O que fazer em Gramado e Canela: cinco novidades na Serra Gaúcha

Bruna Scirea
9/07/2019  ·  18:00Publicado 9 · jul · 2019  ·  18:00Atualizado 14 · ago · 2019

O que fazer em Gramado e Canela: cinco novidades na Serra Gaúcha

O mais visitado destino da Serra Gaúcha é famoso pelos seus parques com belos cenários verdes, cascatas, lagos, atrações temáticas, temperaturas baixas e gastronomia pra lá de farta. Esse combo já seria o suficiente para fazer com que seus visitantes, que chegam a milhões todos os anos, queiram sempre voltar, não importando quantas vezes já tenham estado na região.

Mas a verdade é que Gramado não é um dos principais destinos turísticos do Brasil à toa. Para além do calendário anual de atrações, que incluem a temporada de inverno, Natal Luz e Páscoa, a cidade está sempre preparando novidades para seus visitantes. Pensando nisso, no início de julho estivemos em Gramado e fomos em busca dos novos espaços, restaurantes e passeios. E aqui, reunimos o que de melhor surgiu em Gramado no último ano. São mais alguns bons motivos para visitar a Serra Gaúcha!

1| Casa Aveiro: o restaurante da família de Cristiano Ronaldo

Aberto em julho de 2017, a Casa Aveiro é comandada por Katia, irmã de Cristiano Ronaldo, e tem cardápio baseado em receitas da mãe do jogador português, a cozinheira Dolores. O restaurante fica localizado na avenida principal de Gramado, em um espaço moderno e amplo, decorado com azulejos, fotografias e camisas de futebol.

Com pratos clássicos da gastronomia portuguesa e releituras de receitas de outros países, a Casa Aveiro é uma boa opção para quando a ideia for fugir da culinária mais tradicional da Serra Gaúcha, em que se incluem fondue, cafés coloniais e galeterias. São várias as opções com bacalhau, polvo, frutos do mar e filé mignon, com preços que variam de R$ 60 a R$ 120 (o prato principal). Na carta de vinhos, está uma grande variedade de rótulos portugueses, chilenos e de outros países, com valores a partir de R$ 70.

Quando fomos, pedimos dois pratos principais: o Bacalhau à CR7 (À Brás), que o cardápio indicava como sendo o prato preferido de Cristiano Ronaldo, e também um delicioso arroz de polvo. As porções tem tamanhos razoáveis, sobretudo se for pedida alguma entrada previamente.

O restaurante abre todos os dias, das 11h30 à meia-noite. Em dias de maior movimento em Gramado, o aconselhado é que se faça reserva pelo site ou telefone. Apesar de os valores estarem um pouco acima de boa parte dos restaurantes da região (as sequências de fondue vão de R$ 60 a R$ 150, por exemplo), podemos dizer que a qualidade dos pratos nos surpreendeu. Confira o cardápio da Casa Aveiro:

2| Estação Campos de Canella: para jantar dentro um vagão de trem

Inaugurada em janeiro de 2019, a Estação Campos de Canella é um espaço com lojas e restaurantes, que promete ser o novo ponto de encontro de moradores e turistas em Canela. O projeto revitalizou a antiga estação de trem da cidade, com vagões e estruturas que funcionaram até década de 40.

Uma das experiências exclusivas do empreendimento é a possibilidade de almoçar ou jantar em um antigo vagão de trem que, revitalizado, ganhou mesas em um ambiente intimista e aconchegante. O Férreo tem cardápio para todos os gastos com preços mais acessíveis do que boa parte dos restaurantes de Gramado. Entre os pratos mais pedidos, estão o nhoque de mandioquinha com ragu de carne e o arroz de rabada (R$ 49 e R$ 46, respectivamente).

Na Estação Campos de Canella, estão ainda outros dois restaurantes temáticos: o Casa do Pinóquio, com massas e risotos, e a Casa da Velha Bruxa. A marca de facas SG e a chocolateria Florybal também tem unidades no complexo de Canela, que ainda está em obras e em breve deve receber uma cervejaria, com bar próprio.

3| Parque Olivas de Gramado: turismo rural, degustação de azeites e gastronomia rústica

Para curtir o dia ao ar livre, uma das novidades é o Parque Olivas de Gramado, localizado na área rural, a cerca de 20 minutos de carro do centro da cidade serrana. Em uma propriedade de 150 hectares foram plantadas 120 mil mudas de oliveiras. E, por lá, o visitante pode fazer degustação sensorial de azeites de oliva; passear pela “Fazendinha”, onde estão pequenos animais; desfrutar de belas vistas, entre elas a que dá para o Cânion da Pedra Branca, além de se fartar no restaurante do parque, que serve o Menu Raízes (R$ 70 por pessoa), com clássicos da região como polenta, massa, tortéi, galinha caipira, carne de panela e costelinha de porco.

A entrada no parque custa R$ 60 para adultos e R$ 30 para crianças de 12 a 16 anos (até 11 não pagam), e inclui passeio guiado pelo parque, visita à fazendinha, degustação de azeites de oliva e uma apresentação em vídeo sobre o complexo e a produção do azeite.

4| Hard Rock Cafe Gramado: comida e música em clima descontraído

A segunda unidade do Hard Rock Cafe no Brasil foi inaugurada no inverno de 2018 em Gramado, bem na região central da cidade. Um edifício já existente foi transformado aos moldes da rede, mas sem deixar de ter um toque de Serra Gaúcha. No cardápio, por exemplo, há um prato que reflete a gastronomia regional: o Local Legendary Burger.

Nas paredes do Hard Rock Gramado estão memorabílias de músicos famosos, como um chapéu utilizado pela Madonna em uma turnê no fim dos anos 80, instrumento do baixista da banda Imagine Dragons, microfone do Prince, vestidos de Katy Perry e Beyoncé, entre outros.

E a franquia aberta em Gramado está fazendo sucesso e entre o público que busca aliar gastronomia e música no mesmo ambiente. Por isso, pode ser que você encontre um pouco de fila quando passar por lá. O Hard Rock Cafe Gramado abre todos os dias, do meio-dia às 23h – nas sextas e sábados, a casa está aberta até a meia-noite.

5| Bier Park: o parque temático da cervejas

Na Rua Coberta, junto com o Rasen Platz (já tradicional espaço de cervejas artesanais, culinária e apresentações típicas da colonização alemã), está o mais novo parque temático de Gramado: o Bier Park, totalmente voltado à história, curiosidades e produção das cervejas.

A visita guiada dura em média uma hora. Na primeira parte, é contada a história da cerveja, passando pelos sumérios, egípcios e chegando à Idade Média. Além das explicações do guia, o visitante assiste a vídeos e até falas de personagens robôs (que muito se parecem com gente!). Em seguida, vem uma breve explicação sobre o processo de produção da cerveja e uma área interativa, com curiosidades sobre a cerveja Rasen (a primeira cervejaria de Gramado) e experiências mais tecnológicas, como a com o óculos VR (realidade virtual) e o passeio virtual de bicicleta pelas ruas de Gramado.

A entrada no Bier Park custa R$ 50 (adulto) com degustação de um chope Pilsen de 300 ml ao final, ou R$ 70 com degustação premium de cinco estilos de cerveja. O parque funciona diariamente das 10h às 22h. No fim do passeio, ainda dá para aproveitar o clima “germânico” do Rasen Platz.

__________________________________

Já esteve em algumas destas novas atrações? Deixe suas dicas e comentários! No nosso Guia, veja mais dicas do que fazer em Gramado em Canela e todas as informações necessárias para você planejar uma viagem para a região.