Como é voar na South African Airways – mais uma avaliação

Denis Carvalho 1 · novembro · 2012

A South African Airways foi uma das primeiras companhias aéreas avaliadas pelo Melhores Destinos, no início de 2011. Apesar de ótima avaliação, faltaram algumas fotos sobre a companhia, por isso trazemos hoje mais uma opinião sobre a SAA. Dessa vez ninguém pode reclamar: são quase 60 imagens de todos os detalhes do voo, feitas com capricho pelo nosso leitor Rodolpho Farias, um dos mais participativos da comunidade MD. Acompanhe o relato e conheça um pouco mais sobre esta empresa, que provavelmente estará em sua rota caso queira conhecer os encantos da África do Sul:

A SAA é a única companhia a fazer voos diretos do Brasil para a África do Sul operando em média dez frequências semanais entre o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, e o Aeroporto Internacional O.R. Tambo, em Johanesburgo.

Compra das passagens:

Comprei as passagens pela internet através de agências online, 6 meses antes de viajar e paguei cerca de US$ 800, já com as taxas. Colocados todos os dados e escolhidos os trechos, o e-ticket estava no meu e-mail cinco minutos após a compra. A única coisa ruim foi que não pude escolher os assentos na hora da compra, o que foi feito um mês antes do voo.

Check-in:

Em São Paulo, fica localizado no Terminal 2, ASA D. Abriu 4 horas antes do voo. Ao chegar, tinha uma fila pequena e o atendente pediu o passaporte e o CIV ( Certificado Internacional de Vacina) contra a febre amarela, obrigatório para viajantes indo para a África do Sul. Esse certificado é emitido rapidamente na sede da Anvisa do próprio aeroporto, basta apresentar o cartão de vacinas nacional e um documento oficial com foto.

Conferidos os documentos, foi só despachar a mala e pegar o cartão de embarque. O limite de peso era duas malas de 32kg. Atendimento rápido e eficiente. Na volta para o Brasil, não houve problemas. O mesmo procedimento foi adotado e em cerca de 30 minutos já tinha realizado o check-in.

Embarque:

Uma hora antes da partida (tanto na ida como na volta) teve início o embarque. Primeiro foram embarcados os passageiros com prioridade (idosos, crianças desacompanhadas, adultos com crianças de colo). Em seguida, foram chamados os passageiros da business class e econômica. Em menos de uma hora, todos estavam dentro do avião.

Avião

Na ida, voamos num A330-200, com capacidade para 222 passageiros, divididos em duas classes: business e econômica. O avião não estava muito limpo, visto que nos bolsões ainda estavam restos de papéis e copos.


O A330-200 tem monitor individual com tela touchscreen,com legendas apenas em inglês, espaço entre as poltronas bastante confortável (tenho 1.75m). O que achei ruim foi que o assento não reclina muito, o que torna o voo um pouco desconfortável.

Na volta, viemos num A340-600, com capacidade para 317 passageiros, divididos também em business class e econômica. Esse avião estava super limpo, em perfeito estado de conservação. Possui também tela individual, desta vez com legendas em português e inglês, ótimo espaço entre as fileiras e o lado ruim fica por conta da poltrona que também reclina pouco.

Voo

Na ida, nosso voo teve um atraso de cerca de 40 minutos, por causa de uma prisão que ocorreu quando o avião estava prestes a sair. Tempo que foi compensado durante o percurso, o que nos fez chegar adiantados ao destino. O voo estava previsto para sair às 18 horas de Guarulhos e saímos as 18h40. A previsão para chegada a  Johanesburgo era 07h40 (horário local). Chegamos às 07h10. O tempo de voo na ida foi mais ou menos de 8 horas e na volta 10 horas. Na volta, saímos da África as 18h05 (horário local) e pousamos em São Paulo as 23 horas, cerca de 30 minutos antes do horário previsto.

Os comissários eram bastantes simpáticos, sempre prestativos desde a entrada do passageiro no avião até o momento em que o cliente deixava a aeronave. Os avisos da tripulação foram dados em inglês na ida e em inglês e em português (de Portugal) na volta. O curioso é que eles são bem enfáticos ao dizer que durante o voo é terminantemente proibido dormir no chão da aeronave. Não sei o porquê, mas certamente deveriam fazer muito isso por lá.

Em cada assento da classe econômica é colocado um kit contendo travesseiro e manta, que ajuda muito durante o voo, visto que faz um pouco de frio. Durante todo o trajeto são exibidos vídeos com exercícios para a melhoria da circulação, visto que o tempo de voo é longo e passar muito tempo em uma posição só pode causar danos circulatórios.

Serviço de Bordo

Refeições na ida:

Ao embarcar as bebidas já estavam disponíveis, era só pedir a um comissário que prontamente ele te servia. Logo após a decolagem, mais bebidas foram oferecidas, entre as diversas opções estavam água, suco, cerveja e até vinho ou Amarula, típica da África do Sul.


Cerca de uma hora após a decolagem, foi servida a primeira refeição. Poderia escolher entre carne e frango. Escolhi a carne e não gostei muito, pois como a maioria das comidas africanas, era um pouco apimentada.

Duas horas antes do pouso, a segunda refeição foi servida: o café da manhã, com batatas, ovos, pão, iogurte, salada de frutas e bebidas a seu gosto, incluindo café com ou sem leite. Durante toda a viagem, no final do corredor da aeronave, ficavam disponíveis as bebidas. Bastava ir até lá e escolher a sua.

Refeições na volta:

Ao entrar e sermos acomodados no avião, foram servidas bebidas. As opções eram sucos de laranja, maçã, morango e uva, água, refrigerante, vinho, cerveja e Amarula. O passageiro tinha direito de escolher dois tipos. Uma hora após a decolagem, foi servida a primeira refeição, com três tipos à escolha: carne, frango e vegetariana. Acompanhava bebidas (alcoólicas ou não), café com ou sem leite e chá.

Duas horas antes do pouso mais uma refeição foi servida, desta vez as opções eram carne e frango, sempre acompanhadas por bebidas. Após essa segunda refeição, ainda foi dado um pacote de batata chips.
Todas as refeições eram fartas, satisfazendo sem nenhum problema o passageiro.

Vale destacar ainda que as refeições eram todas com talheres de metal.

Entretenimento

As opções de entretenimento eram muitas, em ambas as aeronaves. Havia vários filmes, mapas interativos, vários canais de música, jogos de videogame, além da revista de bordo Sawobona e da revista do Duty-Free, que é mais uma forma de passar o tempo, comprando dentro do avião. Os preços eram os mesmos praticados em terra.


O diferencial do A340-600 é a câmera colocada na parte externa da aeronave, o que possibilita ver o pouso e a decolagem de uma forma inovadora. Vale a pena conferir!

Conclusão

Viajar pela SAA foi uma experiência maravilhosa. Além dos vôos serem diretos, a equipe de terra e de bordo é super atenciosa e prestativa, estando sempre disposta a ajudar o passageiro desde o checkin até o momento do desembarque

Agradecemos ao Rodolpho pelo excelente relato. Para ler a primeira avaliação da SAA clique aqui.  Já viajou com a South African? Deixe sua impressão nos comentários abaixo e ajude outros leitores! Se fez ou vai fazer uma viagem com alguma empresa aérea que ainda não foi avaliada aqui no Melhores Destinos ficaremos felizes em publicar sua avaliação: entre em contato com a gente pelo e-mail dicas@melhoresdestinos.com.br Você também pode conferir todas as avaliações publicadas pelo MD neste post.

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Guilherme Ortale

    Bem legal o relato, parabéns. Adoro o A340.

    E essa prisão, conte mais sobre isso, hehehe.

    • Thiago Castro

      "Na ida, nosso voo teve um atraso de cerca de 40 minutos, por causa de uma prisão que ocorreu quando o avião estava prestes a sair."

      Realmente ficou faltando essa parte. Fiquei curioso!!! hehe

  • Bruno Miceli

    De fato confirmo a experiência de voar na SAA como ótima, desde a compra do bilhete pelo site próprio deles, passando pela estrutura, coordialidade dos atendentes (o que por sinal foi o ponto que mais me satisfez) e qualidade do serviço foi uma ótima viagem.

  • Junior

    Nunca voei de SAA já ouvi elogios desta empresa por parte das pessoas. O espaço entre as poltronas para ser bom, o entretenimento e principalmente o serviço de bordo é digno. Mas, nada como os padrões EMIRATES e QATAR AIRWAYS e SINGAPORE AIRLINES. Mas também essas empresas operam em rotas Asiáticas onde tem mercado para esse conforto e luxo.

    Hoje gostaria muito que a nossa TAM fosse uma empresa de nível em rotas internacionais, levando o nome do nosso país. Parece que então reformulando os interiores das aeronaves de longo curso, como a First e em 2013 a Business e criando a classe espaço + com mais conforto, e econômica com novas cores. Espero que o serviço de bordo melhore, pois, esta muito pobre. Deveriam seguir pelo menos 10% da companhias de luxo do mundo.

  • Carlos

    Eu viajei com SAA em AUG.Eu pagei SA225 e SA 222.Prefeiro A346 que A332.As comidas não foram gostoso,mas não ruins.

  • titobosco

    Saiu de GRU e mais um pouquinho so o mar… 8 a 10h de viagem sobrevoando o mar, chega dar um pouco de medo. É tomar uma canjibrina bem forte, dormir e só a SAMU pra me acordar….

  • Canesin

    Os meus parabéns ao Rodolpho pelo relato, este é um relato que gostaria de ter feito para contribuir com o site e sempre por um motivo ou outro acabava não fazendo. Já voei diversar vezes de SAA (repetidos trechos como GRU-JNB, MPM-JNB e FRA-JNB nos últimos dois anos) e posso dizer que o relato é muito fiel à experiência de voar SAA. É uma excelente companhia, infelizmente não temos nenhuma nacional à altura. O único inconveniente são as conexões em JNB (não por culpa da cia), pois há um alto índice de roubos e extravios de bagagem neste aeroporto. Já aconteceu comigo três vezes e por isso sempre que possível vou só com mala de mão (já chequei a embarcar com duas malas de mão).

  • Rodrigo Resende

    Já me disseram ser altamente recomendável levar roupas de frio nos vôos da SAA, pois eles gelam tanto o ar condicionado que nem as mantas nos livram do frio imenso dentro da aeronave. No relato, outra pessoa confirmou essa idéia…

  • Paulo Gottardi

    Experiencias sao bem pessoais, mas dificilmente voaria com a SAA novamente, alem de perder a minha bagagem na volta da Tanzania para o Brasil, quando cheguei para conexao em Tambo na ida, enfrentei uma fila gigantesca e muita confusao na area de transito e so consegui chegar no terminal para o voo da conexao depois q ele ja havia partido. A SAA se recusou a me reacomodar e me obrigou a comprar um trecho para a Tanzania por 750 dolares e hoje estou movendo um processo contra a mesma!

  • Eliana

    Verdade…voar pela SAA eh excelente, entretanto não consigo pontuar milhas com a TAM…Eh simplesmente inacreditável, fiz uma viagem a China e SAA não encontrou meu nome na lista de passageiros. Fiquei indgnada

    • Pontuei normalmente no fidelidade. Foram creditados 10 mil pontos + os bônus do cartão dependendo da sua categoria. Demorou um pouco, más não tive problemas.

    • Luiz Claudio Santos

      Fui para Hong Kong, pontuei 25 mil pontos no fidelidade da Star Alliance e troquei por milhas em vôos da Tam normalmente.

    • Josué

      Olá Eliana, fiz uma viagem a China pela SAA, em 2008, na volta registrei meus vôos no site da SAA para pontuar. As milhas foram registradas. Em abril deste ano iriam expirar. Entrei em contato com Escritorio SAA em SP, fui mega bem atendido, converteram a milharem q possuía para 1 passagem ida e volta para qqr destino na América do Sul. Detalhe, ganhei meio ano para definir destino. Em setembro escolhi o destino, Lima. A própria SAA emitiu a passagem pela TACA: PORTO ALEGRE TA 918 X 02JUN 0640 XBP00. Viajo somente em 2013 se Deus permitir…rs. Meu assento esta reservado! SAA recomendo! Portanto, ela nunca vai pontuar na Tam, e sim nela própria, via central de atendimento eles providenciam as passagens com empresas parceiras da Star Aliance. Bom finde!

    • Leo Dangelo

      ocorreu o mesmo com minha namorada. A SAA não a achou entre os passageiros

  • Vitorino Antunes

    Viajei em setembro/12 pela SAA e endosso o minucioso relato. Foi td muito bom, mas faço uma ressalva: nossas malas não vieram!?!? Mas entregaram em casa dois depois!

  • Eu não entendi muito bem. Só fui perceber que era prisão quando os policiais federais entraram na aeronave e pediram que o pax retirasse todas as bagagens e o levaram para fora da aeronave. Não houve resistência, nem contratempo, más foi constragedor.

    • Thiago Castro

      Nossa!!!

    • Salvatore Carrozzo

      gente, era um fugitivo?! que emocionante! kkkkk….brincadeiras a parte, deve ter sido constrangedor mesmo….

    • Salvatore Carrozzo

      Semana passada, voei SDU-SSA e , no SDU, tinha um passageiro algemado, escoltado pela policia. Todo mundo olhando,tirando fotos. Nao sei, acho que por mais que alguem tenha feito algo errado, é meio desumano ficar tirando foto, como se fosse um circo..enfim, minha opiniao.

  • Obrigado Canesin!

  • Patricia Barros

    Eu já voei SAA na minha primeira viagem para a Australia! O primeiro vôo foi direto para Johanesburg, e nao tive uma boa experiência, o vôo nao era desses novos, então nao tinha tela individual na poltrona. Eu estava na classe economica logo atras da classe executiva, quando quis ir no banheiro acabei indo sem querer no banheiro mais próximo de mim, eu nem sabia qual era a classe que estava em minha frente. Enfim acabei esperando o banheiro desocupar, tinha um outro senhor esperando e esse por educacao deu seu lugar para eu entrar. Entrando no banheiro quando estava fechando a porta, o comissário abriu com tudo, me tirou de lá e falou que o senhor que estava na porta porta tinha que usar o banheiro porque ele era da executiva! Todos ficamos envergonhados, eu pq me senti um lixo, o senhor da executiva pelos modos do comissário, e o comissário??? Foi embora sem ao menos se desculpar! Compensação o segundo vôo que peguei foi ótimo, de Johanesburg ate a Australia, embora tivemos que esperar 8 horas pela conexão!

    Por isso não indico SAA para ninguém, que hoje em dia dependendo da época é mais cara que a Emirates (serviço de bordo 1000 x melhor)!

  • João Ricardo

    nossa tam???quer dizer a chilena tam!!!

    • Junior

      É, pelo menos o que os brasileiros queriam,

  • Salvatore Carrozzo

    Engracado. No voo de ida, o aviao estava sujo e nao ofereceram opcao vegetariana de refeicao, ao contrario da volta. Isso está diretamente ligado às empresas de limpeza e catering brasileiras que prestam serviço à SAA em GRU, correto? Ou seja, pelo menos tendo esses dois voos como base, não estamos bem servidos!

  • Ygor

    Endosso a análise. Já fiz alguns voos SAA e fiquei extremamente satisfeito com o serviço de bordo e o atendimento de um modo geral.

    Com relação à câmera externa mencionada, aqui vão os links de dois vídeos feitos a partir daquelas câmeras para os interessados: http://youtu.be/zM2Ky6PGKz4 e http://youtu.be/guVupIo55lY.
    Abs

  • Luiz Claudio Santos

    Fiz o vôo São Paulo-Hong Kong com escala em Johanesburgo que é uma viagem horrível pelas horas que passa dentro do avião. Mas graças a essa famosa simpatia dos tripulantes da SAA a viagem foi bem agradável.

  • Quando viajei para a África do Sul também tive uma ótima experiência com esta companhia aérea. Tive a oportunidade de viajar na classe executiva no voo da ida e fui muito bem atendido.

    Também publiquei um relato na época da viagem no meu blog:
    http://www.meusroteirosdeviagem.com/2011/09/voand

    um abraço,

    Diego

  • Renan

    Estou em Johannesburg e volto no sabado para o Brasil. Fiz uma viagem com minha namorada ate as ilhas Mauricio passando por Hoedspruit (Safari) e Cape Town. Viemos de SSA na classe executiva. Gostei muito da South África Airways. Fica a dica para quem quiser fazer a mesma viagem. Apenas 30.000 milhas no Programa Tam Fidelidade por trecho na classe executiva. Vale muito a pena. A classe econômica sai por 20.000 o trecho. Vale a pena a diferença…

  • Arthur Brant

    Nunca cheguei a viajar com a SSA, de fato. O que posso dizer que cancelar uma passagem é tarefa im-pos-sí-vel!!!

    Certa vez comprei uma passagem com eles e precisei cancela-la com muitos meses de antecedência. Bom, pelo site isso não era possível… tentei pelo atendimento telefônico no Brasil.

    Após diversas tentativas frustradas (e já com problemas no meu cartão de crédito), tentei ir na loja pessoalmente no aeroporto de Guarulhos.

    Detalhe: não moro em São Paulo, mas cada vez que passava por lá (cerca de uma vez por mês naquela época), fazia meu check-in com 2h de antecedência e tentava ir até a loja, afinal pelo telefone nunca era possível resolver meu problema.

    A loja estava sempre fechada, restava-me correr ao escritório da empresa no próprio aeroporto… 100% das vezes dei de cara com a porta!

    Incrível como o atendimento é (ou era, espero) ruim!!!!!!

    No fim das contas, os caras queriam me cobrar uns 40 ou 50% de multa pelo cancelamento (já nem lembro o percentual), o fato é que esse percentual é ilegal pelas leis brasileiras… e empresa estrangeira operando aqui deve seguir as leis nacionais!!!

    No fim das contas, já estava com meu cartão bloqueado… e minha única alternativa era pagar a porcaria da tarifa e liberar meu cartão e o resto da vida! Foi o que fiz junto à reclamação na ANAC.

    Nunca mais ouvi falar em nenhum prosseguimento ou desfecho ao caso…

    Resolvi NUNCA MAIS adquirir uma passagem da SSA… e olha que a vontade de conhecer o continente africano continua grande. Mas qdo acontecer, será por outros meios…

  • Leo Dangelo

    Só faço uma ressalva ao ótimo relato. Se a compra das passagens for através do site da SAA, é possível escolher o tipo de sua refeição (criança, vegetariana, light, frutas…). Eu e meus dois acompanhantes escolhemos pelo site e na hora da refeição, antes do carrinho passar, um comissario nos entregou corretamente as refeições escolhidas.

  • Tb acgo no mínimo deselegante o pessoal tirando foto!

  • Rossely Helena

    Bem, minha experiência foi excelente c essa aviação, estive 2vz na Afrik e fiz o vôo c SSA. P my não existe outra melhor minha nota será 10000000. Parabéns e p os a não conhece ainda não percam tempo. A SSA e a melhor.

  • Daniel Bazetto

    Muito boa avaliação Rodolpho, e é bom lembrar que passagens por US$ 699,00 são bem frequentes, agora mesmo tem no submarino.

    http://www.submarinoviagens.com.br/Passagens/sele

  • Ivan

    voei GRU-JNB-NBO e ADD-JNB-GRU, e estou desde julho tentando obter meus pontos no TAM Fidelidade. A TAM diz que o problema é com a SAA, sem previsão de quando isso será solucionado. Considerando que há vários relatos semelhantes neste forum, acredito que o melhor seja optar por uma companhia ou aliança que tenha mais preocupação em honrar seus compromissos.

  • Carlos Dias

    Em 2007, voando pela SAA, assim que desci em Johannesburg a polícia prendeu um cidadão que estava atrás de mim na fila para acesso a área internacional do aeroporto. E os policiais não foram muito amigáveis!

  • Sergio

    Tive a felicidade de voar por essa companhia na Copa de 2010 e realmente o A340 é um avião muito bem equipado. Apesar de estar na classe econômica, assisti a vários filmes gratuitamente e em tela individual, o que fez o tempo passar mais rápido.

    Ademais, havia bebida(refrigerantes e bebidas alcoólicas) à vontade para todos os gostos.

  • Diones Reis

    Eu já viajei pela Singapore Airlines, e realmente o atendimento é um primor, mesmo voando na classe economica.

    Eu gostaria de relatar minha experiencia neste vôo, mas tenho pouquíssimas fotos pra mostrar, pois no dia estava mais entretido en tirar fotos da janela do que da cabine.

  • Francisco

    Também já vooei de SAA, inclusive em trechos dentro da África, é de fato a companhia é muito boa. O único porém foi na viagem de volta de JNB-GRU, que a aeronave era mais antiga, não me recordo o modelo, e não havia telas individuais, mas apenas coletivas (parecidas com TV's de tubo).

  • Luciano

    Ótima matéria. Viajei pela SAA no final de agosto e começo de setembro do ano passado na minha lua de mel. Como era lua de mel, o clima é sempre agradável e devo dizer que a SAA simplesmente colaborou com esse momento especial. Fiz um voo de ida e volta absolutamente fantástico. Muito melhor do que já havia experimentado em outras viagens internacionais. Meu voo foi de São Paulo/Johannesburg/Ilhas Maurício e foi muito bom mesmo. Também muito bom nos voos internos, pois fui depois para a Cidade do Cabo e Hoedspruit para um safari e que surpresa no pequeno avião, o mesmo atendimento e qualidade. Além da comida muito melhor do que vemos no Brasil, as opções de bebida, como cerveja, sucos, whisky, sem falar no fantástico vinho sul africano servido em garrafinhas individuais, fazem a festa de qualquer passageiro, pois isso tudo fica a vontade durante todo o voo. Assim a festa começa já no ar. As aeronaves são novas, muito bem equipadas e com comissários muito atenciosos. Um deles no voo Johannesburg para Ilhas Maurício, me respondia todos os locais que passamos, com muita atenção e visivelmente satisfeito em responder meus questionamentos. Enfim fui muito bem tratado, comi muito bem, diferente do nosso amigo Rodolpho, já que adoro pimenta e bebi melhor ainda. Certamente pretendo voar novamente.

  • Paulo

    aconteceu o mesmo comigo tbm

  • Oi Galera,

    Falando em avaliação de CIA aéreas, eu fiz uma viagem pela UNITED para o Japão… posso fazer uma avaliação também? hehehe abraços

  • Beatriz

    Eu viajei de SAA em setembro de 2011. Os serviços de bordos são excelentes. Muitas opções de entretenimento, o cardápio e as refeições são muito bons. O meu problema foi com as minhas malas. Na ida, tive uma das malas danificadas. Na volta, a mesma coisa com a outra mala. Cada desembarque tive que cumprir um protocolo. Na minha volta ao Brasil ajeitei as malas e pedi reembolso. Troquei 22 emails com o pessoal da SAA. Após quase 6 (SEIS) meses tive reembolso de R$ 64,00. No final das contas minha insistência nem era mais pelo dinheiro, quantia irrisória, mas pela batalha. Vai viajar de SAA? USE AS PIORES MALAS OU PROTEJA SUAS MALAS!

  • Guilherme

    Viajei pela SAA em Março deste ano, foi minha primeira e última viagem com eles. Na ida até depois do Check-in tudo corria bem, até que entrei no avião, que além de um aspecto bem sujo, mesmo para um padrão de classe econômica. A aeromoça responsável pela meu corredor era extremamente mal educada, parecendo que estava ali por pura obrigação, inclusive na hora do pouso, quando pedem para colocar as mantas embaixo dos bancos a mesma começou a gritar com os passageiros já que o anúncio foi feito em inglês e algumas pessoas que não ouviram ou não sabem a língua ficaram confusas. Fiz uma escala em Joanesburgo, já que meu destino final era a Cidade do Cabo, porém minhas malas foram extraviadas, fui ao balcão de informações no aeroporto, porém estava com um tempo bem reduzido para o meu vôo para CPT, as atendentes não souberam me explicar direito, hora me mandando para o setor de bagagens, hora para o balcão de check-in; Em função disso perdi meu vôo para CPT, tive que esperar mais de 4 horas pelo próximo vôo, perdi meu shuttle e ainda gastei dinheiro para comer no aeroporto de Joanesburgo. Foi a primeira vez que tive bagagem extraviada e perdi um vôo de conexão na minha vida, ainda bem que minha estadia na África do Sul foi perfeita, o que amenizou minha péssima sensação da viagem. Na volta foi um verdadeiro inferno, vôo atrasado na saída de CPT, não consegui fazer freeshop em Joanesburgo pois como você pode pedir reembolso de imposto acabei perdendo meu pouco tempo disponível. O vôo de volta foi tranquilo e o avião me parecia mais novo e limpo, e com um bom atendimento pela crew deles. Porém na chegada ao Brasil descubro que meu vôo para o RJ não saia de Guarulhos, e sim de Viracopos, fui ao escritória da companhia em no aeroporto, os funcionários não estão preparados para um atendimento, inclusive me falaram que foi um problema meu que não chequei de onde saia o vôo de conexão pro RJ, sendo que no meu bilhete eletrônico nada constava, e por isso acabei tendo que pagar uma taxa pra remarcação de vôo. Enfim não recomendo a SAA, quando voltar para AS farei pela Emirates, mesmo com stopover em Dubai, ou quem sabe alguma outra companhia que ofereça voos diretos para o Brasil, se até lá alguma estiver operando.

    Abraços

  • Isadora Mozer

    Luiz Claudio, você precisou tomar a vacina contra a febre amarela, mesmo não ficando na África?

  • Daniel Ramos

    Bem legal a avaliação, não sei porque mais imaginava que era bem diferente a aeronave por dentro, mas essa daí tá no padrão de boa parte das empresas maiores que fazem voos internacionais, bem legal mesmo, podia ser um pré-conceito por ser da África, mas achava que era meio confuso para embarcar, que a aeronave era bem apertada e tudo mais, mas tudo mostra que não é nada disso, só achei estranho deles insistirem pra não dormir no chão da aeronave, mas deve ter acontecido muito para eles dizer hehe Ótima avaliação.