da Pedra – Pôr do sol de frente para o mar

A Praia do Porto de Cima e a Praia da Ponta da Pedra estão no caminho entre Morro de São Paulo e Gamboa. Serão apenas dez minutos de caminhada a partir do cais para chegar à faixa de areia bem posicionada de frente para o entardecer. Se você busca um lugar tranquilo e de graça para assistir ao pôr do sol, as duas praias são boas pedidas. E se a maré estiver baixa, você ainda poderá curtir o pôr do sol dentro das piscininhas naturais que se formam no mar.

Pôr do sol na praia

Praia do Porto de Cima

28 – Passeie pelos pontos turísticos da vila de Morro de São Paulo

Embora sempre lembrada pelas praias paradisíacas e inesgotável beleza natural, Morro de São Paulo, que faz parte da Ilha de Tinharé (mesmo nome do arquipélago), também tem história! A ilha foi conquistada em 1531 pelo português Martin Afonso de Souza e possui ainda diversos monumentos históricos do Brasil Colônia, período em que Morro de São Paulo tinha construções para proteger Salvador e a Ilha de Itaparica de invasões. Aproveite os dias na ilha para conhecer um pouco mais desta história.

O centro da vila de Morro de São Paulo rende um ótimo passeio. Experimente o final de tarde para caminhar pelas ruas do centro e conhecer alguns dos pontos turísticos de Morro de São Paulo. Um passeio pelo centrinho da vila pode começar pela Fortaleza de Tapirandú, também conhecida como Forte de Morro de São Paulo, uma linda área murada que começou a ser construída por volta de 1630 e que até hoje guarda a ilha. Fique atento à Praia do Forte, localizada ao final do passeio e esconda de grande parte dos turistas.

Pontos turísticos da Vila de Morro de São Paulo

Vila de Morro de São Paulo

Logo depois do forte, visite a Igreja Nossa Senhora da Luz, construída em 1845. A partir da igreja, siga rumo ao Farol de Morro de São Paulo e aproveite para conhecer a tirolesa que tanto faz sucesso na ilha, além do Mirante do Farol. Ao descer do mirante, siga rumo à Praça Aureliano Lima, onde está a feirinha de artesanato e diversos restaurantes. Seguindo ao lado do Casarão, você chegará à Rua da Fonte Grande, onde uma fonte do século XVIII dá ares de antigamente ao lugar. O passeio pode ser feito sem pressa e um pouquinho a cada dia, já que a região é sempre animada e merece diversas visitas.

29 – Experimente os restaurantes de Morro de São Paulo

Comer na Bahia é sempre um evento e nos restaurantes de Morro de São Paulo não seria diferente. A culinária baiana está presente em diversos menus da vila, mas Morro de São Paulo vai além e oferece outras boas opções que não se resumem a moquecas e acarajés. De fato, os frutos do mar são o forte local, mas os sabores podem variar entre receitas clássicas e releituras modernas, tanto da culinária regional quanto internacional.

Os restaurantes de Morro de São Paulo se concentram especialmente no centro da vila (entre a Praça Aureliano Lima e a Rua Caminho da Praia) e na orla da Segunda Praia e Terceira Praia. Ainda que grande parte da oferta de restaurantes de Morro esteja nesta região, há outras boas pedidas em praias mais distantes e cantinhos mais escondidos da ilha.

Onde comer em Morro de São Paulo

Para começar esse roteiro gastronômico pelo centro da vila de Morro de São Paulo, vale conferir o Bossa Nova Bistrô, o Portaló Music Bar e a Toca do Morcego, localizados na Rua do Farol e que contam com boa comida, música ao vivo e um pôr do sol incrível com vista para o mar. Depois do pôr do sol, caminhe rumo à Praça Aureliano Lima, onde estão restaurantes como o Casarão Sushi Bar, que tem linda vista para o movimento de Morro, boa música e o mais famoso sushi da ilha; os italianos Basílico e Pizzaria Mercedes, especializados em massas e pizzas; e o Café com Artes, pedida certa para um lanche tranquilo e sem pressa, ótimo para exercer o “people watching”.

restaurantes de Morro de São Paulo

Descendo da praça rumo à Rua Caminho da Praia, você encontrará uma grande variedade de restaurantes. Esta é a rua mais movimentada de Morro e os lugares nos restaurantes são sempre disputados. Confira os cardápios com calma, já que os menus muitas vezes são semelhantes, mas há grande variação de preço. Na Rua Caminho da Praia, veja o Restaurante Mediterrâneo e o Restaurante Frigideira, ambos com cardápio muito variado.

No lado oposto da praça, você encontrará excelentes pedidas muitas vezes desconhecidas de grande parte dos turistas. Passe pelo arco ao lado do Casarão e siga a Rua da Fonte Grande rumo ao Restaurantes Aromas, com ótimo preço e boa comida servida em um delicioso jardim; o Cantina Barolo, com boa comida italiana; o Papoula, com comida simples, deliciosa e bom preço; além do Jony Milanesa, ótima sanduicheria.

Se você está em busca de bons restaurantes à beira-mar, a Segunda Praia é o lugar! Os famosos Sambass Café a Budda Beach oferecem cardápio extremamente variado e comida de qualidade, sempre com música ao vivo e ambiente animado. À noite, o cenário fica ainda mais especial com as mesas iluminadas à luz de velas. Já na Terceira Praia, onde o clima é mais tranquilo, o restaurante da pousada Minha Louca Paixão é sempre uma boa pedida. E se quiser ir mais longe, não perca a chance de conhecer o restaurante da pousada Vila dos Orixás, localizado na Quinta Praia.

Jantar em Morro de São Paulo

30 – Curta a noite de Morro de São Paulo

Há quem viaje rumo a Morro de São Paulo apenas pelas baladas. E vale uma baladinha tranquila, com música ao vivo à beira-mar e também festas badaladas que viram a madrugada. A música faz parte do dia a dia de Morro de São Paulo e por todos os lados você encontrará boas apresentações ao vivo.

Diversos bares e restaurantes de Morro de São Paulo oferecem shows intimistas durante todo o ano, mas durante a alta temporada também é possível encontrar apresentações que atraem multidões, especialmente à beira-mar, na Segunda Praia. Boas pedidas para unir o jantar à boa música são o restaurante Casarão, o Bossa Nova Bistrô, o Sambass e o Buda Beach. Como há grande oferta de música ao vivo na vila, caminhe pelo centrinho para encontrar o seu artista e estilo favorito.

Noite de Morro de São Paulo

Noite de Morro de São Paulo

Além das boas apresentações de música ao vivo, Morro de São Paulo também é um destino famoso pelas baladas que seguem até o amanhecer. E as baladas podem ser festas regadas a música eletrônica, como na Toca do Morcego; shows à beira-mar com lual, como os da Segunda Praia; festinhas alternativas, regadas a música e cultura, como no Teatro do Morro; apresentações de grandes artistas em casa de espetáculo; e até uma baladinha em um beach club, com direito a emendar o pôr do sol na piscina à festa madrugada adentro, como no Mama África. Se você é do time baladeiro, vai adorar Morro de São Paulo.

Toca do Morcego

Toca do Morcego

31 – Fique atento à tábua de marés em Morro de São Paulo

Morro de São Paulo, assim como outras praias da Bahia, sofre muita influência da maré. A depender do período do mês e até do horário no dia, você verá a mesma praia com visuais muitos distintos. Com a maré alta e o mar cheio, as ondas tomam grande parte da faixa de areia e podem até render algumas manobras de surfe. Já na maré baixa, o mar ganha lindas formações de piscinas naturais e se torna muito convidativo a relaxar.

Para saber como estará o mar durante a sua viagem a Morro de São Paulo, é preciso consultar a tábua de marés. Com ela será fácil identificar o horário da maré alta e da maré baixa, o que ajuda até mesmo na hora de escolher os passeios do dia. Para quem deseja pegar a chamada “maré viva”, quando a variação do mar é maior, o ideal é viajar em período de lua nova ou cheia. Esse é o momento ideal para fazer passeios como o de “Volta à Ilha”, que faz paradas nas piscinas naturais de Moreré e Garapuá. Veja mais detalhes sobre como funciona a tábua de maré.

Tábua de Maré

32 – Escolha um bom resort ou uma deliciosa pousada em Morro de São Paulo

As pousadas de Morro de São Paulo não decepcionam. Há boa oferta de hospedagem na ilha e muitas pousadas têm clima delicioso para dias de descanso. Em Morro de São Paulo você encontrará desde pousadas intimistas em praias desertas até hospedagens em meio ao agito da ilha, com direito a piscina de borda infinita de frente para o mar. O custo das pousadas, hotéis e resorts em Morro varia bastante, mas podemos garantir que uma delas se encaixará no seu orçamento e desejo de viagem!

Onde ficar em Morro de São Paulo

Villa dos Corais

Melhor região para pousadas em Morro de São Paulo

A maior concentração de pousadas em Morro de São Paulo está entre o centro da vila, a Primeira Praia e a Segunda Praia. É nesta região que está grande parte da oferta de hospedagens e também os principais atrativos, restaurantes, lojas e agitos de Morro de São Paulo. Sem dúvida, esta é uma ótima região para ficar em Morro.

Para se hospedar no centro da vila de Morro de São Paulo, boas opções são a Pousada Passárgada, com um dos entardeceres mais famosos de Morro; a romântica Pousada Natureza; a charmosa Solar das Artes Pousada Boutique; além do econômico hostel da rede Che Lagarto.

Pousadas Morro de São Paulo

Pousada Passárgada

entre a Primeira Praia e a Segunda Praia, vale conferir a Pousada Bahia Bacana; a Pousada Bahia Tambor, uma das mais procuradas da região; a Via Das Pedras Pousada, praticamente pé na areia; a sempre animada Pousada Sambass, que conta com uma piscina que tem ótimo visual para o mar; o Club do Balanço Pousada, de frente para a praia.

Hotéis Morro de São Paulo

Via Das Pedras Pousada

A Terceira Praia é recomendada para quem deseja calmaria, mas sem estar longe demais do agito. Já a Quarta Praia é para quem deseja se manter longe do movimento e curtir mais intensamente o hotel. Agora, a Quinta Praia é para quem busca isolamento total, onde a única preocupação será curtir o paraíso da praias mais deserta de Morro de São Paulo.

Para quem deseja uma pousada na Terceira Praia, as melhores pedidas são a Pousada Minha Louca Paixão, que mais se assemelha a um resort e está bem próxima à Segunda Praia; a Pousada Caeira e a Village Paraíso Tropical, ao centro da praia; e a Villa dos Corais, mais próxima da Quarta Praia e com serviço estilo resort.

O grande destaque da Quarta Praia é o Eco Resort Patachocas, um dos mais procurados em Morro de São Paulo por quem busca dias de descanso, conforto, um lugar tranquilo e atividades para as crianças. Excelente pedida para curtir os dias na ilha. Além do Patachocas, vale conferir na Quarta Praia a Pousada Aimorés, bem próxima à Terceira Praia; a Pousada Vila Mato Verde, cercada de jardins; o Hotel Porto do Zimbo, opção pé na areia; e a Pousada Tatiba, já quase no final da praia.

Patachocas

Patachocas

Na Quinta Praia, está um dos mais requintados hotéis boutique de Morro, o Vila dos Orixás. Este hotel oferece serviço luxuoso e exclusivo para hóspedes que buscam ir além de uma simples cama para dormir. É um lugar para aproveitar cada minuto da experiência, que vai muito além de simplesmente estar à beira-mar. Além da Vila dos Orixás, vale conferir na Quinta Praia o Hotel Karapitangui, menos luxuoso, porém com boa infraestrutura à beira-mar e cercado pelo imenso verde da mata atlântica protegida na região.

Melhores pousadas Morro de São Paulo

Vila dos Orixás

Ainda que o circuito entre a Primeira Praia e a Quinta Praia seja o mais procurado pelos turistas, há outras regiões interessantes para se hospedar em Morro de São Paulo. É o caso Porto de Cima, Gamboa e Garapuá, destinos mais isolados do grande público e que podem render ótimas experiências nos dias de hospedagem em Morro de São Paulo.

Melhores pousadas e resorts de Morro de São Paulo

Se você busca ir além de um lugar para dormir e adora uma experiência especial em hospedagem, você encontrará alguns bons hotéis e até resort para curtir o seus dias em Morro de São Paulo. O bolso é o limite! Não vamos negar que os valores podem ser bem altos, mas se você é do time que investe no hotel durante a viagem, os melhores hotéis em Morro de São Paulo são o Minha Louca Paixão e a Villa dos Corais, ambos na Terceira Praia; o Patachocas Eco Resort, na Quarta Praia; e o Vila dos Orixás Boutique Hotel, na Quinta Praia. Todos são incríveis!

33 – Prepare-se para andar bastante em Morro de São Paulo

Em Morro de São Paulo quase tudo se resolve a pé. Na ilha não entram carros particulares e, no geral, o dia a dia dos turistas é caminhando. Para alguns trajetos e passeios mais longos vale usar a bike, barco, lancha, veículos 4×4, quadriciclo ou bom e velho mototáxi, que está presente na ilha. Além disso, as pousadas localizadas na Quarta Praia e Quinta Praia costumam ter um transfer privativo, o que ajuda os hóspedes a chegar até o receptivo da Segunda Praia, uma espécie de ponto dos transportes que rodam pela ilha. Ainda que haja algumas alternativas motorizadas para trajeto mais longos, tenha em mente que será quase impossível escapar de algumas caminhadas em Morro de São Paulo. Sabendo disso, deixe de lado calçados desconfortáveis e apegue-se ao bom e velho chinelo, ele será o seu maior aliado em Morro de São Paulo.

Vale dizer que o transporte motorizado em Morro de São Paulo é bastante limitado e quase sempre bem caro. Um transfer entre Morro de São Paulo e Garapuá, por exemplo, sai por quase R$ 200. Já o táxi até a Quinta Praia tem custo a partir de R$ 80. O aluguel da diária de uma bike é a partir de R$ 60. Para compensar os altos preços, o barco comum que faz o trajeto entre o cais de Morro de São Paulo e a Praia da Gamboa tem custo de apenas R$ 4, ótima pedida de passeio econômico!

Transporte na chegada a Morro de São Paulo

Quem chega a Morro de São Paulo já pode se preparar para a caminhada até o hotel, já que ela é comum a quase todos os turistas que aportam na ilha. Caso você esteja com uma mala pesada e não queria carregar até o hotel, você poderá contratar o “Uber” especial da ilha. O serviço nada mais é que carregadores que levam a bagagem em carrinhos de mão até a hospedagem. O custo médio, por mala, é de R$ 20 e os carregadores ficam aguardando os turistas no cais de chegada dos barcos e lanchas. O mesmo serviço pode ser contratado na hora de ir embora da pousada, para levar a bagagem até os barcos.

33- Quando ir e clima em Morro de São Paulo

O clima em Morro de São Paulo ajuda bastante a vida do viajante. Como um bom destino baiano, Morro de São Paulo tem clima estável durante quase todo o ano e o sol sempre aparece por lá. As chuvas estão bem distribuída entre os meses e a chance de passar vários dias com tempo fechado é bem pequena. Morro de São Paulo é boa opção de destino para pegar praia em qualquer época do ano.

Apesar do clima ajudar, ao marcar uma viagem rumo a Morro de São Paulo é preciso estar atento a alguns detalhes que podem fazer diferença na viagem. Fique ligado aos feriados (especialmente os prolongados), que sempre lotam a ilha. Outra questão que deve ser levada em consideração é a tábua de maré, que influencia muito no visual das praias.

Clima em Morro de São Paulo

Morro de São Paulo tem sol e chuva durante todo o ano. A boa notícia é que o sol sempre prevalece e dias seguidos de tempo fechado são bem raros por lá. Com clima estável e temperatura sempre agradável, Morro de São Paulo é ideal para viagens em qualquer período do ano.

A média máxima anual de temperatura em Morro de São Paulo dificilmente ultrapassa 30ºC, já a mínima raramente chega a 20ºC. Janeiro, fevereiro e março são os meses mais quentes, com máxima de 29ºC e mínima de 24ºC. Já os meses mais frios são julho e agosto, com máxima de 25ºC e mínima de 21ºC. Independente da época do ano, o clima é sempre quente e úmido em Morro de São Paulo.

Para quem deseja fugir do tempo fechado, o verão é o período com menos chuvas em Morro de São Paulo, sendo que os meses de janeiro e fevereiro têm média inferior a 100 mm. Já os meses de abril, maio, junho e julho são os mais chuvosos em Morro de São Paulo, com média ente 140 mm e 160 mm.

  • Meses menos chuvosos – Janeiro e fevereiro;
  • Meses mais chuvosos – Abril, maio, junho e julho;
  • Meses mais quentes – Janeiro, fevereiro e março;
  • Meses mais frios – Julho e agosto.
Mês Mínima (°C) Máxima (°C) Precipitação (mm)
Janeiro 24° 29° 98
Fevereiro 24° 29° 94
Março 24° 29° 132
Abril 24° 28° 160
Maio 23° 27° 147
Junho 22° 26° 158
Julho 21° 25° 146
Agosto 21° 25° 117
Setembro 21° 26° 102
Outubro 22° 27° 100
Novembro 23° 28° 115
Dezembro 24° 28° 104

Melhor época para ir a Morro de São Paulo

Se você é do time baladeiro, o verão é a melhor época para ir a Morro de São Paulo. Entre os meses de dezembro e fevereiro as festas são frequentes, o clima é perfeito para um bom banho de mar e a ilha está sempre animada. Por outro lado, este é o período que Morro de São Paulo atrai mais turistas, que faz com que os preços sejam inflacionados. Se praia lotada e destino caro não são para você, evite os meses de verão e todos os feriados do ano.

Quem busca Morro de São Paulo para descansar e relaxar certamente irá curtir mais os meses de setembro, outubro e novembro, quando o clima estará ótimo e Morro de São Paulo bem mais tranquila. Este período é perfeito para ver Morro de São Paulo com mais pacata, praias menos cheias e até mesmo alguns trechos à beira-mar bem desertos. E quanto menos gente, mais baixos estarão os preços de hospedagem. Se a ideia é economizar, este é o período ideal para você. Lembre-se apenas de fugir dos feriados.

34 – Fique o máximo de dias que puder

Tá aí uma dúvida que pega muita gente na hora de viajar para Morro de São Paulo. Podemos garantir que quanto mais dias você puder ficar em Morro de São Paulo, melhor! Um bate e volta a partir de Salvador é cansativo e você não terá tempo para curtir. Um final de semana é ok para quem está na correria e quer só relaxar diante do mar. Já um feriado prolongado permites conhecer as principais praias e ainda fazer um passeio. Agora, se você quer mesmo conhecer todas as praias, fazer todos os passeios e ainda relaxar, uma semana é o tempo ideal para ficar em Morro de São Paulo.

35- Como chegar a Morro de São Paulo – confira as diferentes formas de ir

Um dos mais lindos destinos da Bahia, a vila de Morro de São Paulo está localizada na Ilha de Tinharé, que faz parte no município de Cairú. Distante apenas 60 km de Salvador, Morro de São Paulo não está entre os destinos mais fáceis de serem visitados. Ainda que o trajeto não seja simples, podemos garantir que ao chegar a Morro você terá certeza que valeu cada minuto da viagem.

Morro de São Paulo não tem ligação terrestre com o continente, com isso, não é possível chegar à ilha de carro ou ônibus. Para chegar a Morro de São Paulo, será necessário escolher entre os trajetos de catamarã, lancha rápida, transfer semi-terrestre (com transporte terrestre e marítimo) ou ainda um voo em táxi aéreo. A rota mais comum para chegar a Morro de São Paulo é via capital Salvador, mas há outras rotas possíveis e vamos detalhar cada uma delas!

Como chegar a Morro de São Paulo

Como chegar a Morro de São Paulo de avião

O aeroporto mais próximo a Morro de São Paulo é o Aeroporto de Valença (VAL), que tem voos operados pela Azul saindo de Belo Horizonte. A partir de Valença, são apenas 15 minutos de lancha até Morro de São Paulo. Como os preços para Valença não costumam ser tão baixos, a maioria das pessoas prefere voar até o Aeroporto de Salvador e de lá seguir viagem.

Atenção: atualmente os voos da Azul para o Aeroporto de Valença estão suspensos.

A partir de Salvador será possível ainda voar em um táxi aéreo até Morro de São Paulo (disponível todos os dias na alta temporada e duas vezes por semana na média temporada). O custo do voo em táxi aéreo varia, em média, entre R$ 298,00 e R$ 850,00 por passageiro, sendo que as tarifas dependem de diversos fatores. A aeronave também pode ser fretada para até nove passageiros. O trajeto aéreo entre Salvador e Morro de São Paulo tem 25 minutos de duração. Confira mais informações sobre o táxi aéreo.

Como chegar a Morro de São Paulo saindo de Salvador – catamarã e semi-terrestre

Para chegar a Morro de São Paulo a partir de Salvador, os turistas contarão com a opção do catamarã e também do transporte semi-terrestre, que mistura trajetos terrestre com trecho de lancha. Ambas as opções contam com vantagens e desvantagens. É preciso avaliar com calma qual delas se encaixa melhor no seu perfil de viagem.

Catamarã para Morro de Paulo com saída de Salvador

Lanchas e catamarãs saem do Terminal Marítimo Turístico de Salvador (próximo ao Mercado Modelo) e vão direto para Morro de São Paulo. Esse trajeto é feito em mar aberto e dura por volta de 2h30. O tempo pode variar a depender das condições do mar e vento. Todos os dias da semana há, em média, cinco opções de horário para quem deseja ir de catamarã a Morro de São Paulo, sendo que na alta temporada pode haver transporte extra.

Três empresas operam os catamarãs para Morro de São Paulo que partem de Salvador: Biotur, Ilha Bela e Farol do Morro, cada uma em um horário específico, não sendo possível escolher entre duas ou três empresas no mesmo horário. Também não é possível prever o tamanho da embarcação, que pode ser alterado sem aviso prévio. A compra da passagem do catamarã pode ser realizada online, em agências como a Bahia Terra ou diretamente nos sites de cada empresa que opera o catamarã. O valor da passagem do catamarã para Morro de São Paulo é R$ 113 por trecho.

Catamarã Morro de São Paulo

Catamarã de Salvador para Morro de São Paulo

É importante salientar que o transporte de catamarã para Morro de São Paulo pode ser cancelado a qualquer momento devido às condições de navegação ou mau tempo. Neste caso, a viagem é transferida pra o transporte semi-terrestre, sem obrigatoriedade de aviso prévio. Se houver a mudança do transporte, o tempo da viagem será de, no mínimo, 4h30.

Dica! Caso você tenha um voo programado para o mesmo dia do retorno de Morro de São Paulo a Salvador, deixe ao menos 7h de diferença entre a saída de Morro de São Paulo e o horário do voo. Assim você não corre o risco de perder o voo caso haja mudança do transporte. Na dúvida, o ideal é dormir uma noite em Salvador e embarcar apenas no dia seguinte.

Vantagens do catamarã para Morro de São Paulo:

  • É o meio mais rápido de chegar a Morro de São Paulo saindo de Salvador (não estamos levando em conta o táxi área);
  • É o transporte com custo mais baixo para quem viaja de Salvador a Morro de São Paulo.

Desvantagens do catamarã para Morro de São Paulo:

  • A depender das condições de mar, a viagem pode causar enjoo, o que acontece principalmente no trajeto de volta de Morro de São Paulo para Salvador;
  • Se o tempo e as condições de navegação não estiverem boas, o catamarã para Morro de São Paulo pode ser cancelado sem aviso prévio e a viagem ser transferida para o transporte semi-terrestre, o que gera atraso no horário da chegada.

Horários dos catamarãs para Morro de São Paulo

A partir de Salvador são cinco saídas diárias do catamarã rumo a Morro de São Paulo: 8h30, 09h00, 10h30, 13h00 e às 14h30. Os passageiros devem chegar com uma hora de antecedência ao terminal de embarque.

A partir de Morro de São Paulo são quatro saídas diárias do catamarã rumo a Salvador: 09h00, 11h30, 13h00 e às 15h00. Os passageiros devem chegar com uma hora de antecedência ao terminal de embarque.

Este horários podem sofrer mudanças sem aviso prévio.

Trajeto semi-terrestre entre Salvador e Morro de São Paulo

Quem não quiser fazer o trajeto de catamarã entre Salvador e Morro de São Paulo e não estiver de carro para ir até Valença, tem como opção o transporte semi-terrestre. Indicado principalmente para quem enjoa nas viagens de catamarã, o semi-terrestre consiste em uma viagem que une trajetos por via marítima e terrestre.

O trajeto semi-terrestre até Morro de São Paulo pode ser feito com agências de viagem e também por conta própria. No caso do trajeto por conta própria, será preciso muita organização para conseguir casar todos os horários e não perder um dia inteiro de viagem. O serviço do transfer semi-terrestre com agência conta com a vantagem de ter todos os meios de transportes com as melhores combinações de horários, o que garante um trajeto mais rápido, com duração de 4h30.

As agências que realizam o semi-terrestre para Morro de São Paulo contam com o translado a partir do Aeroporto de Salvador ou do hotel; ônibus (ou van); e, em alguns casos, lancha própria. Será mais rápido, porém mais caro que fazer tudo por conta própria. O transporte semi-terrestre com agência tem custo médio de R$ 120 com partida do Terminal Marítimo de Salvador ou R$ 160 com transfer a partir do Aeroporto de Salvador ou hotel na cidade.

Confira o passo a passo do trajeto semi-terrestre de Salvador para Morro de São Paulo

  • Travessia marítima do Terminal Marítimo de Salvador ou do Terminal de São Joaquim até a Ilha de Itaparica. Este trajeto é realizado em ferry-boat ou lanchinha (ambos transportes públicos) até o Terminal Marítimo Bom Despacho ou Mar Grande (Terminal Marítimo de Vera Cruz), na Ilha de Itaparica. O trajeto leva entre 50 minutos e 1h30;
  • Trajeto terrestre de 140 km de Itaparica para Valença. Ao chegar à Ilha de Itaparica, os turistas seguirão de van ou ônibus fretado até o Atracadouro Bom Jardim, em Valença. O trajeto entre Itaparica e o Atracadouro Bom Jardim tem 130 km e leva, em média, 2h;
  • Trajeto de lancha entre Bom Jardim e Morro de São Paulo. A partir do Atracadouro Bom Jardim, em Valença, os viajantes seguirão de lancha rápida ou barco até Morro de São Paulo. Este trajeto final leva, em média, 15 minutos;

Vantagens do transporte semi-terrestre:

  • A viagem do semi-terrestre dificilmente causa enjoo, o que torna esta a melhor pedida para quem é mais sensível ao balanço do mar;
  • O semi-terrestre dificilmente tem atraso no horário da chegada, o que permite organizar melhor o horário do voo de retorno, caso você deseje pegar o voo no mesmo dia.

Desvantagens do transporte semi-terrestre:

  • O tempo de duração da viagem do semi-terrestre é muito superior à do catamarã. São 2h de catamarã contra 4h30 do semi-terrestre;
  • O custo do semi-terrestre é um pouco mais alto que o do catamarã.

Como chegar semi-terrestre

Como chegar a Morro de São Paulo saindo de Valença

Quem viaja a Morro de São Paulo saindo de outros destinos que não Salvador poderá avaliar a opção de fazer o transporte a partir de Valença, que tem o trajeto mais rápido de lancha para Morro de São Paulo. Para quem está de carro essa é uma ótima opção de rota, já que as lanchas rápidas levam bem menos tempo que o catamarã de Salvador e não costumam causar enjoos.

Lanchas rápidas fazem o trajeto de Valença até Morro de São Paulo partindo de dois terminais diferentes. O principal ponto de partida das lanchas rápidas é o Terminal Hidroviário de Valença, localizado no centro da cidade e próximo a diversos estacionamentos (com valores entre R$ 25 e R$ 30 a diária). De lá, partem lanchas e barcos durante todo o dia (entre 8h e 18h), em média a cada meia hora. A viagem tem duração de 40 minutos em lancha rápida e 1h30 de barco. O custo é de R$ 27 para a lancha e R$ 13 para o barco. Esta viagem não pode ser agendada com antecedência. Do mesmo local partem também lanchas rumo à Ilha de Boipeba.

Outra opção de embarque a partir de Valença é o Atracadouro Bom Jardim (ou Ponta do Curral), distante 22 km do centro de Valença e mais próximo a Morro de São Paulo se comparado ao Terminal Hidroviário de Valença. O ponto negativo é que neste atracadouro há poucas opções de lanchas e barcos regulares. Na prática, é preciso dar sorte de ter uma lancha partindo ou será necessário aguardar (ou negociar) até que uma nova viagem aconteça.

Como chegar saindo de Valença

Como chegar a Morro de São Paulo saindo de Boipeba

A dobradinha entre Morro de São Paulo e Boipeba está cada vez mais comum. Se você pretende visitar os dois destinos na mesma viagem, uma boa opção é fazer o passeio de lancha ou 4×4 que sai de uma ilha e visita a outra. Ao final, basta não fazer o trajeto de volta. Assim você aproveita o passeio e garante o transporte. Outra opção é contratar um transfer 4×4 para o percurso.

Terceira Praia de Morro de São Paulo

Dicas finais de Morro de São Paulo

  • Caso viaje pelo mar, tente tomar alguns cuidados para evitar o enjoo na embarcação. Faça refeições leves antes de embarcar ou tome um remédio de enjoo, seguindo orientação médica;
  • Leve roupas leves, protetor solar e calçados confortáveis para caminhar. O clima por lá é quente e o astral descontraído, sem formalidades, com direito a roupas frescas e chinelo sempre no pé;
  • Procure também viajar com pouca bagagem para que o deslocamento até sua pousada seja mais fácil e sem complicações. Dê preferência para mochilas, que facilitam o transporte nas ruas de pedra e trechos de areia;
  • Ao desembarcar em Morro de São Paulo, você verá pessoas oferecendo para carregar suas malas. Esse serviço pode ser uma boa alternativa se você tiver malas pesadas, mas é sempre bom combinar o valor previamente e não depois do serviço;
  • Hoje em dia é possível pagar com cartão e pix diversos serviços em Morro de São Paulo, entretanto é sempre bom ter dinheiro em espécie para alguns gastos menores, em especial porque os caixas eletrônicos da ilha podem não funcionar. Sendo assim, leve dinheiro do continente e não conte com os caixas eletrônicos de Morro de São Paulo;
  • É comum falta de luz em Morro de São Paulo. Uma lanterna não será demais;
  • Prepare-se para caminhar… a maior parte das atividades em Morro de São Paulo são feitas a pé e há algumas ladeiras a vencer;
  • O serviço médico e as farmácias de Morro de São Paulo são bem limitadas. Leve todo medicamento que considerar necessário;
  • O sinal de celular funciona bem em Morro de São Paulo e é comum a oferta de Wi-Fi nas pousadas e restaurantes;
  • Há a cobrança de uma taxa na chegada a Morro de São Paulo. A tarifa por uso do patrimônio do arquipélago – TUFA tem custo de R$ 20 por pessoa e deve ser paga no momento de desembarque em Morro de São Paulo. Crianças com menos de 5 anos e pessoas com mais de 60 anos estão isentas da taxa.

Aproveite cada minuto para ser feliz nas praias do Morro de São Paulo. A Bahia espera por você! Tem mais dicas de Morro de São Paulo? Compartilhe com a gente nos comentários. Quanto mais dicas, melhor!

Não perca nenhuma oportunidade!
ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
tela do app do melhores destinos
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção