logo Melhores Destinos

Vai fazer um cruzeiro? Dicas para se preparar para a sua primeira viagem!

Bruna Scirea
08/02/2021 às 12:11

Vai fazer um cruzeiro? Dicas para se preparar para a sua primeira viagem!

A preparação para um cruzeiro pode gerar muitas dúvidas em navegadores de primeira viagem. O que levar na mala? Quais são os documentos necessários? Posso embarcar com remédios? Devo fazer seguro viagem? Como são os pagamentos dentro do navio?

Para embarcar sem nenhuma dúvida, confira a seguir nossas dicas para você se organizar antes da viagem, não ficar perdido durante o embarque e também para curtir todos os momentos a bordo com a maior tranquilidade possível.

O que levar na bagagem em um cruzeiro?

Cruzeiros costumam ser espaços bastante democráticos. Ou seja: leve roupas confortáveis e com as quais você se sinta bem! Dificilmente alguém vai ficar te julgando por conta do que você veste. Durante os dias a bordo ou mesmo ao desembarcar em ilhas ou destinos turísticos, é provável que você vá utilizar roupas de banho, bermudas ou shorts, chinelos e uma bolsa ou mochila grande, onde possam ser carregados o cartão da sua cabine, celular ou máquina fotográfica, protetor solar e o que mais for necessário.

Boa parte dos cruzeiristas opta por fazer viagens de navio durante o o verão. No entanto, não se esqueça: as noites podem ser geladas em alto mar e as áreas internas da embarcação costumam ser bem frescas por conta do ar-condicionado. Um casaco leve e uma calça comprida, mesmo na estação mais quente, são bem-vindos na mala.

Noite do comandante

O pessoal costuma se arrumar para a programação noturna nos navios, como jantares, espetáculos, festas e a famosa “Noite do Comandante”. E aí você vê de tudo: gente com roupa chiquérrima; opções formais, mas discretas; vestidos longos, curtos, brilhosos ou simples, homens com gravata, outros sem…

Ficou ainda mais confuso? Então para estas ocasiões, siga a mesma recomendação: leve roupas que estejam de acordo com o seu estilo, talvez um pouco mais elegantes do que uma simples calça jeans ou vestido de dia a dia, mas nada que fuja do seu padrão. O importante é se sentir bem, mesmo em eventos mais formais.

Dicas de bagagem para levar em viagens de cruzeiro

Por fim, alguns importantes lembretes para antes de fechar a mala:

  1. Tente não exagerar no tamanho da mala – Lembre-se que as cabines costumam ser pequenas e não haverá tanto espaço para guardar as bagagens sem interromper a circulação;
  2. Itens proibidos – Na bagagem não é permitido levar itens que produzam calor ou emitam chamas (secador de cabelo, chapinas ou ferro de passar) ou que ofereçam risco à saúde e segurança dos hóspedes. Também estão proibidas comidas e bebidas de qualquer tipo;
  3. Identifique sua bagagem – Para evitar problemas ou extravios, identifique todas as malas com o seu nome, endereço e telefone, além do número da cabine! Geralmente as próprias empresas de cruzeiro oferecem uma etiqueta para a identificação;
  4. Prepare uma bolsa de mão – Para o dia do embarque, prepare uma mochila ou bolsa com uma muda de roupa, traje de banho, remédios ou objetos pessoais que você possa precisar. Os navios transportam milhares de passageiros e as malas costumam ser entregues nas cabines somente cerca de três horas após o embarque. Neste meio tempo, você pode querer aproveitar as piscinas ou vestir roupas mais confortáveis. Então vá preparado!
  5. Cuidado com itens valiosos – Não deixe na mala despachada itens de valor, frágeis ou documentos. Tudo isso deve ser carregado no embarque com você, em uma mala pequena ou mochila;
  6. Quantidade de malas – Verifique antes da viagem com a empresa de cruzeiro qual a quantidade e tamanho máximo das bagagens que você pode levar a bordo.

Documentos exigidos em cruzeiros

Cruzeiros pelo Brasil:
Em viagens de cruzeiro pela costa brasileira, os passageiros devem apresentar passaporte válido, RG ou outro documento de identidade válido em território nacional, original e em bom estado de conservação.

Cruzeiros internacionais e para países do Mercosul:
Em cruzeiros internacionais é preciso apresentar o passaporte válido (mínimo de 6 meses). Muitos cruzeiros que partem do Brasil também passam por portos do Mercosul, no Uruguai e na Argentina. Nestas viagens, brasileiros também podem embarcar com RG original (com no máximo 10 anos de emissão), em bom estado de conservação. Caso o navio passe pela Argentina, será ainda necessário apresentar duas vias da Tarjeta de Imigração Argentina devidamente preenchida.

Estrangeiros, gestantes e pais de crianças de colo devem verificar com a empresa a necessidade de apresentação de mais algum documento.

Como é o embarque em um cruzeiro

O horário do embarque está especificado no voucher. Programe-se para chegar ao terminal de passageiros no horário indicado pela empresa com a qual fará o cruzeiro. Para não se atrasar, lembre que milhares de passageiros estarão indo para o mesmo lugar que você, então considere eventual trânsito na cidade.

Ao chegar ao terminal de embarque, a primeira etapa será despachar as bagagens. Neste momento, você também deverá apresentar os documentos e o voucher da sua reserva (se preferir, ganhe tempo fazendo o check-in online). Após isso, é só passar com sua bagagem de mão, mochila ou bolsa pelo detector de metais e ingressar no navio.

Nas viagens de cruzeiro, o check-in costuma ser encerrado duas horas antes da partida do navio. Então não dê bobeira! Esteja no terminal exatamente no horário indicado no seu voucher.

Dica: o check-in e embarque geralmente começam horas antes do horário de partida. Confirme com a companhia e faça o embarque assim que possível! Mesmo que a cabine não esteja pronta você já poderá passear pelo navio aproveitar as áreas de lazer e até os restaurantes que estiverem abertos!

Gastos em um cruzeiro

Durante o check-in, as operadoras de cruzeiro costumam oferecer um cartão magnético que pode ser carregado com depósito de dinheiro ou ligado ao seu cartão de crédito e utilizado para compras dentro do navio. No caso do deposito em dinheiro, valores não utilizados na viagem serão reembolsados antes do desembarque. Se preferir não utilizar o cartão, chamado de cruise card, você poderá levar dinheiro em espécie – mas verifique antes as moedas aceitas na embarcação.

Geralmente o valor pago ao reservar um cruzeiro inclui o tipo de cabine escolhida, as refeições diárias, o acesso às piscinas e áreas públicas do navio, além do entretenimento, como espetáculos, shows e festas. No entanto, não costumam estar inclusos alguns itens e serviços como bebidas, passeios/excursões em terra, tratamentos no spa, cabeleireiro, etc. Os gastos em restaurantes especiais do navio (que funcionam sob agendamento) e com eventual serviço médico também devem ser pagos à parte.

A bordo: o que fazer após o embarque

Você está embarcado (e, certamente, a essa altura já surpreso com o tamanho da embarcações e toda a sua infraestrutura). Nossa sugestão é que, antes de qualquer coisa, você encontre a sua cabine. Assim poderá deixar sua mala de mão, bolsa ou mochila e sair para um passeio pelo navio somente com aquilo que realmente for necessário (ou seja: um celular ou uma máquina fotográfica).

Nesta ida até a cabine, aproveite para memorizar o caminho. As embarcações de cruzeiro costumam ser gigantes, com vários andares e não é raro ficarmos um pouco desorientados. Aliás, no post sobre como é viajar com o MSC Seaside (uma das minhas primeiras experiências no mundo dos cruzeiros), conto como me senti assim que embarquei neste navio gigante!

Enquanto você reconhece o navio, percorrendo os andares onde estão as principais atrações, certamente você vai encontrar uma série de restaurantes. A maior parte deles (ou todos mesmo) ficam abertos enquanto os hóspedes estão ingressando no navio. Provavelmente já vai ter passado da hora do almoço e você vai estar faminto. Então desfrute! Comer, comer e comer é uma das melhores atividades para se fazer a bordo.

Devo levar remédios em um cruzeiro?

Torcemos para que você desfrute de tudo o que uma viagem de cruzeiro pode oferecer sem qualquer necessidade de usar medicamentos. Mas, é preciso estar sempre precavido. Portanto, um kit pessoal com remédios para enjoo, problemas digestivos, anti-inflamatórios e analgésicos é muito bem-vindo. Vale lembrar que há serviço médico a bordo, mas pago à parte. Além disso, medicamentos são mais caros dentro da embarcação.

Seguro-viagem para cruzeiros

Todos os navios de cruzeiro oferecem serviço médico a bordo. No entanto, a consulta costuma ser paga à parte. Para isso, é recomendável que você faça um seguro-viagem que cubra eventuais despesas médicas que você tenha a bordo.


Tem mais alguma dica para quem está embarcando pela primeira vez em uma viagem de cruzeiro? Participe nos comentários!

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção