Como é voar na Kulula Airlines, uma das companhias aéreas mais divertidas do mundo!

Denis Carvalho 22 · agosto · 2014

“Kulula Airlines tem o prazer de anunciar que temos alguns dos melhores atendentes de voo existentes. Infelizmente, nenhum deles está neste voo!”  O bom humor e as piadas dos pilotos e comissários tornaram a Kulula Airlines famosa no mundo todo. Como ficar indiferente quando anunciam que “em caso de despressurização da cabine pare de gritar e coloque a máscara de oxigênio” ou “Não esqueça seus pertencer, mas se for esquecer deixe algo que possa ser do nosso interesse”. A irreverência passa ainda pela fuselagem criativa das aeronaves e ações de marketing inusitadas. Foi justamente esse jeito alegre de voar que levou nosso leitor Maurício Andrades Paixão a escolher a Kulula durante sua viagem ao país. Divirta-se com a sua experiência! 

Fiz uma viagem pela África do Sul, Namíbia e Botswana entre os meses de janeiro e fevereiro deste ano, impulsionado pelo sonho antigo de conhecer o continente africano e ver belas paisagens e me inteirar com as diferentes culturas lá existentes. Usei como host a Cidade do Cabo, mas precisei fazer uma visita a Durban, na costa leste, por questões profissionais. Em uma rápida pesquisa, encontrei voos pela South African Airways, Mango e Kulula.

Avaliacao-kulula-a

Passei, então, a pesquisar sobre as últimas duas, que são low-costs, e descobri que a Kulula quebrava todos os protocolos de uma maneira engraçada, com comissários engraçados e avisos exagerados, sempre com bom humor para quebrar aquele clima de tensão que eventualmente possa ficar durante os voos. Embora a Mango tivesse um preço ligeiramente menor, resolvi testar o jeito divertido de voar com a empresa carinhosamente apelidada de “abacate voador”. Fiz apenas o trajeto de ida, da Cidade do Cabo a Durban pela Kulula. Voei no “big avocado”, mas há diversas outras pinturas.

Compra

Fiz as compras com aproximadamente dez dias de antecedência pelo site da companhia e paguei o equivalente a R$ 410 ida e volta, sendo a volta operada pela parceira British Airways através da subsidiária ComAir (no voo de volta o avião precisou arremeter, o que é comum devido aos fortes ventos na Cidade do Cabo, mas isso é assunto para outra hora!).

O site é bem intuitivo e simples de comprar, mas como é praxe nas companhias sul-africanas, não há opção de parcelamento para não residentes do país. Bastou escolher a origem, o destino, colocar os dados do cartão e as informações básicas do passaporte e pronto. Em menos de 2 minutos já tinha o e-ticket no meu email. Também foi possível selecionar os assentos sem custos adicionais, inclusive aqueles com maior espaço para as pernas, chamados de “king seats” no site da companhia. No dia anterior à viagem ainda recebi um e-mail relembrando o horário do voo e informando que o check-in online já estava disponível.

avaliacao-kulula-01

Check-in e embarque

O aeroporto da Cidade do Cabo é novo e moderno, tendo sido reformado para a Copa do Mundo de 2010. A área de check-in é extremamente ampla e intuitiva, como praticamente tudo na África do Sul (pontos para a organização sul africana!). O check-in abriu no horário informado, gerou-se uma fila mas em menos de 10 minutos fui atendido. Funcionários sempre simpáticos que não deixam dúvidas sobre nada – cartão de embarque na mão.

Faltando 20 minutos para o embarque começar, não havia nenhum avião da Kulula em solo. De repente, surge um ponto verde (o Grande Abacate!) no horizonte, e só podia ser o meu avião. Nesse momento pensei que iríamos nos atrasar e fiquei um pouco preocupado, porque havia pessoas me esperando em Durban e eu não tinha como me comunicar, já que a internet wireless do aeroporto é paga através de cartão de crédito e eu não consegui completar a operação pelo celular.

avaliacao-kulula-09

Então algo surpreendente aconteceu: as pessoas que sentariam nas primeiras fileiras fizeram o embarque pelos fingers e quem iria para as últimas filas fizeram o embarque remoto. Assim, em menos de 15 minutos estavam todos devidamente acomodados e prontos para decolar!

avaliacao-kulula-05

Lembram do que falei sobre os comissários quebrarem os protocolos? Na entrada do avião o comissário conferiu meu voucher com o passaporte e disse “Ahhh, você é brasileiro! Onde estão as mulatas?”, e em seguida perguntou se naquela viagem teríamos show de samba. Ensaiou cantar “Garota de Ipanema”.

Durante a apresentação da tripulação, o comandante falou, após apresentar todos:

– Essa é a tripulação mais chata com a qual já trabalhei. Espero que não me sirvam um café frio senão eu não sei o que posso fazer com esse avião!

Saímos com um atraso de apenas 5 minutos, o que foi facilmente compensado durante o trajeto.

Avião

O aparelho utilizado foi um Boeing 737-800, semelhante aos utilizados pela GOL aqui no Brasil, inclusive na mesma configuração 3×3. No entanto, as poltronas em couro foram um diferencial para essa low-cost. O avião era um pouco velho, mas muito bem conservado com um espaço entre as poltronas maiores do que a Gol ou Tam. Não sou muito alto (1,79 m) e o espaço foi suficiente para um voo tranquilo.

avaliacao-kulula-06

Não há sistema de entretenimento, apenas uma revista da própria companhia e alguns jornais locais.

Serviço de bordo

Todos os serviços a bordo são cobrados, inclusive água. Diferentemente do Brasil, na África do Sul não há norma que proíba a comercialização de água. Os preços são bem semelhantes aos praticados em terra, com sanduíche e suco por aproximadamente R$ 6,00.

avaliacao-kulula-07

É possível também comprar alguns souvenires através de uns catálogos que eles disponibilizam. Os comissários são sempre bem prestativos e passam o tempo inteiro perguntando se está tudo bem.

Fui até o fundo da aeronave e fiquei conversando com o comissário que me perguntou das mulatas. Ele disse que o sonho dele era morar no Brasil e até arriscou cantar e DANÇAR alguns sambas outra vez. Outros dois comissários fizeram coro, animando um pouco mais a viagem.

Incidentes

A chegada a Durban foi com bastante turbulência. Me explicaram que é bem normal, já que a pista está paralela ao mar, recebendo muitos ventos laterais em função das correntes de ar provenientes do oceano.

avaliacao-kulula-08

A aterrissagem foi dura, com aquela batida no solo e muitas sacudidas laterais. Então o chefe de cabine pediu que ficassem todos sentados até que o comandante “levasse o que restou da aeronave até a área de desembarque”. Também informou que, caso esquecêssemos algo, isso seria uniformemente distribuído entre a tripulação! Hahaha!

Chegada

Seguindo o padrão sul-africano, o aeroporto de Durban, King Shaka, é extremamente moderno e organizado, com ampla área de desembarque. Como não despachei nenhuma mala, minha saída foi rápida, mas pude perceber que ao passar pelas esteiras já havia malas de passageiros do mesmo voo que o meu circulando na esteira.

Conclusão

Usaria novamente a companhia e recomendo bastante pela quebra de protocolos, especialmente para quem tem medo de voar. É uma forma de se divertir e ter um serviço com custos menores que a South African, líder do mercado no país. A Mango também possui bons preços, às vezes até menores que a Kulula, mas como no horário que eu necessitava eram equivalentes, resolvi experimentar. Tentei, inclusive, comprar o retorno com a Mango ao invés de usar a British Airways, mas tive problemas com o cartão de crédito e a compra não foi concretizada. Não espere um grande serviço, apenas será divertido. Vale a experiência!

África do Sul

Como eles dizem o tempo inteiro por lá, “enjoy the country”. A África do Sul é sensacional, país lindo com pessoas extremamente cativantes e hospitaleiras. Minha viagem ainda seguiu de carro nos dias sequentes, com amigos que foram do Brasil. Percorremos aproximadamente 9600 km entre África do Sul, Namíbia e Botswana em 16 dias. Altamente recomendado! Como registramos toda a viagem em um “diário de bordo”, espero transformar os relatos em um livro num futuro próximo.

CapeTown-AfricaDoSul

Agradecemos ao Maurício por essa maravilhosa avaliação, incluindo as belíssimas fotos da África do Sul, que inclusive tem duas cidades no nosso Guia de Destinos! E você? Já voou com a Kulula? Teve alguma experiência com alguma tripulação mais descontraída? Conte como foi nos comentários! Você pode conferir todas as avaliações de companhias aéreas do Melhores destinos nesta página.

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • levasse o que restou da aeronave até a área de desembarque…. kkkkkkk

    • joao_alberto

      Essa parte foi realmente sensacional. 🙂

    • Guiherme

      HAHAHAHA, raxei

    • Rafael

      morri kkkk

    • Marco

      A Gol poderia falar o mesmo aqui no Brasil!!! hehehehe
      Não sei se é apenas minha percepção ou se a galera concorda, mas os comandantes da Gol parecem que são treinados para afundar o trem de pouso na hora da aterrissagem….hehehe

  • Evandro

    “levasse o que restou da aeronave até a área de desembarque” Hahahahaha genial.

  • izabella

    Muito bom!!

  • Tarcísio

    Ano passado tive problemas de overbooking com esta empresa em um voo de Cape Town para Lanseria (Johannersburg). Cheguei no Aeroporto de Cape Town com aprox. 2 horas de antecedência e me informaram que o voo estava lotado, me ofereceram o valor pago pela passagem de volta, o que eu recusei de imediato exigindo que me realocassem em outro voo para Johannesburg. Tinha outras 5 pessoas na mesma situação. Me realocaram em um voo da British Airways que partia 1 hora depois, só que para o aeroporto de O'Tambo. Também ofereceram para os passageiros que sofreram com overbooking neste voo um voucher de 400 Rands com validade de 1 ano.
    Achei satisfatória a solução da empresa diante do problema. Pelo que entendi a Kulula e a British Airways fazem parte de um mesmo grupo.
    Fica a dica para quem vai utilizar esta companhia que faça o check-in antecipadamente pela internet, pelo que constatei overbooking é um problema recorrente nesta empresa.

  • Carolina

    Muito bom o relato! Divertido! Adorei!

  • William Perez

    Adoro a Kulula. Os pousos de Durban são realmente duros. Minha ultima vez logo após o solavanco o comandante disse: Eaaaasy Cowboy". Adoro essa questão sem protocolos. Mas poderiam servir ao menos agua.

    • Luiz Carlos

      O povo gosta mais de voar KuLula do que KuaDilma. eheheheheehe

      • Rafael

        kkkkkkkkkkkkk já pode trabalhar na Kulula, Luiz Carlos!

        • William Perez

          Eu RI. Kkk

      • kkkkkkkkkkkkkkkkkkk. boa!

      • Boa..rsrsrs

      • Maurício Paixão

        hahahahahaha! pode trabalhar na KuLula mesmo! Ou pode trabalhar KuaDilma?

      • Kkkkkkkkkkkkk… Boa essa!

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ri demais

  • Anselmo

    "This Way Up" foi show!!!

  • Aqui bem que poderiam colocar uns comissarios divertidos também. Quebrar um pouco a tensão de um voo faz bem de vez em quando.
    Otimo relato.

    • danillomtv

      A Antiga WebJet tinha um comissário bastante animado, que sempre fazia piadas e alegrava a todos, mas os próprios brasileiros não gostaram da situação e reclamaram dele. O pior do Brasil, é o brasileiro amigo :/.

      Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=XxE5ChVU0zE

      • então, Danillo, concordo em parte com você. Mas tem o problema de esse comissário aí do vídeo extrapolar, veja, não é uma piadinha ou outra como no caso da cia sul-africana, esse cara fala e fala sem parar, faz propaganda dos sites dele e toca em alguns temas mais sensíveis etc. Daí o que era para ser humor acaba por ficar irritante. Piadinhas e descontração são ótimos mas para os que sabem fazer, cair no exagero tem o efeito contrário 🙂

        • Marcio

          Concordo, já voei com o comissário ronald na webjet e no começo é divertido, mas ele falou o vôo inteiro, encheu o saco…

    • Na TAM, CTB-LDB pegamos um comandante bastante divertido, que narrou parte da viagem, e fez brincadeiras sobre o local que estavamos chegando e tal. Todas muito educadas, pertinentes, e, agradáveis. Olhei a minha volta para ver a reação das pessoas, e um sujeito ficou chingando, faltou levantar e ir ter com o comandante. Concordo com o danilomtv em seu comentário, infelizmente!

    • Márcio

      Há muitos anos, em um voo da Varig, no pouso em Maceió com desembarque na pista, o comandante disse "está ventando muito lá fora, então tomem cuidado com objetos que podem sair voando, como chapéus e perucas…". Foram grandes a risada e os aplausos pela piada!

  • Quando a tripulação da Webjet tentava ser mais descontraída o povo não entendia e metia o pau. Acho que um pouco de bom humor no dia a dia torna tudo mais leve, mas nem todos veem por esse lado…

  • Joao Fernando

    Cara, sensacional!! Chorei de rir com as quebras de protocolo hahahah

  • Marcio

    Na extinta webjet tiveram alguns vôos com serviços fora do protocolo, já voei para o carnaval de salvador com um serviço bem atípico, se procurem no youtube, tem alguns videos. Mas acho que as vezes o brasileiro extrapola nas brincadeiras e sempre levam para o lado sensual ou preconceituoso.

  • Andre Felipe

    Fico imaginando como seria a reação dos passageiros se no Brasil os comissários fizessem comentários como "caso esquecêssemos algo, isso seria uniformemente distribuído entre a tripulação!". Iria chover de reclamações na Ouvidoria da empresa e na mídia, infelizmente…

  • filipe

    Na Webjet tinha o Ronald, que quebrava qualquer protocolo e esteve recentemente no Encontro com Fátima Bernardes. Atualmente ele não está trabalhando em nenhuma cia. Uma pena.

  • Fabio

    Acho que está mais para o humor e a personalidade da tripulação do que para regras e protocolos..já peguei alguns vôos nos quais o piloto, na hora de passar informações do vôo soltava umas gracinhas do tipo: "Estamos a 32.000 pés..a temperatura exterior está boa….boa para pinguins! Em torno de -30°…assim como a temperatura de Salvador também está boa…boa para plantio / agricultura, pois está chovendo horrores..".

  • Rodrigo

    Essa avaliação veio bem a calhar numa sexta-feira, com todo mundo de bom humor pela chegada do fim-de-semana. Parabéns ao Maurício pelos detalhes!

    Indago a ele se o trajeto que foi feito de carro foi de carro alugado lá ou carro próprio de alguém de lá, pois também tenho muito interesse em alugar um carro lá para poder atravessar as fronteiras, mas não sei como são os procedimentos, se é que isso seja possível.

    • Maurício Paixão

      Olá Rodrigo!

      Tudo bem? Nós alugamos o carro por lá, na empresa chamada Around About Cars. É a que possui um dos menores custos quando se inclui todos os seguros. Mas tivemos a impressão de que contratar aqui do Brasil saía um pouco mais barato. No momento da locação você informa quais países pretende passar e paga um pouco a mais pelo "crossboarding". Em algumas locadoras eles deixam tu escolher um país para cruzar sem custos. O valor é proporcional aos dias do aluguel.
      Nós pagamos em torno de R$75 a diária com km livre e todos os seguros em um Pólo Sedan 1.4 completo.

      Abração!

  • Gabriel Q.

    Uma vez na Gol, ao pousar em Vitória, num pouso brusco, com forte impacto e barulho, o comissário anunciou: "Olá senhoras e senhores, como vocês puderam perceber, nós… POUSAMOS em Vitória, a temperatura… etc. etc. " haha, muito bom!

  • Ana Martins

    Estava voando para São Luiz e passamos pelos lençóis maranhenses. O comandante soltou esta: " Caros passageiros, aqueles q estão nas poltronas da direita se estiquem e vejam o belíssimo lençóis maranhenses… hoje está excepcionalmente lindo. Os passageiros sentados à esquerda olhem os passageiros olhando os lençóis maranhenses".

    • Marco

      kkkkkk…..irado!!!

    • Um visitante

      Kkkkkkk essa foi boa.

  • MTorres

    O povo daqui é muito insosso. Capaz de alguem brincar e os brasileiros fazerem cara feia. Ja peguei alguns voo assim tambem, mas sempre pela GOL. Na Tam deve ser proibido kkk.

    Sempre quando a empresa faz alguma convenção de vendas e etc e estamos na GOL,eu peço discretamente para o comandante dar os parabens a equipe. Sempre rola de uns 50% do voo ser da empresa. Sempre fizeram com bastante humor. Isso é MUITO legal.

  • Thiago

    Sensacional post, parabéns. Deve ser muito divertido.

  • Eduardo Queiroz

    Excelente post Denis. Muito obrigado.

  • Karla

    ri alto com o post! divetiu meu dia… 🙂

  • Jonathan Petenão

    Muito divertido !!!
    Se tiver a oportunidade não vou perder. Conhecer esse atendimento deve ser bem legal !

  • Marcos Reis

    A foto do avião mostra uma seta indicando assim: "O grande queijo" e apontando pra cabine do piloto! kkkk

  • Nao sei se o lance da brincadeira seria legal pro meu caso. Tenho pânico de avião e confesso que poderia interpretar essas coisas como falta de profissionalismo ou mesmo como algo que poderia distrair o piloto em algum momento. Sei que, racionalmente, uma coisa não implica na outra, mas o próprio pânico de avião não é algo racional, então…. prefiro não arriscar.

    • Maurício Paixão

      Teve bastante brincadeira, mas não vi nada que pudesse parecer falta de profissionalismo. Teve avisos que foram sérios, como é de se esperar nos momentos sérios de uma viagem. No entanto, ouvi outros comentários que seguem a tua linha enquanto estava lá: para quem em pânico, às vezes pode não aliviar o medo. Se um dia tu tiver a oportunidade e achar que pode voar com eles, não hesite. Abração!

      • Pois é, meu caro. Meu pânico tem passado, mas, por enquanto, prefiro uma cia aérea, digamos, mais tradicional. Sabe aquela coisa de "não inventar muito"? Pois é, no meu caso, quanto mais simples, melhor.

  • Adorei! rsrsrs

  • ze maria

    Achei legal,!!! Tenho certeza que o comodismo das empresas aéreas estão com os dias contados…

  • Andre Ferreira

    Ola Denis , para onde posso enviar o como é voar na mexicana vivaaerobus?
    Obrigado

  • Guilherme

    Aviao velho? Pelas fotos eh um 737-800 ja com as novas configuracoes internas

    • Maurício Paixão

      Não fui atrás da verificação de prefixos ou algo assim, mas parecia um pouco velho, embora bem conservado. Talvez tu tenha razão, não sei informar a idade do avião.

  • A MELHOR avaliação até agora! Ri litros kkkkkkkk… Muito bom… Parabéns ao autor do post e ao MD!

  • Bruna

    Adoro empresas que adotam uma postura menos formal e não entendo como pessoas podem interpretar como falta de profissionalismo – a não ser, claro, que isso passe a atrapalhar alguma parte do processo ou solução de problemas.
    Viajei com a Spirit Airlines na véspera do Super Bowl e havia um tripulante muito divertido no trecho Bogotá -Miami. A companhia reforça sempre a necessidade de se guardar os pertences embaixo do assento pois não há muito espaço acima deles – o funcionário pedia então (com um jeito de falar muito engraçado) que 'todos colocassem suas bolsas embaixo do banco. Sim, até sua bolsa Gucci'. Na chegada ele avisou que passageiros em conexão deviam guardar aa bebidas compradas no Freeshop nas malas antes de redespachá-las pois 'o TSA ia confiscar toda a sua bebida e fazer a festa durante o jogo'. Estava no pico de uma crise de ansiedade e as piadas dele me ajudaram a relaxar.

  • Raphael

    Peguei um vôo CGR – CWB uma vez, quando houve a final da Copa do Brasil no Couto Pereira, fui num vôo GOL e o comandante fez todas essas tiradas, com a exceção a da aterrisagem que foi muito suave. Ri muito e fiz questão de agradecer o momento de descontração a toda a tripulação antes do desembarque. Show!

  • Thiago

    Rachei de rir com o THIS WAY UP escrito no avião deles…kkkkk… que doidera! Nunca tinha ouvido falar nessa Cia… Todas as outras cias deveriam aprender com a Kulula…

  • Gustavo

    QUE LEGAL!! Acho que nunca ri tanto num post aqui do MD!!!

  • babisecco

    Num voo Londres-Rio pela TAM, havia uma comissária super divertida, que quebrava os protocolos de maneira sutil e simpática. Na hora de entregar o papel para declarar os bens, ela disse: "Aquelas bugingangas que você comprou na Pouland (o equivalente a nossa loja de R$1,99), não precisa declarar não!". Todos riram muito e levaram a brincadeira numa boa.
    Um pouco de descontração faz muito bem, ainda mais em voos longos.

  • Vinicius

    Fiz um vôo com a Kulula em junho de Johannesburg pra Cidade do Cabo e durante a explicação dos protocolos de segurança, na parte do "em caso de despressurização, máscaras de oxigênio cairão automaticamente…", o comissário colocou a máscara sobre o nariz e a boca e soltou um "Luke, I'm your father!" Todos os passageiros que estavam em volta riram muito.
    Achei a experiência bem divertida 🙂

  • Felipe

    Maurício! Excelente post! Tenho muita vontade de fazer uma viagem dessas. Na verdade estava planejando ir pra África do Sul com meu irmão e um amigo no ano que vem. Fiquei muito interessado nesse seu roteiro. Será que teria como você me mandar um esboço por email? Ficarei extremamente grato!
    Abraço!
    Felipedemelopontes@gmail.com

    • Maurício Paixão

      Estou com muito pouco tempo, tenho que passar as informações pro computador. O que fizemos na prática foi totalmente diferente do que planejamos antes (planejamos 4000km e fizemos quase 10000km! hahaha)
      Mas logo te envio, não esqueci!
      Abração!

  • Ed Rodrigues

    Companhia cearense?

  • Valeu a Dica.. Já fui para a África várias vezes, mas só voei pela South Àfrica e pela TAAG. A primeira tem boa qualidade no serviço, mas tripulação nada cordial. A segunda faz parte das 10 piores companhias do mundo e só pra comentar rapidamente, voei em um Boeing com banheiros quebrados. (havia apenas 01 funcionando na classe econômica e 01 na primeira classe). Vou tentar essa companhia na próxima viagem. Parece divertido.
    Por falar nisso está na hora da melhores destinos postar novamente promoções para a África o que vcs acham?

  • jeh

    KKKK qro muito viajar no abacate voador, quando estiver viajando na minha lua de mel pelo áfrica.

  • Guilherme

    Amigo… "Avião meio velho"?! Trata-se de um 737-800 Sky Interior! Tem, no máximo, 3 anos de uso! O 737-800 mais antigo da Kulula é de 2010! Informe-se um pouco melhor!

    • D.Lima

      Pô cara! O Maurício já teve a boa vontade de escrever e passar as informações sobre a experiência dele, em uma cia. aérea pouco conhecida da maioria dos brasileiros. Se ele errou ou não, pensando que se tratasse de um avião mais velho, isso pouco importa. Foi a impressão dele!!! Pra que ser grosseiro mandando o camarada se informar um pouco melhor? Ao invés disso, agradeça-o. Certamente terá aprendido alguma coisa com a experiência dele. O que aliás é o que todos os leitores do MD desejam. Aprender sobre as experiências de viagens bem ou mal sucedidas e não um curso sobre aeronaves.
      D.Lima (Piloto)

      • Maurício Paixão

        Obrigado D.Lima!
        Mais em cima tinha um comentário semelhante e eu respondi assim:
        "Não fui atrás da verificação de prefixos ou algo assim, mas parecia um pouco velho, embora bem conservado. Talvez tu tenha razão, não sei informar a idade do avião. "
        Embora seja apaixonado por voar, não tenho grandes conhecimentos sobre aviões tampouco sei identificar se a configuração é nova ou não! hahahaha!
        Mas vivendo e aprendendo sempre!
        Grande abraço

        • D.Lima

          Obrigado Maurício!!!!!!!! Ótimos voos pra vc, em céu de Brifadeiro.
          Forte abraço!!!