Conheça a nova franquia de bagagem para clientes TudoAzul!

Leonardo Cassol 1 · junho · 2017

A companhia aérea Azul implementou hoje sua nova política para bagagens despachadas em seus voos nacionais e internacionais. Na prática, foi criada a “Tarifa Azul” onde, segundo a empresa, o cliente vai ter desconto na compra do bilhete, mas sem direito a franquia de bagagens gratuita nos voos pelo Brasil, e com uma franquia reduzida nos voos internacionais.

A mudança vale apenas para bilhetes que forem emitidos a partir de hoje, 1o de junho de 2017, sendo que todas as passagens compradas até ontem continuam com as franquias originais, válidas no momento da compra.

Nova franquia de bagagem Azul em voos nacionais

Clientes que comprarem passagens nacionais com pontos TudoAzul ou reais a partir de 1 de junho de 2017 terão apenas a opção de tarifa Azul, mais econômica, onde o despacho do primeiro volume de bagagem de até 23kg vai custar R$ 30,00.

A tarifa “Azul” vai ser implementada inicialmente para 14 destinos que partem do Aeroporto de Viracopos: Curitiba, Jaguaruna, Ponta Grossa, Divinópolis, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Belo Horizonte (Confins), Navegantes, Lages, Florianópolis, Londrina, Passo Fundo, Porto Alegre, Cascavel e também para o trecho entre Vitória e Campinas.

Clientes que tiverem status Safira ou Diamante no programa TudoAzul terão, respectivamente, direito a uma franquia de até 33kg ou 38kg.

Nova franquia de bagagem Azul em voos internacionais

Nos voos internacionais, as passagens emitidas com pontos ou com reais a partir de 1 de junho darão direito a dois volumes de até 23kg cada, nos voos para os Estados Unidos e Europa, em classe econômica, ou três volumes do mesmo peso para clientes voando em classe executiva. Já nos voos para a América do Sul, ou Caiena, a franquia será de 23kg.

Clientes que tiverem status Diamante terão direito a uma mala adicional de até 23kg voando em classe econômica e uma mala adicional nos voos para América do Sul e Caiena.

Importante: os benefícios de bagagem da tarifa e da categoria TudoAzul não são cumulativos, valendo sempre o de maior benefício.

A companhia também alterou a política e os valores do excesso de bagagem. Mais informações no site da Azul.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Editor e especialista em programas de fidelização do Melhores Destinos.
  • Fabio

    Cade a queda de precos prometida? Eu monitoro quase que diariamente algumas rotas da Azul que utilizo com frequencia e na pratica a Tarifa Azul eh a mesma que jah era praticada. Nao caiu um centavo. Soh que agora, sem direito a bagagem.

    • Mais um brasileiro incauto. Mas ao menos não é o absurdo que a Gol queria me cobrar por uma mala adicional (R$ 730 reais – GRU/CNF).

      • Daniel Moura

        As próprias empresas afirmaram que iriam ter uma queda nas passagens; Estou monitorando há uns dias passagem para Fortaleza pela Azul e o que eu vi foi um aumento, e não diminuição. E a Azul é a empresa aérea mais cara do país, se comparada as demais.

    • Fernando Vieira

      Brasileiros de verdade estão escaldados e sabiam que o fim da franquia de bagagem só beneficiaria as companhias aéreas. Sinto muito se alguém comprou aquela conversa fiada de baixar os preços, porque se tem algo que nunca cai no Brasil é preço. Quer viajar com bagagem? Paga a mais. Quer viajar sem? Paga o mesmo que pagava antes, só que sem o direito a bagagem.

  • Edson Netto

    ”Clientes que comprarem passagens nacionais com pontos TudoAzul ou reais a partir de 1 de junho de 2017 terão duas opções de tarifa, em determinadas rotas.”
    Teria como especificar quais rotas? VIX SSA não tem disponível essa nova tarifa.

    • Albino

      Também não achei nenhuma rota com essa nova tarifa se for emitir com milhas

      • Somente saindo de Campinas, por enquanto. Inclui as rotas no post.

    • A tarifa “Azul” vai ser implementada a partir do dia 1º de junho, inicialmente para 14 destinos que partem do Aeroporto de Viracopos: Curitiba, Jaguaruna, Ponta Grossa, Divinópolis, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Belo Horizonte (Confins), Navegantes, Lages, Florianópolis, Londrina, Passo Fundo, Porto Alegre, Cascavel e também para o trecho entre Vitória e Campinas.

      • Edson Netto

        Obrigado Leonardo, na hora q eu li, n estava constando no post.

      • Carlos Micheluzzi

        Leonardo, como fica o voo para Cascavel?? É operado com ATR, não cabe no interior da aeronave bagem de mão até 10kg. As malas que se encaixarem na “bagagem de mão” serão despachadas sem custo? (como ocorre com vôos em aeronaves regionais nos estados unidos).

  • João

    Oi Ingrid, essa promoção é direcionada. Só quem recebeu o e-mail pode participar. 😉

  • Ricardo

    Oi Leo. A explicação acima da última figura não bate com a figura, dá uma olhada. Abraço!

  • Alexandre Martins

    As autoridades não estão nem aí… Eles não pagam passagens aéreas, nós que pagamos pra eles.

  • LuRodamilans

    Não precisamos de concorrências, precisamos de seriedade e de empresas comprometidas não só encherem seus bolsos mas no atendimento ao cliente…. Precisamos de órgãos competentes que não sejam “patrocinados” por essas ou aquelas empresas e que cumpram seus papéis que é cuidar do cidadão… Isso é o que nós precisamos, enquanto tiver empresas patrocinadoras, nós vamos sempre tomar naquele lugar (cujo o palavrão que sinto vontade de gritar, não me permitem expor aqui).

  • Felipe BKN RIO

    Esquisito a franquia intermacional ser de 23Kg, deve estar errado, sempre o padrão foi 32…