Como tirar o visto de turismo para Cuba, passo a passo

Bruna Scirea
14/11/2019  ·  4:5714 · nov · 2019  ·  4:57

Como tirar o visto de turismo para Cuba, passo a passo

Cuba é um dos destinos mais famosos do Caribe e bastante procurado por brasileiros. Além das praias, da história peculiar e do carisma de seu povo extremamente acolhedor, o país oferece um procedimento para tirar o visto de turismo relativamente pouco burocrático. Confira o passo a passo neste post.

Antes de qualquer coisa, fique atento! As regras são diferentes para passageiros que partem de aeroportos dos Estados Unidos, ou que fazem alguma conexão/escala em solo norte-americano. Se este for o seu caso, confira como tirar a Tarjeta Rosa no fim do post. Também não se esqueça de que Cuba exige de seus visitantes a vacinação contra a febre amarela.

Como tirar o visto para Cuba

São três as formas de obter o visto de turismo para Cuba: por meio de agências de viagem credenciadas pelo governo cubano; diretamente com a companhia aérea (neste caso, somente a Copa Airlines oferece o serviço para os passageiros que partem do Brasil), ou então pelo serviço consular, que é o mais indicado. E é sobre ele que falaremos a seguir.

Para moradores das regiões Sul e Sudeste, o visto é emitido pelo Consulado Geral da República de Cuba, em São Paulo. Para brasileiros que moram nas demais regiões, há consulados em Manaus e Salvador, além da Embaixada de Cuba em Brasília. Entramos em contato com todas as representações de Cuba no país, no entanto só tivemos resposta de São Paulo e Salvador. Moradores das demais regiões devem buscar informações diretamente nos consulados mais próximos, (veja os telefones mais adiante).

O visto de turismo é válido por 30 dias a partir da data de ingresso em Cuba (ou seja, deve ser refeito a cada nova entrada) e pode ser pedido presencialmente ou por correspondência. Quem se dirigir aos consulados sairá com a permissão na hora. Aos que forem mandar a documentação por Correios, o indicado é fazer isso no mínimo 10 dias antes da viagem (o ideal é uma antecedência maior).

Documentos para tirar o visto de Cuba

Para solicitar o visto para Cuba, basta reunir o formulário preenchido, o comprovante de pagamento do serviço (que só pode ser feito por transferência bancária) e os seguintes documentos:

– Cópia simples de todas as páginas usadas do passaporte válido (Consulado Geral de São Paulo). No Consulado Geral de Salvador, é solicitado o passaporte mesmo (inclusive, se a solicitação for via Correios, é preciso encaminhar o documento válido, não as cópias);

Formulário preenchido com letra legível e assinado;

Confirmação de hospedagem. Não é necessário comprovação de todo o período de estadia (em caso de residência particular, basta o endereço completo);

Cópia da passagem/e-ticket de ida e volta, com todos os trechos confirmados pela companhia aérea;

Comprovante impresso do pagamento do visto (veja como fazer o pagamento no próximo tópico).

Documentos reunidos? Então é só se dirigir a um consulado ou encaminhar toda a papelada via Correios – se esse for o seu caso, faça com a maior antecedência possível, já que o serviço também dependerá da agilidade dos envios. Cabe lembrar aos que preferirem fazer o trâmite presencialmente: não é permitido entrar com malas ou maletas nos consulados, nem vestir bermudas, regatas e chinelos.

Consulados de Cuba no Brasil

Estes são os endereços e contatos dos consulados no Brasil:

Embaixada de Cuba em Brasília
consuladobrasilia@uol.com.br
SHIS QI 5, conjunto 18, casa 1 – Lago Sul
CEP 71615-180 – Brasília, DF
Tel: +55 (61) 3248-4130 / 4215
Consular: +55 (61) 3248-4710 / 4517
Fax: +55 (61) 3248-6778

Consulado-Geral de Cuba em São Paulo (não abre às quartas)
reconsular@uol.com.br
oficonsulgeral@uol.com.br
Rua Cardoso de Almeida, 2115 – Sumaré
CEP 01252-001 – São Paulo, SP
Tel: +55 (11) 2369-8825 / 3505

Consulado-Geral de Cuba em Salvador
consulcubabahia@uol.com.br
consulcubabahia1@uol.com.br
consulcubabahia3@uol.com.br
Rua Lord Crochane, 66 – Barra
CEP 40140-070 – Salvador, BA
Tel: +55 (71) 2137-5647

Consulado-Geral de Cuba em Manaus
consulado@mnbr.consulcuba.cu
consulgeneral@mnbr.consulcuba.cu
Rua Jacareúbas, 6, conj Kissia – Dom Pedro
CEP 69040-260 – Manaus, AM
Tel: +55 (92) 3347-5330 / 8565

Forma de pagamento

O pagamento pelo serviço só pode ser feito por meio de depósito ou transferência bancária. O valor a ser transferido ou depositado é R$ 68, caso o visto seja solicitado presencialmente no consulado, ou R$ 68 mais R$ 113 (total de R$ 181), caso seja feito por agência, terceiros, via Correios, familiares, etc. Quem solicitar o visto no Consulado de Salvador e preferir que ele seja encaminhado via Correios, deve somar aos R$ 113 mais R$ 50 para o envio.

Para vistos solicitados no Consulado Geral de Cuba em São Paulo:
Favorecido: Consulado Geral de Cuba
Banco do Brasil
Agência: 0018-3
Conta 91.000-7
CNPJ: 04.599.137/0001-65

Para vistos solicitados no Consulado Geral de Cuba em Salvador:
Favorecido: Consulado Geral de Cuba
Banco do Brasil

Agência 3466-5
Conta 12362-5
CNPJ: 19.562.006/0001-80

Depósitos com valores diferentes do informado não serão aceitos.

Como retirar o visto

Quem solicitar o visto presencialmente em algum consulado terá a permissão emitida já na hora. Para aqueles que fizerem o pedido do visto por Correios no Consulado de São Paulo, será preciso encontrar uma forma de recolher a permissão, já que o órgão não envia o documento. Nesses casos, o mais comum é contar com a ajuda de algum familiar, conhecido, empresa ou agência de viagem. Já o Consulado de Salvador faz o envio da permissão pelos Correios e, por isso, pede o depósito de R$ 50 junto com os R$ 113 referentes ao visto (R$ 163 no total).

Tarjeta Rosa

Qualquer visitante de Cuba que chegar ao país partindo dos Estados Unidos (mesmo que em conexão ou escala) deverá solicitar o visto em solo americano. É a chamada Tarjeta Rosa, que pode ser obtida em agências de viagem norte-americanas, aeroportos e na Embaixada de Cuba em Washington (recepcion@usadc.embacuba.cu).

E aí, esteve em Cuba recentemente? Como foi a obtenção do visto de turismo? Deixe suas impressões nos comentários!