A elite dos programas de fidelidade: como funciona, benefícios e dicas para chegar lá mais rápido

Leonardo Cassol 16 · outubro · 2014

Desde que foram criados, os programas de fidelização das companhias aéreas se tornaram uma referência mundial na geração de valor para o cliente. O tema é tão instigante que já foi até a história central de um filme, estrelado pelo astro de Hollywood George Clooney (Up in the air; Amor sem escalas-2009).

O Brasil ainda fica um pouco atrás em relação ao cenário mundial, principalmente quando comparamos os benefícios oferecidos aqui com os que são ofertados pelas empresas aéreas americanas e asiáticas. Mas isso não significa que os nossos passageiros tenham direito a poucas regalias. 

Upgrades ilimitados para classe executiva; acesso às salas VIP; franquia de bagagem ampliada; bônus para o acúmulo de milhas; tabela de resgate de passagens com milhas reduzidas; acesso gratuito aos assentos premium da classe econômica; check in e embarque prioritários em filas especiais; atendimento telefônico diferenciado; isenção de taxa de remarcação ou cancelamento de passagens; ampliação da validade das milhas. Esses são alguns dos benefícios que as empresas aéreas brasileiras oferecem aos seus passageiros frequentes, na elite de seus programas de fidelidade. São benefícios que se aproximam cada vez mais do padrão mundial e que tornam a vida do passageiro muito mais fácil.

Captura de Tela 2014-10-16 às 11.41.42 Conheça a seguir um resumo dos requisitos e dos benefícios oferecidos no Brasil para cada nível de fidelização da GOL, TAM, AZUL e AVIANCA. Avaliação dos Programas de Fidelidade

Autor: Leonardo Pereira Cassol; Fonte: Elaboração própria em out/14, com informações das empresas aéreas
Autor: Leonardo Pereira Cassol; Fonte: Elaboração própria em out/14, com informações das empresas aéreas

Sem dúvida, a TAM é a empresa que oferece a maior quantidade e os melhores benefícios aos seus clientes do topo de fidelização, seja diretamente ou através da aliança Oneworld. Os upgrades ilimitados, a tabela de resgate de milhas diferenciada (imagem) e a isenção de multa para remarcação ou cancelamento de passagens são exclusividades da empresa.

elite-programas-milhas-tam

A empresa oferece ainda status premium em todas as companhias aéreas da aliança Oneworld. A crítica para a TAM fica apenas para os requisitos e o custo para se chegar ao topo do Fidelidade, bem maiores que os da concorrência. Além disso, o cartão Black, que tem uma exigência muito superior ao Vermelho Plus, oferece apenas uma linha de 0800 exclusiva como benefício adicional.

Em segundo lugar vem a GOL, que possui o melhor programa de milhagem do Brasil, de acordo com os leitores do Melhores Destinos. A marcação gratuita de assentos especiais premium (GOL+) e a ampliação da validade das milhas são benefícios exclusivos do Smiles. A possibilidade de ser promovido de categoria com pontos de cartão de crédito é outro diferencial, e permite chegar ao topo do Smiles mesmo sem voar. Além disso, a GOL reduziu os requisitos para se chegar às categorias Prata, Ouro e Diamante, ampliando o alcance do seu programa.

elite-programas-milhas-gol

A AZUL é a terceira colocada. O programa TudoAzul tem pouco tempo de existência e ainda parece estar em fase de consolidação. Apesar de ser o programa com maior facilidade e o menor custo de ascensão, seus benefícios ainda são inferiores aos oferecidos pelos programas mais consolidados da TAM e da GOL.

O cartão de crédito que oferece promoção automática de categoria é o único diferencial do TudoAzul, além da possibilidade de emitir passagens com diversas empresas aéreas por meio da parceria com uma agência de viagens.

elite-programas-milhas-azul

Em quarto e último lugar temos a Avianca Brasil, com seu pálido e combalido Programa Amigo. Seja pela dificuldade e pelo custo de se chegar ao topo do programa, por um lado, e a ausência de parcerias e malha aérea restrita da companhia aérea, por outro, o Programa Amigo fica muito atrás em relação as concorrentes. A futura entrada da Avianca Brasil na Star Alliance traz alguma esperança de melhoria do Programa Amigo, ou de integração com o LifeMiles, programa de fidelidade da Avianca Internacional. A seguir orientações, detalhes, dicas e pontos de atenção de cada um dos programas.

Como chegar ao topo de cada Programa 

  1. Fidelidade TAM

Captura de Tela 2014-10-16 às 11.41.06

Regras de acúmulo:

O Fidelidade TAM oferece 500 pontos para bilhetes em voos dentro do Brasil emitidos na tarifa básica (tarifa padrão), 1.000 pontos na tarifa flex e 1.500 pontos na tarifa top. Como a pontuação é uma tabela fixa e não uma função do que foi pago na tarifa, fica mais difícil calcular o valor a ser gasto para chegar ao topo do programa. Porém, numa simulação incluindo voos domésticos e uma ida e volta internacional, estimamos em R$ 22.500,00 em passagens aéreas na TAM ou Oneworld para se chegar a categoria Vermelho e R$ 65.000,00 para se tornar cartão Black.

Por conta dos critérios de acúmulo de milhagem, o Fidelidade TAM se tornou um programa mais vantajoso para os passageiros que viajam para os Estados Unidos ou para a Europa pela TAM, uma vez que a tabela de resgate oferece uma pontuação fixa. Nos voos domésticos, a tarifa básica oferece míseros 500 pontos, dificultando muito o acúmulo e a promoção de categoria.

A desvantagem é menor para quem consegue comprar com antecedência na tarifa básica, pagando valores baixos, pois o acúmulo de 500 pontos pode ser superior aos dos concorrentes. A possibilidade de emitir passagens em qualquer empresa parceria ou membro da Oneworld (American, Iberia, British, LAN, Qatar, Quantas, JAL, Cathay etc.) ainda é um diferencial positivo do programa. A seguir algumas dicas e ponto de atenção em relação ao Fidelidade TAM.

Dicas:

  1. Realizar voos internacionais pela TAM é uma boa pedida para acelerar a promoção de categoria no Fidelidade. O acúmulo é de 6.000 pontos por trecho em voos para Europa, 5.000 pontos para América do Norte e 1.000 pontos para América do Sul na tarifa Access (padrão) Todas as tarifas de voos internacionais de voos TAM pontuam;
  2. Passagens na Classe Executiva também aumentam em pelo menos 50% a velocidade de acúmulo de pontos elegíveis para promoção de categoria;
  3. A TAM faz parte da Oneworld. Portanto, voar nas empresas aéreas da aliança pode ajudar na promoção de categoria. O passageiro pode escolher acumular milhas no Programa Fidelidade TAM quando voa nas empresas parceiras.

Fique atento:

  1. As milhas bônus dos Cartões TAM Azul, Vermelho e Black não são válidas para promoção de categoria;
  2. A tarifa promo não é válida para o acúmulo de milhas ou para promoção de categoria;
  3. Milhas compradas pelo site do Multiplus Fidelidade, acumuladas através de parcerias (ex: hotéis, sites de internet) ou transferidas de cartões de crédito também não são válidas para promoção de categoria;
  4. A pontuação de voos de algumas empresas aéreas da Oneworld é bem restrita, onde as tarifas promocionais não são elegíveis para o acúmulo de milhas e tarifas intermediárias possuem pontuação diferenciada (25%, 30%, 50% ou 75% do que foi voado). Consulte o site da TAM antes de comprar sua passagem;(http://www.tam.com.br/b2c/vgn/v/index.jsp?vgnextoid=b3aa5892584ca210VgnVCM1000009508020aRCRD );
  5. O período analisado para a promoção de categoria são 12 meses consecutivos. Porém, o período de renovação dos Cartões Prata, Ouro, Diamante considera apenas os 12 meses que antecedem o vencimento do cartão, ou seja, 01/04 do ano anterior ao vencimento até o dia 31/03 do ano em que vence o cartão. 
  1. Smiles

Captura de Tela 2014-10-16 às 11.41.14 

Regras de acúmulo:

O Smiles pontua duas milhas para cada R$ 1 gasto em passagens aéreas GOL na Tarifa Programa (a tarifa padrão). Isso facilita o cálculo de valor a ser gasto para chegar ao topo do programa. Nessas condições, para chegar ao Cartão Diamante, é necessário gastar R$ 17.500,00 em passagens aéreas na GOL.

O Cartão Ouro exige R$ 10.000,00. Por conta dos novos critérios de acúmulo de milhagem, agora em função do valor pago na passagem e não mais da quantidade de milhas voadas, o Smiles se tornou um programa mais vantajoso para os passageiros que viajam pagando mais caro pela tarifa, geralmente o público corporativo.

Ao mesmo tempo, ficou menos vantajoso para os que compram com grande antecedência ou que viajam através de promoções, pagando tarifas mais baixas. As parcerias com outras empresas aéreas configuram uma opção de resgate das milhas, porém o recente reajuste na tabela de resgate aumentou muito o número de milhas exigidos para se conseguir uma passagem.

Dicas:

  1. A tarifa flexível aumenta em 50% a velocidade de promoção de categoria e de acúmulo de milhas, uma vez que pontua 3 milhas a cada R$ 1 gasto em passagens aéreas GOL;
  2. A GOL é a única empresa onde os pontos transferidos de cartão de crédito acumulam milhas para promoção de categoria. No caso, soma-se 1 milha para promoção de categoria a cada 15 milhas transferidas através dos cartões de crédito conveniados;
  3. Realizar voos internacionais pela GOL ajuda a acelerar a promoção de categoria no Smiles, pois nesse caso há uma tabela fixa que independe do quanto se pagou pela passagem. Uma viagem para os Estados Unidos acumula 5.000 milhas elegíveis para promoção de categoria por trecho; América Central, 3.000 milhas; América do Sul, 1.000 milhas;
  4. Voar na Delta (empresa aérea norte-americana) é uma excelente pedida para clientes Smiles, pois a pontuação na Delta é por milha voada, e mesmo as tarifas promocionais pontuam, o que é raro em acordos de compartilhamento;
  5. Quem já é Cartão Smiles Diamante tem o benefício de acumular no mínimo 500 pontos por voo. Se o cliente comprar uma passagem numa tarifa inferior a R$250 ele acumulará de qualquer maneira 1.000 pontos, sendo 500 pontos válidos para promoção de categoria + 500 pontos de bônus.

Fique atento:

  1. As passagens compradas na tarifa promocional não são elegíveis para o acúmulo de milhas e para promoção de categoria;
  2. As milhas bônus dos cartões Smiles Prata, Ouro e Diamante não são válidas para promoção de categoria;
  3. Milhas compradas pelo site do Smiles ou acumuladas através de parcerias que não sejam cartões de crédito (ex: hotéis, sites de internet) também não são válidas para promoção de categoria;
  4. A pontuação de voos nas parceiras Air France, KLM e Qatar é restrita a algumas tarifas, onde as tarifas promocionais não são elegíveis para o acúmulo de milhas e tarifas intermediárias possuem pontuação diferenciada (25%, 30% ou 50% do que foi voado). Além disso, voos com a Ibéria e a Aerolíneas Argentinas podem até acumular milhas, mas estas não serão válidas para promoção de categoria no Smiles. Consulte antes de comprar sua passagem. (http://www.smiles.com.br/acumule-milhas/companhias-aereas-parceiras.aspx);
  5. O período analisado para a promoção de categoria são 12 meses consecutivos. Porém, o período de renovação dos Cartões Prata, Ouro, Diamante considera apenas o ano civil anterior (janeiro a dezembro).
  1. TudoAzul

Captura de Tela 2014-10-16 às 11.41.36

Regras de acúmulo:

O TudoAzul pontua duas milhas para cada R$ 1 gasto em passagens aéreas AZUL na Tarifa Promocional (a tarifa padrão), mas o cálculo de promoção de categoria considera apenas 1 ponto para cada R$ 1 gasto. Isso facilita o cálculo de valor a ser gasto para chegar ao topo do programa, o Cartão Safira, onde é necessário gastar R$ 6.000,00 em passagens aéreas na AZUL.  A seguir algumas dicas e ponto de atenção em relação ao TudoAzul.

Dicas:

  1. O novo cartão de crédito da Azul (Itaucard) oferece promoção imediata de status no Programa Todo Azul para os clientes que adquirirem a versão platinum. Saiba mais
  2. O lançamento dos novos voos internacionais da Azul para os Estados Unidos oferece novas possibilidades de acúmulo de milhas, já que a pontuação continua em função do valor pago, como funciona nos voos domésticos.

Fique atento:

  1. Voos realizados pela parceira United Airlines computam milhas mas não são válidos para promoção de categoria;
  2. Os pontos bônus dos Cartões TudoAzul Plus e Safira não são válidos para promoção de categoria;
  3. A pontuação de bônus de passagens compradas na tarifa flexível não é válida para promoção de categoria;
  4. As milhas oriundas de transferências de cartão de crédito não são válidas para promoção de categoria;
  5. O período analisado para a promoção ou renovação de categoria considera apenas o ano civil (janeiro a dezembro). Ou seja, se você fizer a pontuação exigida em 12 meses consecutivos que não coincidam com o ano civil, você não será promovido de categoria.
  1. Amigo

Captura de Tela 2014-10-16 às 11.41.29

Regras de acúmulo:

A Avianca Brasil possui o programa Amigo como programa de fidelidade. Importante não confundir com a Avianca Internacional, empresa independente, que tem como programa de fidelidade o LifeMiles. O Programa Amigo oferece 500 pontos para bilhetes em voos dentro do Brasil emitidos na tarifa pop (tarifa padrão), 1.000 na tarifa plus, 1.500 na tarifa open+. Isso dificulta o cálculo de valor a ser gasto para chegar ao topo do programa. Porém, numa simulação incluindo 38 voos domésticos na tarifa pop, estimamos em R$ 19.000,00 os gastos em passagens aéreas na Avianca para se chegar a categoria Amigo Ouro.

O Programa Amigo fica para trás em relação aos programas das suas concorrentes, pois sequer possui integração com o LifeMiles da Avianca Internacional, pelo menos por enquanto. Da forma como foi estabelecido, ele parece uma cópia piorada do Programa Smiles e do Fidelidade TAM, sendo que por ter uma malha aérea muito menor e praticamente nenhuma parceria aérea de grande porte, o Programa Amigo oferece poucas vantagens práticas para seus viajantes frequentes. Só nos resta aguardar alguma mudança positiva com a futura entrada da Avianca Brasil na Star Alliance.

Leonardo Pereira Cassol é economista e colaborador do Melhores Destinos. Trabalha como consultor e é passageiro frequente de várias companhias aéreas. Cartão TAM Fidelidade Black / Oneworld Emerald; Smiles Diamante na GOL; GOLD no Programa Amigo na Avianca Brasil e Tudo Azul Safira na Azul. Também é membro Premier 1K / Star Alliance Gold no MileagePlus da United, Dynast Flyer Emerald China Airlines – Elite Plus Sky Team; Elite 50K / Star Alliance Gold no Altitude da Air Canada.

Publicado por

Leonardo Cassol

Editor

  • Alex

    Achei que as dicas pra acelerar seriam melhores que a leitura das regras 🙁

  • Andre Garcia

    Pessoal, peço ajuda em uma dúvida: Tenho milhas num cartão American Express e gostaria de emitir passagens pela American Airlines.

    A princípio, não é possível transferir diretamente para o AAdvantage, mas é possível transferir para programas de companhias parceiras. Há alguma dessas em que a emissão de passagens da AA seja pelo mesmo custo que no site do AAdvantage?

    Pergunto isso pq um trecho que custa 20k no AAdvantage acaba custando 30k pela TAM!!! Um absurdo!!!

  • Henry

    Uma vantagem adicional que o Smiles tem é que os pontos enviados através de compras nos parceiros e/ou cartões de crédito são computados para o upgrade de categoria.. O Smiles usa o conceito de “milha club”…
    Quando vc voa, os pontos de voos são 1:1 na milha club, isto é, se vc recebe 500 milhas pelo voo, acumula 500 milhas club..
    Já quando vc recebe milhas por compras e/ou envio de cartões de crédito, cada 15 milhas recebida equivale a 1 milha club..
    Então.. para vc se tornar Diamante, vc tem que enviar, no período de 1 ano, o total de 35.000 x 15 = 525.000 pontos do cartão, que se transformarão em 520.000 milhas (para efeitos de resgate) e em 35.000 milhas club (para efeitos de upgrade de categoria).
    Tudo bem que nem todo mundo envia tantas milhas assim… mas é mais uma maneira de vc obter o upgrade..
    Eu obtive e mantenho meu cartão Diamante, justamente através do envio de pontos do cartão, muito embora eu não vá mais enviar pela dificuldade que está conseguir voos pela Delta e pelo aumento, injustificável, que o Smiles fez, para resgate de passagem executiva, passando de 52.500 para 85.000 milhas…
    No próximo ano vou perder meu status Diamante, mas não estou nem aí.. o que eu quero mesmo é queimar logo os quase 1 milhão de milhas que tenho lá no programa..mas está difícil conseguir passagens com eles..

    • Leonardo Pereira Cassol

      Muito bom, Henry! A vantagem é que se você cair cairá para Ouro, ainda preservando benefícios por mais 1 ano. Obrigado!

  • Larissa

    Um dos melhores posts do MD até hoje! Parabéns!!

  • Pedro

    Leonardo, como você consegue voar tanto em um único ano? Seu conhecimento sobre o mundo das companhias aéreas é ótimo.

    • Leonardo Pereira Cassol

      Pedro, viajo quase toda a semana a trabalho e isso representa uma grande parcela dos meus voos. Também fico antenado nas promoções do Melhores Destinos, o que também contribui bastante. Isso explica meus status nas empresas nacionais e na United. No mais, meus Status na China Airlines, Air Canada e Avianca foram obtidos com Status Match, tema que será objeto de um futuro post aqui no MD (vou contar o segredo!)

      • Enore Antonio Bondan Filho

        Oi Leonardo. Vi que vc ganhou o SM pela China Airlines. Esse SM foi aquele promovido pela China Airlines em março desse ano? Te pergunto isso pois solicitei SM para eles, e enviei meu cartão *A Gold da Aegean, bem como cópia do extrato com os vôos feitos, mas até hoje não recebi nada (acho que eles desconsideraram os membros da Aegean, pela forma fácil que era se tornar Gold com a cia. grega). Se não foi assim, poderia me dizer qual foi a forma de ter SM com a China Airlines? Obrigado!

        • Leonardo Pereira Cassol

          Foi sim! Eu mandei tanto o black TAM (Emerald One World) quanto o United Premier 1k Mileage Plus (Star Alliance Gold). Mandei os extratos também pois eles exigiam. Pesquisei e vi que a China Airlines tem várias reclamações de pessoas que não conseguiram. Um site da Nova Zelândia mencionou que eles privilegiaram quem tivesse voado para Ásia. Como eu tinha voos para Shanghai e Bangkok voados pode ter ajudado. Mas eles não responderam nada só mandaram a mensagem de aceite e o cartão!

  • Thiago

    O Melhores Destinos poderia parar de botar que a Gol é considerada o melhor programa de fidelidade do Brasil. Isso ERA, na época que a votação foi feita. Eu inclusive fui eu que votou no Smiles, mas depois das alterações esse programa piorou muito e acredito que hoje ele não venceria novamente.

    • Vamos fazer uma nova pesquisa ano que vem, mas até lá o resultado é esse! =)

  • O Avianca Amigo tem uma vantagem na minha opinião, que é pontuar no seu perfil passagens aéreas de outras pessoas. Isso é bom para quem compra passagens para familiares.

    • André Felipe

      Como faz isso? Tenho que informar os nomes dos parentes onde?

      • Só precisa incluir o número do programa Amigo nas informações do passageiro.

    • Leonardo Pereira Cassol

      Muito bom Joao! Segue regulamento para os interessados! 4. DA CONTA-FAMÍLIA

      4.1. O Programa Amigo possui contas familiares, onde o titular poderá inscrever até 4 (quatro) parentes de 1º grau, compreendendo, aí, o cônjuge e filhos.

      4.2. Para aderir a CONTA-FAMÍLIA todos os integrantes deverão estar previamente cadastrados no Programa Amigo.

      4.3. O titular da conta somente poderá indicar os integrantes da CONTA-FAMÍLIA, através de contato telefônico com a Central de Atendimento AVIANCA, respondendo pela veracidade das informações prestadas, podendo a AVIANCA, a qualquer momento, exigir documentos que comprovem a relação de parentesco entre o titular da conta e os integrantes da CONTA-FAMÍLIA por ele indicados.

      4.4. Os integrantes indicados pelo titular da conta, somente farão parte da CONTA-FAMÍLIA a partir da aceitação, por e-mail, da indicação feita pelo titular, quando, então, também, aceitarão aos termos do presente Regulamento do Programa Amigo.

      4.5. Os PONTOS decorrentes de passagens aéreas adquiridas por cada integrante da CONTA-FAMÍLIA, observada a regra tarifária vigente no ato da compra da passagem, serão creditados na respectiva CONTA-FAMÍLIA, os quais poderão se resgatados somente pelo titular da conta, através do uso de senha pessoal e intransferível, obedecendo ao prazo de validade dos PONTOS.

  • Rafael Costa

    Muito obrigado pelas dicas, sempre quis saber como as pessoas alcançavam níveis tão altos e eu não conseguia, acho que a esquema é realizar voos internacionais focando em uma companhia já que a pontuação é muito significativa.

  • Carlos

    Parabéns pelo post, muito bom. Mas fiquei em dúvida em relação ao upgrade para a executiva na Tam: imagino que haja um limite ou seja “sujeito à disponibilidade”, não sendo tão fácil assim obtê-lo. Senão, valeria a pena investir o dinheiro para conseguir o status. É muita generosidade para o infidelidade.

  • Nerival

    Gostaria de saber se os 50 trechos necessários para mudança da categoria azul para vermelho, no Tam Fidelidade, incluem passagens compradas por pontos.

    • Mari

      Não incluem. Passagem comprada com pontos não gera nenhum benefício (a não ser a passagem em si)

    • Leonardo Pereira Cassol

      Exato, Passagens com pontos não contam nem pra acúmulo de milhas nem pra número de voos no caso da promoção de categoria.

      • Nerival

        Obrigado, Leonardo.

  • Mariana

    Pessoal, dúvida cruel: consigo de alguma forma (mesmo com manobras), utilizar pontos de voo Copa para Tam Fidelidade ou AAdvantage? É inevitável fazer uma conta Mileage Plus? Obrigada!!

    • Leonardo Pereira Cassol

      Não é possível, Mariana. Você pode fazer uma conta no Mileage Plus ou em algum outro programa de fidelidade da Star Alliance. O Mileage Plus é um bom programa, com a vantagem de contemplar benefícios também na United. Mas tudo depende do seu perfil de viajante.

  • Cinthia

    British Airways, parceira da AA no OneWorld.

    • Andre Garcia

      Mas, Cinthia, sabe se a tabela da British é melhor que a da TAM para vôos da AA?

  • Marcelo

    Ano passado, aproveitando uma promoção divulgada no MD, viajei para a Europa com a Delta (com stop-over em Atlanta). Eu já tinha um pouco de pontos Smiles e, com mais esses 4 voos da Delta, já fui promovido direto pro Smiles Gold.

  • Mourão

    Aos amigos membros do Smiles… Teve uma notícia aqui no Melhores destinos, no início do ano passado, de que o programa voltaria a encaminhar os cartões aos associados – exclusivamente aos da categoria Ouro e Diamante.
    No mês passado fiz o upgrade à categoria Ouro e queria saber se eles continuam enviando os cartões e se alguém aqui os recebeu recentemente.

    Porque, além de ser meio chato (você ter conseguido um benefício desses e ter que ficar mostrando um cartão de papel), a imagem do cartão Ouro que o sistema do Smiles fornece para impressão é simplesmente ilegível.
    Abs

    • Marcelo

      Em janeiro recebi meu cartão ouro. Acredito que ainda estejam mandando sim.

    • Leonardo Pereira Cassol

      Mourão, eles estão mandando. Mas com atraso. Recebi meu cartão diamante desse ano apenas em setembro… E o problema de impressão continua. Porém, a GOL imprime do cartão de embarque seu status, então o cartão não faz tanta falta, pois é tranquilo acessar os benefícios apenas com o número Smiles.

      • Mourão

        Recebi na semana passada o meu. Valeu Leonardo !

  • Cersei Depiladora de opiniões

    Desculpa, mas desses programas eu quero distância (apesar do “Tudo Azul” estar crescendo e ser promissor; e o da tam cobrar tarifas maiores para emissão). Infelizmente a maioria dos cartões de crédito só emitem para essas empresas.

    Além do mais, são programas nacionais, que seguem leis daqui, pouco claras e não ajudam muito ao consumidor.
    Prefiro um programa do exterior, pois infelizmente só respeitam o consumidor por lá.
    De qualquer forma, bom post para quem quer acumular por aqui.

    • O Tudo Azul é só isso: uma promessa.
      Está muito longe de atender realmente às necessidades dos viajantes freqüentes.
      E concordo contigo sobre privilegiar os programas estrangeiros. Mas não por causa de leis lá fora que os tornem melhores (pelo contrário, pois praticamente não há regulamentação disto no exterior, e como ocorreu este ano com 4 programas de milhagens americanos —Delta, United, Frontier e US Airways— as regras mudam muitas vezes para pior e quase sem anúncio), mas sim pq a competição e a consciência que o programa de milhagem é o melhor marketing que uma empresa pode ter.
      Por muitos anos meu principal programa foi o OnePass da Continental, e com ele fui muito feliz, assim como hoje continuo tendo como programas primários o MileagePlus e o FlyingBlue.

      • Cersei Depiladora de opiniões

        Entre uma alteração que podem perder milhões de clientes americanos e uma alteração num aviso minúsculo da Smiles, prefiro o primeiro, pois eles têm maior receio e medo da justiça que os rege. 🙂
        Eu estou com o AAdvantage, não tive problemas até o momento. Até o momento hehe

  • Resposta curta mas única: Não para ambos.
    Só é possível pontuar nos programas da Star Alliance.

  • O post foi interessante por comparar benefícios elite dos programas de milhagem, contudo acho um erro muito grave considerar isto aparte de outras características do programa, especialmente o de acumulação e utilização dos pontos.

    Quem vê apenas este post, tenderá a crer que o Fidelidade é um excelente (ou muito bom) programa de milhagem. Só que isto está bem longe da verdade. A começar mesmo pelos requisitos necessários a alcançar os status elite relevantes no programa, que são muito altos. Há um claro desbalance entre custo e benefício nisto. Mal que por sinal também aflige seriamente ao Tudo Azul.
    Fora isto, o programa peca pelos altos valores nos resgates, a pouca disponibilidade de passagens em parceiros, e a ridícula duração de milhas. Não à toa ele ficou apenas em 3º no ranking do MD, e só não foi pior pq existe algo ainda muito pior do que ele —o programa Amigo da Avianca.

    Também foi muito condescendente ao dizer que “O Brasil ainda fica um pouco atrás em relação ao cenário mundial”. Um pouco? Nós estamos muito atrás neste quesito, pela péssima razão custo/benefício, assim como as próprias regras dos programas em si. Neste sentido, o menos pior daqui é o Smiles, mas só aqueles que já tentaram resgatar passagens nas cias aéreas parceiras e/ou já ligaram para o atendimento Smiles, sabem como é difícil obter algo decente disto.

    Foi interessante, mas avaliar (e mal) os benefícios elite isoladamente de outros aspectos mais abrangentes dos programas, não é a maneira como devemos elucidar quem visita o site. E estes benefícios não são regalias: isto é o pensamento porco das empresas nacionais. Conceder esses benefícios deveria ser nada mais, nada menos que o reconhecimento ao seu cliente por te prestigiar como negócio. Pensar de forma diferente é o que nos leva a achar aceitável esses programas de milhagem nossos.

    • Leonardo Pereira Cassol

      Carlos, o objetivo do post é mostrar aos leitores os benefícios que as empresas oferecem aos passageiros elite e não avaliar os programas de fidelidade, tema que já foi objeto de uma pesquisa feita pelo Melhores Destinos e de outros posts publicados. Um deles, que elegeu o Smiles, está citado no texto.
      Em relação a comparação com os programas internacionais, respeito sua opinião, mas todos os programas norte americanos e europeus tem anunciados sucessivos cortes nos benefícios oferecidos aos passageiros elite e aumentos nos níveis de qualificação. A Delta, American e a United fizeram isso esse ano e farão mais 1 vez até dezembro (a Delta já anunciou). Ainda assim são melhores (o que foi dito no post), mas a diferença está diminuindo.
      Além disso, nem todos os leitores tem acesso aos programas de empresas globais (a grande maioria voa pelo Brasil), então é válida a comparação sim, mesmo que no seu caso específico seu julgamento seja contrário.

  • Victor

    Pessoal, tenho uma duvida. Vou começar no mundo das milhas agora e quero saber se é mais vantagem voando pela TAM, pontuar no TAM Fidelidade ou no AAdvantage, esses programas nacionais desanimam muito pelo que percebo nos comentários aqui no MD

    • Com certeza no AAdvantage.
      E outros programas que consideraria também para pontuar nos vôos TAM são o Executive Club (British Airways), Iberia Plus (Iberia), Dividend Miles (US Airways), e o Privilege Club (Qatar Airways). Estes podem ter alguns benefícios interessantes que podem ser relevantes para ti. E no caso do Privilege Club, ele também pontua nos vôos GOL.

      • Victor

        Obrigado Carlos, eu pensei a mesma coisa. Falei do Aadvantage pois tenho intenção de ir para os EUA num futuro breve, então a preferência acabou sendo por ele. Mas vou pesquisar sobre os outros programas.

        Seria legal um comparativo com os principais programas de fidelidade internacional.

    • Leonardo Pereira Cassol

      Victor, depende do seu perfil de viajante. A TAM é uma boa opção se você voa pouco, pois volta e meia tem promoções com trechos de 5 mil a 10 mil pontos, e fica mais fácil usar. Se você pretender viajar pelo exterior e conseguir acumular um bom número de milhas o AAdvantage pode ser uma boa opção. Porém, ressalto que a American não pontua de forma integral muitas tarifas domésticas da TAM e não oferece o bônus que a TAM credita de 25% dos pontos para cartão azul, 75% para vermelho e 100% para vermelho plus e black. Regras da American no link: http://www.aa.com.br/i18n/AAdvantage/earnMiles/travel/airlines/TAM.jsp

  • Bruno

    Andre, infelizmente não posso te ajudar, mas talvez você possa me ajudar. No caso eu tenho pontos no programa Multiplus que no caso fica vinculado ao meu programa TAM Fidelidade.

    Como você mencionou o trecho mais barato que encontro no site da AA é de 20k pros States.

    Você já verificou diretamente com a TAM se é possível emitir passagem na AA com pontos da TAM??

    Considerando ser possível, quando eu chegar na TAM e pedir para emitir a passagem, o trecho de 20k (digamos que achei um dia com esse custo nosite da AA) a TAM vai me cobrar 30k, é isso??

    Agradeço desde já cara, valeu

    • Leonardo Pereira Cassol

      É possível emitir voos AA com pontos TAM e vice versa, mas as regras e as tabelas de resgate são diferentes. Pode haver diferença dos pontos num mesmo voo.

    • Andre Garcia

      Bruno, é exatamente isso. A TAM cobra 30k em um trecho que no AAdvantage sairia por 20k.

  • André Felipe

    o American Express não transfere para o AAdvantage da American Airlines?

    • Leonardo Pereira Cassol

      Não. Mas transfere para Delta. TAP, TACA, Singapore, Iberia. Air France, British e Air Italia

      • Junior

        Putz, ia trocar meu cartão black por um american mas agora desisti. Confirma, inclusive o platinum????

        • Leonardo Pereira Cassol

          Sim!

      • Leonardo, acho que quiseste dizer Alitalia, ao invés de Air Italia.

        E ademais desses, no Membership Rewards também é possível transferir para a Azul e o que acho ser uma excelente opção, o Starwood Preferred Guest.

        O SPG é o programa de fidelidade da rede de hotéis do Sheraton. Entretanto uma das características mais interessantes dele é a possibilidade monstruosa de transferência de pontos para atualmente 33 cias aéreas ( http://cl.ly/image/2O0x3A1o0202 ). Se não bastasse isto, ele permite transferências de 1:1 (ou seja, cada ponto Starwood vale 1 milha) em quase todas as cias parceiras (com interessante exceção do Smiles, que é 2:1 —que só alguém muito doido ou burro p/tal transferência).

        Via SPG, podes então fazer uma transfer do Membership Rewards para o AAdvantage. Mas lembre-se que há uma demora para isto (que pode variar de 2 dias a 2 semanas).

      • Leonardo, acho que quiseste dizer Alitalia ao invés de Air Italia.

        Além desses programas mencionados, o Membership Rewards também transfere para o Tudo Azul e, o que considero ser uma das melhores transferências, o Starwood Preferred Guest.

        O SPG é o programa de fidelidade da rede de hotéis Sheraton, e uma das peculiaridades deste programa é sua impressionante quantidade de parceiros para transferência de pontos. São nada menos que 32 cias aéreas ( http://cl.ly/image/2O0x3A1o0202 ) como opções.

        E não bastasse isto, a grande maioria das transferências ocorrem de 1:1 (ou seja, 1 ponto Starwood equivale a 1 milha), com algumas exceções (como no interessante caso do Smiles onde é 2:1 —só sendo muito mal informado para fazer tal transferência).

        Portanto uma “gambiarra” para ter esses seus pontos do MR no AAdvantage é fazendo uma transferência via SPG. Lembrando apenas que isto não ocorre de imediato, e pode tomar algumas semanas para que se finalize.

        • Leonardo Pereira Cassol

          Excelentes dicas, Carlos! Obrigado! Tem interesse em escrever um posto sobre transferências de pontos de cartão de credito? Seria uma boa!

          • Verdade, ficaremos felizes em publicar!

          • Obrigado Leonardo.
            Ficaria muito feliz em contribuir, passando minhas experiências e sugestões, mas acho que vcs escrevem posts bem melhor que eu. 😉
            Qualquer coisa, me manda uma mensagem no Facebook e combinamos. Clicando no meu perfil aqui no Disqus verão o link p/meu FB.

        • Andre Garcia

          Carlos, entrei no site do Amex e lá diz que a transferência do Rewards [para o Starwood é 1000 pontos Rewards = 333 pontos Starwood. É isso mesmo?

  • Fabio Peixoto

    Acredito que o colega Leonardo Cassol tenha se equivocado ao indicar o período de contabilização das milhas para renovação dos cartões Prata, Ouro e Diamante do Programa Smiles e repetiu a regra do Fidelidade TAM.

    Conforme estabelece o regulamento do programa Smiles em seus itens 6.5 e 6.6:
    “6.5. Os Cartões Smiles das categorias Diamante, Ouro e Prata serão válidos durante o ano em que forem adquiridos e por um período adicional de 15 (quinze) meses.

    6.6. O Participante que não acumular o número de Milhas Club necessário para a permanência na sua atual categoria, dentro dos 12 (doze) meses que antecedem o vencimento da validade do cartão da respectiva categoria, será reclassificado na categoria imediatamente inferior por mais 1 (um) ano (…)”

    Ou seja: o período de contabilização das milhas para renovação vai de 01/04 do ano anterior ao vencimento até o dia 31/03 do ano em que vence o cartão. Se seu cartão vence em março/2015, por exemplo, serão contabilizadas as Milhas Club do período 01/04/2014 a 31/03/2015.

    • Leonardo Pereira Cassol

      Fábio, você tem razão. O Smiles mudou o regulamento e eu utilizei uma versão antiga que eu tinha em meu computador. Ajustaremos o texto. Muito obrigado! (MD sempre com leitores atentos e colaborativos)
      O artigo antigo era o seguinte: “5.3. O Participante que não acumular, durante o último ano civil (Janeiro a Dezembro) de validade do cartão especial, o número de Milhas Club ou vôos necessários para a permanência na sua atual categoria, será classificado na categoria imediatamente inferior.” (não vale mais)

      • Fabio Peixoto

        Caro Leonardo, obrigado pela atenção e pronto retorno. Seus artigos e tutoriais sempre estarão entre os mais esperados por nós, fiéis leitores do MD. E já vi que tem mais coisa boa vindo por aí… 😉 Grande abraço!

      • Ronie

        Olá Leonardo, tenho três dúvidas: 1- Quanto tempo dura o status Safira na Azul depois da aquisição se não pontuarmos mais para mantê-lo? 2- O status Safira decai para o nível imediatamente inferior ou volta ao nível iniciante? 3- Na matéria você diz que os pontos transferidos do cartão de crédito para o tudo azul não valem para ganhar status, mas comigo ocorreu o contrário, aproveitei aquela promoção de transferência em dobro dos cartões Santander e logo obtive o status Safira, transferi 35.000 que se transformaram em 70.000, e tinha somente 1.500 ganhos de inscrição no programa, o que houve?

        • Sou cliente Safira desde o lançamento desse tier.
          As respostas:
          1- A obtenção do status ocorre assim que gastar o mínimo de R$6000 em passagens Azul. Se isto ocorreu por exemplo neste mês, poderás usufruir este status até Dezembro que vem. O status é válido até dezembro do ano seguinte que qualificaste.
          2- Pelo que eu saiba o status é referente aos seus gastos no ano anterior. Portanto se não conseguir os R$2500 mínimos para o Plus, nem nele ficará no ano seguinte ao de expiração do Safira.
          3- A Azul lançou promoções de transferência com obtenção de status Safira quando houvesse um valor X de transferência. Sei q isto ocorreu por exemplo com o Itaú. Pode ter sido teu caso com o Santander. Mas o Leonardo está certo ao escrever que os pontos de transferência não são válidos para obtenção de status.

        • Leonardo Pereira Cassol

          Muito bem respondido pelo Carlos. Alias, esse foi um exemplo do que chamamos de Status Challenge feito pela AZUL, que vai ser abordado em breve aqui no Melhores Destinos.

  • Leonardo Pereira Cassol

    Carlos, tendo vaga o upgrade é livre. Pode acontecer do voo estar lotado (já ocorreu comigo em vésperas de feriado e alta temporada), mas das 12 vezes que tentei consegui o upgrade cortesia em 10. Isso ocorreu também com 2 pessoas que tenho contato e também tem status vermelho plus e black. É realmente um benefício generoso. A parte ruim é que diferentemente da LAN, United, Delta etc a TAM não permite o upgrade de acompanhante.

  • Leonardo Pereira Cassol

    Parabéns, Marcelo! Obrigado por compartilhar e mostrar para os leitores as vantagens de se voar Delta pontuando no Smiles.

  • Leonardo Pereira Cassol

    Obrigado, Rafael. Pegou o espírito!

    • Robson Carvalho

      Parabéns Leonardo. Estas dicas significam muito para quem não vive este universo de voos frequentes.

  • Leonardo Pereira Cassol

    Alex, não tem milagre… kkkk
    Mas aguarde um futuro post sobre Status Mach, Status Challenge e Nomination aqui no MD.

    • Vinicius Ramos

      Cara isso me interessa muito. Eu me prejudiquei muito com a saída da TAM da Star Alliance, resultado ano que vem vou receber um downgrade para a categoria vermelho. Alguma dica de cias que aceitam status match da tam? Sei que a Ethihad e a Aerolineas estavam aceitando, mas nunca tive muito saco para isso.

  • Leonardo Pereira Cassol

    André, tem uma opção que pode te atender. Verifique quantos pontos são necessários para o voo que você deseja pelo Membership Rewards Viagens, que permite emitir passagens sem converter milhas para nenhuma empresa aérea. Pode ser que seja vantajoso no seu caso. Link a seguir: https://www.membershiprewardsviagens.com.br/home

    Você também pode pesquisar quantas milhas seriam necessárias nas demais empresas parcerias do Amex, a saber: TAP, TACA, Singapore, Iberia. Air France, Delta, British, Air Italia nos sites das empresas

    • Emerson Calil

      Leonardo parabens pelo post então se eu transferir pontos do amex para Iberia, posso emitir trechos da AA pelo site da Iberia ou só pelo telefone

      • Pelo site. Selecione pay with Avios. MAs recomendo que realize uma cotação antes e considere o risco de mudança entre a transferencia e crédito dos pontos e a emissão.

    • Andre Garcia

      Leonardo, lá eles cobram absurdos pela passagem… coisa de 150k.

  • Leonardo Pereira Cassol

    Obrigado, Larissa!!! 🙂

  • Vinicius Ramos

    Sou vermelho plus. Apesar de não gostar da TAM, os benefícios, principalmente o upgrade para classe executiva são excelentes. Sempre consegui, embora a TAM diga que não seja garantido. Acredito que o acesso as categorias tem que ser difícil mesmo. Caso seja de fácil acesso, as salas vips ficariam lotadas e os upgrades não seriam fáceis de obter – Aí toda experiência diferenciada iria por água abaixo. Recentemente tive uma péssima demonstração disso – Sou gold na rede Hilton e sempre utilizo os executives lounges, é um lugar tranquilo voltado principalmente para executivos que precisam de descanso. Entretanto estive no Hilton Molino Stucky em Veneza recentemente, e abriram o executive lounge mediante o pagamento de uma taxa para todos os interessados. Resultado – O lugar ficou cheio de crianças e famílias que queriam fazer uma boca livre de graça. A experiência exclusiva foi por água abaixo…

    • Leonardo Pereira Cassol

      É isso Aí, Vinícius! Obrigado por compartilhar!

  • Elisa

    Ótimo post!!
    Só quero deixar meu protesto quanto ao Smiles. Como alguns leitores já comentaram, depois da mudança das regras de pontuação o programa ficou péssimo. Só consegue pontuar para mudar de categoria quem compra passagens de véspera, geralmente caríssimas.
    Mesmo quem viaja com frequência razoável tem dificuldade para acumular pontos. No meu caso, faço o trecho Belo Horizonte – Brasília e vice-versa, em que cada trecho custa entre 100 e 200 reais, mesmo se a compra não for com muita antecedência. Pela regra 1 real = 1 milha, você pode voar toda semana que não irá conseguir chegar sequer à categoria Prata.
    Por isso, apesar dos atrasos frequentes da TAM na rota BSB – BH, sempre que posso opto por essa companhia – 500 pontos o trecho, mesmo pagando 90 reais (valor dos trechos nesse mês de outubro, comprados com apenas uma semana de antecedência). É só ir munido de paciência e de coisa interessante para ler (sempre estou com meu Kindle a tiracolo).

    • Leonardo Pereira Cassol

      Elisa, faço minhas suas palavras. O Smiles mandou mal. Pelo menos uma tabela de resgate diferenciado para cartões ouro e diamante poderia implantar e um piso para ac’umulo.

  • Antonio Carlos

    Pessoal,
    Qual seria a melhor maneira de utilizar os pontos acumulados nos cartões Bradesco Fidelidade, no caso o Master Black. Emitir direto no site do Bradesco ou transferir para um programa de Companhias? O problema é que parece que só podemos transferir para o Tam Fidelidade ou Smiles. Será que tem mais algum?

  • Erica

    Pessoal, vou me mudar e preciso levar muita bagagem… se eu sou Azul na Tam e compro a passagem na tarifa top eu tenho direito de 10kg a mais de bagagem pela categoria mais 20kg pela tarifa? Ou prevalece o maior e pronto?

  • Carla

    Boa tarde pessoal. Estou querendo fazer um cartão de crédito para acumular milhas mas estou na dúvida entre um smiles platinum ou bradesco platinum. Qual seria mais vantajoso? Isso porque o smiles somente permite voar pela gol e parceiros e o do Bradesco acumula pontos que podem ser revertidos em pontos múltiplos que permite voar pela Tam. O que me aconselham?

  • Uma boa pergunta Erica.
    No meu ponto de vista, eu acho que acumularias 30kg de extra, uma vez que o benefício do status supostamente é independente ao que está na tarifa.
    Mas acho interessante contatar ao SAC da TAM para saber se é assim mesmo antes de comprar a passagem.

    • Erica

      Obrigada pela dica, Carlos… escrevi pro SAC perguntando. Se me responderem posto aqui!

  • Denise Rodrigues

    Comprei passagens para Orlando pela Copa para toda familia com cartão Visa Platinum. Além de acumular pontos por pagar no cartão consigo aculular milhas em algum programa de milhagem da Copa ou parceiras? Sou cadastrada sem status no Smiles, Multiplus e Ibéria Plus, Vitoria Miles.

  • Leonardo Pereira Cassol

    Só TAM e GOL mesmo. O resgate de passagens direto vale a pena quando a tarifa paga tem um valor razoável, pois eles compram a passagem para você. Ou seja, varia conforme a tarifa comprada. A vantagem nesse caso é que acumula milhas.

  • Faz bastante tempo que não transfiro, então não posso te confirmar, Andre.
    Mas recomendo ligar no atendimento da AMEX para p/ver se é isto mesmo. E se a condição se confirmar, então esta transferência não vale mais a pena, infelizmente.