Como é voar na Tame de São Paulo a Quito

Redação
22/05/2014  ·  10:5522 · maio · 2014  ·  10:55

Como é voar na Tame de São Paulo a Quito

Quando publicamos nossa primeira avaliação da Tame Línea Aérea del Ecuador, ela era ainda uma ilustre desconhecida da maioria dos brasileiros. Hoje, contudo, a situação é bem diferente, já que a companhia estatal do Equador mantém voos regulares de São Paulo a Quito. Foi justamente em um desses voos que embarcou nosso leitor Gabriel Fernando. Confira como foi sua viagem e saiba o que espera dos passageiros que optarem pela Tame para voar do Brasil ao Equador!

Como de costume, todo fim de ano eu e minha família vamos para o Equador visitar os parentes que moram na cidade de Latacunga, capital da província de Cotopaxi, a uns 90 km de Quito. Estava ansioso, pois iria conhecer o novo aeroporto e por voar com a Tame, primeira vez em uma companhia do país que é minha segunda casa.

avaliacao-tame (1)

Meu pai escolheu a Tame por ter a tarifa mais barata na data do voo e por ser direto, apesar do horário não ser o melhor. Já tinha ido pela Taca e Copa outras vezes mais a diferença de preço estava quase o dobro.

20140114_172200 (1)

Compra
Quem realizou a compra foi meu pai por e-mail com a agência de viagem em São Paulo, que é recomendado no site da companhia. Compramos o voo com uns quatro meses de antecedência e na época o site era bem ruim, não tinha nem a opção São Paulo na lista de destinos. Atualmente o site é outra coisa, bem mais fácil de usar e sem apresentar muitos problemas como o anterior. A compra foi tranquila e sem nenhum transtorno.

Dados do voo
EQ532: São Paulo (GRU) x Quito (UIO) A319 HC-COF
EQ531: Quito (UIO) x São Paulo (GRU) A319 HC-CMO

Check-in e embarque
Tínhamos chegado a São Paulo (CGH) às 9 da manhã vindo de Maringá. Como era um domingo, essa era a única opção possível para chegarmos a tempo do voo da Tame. Fomos pra Guarulhos e esperamos das 10 às 14h30 pra abertura do check-in. Chegamos ao check-in e algumas pessoas já estavam na fila, por isso fomos rapidamente atendidos.

A atendente era super prestativa e atenciosa: após 10 minutos na fila já tínhamos em mãos o cartão de embarque. Um pouco depois das 15 horas, entramos na sala de embarque. A fila de raio-x estava vazia e a imigração também se encontrava tranquila naquele momento. Demos uma passada no Duty Free e seguimos para o portão. Já era 16h15 e nada do avião chegar – certeza que o voo sofreria atraso. O embarque foi bem organizado e ao entrar na aeronave já se percebia os sinais de seus 15 anos.

Avião
aviao-tame

O avião da ida era um pouco velho, mas confortável e se encontrava limpo. Não senti nenhum aperto. Configurado em Classe Executiva (2×2) e Econômica (3×3) com 136 assentos (não tenho certeza e não encontrei nenhuma informação sobre a configuração dos aviões Tame).

O da volta tinha a mesma idade só que bem mais desgastado, configurado apenas em classe econômica e com certo aperto entre as poltronas que me incomodou durante o voo.

20140114_100014

Serviço
Como estava prevendo, a decolagem ocorreu com uma hora de atraso. Após 40 minutos de voo, teve inicio o serviço de bordo. Foi oferecido omelete ou sanduíche de presunto e queijo. Pedi a segunda opção e estava muito bom, veio um pedaço de pudim, um pão pequeno e manteiga para acompanhar, além das bebidas (refrigerantes, sucos, água, café, leite….).

Pude perceber que uma comissária não estava de bom humor e demonstrava que não estava contente de estar trabalhando aquele dia (talvez era apenas o jeito dela).

2014-01-22 23.45.21O voo teve duração de 5 horas e 40 minutos aproximadamente e o único entretenimento a bordo que tinha era a revista da companhia. Nem ao menos tinha conseguido uma janela pra ajudar a passar o tempo, mas estava tão cansado pelas horas de espera em Guarulhos que dormi grande parte do voo.

Quando faltava 1h30min para o pouso, foi servido o jantar. As opções eram carne com batata ou ravióli. Novamente escolhi a segunda opção e não me arrependi, estava muito bom. As bebidas eram sempre as mesmas.

 

Chegada
O piloto conseguiu recuperar meia hora de atraso e chegamos às 21 horas, o pouso mais suave que presenciei em um voo. Paramos na remota, o que achei estranho, pois havia dois fingers livres. Não demorou muito e já entramos no ônibus (muito melhor que os de Guarulhos) e fomos direto para a imigração, rapidamente atendidos e depois pegar as bagagens.

20140114_104035

Voo de volta
Depois de quase um mês no Equador era hora de voltar. Nada muito diferente do voo de ida. Chegamos às 5h40 no aeroporto e o check-in estava lotado.

20140114_085342

Havia apenas dois guichês atendendo o voo para São Paulo e mais dois para Buenos Aires. Esperamos mais de uma hora, pois havia ocorrido um problema com um passageiro sobre visto para o Brasil.

20140114_084951

O aeroporto é totalmente diferente do antigo Mariscal Sucre. Bem mais moderno, organizado e prático, além de ser bem mais bonito. Naquelas horas da manha já havia um certo movimento no e a sala de embarque estava lotada (Portão B1 remota).

20140114_084822

O voo saiu com 40 minutos de atraso e com a aeronave cheia. Um detalhe que aconteceu durante os dois voos que me incomodou foi que apertei o sinal pra chamar comissário e nenhuma vez fui atendido, fiquei mais de 5 min com a luz acessa e nada, além de ter desligado e ligado novamente pra ver se alguém se tocava que estava chamando e nada.

No serviço de bordo foram primeiramente oferecidas as opções de um omelete ou tostado (pão com presunto e queijo com um doce de morango por cima), escolhi o tostado com receio do tal doce, mas estava bom. Já próximo do pouso, foi servido lasanha de carne ou frango com batata, não pensei duas vezes e fui na lasanha e novamente não me arrependi.

20140114_154944

Chegamos às 17 horas em São Paulo e o desembarque foi rápido. Esperamos uma hora pra recolher nossas bagagens, pois estavam sendo fiscalizadas pela Receita Federal, entramos no saguão e já fomos fazer o check-in de volta pra Maringá.

20140114_104600

Conclusão
Confesso que em alguns aspectos a Tame me surpreendeu, principalmente a comida oferecida. É uma empresa simples e boa, achei o preço justo pelo serviço, só fez falta algum entretenimento a bordo para ficar melhor. Voltaria a voar com a Tame e recomendo pra quem for ao Equador com tempo, porque o voo não é muito pontual, e pra quem prefere voos diretos.

Agradecemos ao Gabriel por esta excelente avaliação da Tame, que certamente vai tirar as dúvidas de muitos leitores sobre a companhia e seus voos de São Paulo a Quito. E você? Já voou com a Tame? Deixe sua opinião nos comentários e participe! Confira também a página da Tame no Guia de Companhias Aéreas.