Como é voar no maior avião do mundo pela Emirates

Leonardo Marques 27 · junho · 2012

Hoje o Melhores Destinos publica uma das avaliações mais interessantes e mais esperadas pelos leitores. Um voo em um Airbus A-380, o maior avião comercial do mundo, e pela Emirates, umas das melhores empresas aéreas do mundo.

Quem nos mandou esse relato foi o leitor Bernardo Mattos. Além de um texto cheio de curiosidades e nos mandou fotos excelentes. Vamos ao texto dele.

O Melhores Destinos já publicou uma matéria sobre a visita deste gigante ao Brasil, mas acho que ainda estava faltando um relato de leitor sobre uma experiência de voo na máquina. Como sei que quem é realmente apaixonado por viagens contempla até as particularidades de cada meio de transporte, resolvi dividir aqui o meu fascínio ao voar pela primeira vez no maior avião comercial de passageiros do mundo: o Airbus A380. E olhem: como aconteceu comigo, acredito que a maioria aqui também iria se emocionar!

Mas vamos ao que interessa… 

Fiz dois vôos no A380, pela Emirates Airlines. Como vocês já devem ter acompanhado aqui também no MD, a Emirates está entre as 10 melhores companhias aéreas do mundo. Apesar de não ser o foco da publicação, aproveitarei a ocasião também para descrever um pouco sobre as impressões que tive dos serviços deles.

Meus voos foram de Dubai para Johanesburgo, e de Johanesburgo para Dubai, sendo 9h de voo cada trecho. Algo importante a comentar foi que fiz esses voos como parte de uma conexão meio maluca. Na verdade, saí de Guarulhos e meu destino final seria Dubai. Na compra dos bilhetes, eu teria opção de não precisar voltar até Johanesburgo para ficar em Dubai. Mas como vi na descrição detalhada dos voos que essa ida e volta “extra” a Johanesburgo seria feita em um A380 e sem custo adicional, não pensei duas vezes (entendam: fui para Dubai, voltei no mapa para Johanesburgo, e depois retornei para Dubai seguidamente só para voar no grandão). Com isso, encarei 18h de voo a mais, o que, pelo menos para mim, valeu, e muito, à pena. Vocês precisavam ver a cara da atendente da Emirates quando expliquei no check-in que havia escolhido aquele trecho adicional de propósito. Ela até chegou a perguntar mais de uma vez: “o senhor tem certeza que não quer ficar de uma vez em Dubai?”. Que nada! Fui, e animado! Isso é que é espírito de viajante, não é?

Os serviços da Emirates foram impecáveis. Não tive atrasos em nenhum dos vôos e fui cordialmente atendido em todos os procedimentos de check-in. Uma particularidade do A380 é que a gente já fica boquiaberto logo de cara na sala de embarque em função da quantidade de passageiros esperando para embarcar no mesmo voo. Com isso, no momento da entrada, formam-se aquelas grandes filas, mas que rapidamente se esvaziam pela eficiência do pessoal de atendimento da companhia (não posso negar). Algo diferente também que vale à pena comentar é que o embarque da classe Executiva é feito por uma passarela separada. No A380, a Executiva e a Primeira classe ficam no andar de cima do avião, que conta com sala de estar, ambiente Lounge e muitas outras regalias. Infelizmente, conforto assim ainda é para poucos, e não era o meu caso, que também estava a trabalho. Mas reclamar do quê, não é?

Ainda mais espantados ficamos ao olhar pela primeira vez para aquele “monstro” de avião na pista. Também pudera, para se ter uma idéia melhor da grandiosidade do cara, seu projeto de construção levou mais de 10 anos, com custo superior a R$ 35 bilhões. É tão grande que os funcionários que cuidam do procedimento de manutenção da aeronave ficam minúsculos próximos das “pequeninas” turbinas da máquina. E como também já relatou o MD, para um bicho desses aterrissar em Guarulhos hoje é preciso parar todo o aeroporto.

Agora vamos falar do interior. Os aviões de ambos os voos eram bastante novos. Achei a limpeza também valorizável. O A380 comporta de 525 (três classes) a 845 (uma classe) passageiros, com um comprimento na horizontal de quase 73m, e de 24m na vertical. No meu caso, peguei nos dois voos o avião que era dividido nas três classes. No andar debaixo, o avião possuía uma fileira central de quatro cadeiras que se estendia por 3 diferentes salões internos. Nas laterais, havia outras duas fileiras (uma de cada lado) com 3 cadeiras também, se estendendo por todo o avião. Transitei por ele algumas vezes para ter ideia do tamanho, e achei tranquilo o deslocamento, apesar dos corredores meio apertados (como nos outros modelos de aviões comerciais). Há banheiros nas partes dianteira e traseira, e também nos meios da aeronave.

Outra particularidade que achei bastante interessante é que a tripulação de cabine deles, além de muitíssimo educada, é fluente em vários idiomas. Mesmo num voo saindo de países que não têm nada a ver com o nosso, você certamente achará algum comissário que fale o português. Além disso, apesar das dimensões diferenciadas, os procedimentos de bordo no A380 são os convencionais, com exceção da parte diferenciada em relação ao número e localização das portas de emergência.

Foram servidas refeições muito fartas durante os dois voos, quase que no mesmo padrão e horários. Pouco tempo depois da entrada, serviram vinho (que era à vontade) e aperitivos. Cerca de duas ou três horas mais tarde, serviram uma refeição completa, em que poderíamos escolher entre carne vermelha ou massa. Os talheres eram de metal e os complementos (manteiga, queijo, biscoito e chocolate) bem gostosos. Ah, um detalhe, algum tempo antes da refeição era passado um menu para que todos os passageiros fizessem a escolha do prato principal, da salada e da sobremesa (e isso mesmo na classe Econômica). Para finalizar, serviram um lanche com novos aperitivos e mais chocolate (que era à vontade para quem quisesse).

Ainda sobre o serviço de bordo, algo que gostei demais também (e ainda não havia visto) era um conjunto de 3 etiquetas que eles distribuem logo após o embarque. Elas servem para você colar no seu assento caso queira ser acordado no momento das refeições, na hora que forem passar o Duty free, ou então no caso em que você não queira ser perturbado durante o voo. Gostei demais daquilo, pois vira e mexe eu simplesmente “apago” dentro dos vôos e acabo ficando com fome.

O avião é mesmo enorme. A gente fica meio besta com a quantidade de cadeiras. Elas não são lá um leito, mas já são diferenciadas em relação às companhias de menos estrelas (o estofado é bom e até mesmo aquelas das últimas posições são reclináveis). Um detalhe que achei bastante legal também foi que em todas elas havia tomadas e conectores USB. Aproveito a deixa então para comentar sobre o serviço de entretenimento do A380. Para quem não conhece, o sistema da Emirates se chama ICE e funciona no esquema “on demand” (cada passageiro escolhe o que quer ver). Achei ótimo. Há opções de filmes bastante atuais e mais de 1000 canais com programação específica sobre viagens, negócios, cultura, entretenimento etc.; além de jogos, músicas e informações tradicionais sobre o voo. Como ponto negativo para alguns, fica o fato de alguns filmes mais novos do cartaz não possuírem legendas em português.

Outra coisa impressionante é que apesar das dimensões os pousos e aterrissagens foram surpreendentemente confortáveis. E também não tive problema algum com a retirada de bagagens. Aliás, ainda fico sonhando aqui com o dia em que nossos aeroportos poderão ter um sistema de retirada de bagagens tão modernos e eficientes quantos os de Dubai.

Uma última dica: minhas horas de espera pelos vôos no A380 no aeroporto de Dubai foram amplamente compensatórias. Além de ter ganhado uma refeição da Emirates (pelo intervalo de espera ser superior a 4 horas), o aeroporto de Dubai é lindíssimo. O terminal exclusivo da Emirates parece um shopping de luxo. A moçada que é fã de lugares modernos (além de compras) e for passar por lá não pode deixar de reservar um bom tempo para admirar os seus interiores. Aproveito a deixa para sugerir ao MD que abra uma série específica também para a gente destrinchar os aeroportos (falar da infraestrutura, localização, serviços de cada um etc.). 

Enfim, se um dia eu tiver nova oportunidade, voarei novamente de Emirates. E se puder ser em um A380, melhor ainda!

Autor

Leonardo Marques - Diretor do Melhores Destinos
  • Marcos Reis

    Que inveja branca… Voar de Emirates já é tudo de bom, imagino no A-380. Value pela dica!

    • Daniel Santos. Itu/S

      Inveja??? Meu cotovelo esta doendo ate agora kkkkk. Parabéns!

    • Gustavo

      Excelente Materia !!!!

      Parabéns a MD

    • Igual a Webjet.

  • Marlos Sousa

    Parabéns pela excelente matéria. Tive a sensação de estar dentro do vôo durante a leitura.

    • Ismael

      Tive a mesma sensação. Enquanto lia a matéria, senti até o gosto da comida haha.

  • Henrique Oliveira

    Excelente relato.

    Já pude ver A380s "de longe" em aeroportos de Sydney e Auckland e já impressionam. Imagine de perto então!

  • Paulo Teixeira

    Parabéns ao Bernardo Mattos e ao MD pela matéria !!

    Informações importantes para aqueles que pretendem viajar pela EMIRATES.

    Abraço

    • Patricia

      Adorei a matéria!! Parabéns !!!

  • Ernane

    Isso é que é tratar bem o cliente…Legal demais!!

  • Yuri

    Estou simplesmente embasbacado. Sou fascinado por aviação comercial e viagens… Adoro o site e amei a matéria. Aliás, tivemos no post uma ótima sugestão de tópico para o site. Existem aeroportos maravilhosos pelo mundo e seria legal falar sobre eles. Abraços a todos.

  • Parabéns pelo relato. Deu até vontade de voar! Bem que a Emirates poderia fazer uma promo! rs

  • Felipe Senna

    Show de bola a descrição! Acho que para nós amantes de viagens, voar em um 380 é o objetivo a perseguir! rsrs

    Achei ótima a idéia também de ter matérias sobre os diversos aeroportos. Que tal começarmos pelos nacionais, e depois os internacionais?

    Alguem vai ter coragem de colocar fotos, destrinchar, e descrever o aeroporto de Denver, nos EUA?rsrsrsrsrs

  • E eu que me considerava "maluco" por viagens (no melhor sentido é claro!).

    Muito bom mesmo o relato.

    Já vi alguns A380 em Sydney e no próprio JNB. Interessante notar que você só se dá conta do tamanho dele quando tem um outro avião "comum" ao lado. Ai sím a diferença fica absurda, mesmo perto de um Jumbo.

  • Ana

    Muito bom!

  • flavio

    Nossa, muito boa matéria,já estou programando uma viagem para Dubai, com passagem pela Europa e estou fazendo o roteiro entre as CIA Lufthansa e Emirates, claro com objetivo de voar no A380. MUito boa matéria, ah e a dica dos aeroportos é válida.

  • Eduardo

    Ótimo relato Leonardo. Apenas gostaria de saber o que vc achou do espaço entre as poltronas. É normal, como TAP, TAM, ou é maior?

    • Bernardo

      Oi, Eduardo! Que legal que tenha gostado do relato! 🙂

      O espaço não é tão diferente dos convencionais, mas ainda assim (para os mais detalhistas) conseguimos ver diferenças. O esquema de ter duas fileiras de 3 e uma 4 cadeiras também não é dos melhores se você estiver viajando a dois, por exemplo.

      • Gabriela

        Com relação ao esquema de três poltronas ai vai uma dica: viajei de Frankfurt para Nova Iorque pela Lufthansa num A380 e na reserva solicitei janela e corredor no final do aviao. Resultado: eu e meu marido fomos sozinhos em uma fileira de três! Foi ótimo pois eu estava gravida e tive muito espaço para esticar as pernas! Ah, e o espaço entre as poltronas é bem maior do que um A330 sim! Muito confortável!

  • Patricia Viana

    Bela matéria!

  • Daniel Matos

    Ótimo relato!

    Meu sonho é voar num Emirates A380. hehehe

    No Charles de Gaule eu já tinha visto um A380 de perto qdo tava passando no onibus da Air France pra chegar ao terminarl de desembarque. Monstruoso de fato. Tinha visto de dentro do avião qdo desembarquei em Paris e em Londres mas de pertinho só nesse busão mesmo. hehehe

    E gostei da ideia tb de reviews de aeroportos. Posso ajudar com alguns.

    • Thiago Castro

      Tb acho q seria uma boa falar sobre aeroportos!!

      • Gadolin Marotte

        100% de acordo !!!!

        Prós e Contras !

        (passei um perrengue em Bogotá dia desses…)

  • Caroline

    Babei!!

  • Parabéns, belo relato.

    Em breve estarei voando nele.

    Abs

  • Pâmera Tadeu

    Adorei a contribuição do leitor Bernardo! Rica em detalhamentos e com belíssimas fotos! Depois de tantas curiosidades, agora é só planejar a minha viagem de Emirates…

  • Monica Santos

    Bernardo vc arrasou no texto.. Tive a mesma sensação descrita pelo Marlos..

    Que venham mais viagens interessantes para nos relatar aqui..

    Bjo pra vc e parabéns a MD pela matéria.

  • Fernando Lima Gama J

    Nossa, a comissária está parecendo aqueles criminosos que aparecem no Jornal Nacional com o rosto borrado hahahaha. Porque isso?

    • Thiago Castro

      Acho q ele borrou de propósito.

      • Bernardo

        Sim, borrei. É que não sabemos se a comissária gostaria de ter seu rosto revelado aqui. 🙂

  • Gleicy Cabral

    Ótima matéria! Texto bem escrito e com as informações que as pessoas que gostam de viajar precisam.

  • Thiago Castro

    O melhor relato que eu já li por aqui, e com ótimas fotos!!!

    Um dia ainda voarei de Emirates!!! 🙂

  • Gadolin Marotte

    Que delicia ! Adorei a reportagem Bernardo ! Legal mesmo né !

    Abração !

  • Zena

    Já voei com a Emirates e é incrível, até o barulhinho da vinheta da empresa no avião é legal! Estou sonhando com o A380 faz tempo, sou apaixonada por aviões! Valeu pelo relato!

    • Bernardo

      Oi, Zena! Algo muito legal que ficou faltando eu comentar (e que talvez você também já tenha visto) é que o teto do avião durante a noite ficava cheio de pontinhos brilhantes imitando um céu estrelado. Bacana, né? 🙂

  • Guilherme

    Gostei muito da matéria. Mto bem escrita. Vou recomendar à todos. Parabéns!

  • Marlon Guimar&atilde

    Excelente descrição. Adoro aviões, aeroportos, aquela sensação boa de viajar, e sinto falta de fontes com informações desse tipo.

    Parabéns novamente.

  • Tarcísio

    Excelente matéria, rica em detalhes e fotos!

    Também gostei muito da sugestão de abordar aqui no MD matérias sobre terminais de aeroporto. Gostaria de sugerir que se falassem inclusive do acesso aos aeroportos.

    Abração esmagador a todos.

  • valdemar scacalossi

    parabens Bernado pela dica , deve ser mesmo muito emocionante viajar numa maquina dessa , Valeu

  • Gustavo

    Bernardo Mattos,

    Em qual assento você viajou? Você sugere algum? Indago pois voarei no A380 da Emirates no final do ano e estou em dúvida na marcação. A desvantagem e que viajarei acompanhado e este avião não possui fileiras duplas, como acontece com o 777-300ER, tb da Emirates. Obrigado

  • Diogo

    Acredito que o maior diferencial seja ser um voo EMIRATES mesmo.

    Fiz uma viagem para Austrália com stop over (mesmo preço) em Dubai por 2 dias.

    O trecho entre Australia e Dubai fiz no A-380, é realmente impressionante, exatamente como o Bernardo contou.

    Mas nos outros trechos que fiz, em outros aviões também da Emirates, o atendimento foi igual, poltronas, sistema ICE, refeições, atendimento. Esse luxo é "normal" pra Emirates, não é só por ser o A-380. Isso pq não viajei no andar de cima rsrs

    Só por curiosidade, esse trecho a mais que você fez, ganhou milhas por ele? hehe

    • Bernardo

      Oi, Diogo!

      Infelizmente, no fim das contas eu ficava com o mesmo número de milhas, mesmo voando o trecho a mais. O "prêmio" ficou por conta de usar o avião mesmo. 🙂

  • messias

    gostei da estória,só não consegui entender como alguém vai para Dubai,pousa lá e segue para africa do sul.isso não é conexão tem mais cara de ser um sonho.

  • Guilherme Ortale

    Que legal, meu sonho também é voar no A380, a maravilha do ar !!!

  • Frankllin Aldrin

    achei espetacular a experiência abordada pelo amigo sobre esta viagem.Que inveja , mas esta experiência nos deixa mais confortavel , pois podemos utilizá-la para as futuras viagens.adorei.

  • patricia

    Por mim só usaria Emirates excelente !!!!

  • Eduardo

    Fiquei decepcionado com a fileira de 3 poltronas nas laterais – Para quem viaja em casal é uma péssima notícia (nem tudo é perfeito…hehe)

  • Marcos Sobral

    Leonardo e colegas do MD. A United Airlines está com diversas promos para os Estados Unidos. Achei Voos de Recife e Rio para Miami por até 690 dólares. E o melhor tem para julho (que é muito raro) achei partindo dia 17 de julho e voltando no dia 06 de agosto.

  • Beatriz

    Materia muito interessante ! Parabens !

  • Francisco Sampaio

    Parabéns a Bernardo pela publicação e MD pela publicação, voar pela Emirates A380 não tem preço!

    • Francisco Sampaio

      Bernardo pela descrição.

  • Pinheiro

    Quero aqui parabenizar o leitor pelo ótimo report.

    E ser mais um a pedir ao MD para abrir espaço para classificação de

    aeroportos. Excelente idéia! Abraços.

  • Renan

    Um dia chegará a minha vez! Obrigado pela avaliação amigo! Estou apenas 'babando'.

  • joão tavares

    boa descrição….bom texto…só fiquei com uma curiosidade…qual foi o preço da viagem? As cias brasiiras deveriam aprender com a Emirates.

  • gabriel Lennart

    Qualidade de vida, parabéns pela matéria.

  • Walter

    Parabéns pelo ótimo relato Bernardo.

  • Bruno

    Fiquei curioso pela razão da cia. prover tal conexão louca. Isso seria uma falha da cia? Não consigo entender, pois você já tinha um voo para o seu destino final, e eles proveem uma opção para sair do destino final, ocupar assentos em poltronas de um novo voo que depois retorna para o destino inicial. Não faz sentido isso. Só posso entender como falha da cia, porque não há vantagem alguma para ela. Na verdade, é prejuízo, porque ela perde com venda de assentos – nesse caso ela perdeu assento entre Dubai e Joanesburgo, e entre Joanesburgo e Dubai.

  • Danilo Fernando

    Sensacional! Parabéns pelo relato! Que matérias como essa motive cada vez mais pessoas a viajar, a 'enfrentar 18horas de voô pelo prazer de voar', de conhecer novos lugares, ter novas experiências, sensações, sentidos.

    É o meu desejo: que todos nós sejamos consumidores de cultura! 🙂

  • Clara

    Ótimo relato! Deve ser mesmo interessante voar num bichão desses! E também tenho curiosidade de voar pela Emirates.

    Só não sei se toparia 18 horas de voo + 2h de espera como ele fez hehe

    Parabéns pela matéria e pelo inegável espírito de viajante!

  • NORMA RODRIGUES

    Maravilhoso, a estrutura é fantastica. Muito boa essa materia. Parabens.

  • camila

    adorei!!!

  • Danillo Magalh&atild

    Não entendi essa conexão: como ele foi para Dubai, depois voltou para Johanesburgo e depois regressou a Dubai se o destino final dele era Dubai? Tipo não tem lógica vc desembacar no seu destino e a companhia te oferecer uma conexão para outro lugar para depois voltar novamente.

  • Vitor J. Nunes

    Ah se meu dinheiro desse! rsrsrs

    Obrigado Bernardo e MD pelo relato!

  • Luiz Henrique R. da

    Parabens Bernardo!

    Otimo relato, nos deixou com "agua na boca"…

    Obrigado por todas as informações detalhadas e imagens aqui postadas.

  • Bárbara

    Muito legal esse relato! Detalhado, bem escrito e ilustrado! Parabéns ao Bernardo e à MD 🙂

  • Alan Silva

    Parabéns pelo texto está simplesmente perfeito!!!! já vi um a380 em Tel-Aviv e ele é perfeito!!!!

  • Telmo de Paula

    Parabéns por compartilhar a experiência!

    E ao MD pela divulgação.

  • Grazielle

    Adorei a matéria e as fotos!!! Tive a sensação de estar dentro do avião!! 🙂

  • Fábio Ferro

    Onde se coloca as etiquetas? é tipo adeviso? ou tem alguma maçaneta?? 😛

  • Fabio

    Parabéns pelo relato Bernardo, estou louco para fazer ese trajeto!!!
    Mas, na verdade acho que você esqueceu de um pequeno comentário que, creio eu, é importantíssimo pros leitores do MD: a passagem é beeem mais barata indo para Johanesburgo (podendo fazer stopover em Dubai na volta) do que somente para Dubai, ou seja, creio que foi um dos fatores que, além de voar no 380, fez você escolher esse itinerário!!! Grande abraço.

  • Diego Nascimento

    aaah galera, viajar pela GOL ou pela TAM é quase a mesma coisa #sóqueaocontrário HAUHUAHUAH

    Poxa, já quero ir pra DXB nesse avião olhando o teto de céu estrelado! heheheh o/

  • Ângelo Tabet

    Muito bem escrito. Valeu pela ótima dica. Está nos meus planos uma viagem à China em 2013, a ser feita pela Emirates. E vou de A380.

  • Fabio

    Danilo, a passagem é bem mais barata até Johanesburgo (com escala e se quiser, stopover em Dubai na volta), do que somente até Dubai!!!

    Assim você pode conhecer dois fantásticos destinos, voar no 380 e ainda de quebra pagar menos!!!

    • Fernando

      Fui fazer uma simulação no site e não aparece nenhuma opção de ir até a África sem custo adicional e pagando mais barato no preço total do ticket por isso.

      Só o Bernardo pode explicar, pois pelo que entendi ele não fez Stopover. Ele comprou como destino final, Dubai. Não?

      • Bernardo

        Então vamos ao que considero como explicação plausível, amigos: na época em questão, as passagens foram pesquisadas (e compradas) como múltiplos trechos (vocês conseguem achar essa opção no site deles). Por coincidência, na época a companhia oferecia o benefício de se comprar múltiplos trechos sem a necessidade de um tempo mínimo de permanência (como acontece normalmente nos stopovers). Como o trecho Dubai-Johanesburgo também estava em caráter promocional na época, acabou que o combinado ficava o mesmo preço que um trecho único convencional. Ou seja, sorte com força! 🙂

        • titobosco

          ainnnnn minha cabecinha… lendo e relendo p/ entender.

  • Olegario

    Valeu a informação!

    Rica em detalhes!

  • Diogo

    No meu caso, eu confesso que nem conhecia o avião. Adoro viajar, mas não sou fã dos aviões em si (o que talvez explique o fato de eu não ter achado tão diferente dos outros voos na Emirates hehe)

    Quando eu fui comprar a passagem, tinham dois voos com diferença de minutos (não lembro, mas tipo uns 15 só) entre Sydney e Dubai. Eu nem pensei no avião, mas por sorte o funcionário da Emirates (comprei na agência) sugeriu de ir no outro pq o voo seria em um A-380.

    Lembro de pensar "e daí?!" rsrs Mas ainda bem que aceitei.

    • Daniel Matos

      Po Diogo, vc nao merece voar num A380. 😀

      • Thiago Castro

        hahahaha, é verdade!!!!

  • João

    E o conforto dos assentos? Será que tem bastante espaço no assento e entre os assentos?

  • Cláudio Del M

    Muito legal! Poderei verificar em loco toda essa exuberância dia 11 de julho num voo para Auckland (NZ) pela Emirates. Excelente matéria.

  • Joca

    Concordo com o autor do relato. Acho que o Melhores Destinos podem começar a sugerir que os leitores enviem relatos de aeroportos. Seria uma maneira bacana de sabermos o que há de bacana durante as longas horas no aeroporto.

  • Amanda

    Muito legal o relato! Adoro esse tipo de viajante que nao se importa com o tempo a mais pra conhecer coisas novas :] Parabens pelo texto e pela viagem! Hahah Deve ser emocionante voar nesse monstro! Até hoje fico triste por saber que nao voarei em um Concord, hahahah (Acho que nem era nascida quando ele parou) Mas são esses aviaoes que ficam na memoria 🙂

  • Carlos Augusto

    Puxa vida! que maravilhoso relato. Bernardo você arrasou! Também pretendo ir a Dubai neste final de ano e suas indicações e as fotos que mandou do fantástico A380 me deixaram muito mais animado. Seja pela disposição da aeronave, o plano de alimentação – que pelo que você fala é um show – e o serviço dos comissários(em multiplos idiomas), a EMIRATES merece de fato ser qualificada como a melhor empresa aérea do planeta. Pessoal, vamos dar uma de Sheik? que tal umas "voadas" pela mega Emirates a bordo do A380 ?

  • Philippi

    Parabens pelo relato. Me senti la dentro do "bichao" viajando por ai…

    Cara, que nem voce, eu faria ate muito mais horas por conta de uma nova experiencia.

    Adoro viajar/aeroporto/avioes…tudo me encanta, e sei como voce se sentiu. Valeu.

  • Inis

    Bernardo achei muito interessante seu relato, amo viajar, já viajei para o Japão e peguei avião da KLM também é muito bacana, a refeição, o atendimento, mas não é esse luxo todo como Airbus. Parabéns,abraços.

  • Charles

    Isso ai, Be! Continue descrevendo suas aventuras… Espero logo logo poder voar no A-380! Charlito

  • Alan Teles Cristalin

    Emocionante, também quero uma passagem nesse "fusquinha" aí… 🙂

    Parabéns pelo relato.

    Tb apóio a sugestão de matérias sobre os aeroportos.

  • Guilherme Ortale

    Hummm, pois é. Vai que ela quer largar a Emirates e vir pra Gol, hehehehe !!!

  • Fernando

    Nos aviões 777 no trecho Brasil – Emirados também são assim.

    A dica é marcar da 46 a 49 no fundo do avião, tanto do lado esquerdo como no direito. Somente nesse pedaço das laterais é que possuem 2 poltronas.

    • Thiago Castro

      Opa! Boa dica.

  • Nina

    Fica a dica, os cartões American Express estão dando 10 % de desconto na compra de passagens pela Emirates…

  • nat

    Eu não viajei com este avião enorme da Emirates, mas viajei com eles em outro avião para Dubai. Honestamente? Não vale tudo o que cobram. Fiquei muito decepcionada com o serviço de bordo. Tinhas muito poucas aeromoças para atender a todos. Inclusive fiz uma reclamação diretamente à empresa. Por exemplo, demoravam demais para passar a comida.. além disso, acordaram a gente de madrugada para servir. Para terminar, as bebidas vieram depois que todo mundo já tinha terminado o prato… uma vergonha. Bem serviço de companiazinha mesmo medíocre. Eu fiquei totalmente decepcionada e acho que Emirates é 99% propaganda. Prefiro muito mais a Singapore.

    • Bernardo

      Puxa, Nat, tenho mesmo que discordar, e veja que praticamente todos que tiveram a mesma experiência aqui também. Pode ter sido mesmo uma algo ocasional muito ruim que você viveu. Mas não dá para generalizar e tratar o serviço deles como "propaganda enganosa". Aliás, pelo menos para mim, está muito longe disso.

      • nat

        Acontece, Bernardo, que paguei mais de mil dólares de diferença para voar Emirates para o destino que fiz. Seja esporádico ou não, eu não pago para correr o risco de acontecer de novo… e aviso aos demais sobre minha experiência. Eu realmente esperava algo com um grande diferencial e não vi tudo isso que eles anunciam.

    • Fernando

      Já viajei em ambas, inclusive nos A380 das duas e tive impressões diferentes. Não acho que é 99% propaganda.. o serviço é muito superior mesmo. Não sei qual foi seu caso, mas um dos problemas que pode ocorrer é o vôo está completamente lotado, e aí o atendimento pode não ser perfeito, como vc descreveu. Isso aconteceu comigo num dos trechos pela Singapore (Cingapura – Zurique no A380). Pela Emirates não tenho o que reclamar (peguei vôos vazios), nem do preço, pois as européias costumam cobrar bem mais caro pra Ásia e nem vale de longe o que cobram. No entanto, ainda assim, concordo que a cordialidade/serviço da Singapore é imcomparável.

      • nat

        Meu vôo não estava com lotação média. Mas a falta de assistência das aeromoças durante o vôo foi um absurdo. Não foi uma experiência individual pois muita gente ficou irritada. Isso sem falar que embarcamos à noite e serviram café da manhã – isso mesmo – cerca de 3 da manhã. Dormimos. Cerca de 3 ou 4 horas depois (ou seja, interrompendo o período de "sono noturno"), serviram o almoço, com carnes e massas (e que estava longe de ser uma delícia). E o carrinho de bebidas.. Nas refeições demoraram cerca de uma hora para passar. Quando a bebida chegava, vc já havia terminado a comida.

        Mas pareceu que o timing do pessoal da Emirates estava errado, o atendimento a bordo era muito lerdo. Ah, me decepcionei mesmo… vc vai esperando uma coisa e tem outra oposta. E por toda a propaganda que fazem e pelo preço não dá para "dar desconto" para a atuação deles não.

        • nat

          Quero dizer, estava com lotação média.

  • Natália do Va

    Irado mesmo, Bernardo! Cada detalhe…

    Tb sou apaixonada por aviões, aqui no MD não me sinto sozinha 🙂

  • Vinicius

    Voei de Emirates, na classe executiva, e vou contar, é muito bom. Recomendo a TODOS!

  • Eli Moreira

    Gustavo, dá uma olhada na dica da Gabriela acima.

    Abraço,

    E.

    • Thiago Castro

      Ou então no "seatguru".

    • Gustavo

      O problema desta dica é arriscar viajar com uma pessoa na poltrona do meio por 15 horas, caso o havião fique lotado. De qualquer modo, obrigado…

  • Cristiano

    Bernardo, parabéns pelo relato.

    O adesivos são uma idéia bem antiga e me lembraram a nossa saudosa Varig em voos internacionais.

    abs

    • Bernardo

      Pô, Cristiano, por que será que as nossas aqui desistem às vezes das boas ideias, não é? Não acho que aquilo tem muito custo não. Pena.

  • Margarida Ferreira

    Bernardo, parabéns pela matéria. Dá vontade de viajar neste enorme pássaro. Mas, não como você fez. 9 horas já bastam para mim, mas fiquei curiosa e com vontade de conhecer isto tudo que você falou de perto.

  • Daniel Matos

    Alguém tem relatos de voar no Dreamliner ou no novo 747-8?

    A Boeing criou e reformulou esses modelos pra competir com a Airbus depois q o A380 desbancou o reinado do 747-400. Mas nao fez um avião maior, fez apenas um melhor. Ai nao sei se o nivel da aeronave ficou melhor q os A380 mesmo.

  • Daniel Matos

    Tem sim e é bem caro. rs

  • Daniel Matos

    Aí vc vai ter q torcer pra conexao q vc fizer rolar um A380 pq partindo daqui do Brasil ele ainda não opera.

    • Diogo

      Nos voos pra Pequim fazem escala em Dubai.

      No trecho Dubai-Pequim tem várias opções de ir de A-380.

      Ângelo, eu já procurei passagem pra Pequim, e o mais barato que achei foi por volta de R$4000. Você já viu vôo mais barato?

      • Angelo TAbet

        Quando pesquisei, em abril, andava por volta de 3.400,00. Pena que não fazem tantas promoção por lá.

    • Thiago Castro

      Vai de 777 do Brasil até Dubai e num A380 de Dubai a Pequim, entendeu?! 🙂

      • Angelo TAbet

        Esse é o plano. Grato.

  • Cristiano GO

    Fui de Emirates para Dubai há algumas semanas e o vôo foi perfeito e aconteceu com o nosso amigo relatou… Foi maravilhoso e com certeza a melhor viagem que fiz…

  • Bernardo

    Ótima dica, Gabriela! Espero conseguir usá-la numa próxima!

  • Bernardo

    Compraram para mim, João, então prefiro imaginar que tenha sido mesmo bem cara e que fui um baita afortunado (rs)! 🙂 Mas não é bem por aí. O MD mesmo já divulgou promoções da Emirates que levavam para o Oriente a preços de Europa. Vale à pena ficar ligado!

  • roberto

    putz, o cara vai de Dubai para Johanesburgo e quer filme com legenda em portugues??

  • Bernardo

    Por nada, Luiz! Sou eu quem agradece a você e aos demais pelos elogios, além do MD pela oportunidade de contribuir também! Já usei bastante as dicas aqui apresentadas. 🙂

  • kennedy alves

    Inveja branca do Bernardo

    Materia muito interessante, de fato me senti dentro da aeronave

    Sonho em um dia poder ter o prazer de voar num Bichinho desse

  • titobosco

    Cara, PARABENS pelo texto muito envolvente sem ser cansativo. Fiquei imaginando a cara da atendente certamente com muita gentileza mas surpresa ao saber que vc iria dar uma volta em JNB kkkkkkk.

    Pena aqui nao ter infraestrutura para operar um A380 no aeroportos daqui. Tmb nem acho que a TAM tenha cacife suficiente para bancar um passaro desses em seu portifolio… Enfim é sonhar e esperar 😉

  • Bernardo

    Na própria cabeceira da poltrona. 🙂

  • Margareth

    Que tópico detalhado ! Parabéns a todos os leitores que juntos com a equipe MD, traz a que cada dia informações preciosas ( um vício de ler diariamente) para este site.

  • Uau demais ,,,quando eu crescer quero ter uma experiência desta …rss… bjs e ótima materia.

    Cândida Pereira

  • Cristiano

    Que INVEJA!!Eu faria o mesmo… iria e retornada para estes destinos, só pra estar à bordo do A380. Parabéns pelo relato.

  • Bernardo

    Oi, Fábio! Você tem razão, ela é bem mais barata até lá, com essa opção de parada na volta. Minha sorte foram as condições promocionais na época que não me obrigavam a ficar em Johanesburgo, já que meu destino final era Dubai mesmo e eu não podia ficar na cidade africana nem um dia.

  • Beatriz

    Muito legal!!! Eu acharia uma loucura, mas vendo os detalhes deu até vontade de voar umas horinhas a mais pra disfrutar!!! excelente descrição e fotos! deu pra ficar com o gostinho, quem sabe um dia!

    Obrigada por arriscar-se no possível micão de tirar as fotos pra registrar pra nós 😀 valeu a pena!!! ehehhe

  • Felipe Senna

    Pior que ela ta parecendo aquela enfermeira do mal do jogo Silent Hill!

    kkkkkk

    ta assustador!

  • Lenira HAZBOUN

    Pretendo ir em dezembro/ janeiro, para Dubai, quando o clima e mais ameno. Como e que se escolhe um vóo desses? Digo, num aviao desse?

  • Isadora Maciel

    Adorei a matéria, parabéns Bernardo!

    Concordo que deu pra sentir como foi essa aventura, maravilhoso! 😀

  • Clarissa

    Nossa! Adorei o relato!!! Quanto conforto! Deu até vontade de viajar no A380. Essas informações são muito úteis para quem pretende viajar.

  • aristeu

    Muito bom e completo o relato, com fotos de profissionais. Quero saber como fazer para voar nestes "monstros" tipo 747 ou a380 saindo de Brasilia/indo para EUA ou Europa. Alguem tem alguma ideia? Podiamos começar falando dos aeroportos de Campinas, Vitoria,Goiania, ou ate mesmo Brasília – falam que é suficiente, mas só tem 13 fingers, 70% dos voos param fora deles, na chuva e no sol, de onibus que demoram uma eternidade para chegar, e não falam em nova etapa, em aumento, em expansão. "lindos" todos.

  • Thiago Castro

    Ela poderia acessar o site do MD e depois ia cobrar direitos de imagem!!!! Rs.. 🙂

  • Thiago Castro

    O hub da Emirates é em Dubai ué!! Pra qqer lugar q ele fosse, teria q parar em Dubai anyway.

  • Márcio

    Muito bom o texto, parabéns Bernardo!

    Agora que já temos a avaliação do A380, vamos ver quem manda do 747-8 e o 787 Dreamliner… rsrsrs

  • Lívia Freitas

    Bernardo, ótimo relato!!! Uma leitura que faz surgir na gente aquela vontade de ir para Dubai amanhã mesmo. Adorei!

  • Fábio Campos

    Gostei demais da matéria! Parabéns ao Bernardo e ao MD. Se possível me tirem uma dúvida.Tenho intenção de ir a Austrália A380 com stopover em dubai por um dia. Preciso de visto pra isso e acho hotel barato por esta pernoite. Obrigado.

    • Fernando

      O vôo chega a noite em Dubai, certo? Se na hora da compra vc optou pelo voo seguinte de manhã, e não o mais próximo da madrugada, solicite hotel + visto com eles (sem custo extra). Por conta deles você também terá uma van até o hotel (que é próximo), um jantar e o café da manhã (ambos buffet). Os vouchers e formulários serão entregues na hora do check in aqui. A mala você só verá no destino final.

      Caso o tempo de estadia que deseja tanto na ida quanto na volta não se encaixe nos critérios deles de 'stoppover com pernoite complementar', você pode evitar a burocracia antecipada de um visto de turista e solicitar um visto de 96 horas no balcão da Emirates que cuida só disso ao chegar no aeroporto de Dubai (fica um pouco antes da imigração) desde que tenha comprovação de hotel (por sua conta, claro), reserva do vôo ao terceiro país (tem que ser da Emirates pra obter esse visto) e cash (US$) pra duas taxas. Uma pode ser no cartão, mas a outra lembro que só em dinheiro. Enfim, tem explicado no site. Verifique, pois vale a pena!

  • Marcelo Oliveira

    Esse cara é louco, piradinho da idéia… como eu. Se eu pudesse passear 18 horas a mais num avião desses sem acréscimo no valor da passagem, também não pensaria duas vezes! rsrsrs

  • Andre

    Que espetáculo de oportunidade hein Bernardo. Tive uma oportunidade semelhante mas nem chega aos pés da tua. Eu faria FLN-CGR com conexão em POA (totalmente contramão) e GRU. O atendente da tam queria me colocar direto para GRU e eu não queria pois escolhi o voo desta forma e pelo mesmo preço pois o avião de POA-GRU era um A330 que eu nunca havia voado. Essa do A380 foi pra acabar. Parabéns pelo relato e parabéns à Emirates por tanto capricho. Que mesa de comida formidável.

  • Ótimo FR! O outro FR que tem aqui no MD da Emirates é meu, de quando fui a Doha no trecho GRU-DXB. Tudo que você falou já acontece a muito tempo , isso demonstra como a qualidade da empresa não caiu de 2 anos pra cá. Abs

  • Joao Luiz

    O MD é sensacional,

    E o que faz o MD ser assim?

    Inteligência, prestação de serviços, e um monte de pessoas interessantes que partilham informações…

    Sobre o relato do A380 considero um breve romance, com descrição competente, olhar apaixonado e digno de uma continuação…

    Parabéns a toda a família do MD.

  • Stephen

    Como vc achou passagem GRU-DXB com esse "voo extra"???

  • Bruno W.

    Excelente post.

    Leo, mudando de assunto, recebi um email da TAM dizendo que os pontos do fidelidade serão validos para os destinos operados pela LAN. Alguma novidade a respeito disso? No site da TAM nao aparecem todos os destinos operados pela LAN. Vlw

  • Angelo TAbet

    Farei conexão em Dubai, voando 380 para Xangai. Uma amiga fez e adorou. Como foi de primeira classe, teve direito a banho com 5 minutos de chuveiro.

  • Excelente relato!

    Eu também não me importaria de viajar umas 18 horas só para conhecer o A380.

    Acho excelente a dica de fazer relatos sobre os aeroportos, já que no final o MD acaba se tornando um guia de como viajar bem.

  • Daniel

    O A380 é realmente de tirar o chapéu! Estava viajando pela Oceania e quando vi que a Emirates fazia o trecho Sydney – Auckland com ele (EK412) não tive dúvidas! Paguei mais caro só pra ter a experiência de conhecer e voar nessa maquina! Assento 74A! Foi inesquecível!! Muito obrigado pela matéria! Deu pra matar um pouco da saudade! Abraço

  • Grasiela Silva

    Que invejinha boa! Super chique viajar de A-380! Infelismente não podermos desfrutar dessa belezinha aqui no Brasil!

  • Na revista flap de abril tem um flight report brasileiro de 2 voos no 787 Dreamliner.

  • Maria Otilia Carvalh

    Parabéns Bernardo. Matéria diferenciada,que chama a atenção, seja pelo tema, seja pela escrita. Sou leitora assídua do MD mas é a primeira vez que posto um comentário. Gostei tanto da matéria que compartilhei no meu perfil no facebook. Tenho viajado bastante (para o meu padrão), infelizmente só na econômica. Espero um dia poder viajar em um A-380. MD, sou fã de vocês e sempre aproveito suas dicas. Parabéns a todos

    • Bernardo

      Oi, Maria! Muito obrigado! Fico feliz então por ter motivado seu comentário. Praticamente sempre vou de Econômica também, mesmo que a trabalho. Mas a experiência não deixa ser memorável, sem dúvida alguma! 🙂

  • @PRDANIEL_

    Quem faria o mesmo ai? O/ O/ O/ O/ O/ O/ Sonho de consumo de todos aqueles que acompanham as materias MD. Otima materia, nota 10.

  • Ygor

    Grande avaliação, Bernado! Obrigado.

    Apenas uma coisa não ficou 100% claro para mim ( talvez para outros leitores), ou talvez eu custe a acreditar rsrs: vc voou GRU*DXB*JNB*DXB (em vez de apenas GRU-DXB)??? Só para voar A380? wow, você é dos meus… Piradinho rsrsrs.

    E a volta, como foi???

    confirma isso ai.

    Abs.

    • Bernardo

      Oi, Igor! Pois é, coisa de doido apaixonado por viagens mesmo. E pelo visto a gente se entende. 🙂 Expliquei num comentário aí para cima a minha teoria para ter dado certo. Essa "loucura" foi só no voo de ida mesmo.

  • Rodrigo-GIG

    Se você for sair do Brasil, será digno de volta ao mundo! Bem que você poderia ter escolhido a Aerolíneas Argentinas!haha

  • JORGE KRUG

    SENSACIONAL!!! Que descrição e imagens. Parabéns Bernardo Mattos, Leonardo Marques e Equipe.D+…

  • Henrique

    Pesquisei esses trechos na Emirates e através da pagina Ofertas Especiais vocês podem entender como conseguir fazer todos estes trechos Gru-dbx-jnb pagando menos que somente Gru-dbx. O preço GRU-DBX esta por US$ 1.891,00 e no trecho GRU-DBX-JNB por US$ 1.095,00, sendo que é permitido fazer um stoop over gratuito em Dubai e dois stoop over por apenas mais US$ 75,00. Fica a dica que pela Emirates seguidamente é mais barato comprar as passagens para Dubai esticando a viagem até outro destino, eu mesmo já fiz isto indo até Cairo conhecendo as pirâmides do Egito e voltando para Dubai pagando mais barato. Outro exemplo que teoricamente não faz o menor sentido é que esta mais barato fazer o trajeto GRU-DBX-Tóquio do que somente o trecho até Dubai. Fica a dica se forem para Dubai para conhecerem algum outro destino nem que seja por um dia por conta da Emirates e ainda por cima pagando menos.

    • Bernardo

      Falou tudo, Henrique! Isso explica ainda mais o que aconteceu no trecho e incentiva outros aventureiros a arriscar boas experiências assim! Abraços!

    • Guilherme Ortale

      Se tivessem esse preços para europa eu encarava, hehehe. Só pra pegar um trechho com o A380.

  • Henrique

    Consulta a Emirates que as vezes eles pagam o hotel quando a conexão é muito longa. Eu já consegui programar um viagem fazendo conexão em Dubai e a Emirates pagando duas noites de hospedagem uma na ida e outra na volta.

  • Por enquanto está bem confuso. Estamos tentando entender ainda.

  • Marcelo Uriarte

    Que tal o MD postar aos leitores em quais aéreas e rotas o A380 já está operacional? Parabéns ao autor da matéria e ao próprio blog.

  • O MD é minha página inicial. Assim não perco um post! rss..

    Gostei da idéia de criar uma sessão sobre os aeropostos nos arredores do mundo. Com certeza será bastante útil.

  • Diogo

    Só toma cuidado, pq que eu lembre, se tiver voo de madrugada, essa parada de eles pagarem hotel não vale não! É só pra quando não tem opção de fazer o segundo trecho no mesmo dia (ou em até 6h depois do 1º trecho, eu acho).

    Quanto ao visto, tem um período curto de algumas horas que não precisa de visto (confere no site direito isso). Mas se for ficar um dia lá, tira o visto de 96h ANTES! Fui nessa de tirar na hora e paguei bem mais caro do que se tivesse tirado com antecedência (e perde tempo).

    Fábio, sugiro ficar mais tempo em Dubai, 2 dias dá pra ver bastante coisa. Além de que dá uma quebrada no tempo de viagem. São 13,5h daqui pra Dubai, e mais 13,5h de Dubai pra Sydney.

    Passeios como subir no Burj Khalifa (maior prédio do mundo), almoço no Burj Al-Arab (único hotel 7 estrelas do mundo) tem que comprar antes pelo site, com horário marcado. No Khalifa, vale a pena comprar perto do horário do sol se por (são os horários que esgotam mais rápido), pq vc pode ficar quanto tempo quiser lá em cima e pode ver a vista de dia e depois de noite (e fique para ver o show de água, luz e música na frente que eh gratuito)

    • Fábio Campos

      Caro Diogo, pela sua experiência, quanto seria este visto antecipado de 96 horas e um hotel bem básico só pra dormir mesmo pelos 02 dias que você sugeriu. Tem que ser pela Emirates ou é algo a parte???

  • Bernardo

    Pois é, André, obrigado. Pelo visto a gente se entende bem. 🙂

  • RAFAEL

    Sou apaixonado por viagens e aviões, me senti nesse A380, com os relatos do Bernardo, parabéns, show as descrições!

  • Guilherme Ortale

    Não sei se não vi essa informação, mas estavam cheios os vôos ?

    • Augusto

      Oi, Guilherme!

      Sim, ambos estavam praticamente lotados. 🙂

  • ines

    Tenho a reserva do voo, mas não o hotel. Consigo o visto para horas?Pensei em apenas dar uma volta pela cidade… é loucura?

  • Bruno Carneiro

    oi Gabriela, estou surpreso pelo seu relato que o espaço entre poltronas é maior que um A-330… Viajei em um A-380 na mesma Lufthansa e percebi aproximadamente a mesma distância entre poltronas e o mesmo conforto de qualquer outro avião que faça viagens transcontinentais. Excetuando-se por ser um avião novo e de ter muitas poltronas, a classe economica me pareceu bastente "normal".

  • Alisson Rizzi

    Em setembro do ano passado eu fiz australia- dubai no A380 realmente é sensacional!!!!!

  • reinaldo

    Gostaria de saber quanto gastou?

  • Eliezer

    Ótimo relato sobre a cia e a aeronave. E achei muito bacana a sugestão do post focado nos aeroportos. Muitos prós e contras sobre a infra. abs e mais viagens para você.

  • Marcia

    Cara,

    Fiz isso tambem, Parei em Dubai e fui pra Joburgo. Na volta ganhei uma trombose….

    È só pra previnir, viu gente!

  • Augusto

    Oi, Lenira!

    Um dica é você escolher o destino final e dar uma olhada em todos os voos disponíveis para encontrar aqueles com conexão que usam o A380.

    Abraços!

  • Rafael Barbalho

    Relato muito bom e experiência incrível. A discrepância entre aeronaves de vôos Nacionais e vôos Internacionais (demais continentes) é absurda; avalie um A380: diferenciado e pacote completo de serviço pre, durante e pós vôo.

    Tive um serviço semelhante (comida e infra-estrutura de serviços – não da Aeronave :)) prestado pela antiga Varig no vôo GRU-Bogotá, em 97. Ou seja: já fomos muito bons nisso.

    Os posts sobre Aeroportos será ótimo. Temos alguns por perto muito bons. O de Joanesburgo é muito bom também!

    Abs!!

  • Lucas Abreu

    Muito boa a matéria, legal ver que existem pessoas tão apaixonadas por viagens quanto eu.

  • Cezar

    Legal mesmo a matéria, também já viajei no A380 e a melhor dica pra quem voa pela emirates é juntar as milhas, pois quando vc tiver a oportunidade de viajar de classe business, uma viagem de 15 horas de Dubai a São Paulo, voce nem vai se importar em chegar logo de tão boa.hehehe

    • Gustavo

      CEZAR, vc sabe quantas milhas sao necessarias para o upgrade? E quanto ao procedimento, é feito diretamente no balcao? Obrigado.

    • gustavo

      Cézar,

      Você saberia dizer quantas milhas são necessárias para um upgrade? O procedimento é feito no balcão de embarque?

      Obrigado

  • Lele

    Fantástico! Esta matéria está tão boa que vc merecia uma passagem como cortesia pela propaganda muito bem feita e realtada. A Emirates poderia bem te presentear! Merecido presente! Parabéns!

  • Alexandre

    Parece texto de repórter especializado em aviação. Parabéns Bernardo

  • Bernardo

    Oi, Lele! Mas a ideia não era fazer propaganda alguma não, apesar dos elogios. 🙂

    É que quando as companhias não andam na linha a gente deve mesmo criticar (como fazemos), mas quando o serviço é muito bem prestado, não há razão também para deixar de exaltar, não é verdade? 🙂

  • Carlos

    Parabéns pela viagem. Já tive a oportunidade de viajar pela Emirates por 3 vezes, vim do Japão ao Brasil, Voltei para o Japão e retornei para o Brasil. Foram 6 trechos, entre Brasil, Dubai e Japão. No último, vinde de Dubai ao Brasil tive a sorte de "ganhar" upgrade para classe executiva, e foi muito bom.

    E por falar em coisa boa, vi que vc ganhou um almoço por ter que ficar mais de 4h no aeroporto. Eu fiquei 6h acho. Na primeira vez, o avião pousava em uma parte que hoje é mais para voos internos. Mas na ultima vez já tinha feito a ala internacional. Resumindo um pouco, nos dois terminais tinha um Lounge onde pude desfrutar de comida, bebidas e internet. Não sei como funciona pois vi que tinha e tentei entrar. Fica a dica, para quem for por lá procure saber sobre o Lounge que vale a pena o nome era Marhaba Lounge no Andar dde lounges proximo ao portão 230. No outro terminal não lembro e não sei se mudou para este novo mas o nome Marhaba deve ajudar.

    Abraço e boa viagem. 😀

  • Alexandre Schneider

    OLa,gostei da forma que descreveu o voo,soh acho consativo a escala que vc teve,eh meio cansativo.Gosto de voos diretos.

  • Gustavo

    Olá Carlos,

    Como vc fez para ganhar o upgrade?

    Abs

    • Diogo

      Não sei se foi o caso dele, mas no meu voo de ida algumas pessoas receberam upgrade pq teve overbooking.

      Só que lá, quando dá overbooking, eles não te deixam esperando outro voo, eles passam alguém para uma classe superior rsrs.

      Um funcionário da Emirates explicou que eles tem no sistema já feito um "sorteio" das pessoas que irão pra classe acima caso todo mundo compareça no voo. Ae logo antes de embarcar eles vão chamando pelo nome quem ganhou o upgrade. Mas só concorre nesse sorteio quem é pelo menos Silver no Skywards.

  • André Quint&a

    Que maravilha de matéria. Fiquei sabendo dessa matéria, mas só agora tive a oportunidade de ler. Parabens pela matéria, muito interessante. Já havia voado nesse avião, porém foi um voo bem mais curto PAris-Londres, pela Airfrance. Não tão detalhista assim, da proxima vez que voar irei prestar mais atenção aos detalhes fornecidos pelo artigo.

    Parabens MD e ao Bernardo

  • Diogo

    O visto de 96 eu não tirei antecipado, tirei lá em Dubai mesmo.

    O antecipado você pode ver no site da Emirates mesmo. Ou pedir que o hotel faça pra você. Não lembro o valor, mas tenho a impressão de ser tipo R$60 (posso estar falando besteira, vê lá no site da Emirates).

    O que eu tirei, lá em Dubai, foi mais de 100 DÓLARES, acho que perto de 150! Ou seja, 3 vezes mais caro!!

    Tem hotel mais barato tipo R$100 que foi onde fiquei, mas tem vários hotéis tipo Ibis que são mais padronizados (mas não tinha vaga, pq procurei muito em cima) que devem ser uns US$75

  • Fabio

    Exatamente . Em setembro farei GIG-DXB-DME-DXB(stop)-GIG pagando apenas R$1.790 .

    Se tivesse comprado apenas GIG-DXB-GIG seria quase o dobro.

    Infelizmente nao pegarei trecho algum de A-380.

    Sempre os vejo em LAX ,as vezes 4 deles da Qantas e Singapore e sou louco para experimenta-los.

  • Bernardo

    Oi, Alexandre! O segredo é aproveitar o que há de bom nas conexões. Paradas em locais como o aeroporto de Dubai são imperdíveis, não acha? Sem contar que os voos diretos costumam ser bem mais caros. 🙂

  • Bernardo

    Oi, Carlos! Sua espera foi ainda melhor então, boa dica! 🙂

    No meu caso, a própria Emirates colocou um quiosque próximo da região do Free shop no aeroporto de Dubai para oferecer o vale-refeição aos clientes que iriam esperar.

  • Vitor

    Eu gostaria de voar no A380 se estivesse indo pra algum lugar. Mas simplesmente ir e voltar, voar 18 horas só por voar, sem chance, tenho mais o que fazer, mas gosto é gosto…

  • Simone

    Maravilhosa esta matéria! Já tive oportunidade de viajar num Emirates (dos menores) e já achei fantástico, certamente um dos melhores de minha vida. As aeromoças super simpáticas, amo aquela roupa delas! E realmente, reservem horas para conhecer o aeroporto de Dubai, é muito, mega luxuoso, futurístico, é incrível!!! Toda vez que vejo um avião da Emirates lembro meu marido que meu sonho é viajar na primeira classe deles! (sim, sonhar tá valendo heheh)

  • Diogo

    aliás, 3 vezes não, entre 4 e 5! pq o adiantado era em reais, e lá em dubai, em dólar!

  • Bernardo

    Oi, Fábio! Dê uma passada pelo site da Emirates. Lá há uma explicação boa sobre esse visto. E dá para ter ideia dos preços também. Abraços!

  • Bernardo

    Opa! Valeu mesmo pela consideração! 🙂

  • Bernardo

    Quem faria de novo? o/ o/ o/

  • Francisco

    Boa noite!

    Mto bom mesmo, parabens pelos detalhes!!!

    Tenho uma dúvida, vou para Coreia do Sul pela Emirates e vou fazer escala em Dubai por 4 horas e meia…. posso comprar coisas no freeshop antes do embarque em Guarulhos e depois embarcar normalmente (como bagagem de mão) o que eu comprei no freeshop de Guarulhos, ou em Dubai eles podem exigir que eu despache as compras feitas em São Paulo como bagagem por violar as leis dos 100ml? Resumindo, em Dubai eles podem encrencar com minhas compras feitas em Guarulhos por eu estar as levando como bagagem de mão?

    Outra dúvida é, preciso pegar minha mala em Dubai e colocar na esteira novamente ou ela vai direto para o destino (Coréia) ???

    Desculpe o excesso de perguntas, nunca viajei de avião e logo de cara vou voar por mais de 24hrs em um Boing 777 (Guarulhos-Dubai) e em um A380 (Dubai-Coreia).

    Obrigado!

  • Bernardo

    Oi, Francisco!

    Para você não precisar despachar em Dubai, mantenha os produtos que comprar no Free shop nas embalagens apropriadas (eles costumam lacrar, dependendo do que comprar) e também guarde as notas (para provar que foram compradas lá, caso questionem). Sua mala deve ir direto para a Coréia, mas isso você deve confirmar diretamente com a companhia no momento do check-in. Abraços e bom proveito! 🙂

  • Tito

    Voo todos me meses do A380 da AF de Joanesburgo para Paris e vice-versa, e o espaço é o mesmo dos outros avioes e mais digo que junto á janela em economica é desconfortavel ao contrario do A-330, 340 ou mesmo do B-777 porque tem uma distancia enorme e nao dá para nos encostar-mos para descansar. A diferença que vejo é que de facto é enorme e que tem um sistema de cameras que dá para ver o aviao do cimo da cauda, de frente e por baixo, o que é engraçado, de resto é normal e devo dizer que já tive 2 aterragens bem bruscas…

  • Tito

    Devo acrescentar que agora de JNB para o Dubai a Emirates voa com o B-777-300…

  • wilton azevedo santo

    trabalho na sea e faço a limpiza do emirates e acho o aviao muito bunito

  • Marcio David

    Parabéns Bernardo! Uma dúvida: você pegou turbulência nos seus vôos? Pois a turbulência é inversamente proporcional ao peso do avião. Em sendo o A380 o avião mais pesado da aviação civil, mantida a mesma velocidade, teoricamente a turbulência será menor.

  • ligia

    Devo dizer que tive a mesma experiencia da Nat ,voei agora em outubro 2012 para Dubai e no voo de ida tambem tive a sensação da falta de pessoal .não achei simpatica a tripulação e as bebidas são servidas bem depois da comida ,fiquei profundamente decepcionada com a cia .

  • Bernardo

    Oi, Márcio!

    Desculpe-me pela demora. Mas só agora com a divulgação do MD dos relatos do ano que voltei a acessar o post.

    Pois é, não peguei turbulência alguma, em nenhum dos voos. E acho que justamente mesmo pelas dimensões e o peso que a sensação de conforto acaba sendo muito maior. Você precisava ver a aterrissagem. Foi tranquilíssima.

    Abraços!

  • Rafael

    Voei num A380 da Emirates de Melbourne para Dubai e foi sem dúvidas o melhor voo da minha vida. Não sei se foi falsa impressão, mas achei mais confortável e com um pouco mais de espaço em comparação ao 777-300ER, também da Emirates. Também achei o sistema de entretenimento do A380 melhores, os achei mais funcionais que os do 777. E o relato do amigo quanto ao pouso e decolagem é verídico, quase não se ouve as turbinas e o avião tremer. Impressionante!! Se bem que eu gosto de ouvir um ruído durante a decolagem. Espero voltar a voar neste avião se possível, ainda mais pela Emirates, uma companhia que vale cada centavo pago.

  • Tarciso oliveira

    Fiz um vôo com o A380 da Emirates de Hong Kong para Dubai com uma escala em Bancok, foram 10 hrs de uma verdadeira tortura, ficamos eu e meu filho bem ao lado da cozinha, movimento a noite inteira até protetor de ouvido nos deram por conta do barulho, claro que viajamos em econômica, e não fomos felizes com os lugares, agora creiam, nada de espaço a mais, bem apertado mesmo, ao final da viagem confirmei minha opinião, o melhor avião é o 777, nada o supera.

  • Leonardo May

    Eu voei de Emirates no A380 em 2012 também, mas foi de Hong Kong a Dubai, sensacional e exatamente isso que vc descreveu. Eu só queria ter tido acesso a primeira classe lá em cima só pra olhar. hahahah

  • Sergio Rasa

    Ah vai ! Igualzinho o Brt da Barra!!

  • Landaq

    Vou para a Tailândia mês que vem e estou animada em voar no A380 de são Paulo para Dubai, foi muito bom ler seu relato. Obrigada.

  • Landaq

    Vou para a Tailândia pela Emirates no mês que vem e estou animada em voar no A380 de São Paulo a Dubai, foi muito bom ler seu relato. Obrigada.