logo Melhores Destinos

Como emitir o certificado de vacinação contra Covid-19 no Brasil passo a passo

João Goldmeier
João Goldmeier
11/08/2021 às 5:33

Como emitir o certificado de vacinação contra Covid-19 no Brasil passo a passo

Ainda falta muito para a pandemia acabar, mas pouco a pouco estamos avançando na vacinação e alguns países, como é o caso da Suíça, estão abrindo para brasileiros vacinados. Mas aí surge a dúvida: como comprovar a vacinação? A maneira mais indicada é emitindo um certificado de vacinação através do Conecte SUS. Neste post a gente mostra para vocês o passo a passo de como fazer.

O que é o Conecte SUS?

O Conecte SUS é uma ferramenta criada pelo Ministério da Saúde que promete funcionar como um passaporte de vacina para brasileiros. A ideia é que os imunizados contra a Covid-19 tenham o certificado com dados da vacinação no celular ou computador, assim facilitando o controle nas viagens.

No Conecte SUS é possível emitir um certificado que comprova a imunização em português, espanhol ou inglês, onde consta a data da vacinação, laboratório da vacina, nome da vacina, lote, código do vacinador e local onde a vacina foi aplicada. O certificado conta ainda com um QR Code para validação dos dados, algo bem importante, já que alguns países o exigem para aceitação do comprovante (como é o caso do Egito).

Você pode acessar o Conecte SUS tanto pelo celular (disponível para Android e iOS), ou também pelo site, e temos um post super completo que fala tudo sobre o aplicativo que funciona como passaporte de vacina dos brasileiros.

Como emitir o certificado de vacinação pelo Conecte SUS

Depois de baixar o aplicativo e preencher o seu cadastro, emitir o certificado é bem simples. Após logar, na tela de início clique em “vacinas” e já será possível visualizar os dados da sua vacinação contra Covid-19.

A primeira opção é clicar no botão azul “carteira de vacinação digital”, que irá gerar um arquivo PDF com todas as informações da sua vacinação em português.

Essa opção pode ser usada inclusive pra quem tiver tomado apenas uma dose de uma vacina de dose dupla – embora não seja de grande valia se seu interesse forem viagens internacionais. O arquivo gerado pode ser exportado por email ou salvo no celular, basta clicar no ícone “PDF” no canto superior direito desta tela.

Certificado de vacina em inglês ou espanhol

Se você vai viajar, também pode emitir um certificado com todos os dados da sua vacinação em espanhol ou inglês. Para isso é necessário que o ciclo vacinal esteja completo, com todas as doses aplicadas. Novamente na tela inicial clique em vacinas e depois em cima das doses que tomou, abrindo uma tela com os dados de cada uma delas.

Clique no botão azul “certificado de vacinação” que um certificado em Português será gerado.

Para mudar o idioma do certificado, basta clicar na bandeira do Brasil e selecionar Inglês ou Espanhol.

Escolhida a versão e gerado o certificado, clique no botão com a seta apontando pra cima, no canto superior direito, para gerar o certificado em PDF que também poderá ser exportado por e-mail ou salvo no celular.

Você também pode acessar o Conecte SUS para mostrar o certificado na hora que for exigido, mas isso não é recomendável em viagens internacionais. Isto porque para ter acesso você precisa estar conectado à internet. Mesmo que o seu plano de dados seja internacional, problemas acontecem e o seguro morreu de velho, então é aconselhável levar consigo uma versão impressa do certificado.

Validade do certificado de vacinação emitido pelo ConecteSUS

É importante salientar que o próprio certificado estipula que só tem validade em território nacional, mesmo oferecendo versões em espanhol e inglês. A sua aceitação em outros países depende das regras locais.

Na prática, ele é sim um importante aliado para a comprovação da imunização, pois se trata de um documento oficial emitido pelo governo brasileiro, com todos os dados da vacina e também QR Code para validação. Convenhamos que passa muito mais credibilidade que um papelzinho preenchido a caneta, não é mesmo?

A verdade é que ainda vai levar algum tempo para que seja criado um sistema universal para comprovação da vacinação, como ocorre com a Febre Amarela, por exemplo, e até lá os países vão ter que criar alternativas.

Quanto tempo demora para as informações da vacina constarem no Conecte SUS?

Para as informações serem refletidas no Conecte SUS, o prazo pode ser de alguns minutos até alguns dias. Já ouvimos relatos de leitores que reportaram em torno de 7 dias. No meu caso a primeira dose da vacina demorou dois meses para aparecer no aplicativo. Já a segunda foi super rápida.

A responsabilidade pelo cadastro das informações da vacina na plataforma do Conecte SUS é da unidade de saúde que aplicou a vacina. Caso não apareçam as informações da sua vacinação no Conecte SUS após 7 dias, você deve entrar em contato com a unidade de saúde que aplicou a(s) sua(s) dose(s) da vacina para saber se houve algum problema.


Embora a inciativa do Ministério da Saúde seja louvável, já que criou um certificado que possui os principais dados da vacinação que estão sendo exigidos nos países abertos para vacinados, o aplicativo ainda deixa muito a desejar. Erros são comuns e há diversos relatos de pessoas que simplesmente não conseguem emitir o certificado, mesmo estando vacinadas.

Agora que você aprendeu a emitir o certificado lembre-se: antes de viajar, certifique-se das regras do país de destino acerca da comprovação da vacinação.