logo Melhores Destinos

Seguro viagem para cruzeiros – saiba como funciona e por que é bom ter um!

Daniel Akstein Batista
14/04/2023 às 17:12

Seguro viagem para cruzeiros – saiba como funciona e por que é bom ter um!

Está com uma viagem de navio marcada e quer embarcar sem nenhuma preocupação? Não se esqueça de contratar um seguro viagem para cruzeiros, uma garantia para evitar dor de cabeça nos dias em que vai estar viajando.

Muitas vezes, quem vai fazer um cruzeiro curto aqui no Brasil acaba não contratando esse serviço – por desconhecer a existência do seguro viagem marítimo ou por achar que o próprio seguro saúde já resolveria qualquer problema, o que não é o caso.

As consultas dentro do navio não custam pouco e normalmente são cobradas em dólar, seja nos cruzeiros nacionais ou internacionais. E o seguro viagem para cruzeiro não cobre apenas questões médicas, mas também outros problemas que podem vir acontecer, como cancelamentos e atrasos da viagem, perdas e extravios da bagagem, entre outros casos.

A seguir, vamos explicar certinho o que é seguro viagem para cruzeiros, como funciona e por que você deve contratá-lo antes de embarcar em um navio.

O que é o seguro viagem marítimo?

O seguro viagem marítimo nada mais é do que um seguro específico para viagens de cruzeiro com coberturas médicas, odontológicas e com algumas particularidades, já que em caso de doença o viajante não vai ser socorrido em um hospital, e sim dentro do navio. Em caso de muita urgência, no entanto, pode ser necessário que venha um socorro aéreo para transportar o paciente – e imagina só o custo de toda essa operação?

Além disso, o seguro viagem de cruzeiros também dá o suporte durante todo o período da viagem, não apenas durante os dias do cruzeiro. Ou seja: se vai pegar um voo antes de chegar ao porto de embarque, a cobertura vale desde esse momento – com o amparo legal a possíveis problemas de cancelamento do voo, atraso ou perda de bagagem.

Qual a diferença entre um seguro viagem normal e um seguro viagem marítimo?

Em viagens internacionais e cruzeiros fora do Brasil, principalmente, a dúvida é entre escolher um seguro de viagem internacional ‘normal’ ou marítimo. Como a cobertura é praticamente igual, como veremos logo a seguir, muitas seguradoras nem têm essa diferenciação no momento da venda: o seguro já vale para ambos os casos.

Algumas seguradoras, no entanto, dão a opção de escolher entre um e outro. Se sua viagem for terrestre e com um cruzeiro, escolha o seguro viagem marítimo. Não é preciso contratar os dois serviços.

Um exemplo simples é quem viaja para Miami para fazer um cruzeiro no Caribe. Em 10 dias de viagem por exemplo, vai passar uma semana no navio e outros três dias na cidade americana. Neste caso, basta apenas comprar um único seguro viagem marítimo, se tiver essa opção, que já vai estar coberto e protegido.

No site da Allianz Seguros, que indicamos e temos um cupom que te dá 40% de desconto, basta escolher a opção que já está incluído o Aéreo/Marítimo e colocar o destino para qual vai, que o seguro já vai valer para todo o período da viagem, incluindo o cruzeiro.

Quer economizar mais?
Aproveite o desconto de 35% nos seguros internacionais da Allianz. Contrate agora mesmo!

Atenção: confira antes com a seguradora se os seguros viagens nacionais cobrem também os cruzeiros no Brasil, pois mesmo aqui eles velejam em águas internacionais. Quando a seguradora não diferencia o produto, como é o caso da Allianz, normalmente o cruzeiro nacional já está incluso.

Veja também:

Como é fazer um cruzeiro pelo Caribe – nossa experiência a bordo do MSC Seashore

-Qual o melhor seguro de viagem do Brasil? Confira o resultado do Prêmio Melhores Destinos 2023/2024!

Seguro viagem marítimo: reembolso só depois

A principal diferença do seguro para quem faz uma viagem de avião ou terrestre para um cruzeiro é justamente em caso de doenças e a necessidade de acionar um médico ou conseguir uma consulta.

A bordo de um navio, em alto mar, vamos concordar que as opções de atendimento são mais restritas. E não há como sair da embarcação para ser atendido em um hospital.

Como o atendimento no navio tem um custo alto, essa conta vai chegar. E ao contrário do seguro ‘tradicional’, aqui neste caso não é a seguradora quem vai arcar com os curtos, mas sim o passageiro, que vai precisar pedir o reembolso depois.

Vale lembrar que todas as despesas provavelmente vão ser pagas em dólar, já que um cruzeiro navega em mares internacionais, mesmo no Brasil – então não se esqueça de ter um cartão de crédito internacional em mãos e de pegar todos os comprovantes, recibos e documentos que comprovem o sinistro.

A única situação em que não será preciso pagar primeiro e pedir o reembolso em uma viagem de cruzeiro é quando o navio está em terra firme. Neste caso, se precisar acionar o seguro para um atendimento, basta ligar na central de atendimento da seguradora para ser direcionado para um hospital ou centro médico.

É obrigatório contratar o seguro viagem para cruzeiros?

Essa é uma questão que depende do destino da viagem e também da empresa de cruzeiros contratada.

O Tratado de Schengen, por exemplo, obriga a contratação de um seguro viagem para viajar a muitos países da Europa com cobertura médico hospitalar de ao mínimo 30 mil euros, e isso vale também para quem vai fazer um cruzeiro na Europa. Países como Cuba e Venezuela também exigem seguro viagem.

Aqui na América do Sul, as armadoras costumam apenas recomendar aos seus clientes o seguro viagem. Independente da obrigatoriedade ou não, fazer um cruzeiro com o seguro saúde é mais do que recomendado, como veremos a seguir.

cruzeiro navio

Por que é recomendado contratar um seguro viagem para fazer um cruzeiro?

Você já deve ter percebido ao longo desse texto que viajar com seguro, independente de ser em um cruzeiro ou não, sempre vale a pena. Mas vamos ressaltar alguns pontos importantes.

1. Estar seguro contra imprevistos

Quando falamos imprevistos, pode ser desde uma mala extraviada, um voo atrasado e que fez o passageiro perder o embarque no cruzeiro até conseguir um atendimento médico em caso de doença.

2. Economia contra possíveis gastos altíssimos

Serviços médicos dentro de um navio podem custar bem caro, ainda mais em dólar. E o valor para contratar o seguro costuma ser barato, pensando no custo-benefício geral. Para se ter uma ideia, um seguro viagem para um cruzeiro de três noites no Brasil pode sair por menos de R$ 20. Fala a verdade: vale muito a pena gastar isso e viajar tranquilo sabendo que qualquer gasto médico poderá ser reembolsado depois pela seguradora – sem contar todos os outros benefícios já citados.

3. Ter a assistência de uma equipe especializada

As seguradoras dão toda a assistência caso o viajante solicite alguma ajuda, com uma equipe especializada 24 hora pronta para atender. No caso do cruzeiro, como vimos, nem sempre será possível contatar a seguradora, já que o navio pode estar navegando em alto mar. Mas, em terra firme, o passageiro terá todo o suporte que precisa.

Leia também: Motivos para fazer um seguro viagem para seu cruzeiro

Quais são as coberturas de um seguro viagem marítimo?

Como já falamos, as coberturas de um seguro viagem marítimo são iguais às de um seguro viagem comum. O que pode mudar são as coberturas oferecidas e os valores da indenização ou reembolso de acordo com cada seguradora ou o serviço contratado.

No geral, o seguro viagem para cruzeiro cobre os seguintes pontos:

  • Despesas médicas e hospitalares, com cobertura para a Covid-19
  • Despesas médicas odontológicas
  • Traslado médico
  • Regresso antecipado (na impossibilidade de o passageiro continuar a viagem)
  • Despesas farmacêuticas
  • Cancelamento e interrupção da viagem
  • Extravio da bagagem
  • Hospedagem de acompanhante (em caso de hospitalização prolongada)
  • Morte acidental
  • Invalidez permanente total ou parcial por acidente durante a viagem
  • Despesas jurídicas
  • Atendimento de telemedicina (em viagens internacionais)

Para saber a cobertura completa do seguro viagem marítimo, confira todas as condições no momento da contratação do seguro com a seguradora.

viagem de cruzeiro

Como escolher o melhor seguro viagem para cruzeiros?

Como há várias seguradoras no mercado, é preciso pesquisar bem para escolher uma empresa idônea e que cumpra com seus compromissos.

Na pesquisa, confira bem todas as coberturas oferecidas pelas seguradoras, assim como os valores da apólice – cada plano oferece diferentes números.

Veja também se há cobertura para a Covid-19 – a maioria dos planos já cobre a doença, mas não custa nada conferir – e tudo o que a seguradora oferece, desde o atendimento online até a sua política de cancelamento. Algumas companhias de cruzeiro já oferecem um seguro viagem em seu pacote, mas costumam ser mais caros do que outras seguradoras.

A Allianz Seguros, que usamos com frequência, é bastante transparente em suas políticas, tendo inclusive cobertura específica para gestantes com até 28 semanas de gestação (basta selecionar a opção gestante na hora da contratação do seguro).

Quer contratar um ótimo seguro viagem internacional com 35% de desconto em 6 vezes sem juros?

Acesse o site da promoção da Allianz, faça a cotação desejada e use nosso cupom exclusivo: MELHORESDESTINOS

Não perca nenhuma oportunidade!
ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
tela do app do melhores destinos
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção