logo Melhores Destinos

Touro de Ouro recebe multa por falta de licença e é removido do centro de São Paulo

Daniel Gadelha
Daniel Gadelha
24/11/2021 às 21:34

Touro de Ouro recebe multa por falta de licença e é removido do centro de São Paulo

A vaca foi para o brejo, ou melhor o touro foi pro brejo. O Touro de Ouro, instalado no centro de São Paulo há apenas alguns dias (relembre aqui), foi removido na noite passada pela B3. O motivo? A Comissão de Proteção à Paisagem Urbana (CPPU) considerou que o touro traz elementos de cunho publicitário que fazem referência a uma das patrocinadoras da obra, a empresa de educação financeira Vai Tourinho, do economista Pablo Spyer e da XP Investimentos.

A logo de Spyer possui um touro dourado parecido com o do monumento e, embaixo do animal, havia uma placa que fazia referência à empresa.

Além disso, também de acordo com a CPPU, a instalação do monumento infringiu os artigos 39 e 40 da Lei Cidade Limpa por falta de licença urbanística do órgão. O valor da multa pelas infrações ainda não foi estabelecido.

Monumento causou polêmica

O Touro de Ouro foi inspirado no Touro de Wall Street em Nova York, ponto turístico na cidade norte-americana. Mas o touro brasileiro não agradou muito e, desde a sua inauguração, foi alvo de discussão, polêmica e até protestos.

A instalação do monumento foi considerada inapropriada por movimentos sociais devido ao cenário econômico atual de inflação, aumento da taxa de desemprego e a esperada recessão na economia para o ano que vem. O animal amanheceu diversas vezes com mensagens de reprovação.

Destino do animal não foi divulgado

A peça foi embalada em plástico para evitar danos antes de ser erguida por um guindaste e removida da Rua XV de Novembro, onde ficou por apenas uma semana. Diversos curiosos que passavam pelo local registraram e compartilharam o momento nas redes sociais. O destino do animal não foi divulgado.

Com informações do G1 e CNN Brasil.