logo Melhores Destinos

Vai viajar para Portugal? Governo anuncia novas medidas restritivas para controlar a pandemia

Rafael Castilho
06/01/2022 às 11:06

Vai viajar para Portugal? Governo anuncia novas medidas restritivas para controlar a pandemia

O governo de Portugal anunciou hoje as medidas restritivas contra a covid-19 que entrarão em vigor no país a partir de 10 de janeiro. Apesar de registrar recordes diários de casos, o país buscará retomar uma certa normalidade, mas com bastante cuidado. “Apesar de ser previsível um crescimento significativo do número de casos, podemos avançar na próxima semana, com cautela”, disse o premiê António Costa durante coletiva de imprensa hoje.

Entre as medidas o governo mantém inalterada a obrigatoriedade da apresentação de teste de antígeno ou PCR para todos os passageiros que chegam ao país por via aérea. O antígeno deve ser realizado até 48 horas antes do embarque e o PCR em até 72 horas. O exame só é obrigatório para quem chega ao país de avião. Veja mais detalhes aqui.

Primeiro-ministro português Antonio Costa

Também está mantida a obrigatoriedade de apresentação de certificado digital de vacinação ou recuperação para acesso a restaurantes, estabelecimentos turísticos, alojamento local, hotéis, espetáculos culturais, eventos com lugares marcados e academias.

Em tese o certificado brasileiro não é aceito, pois os governos do Brasil e de Portugal ainda não chegaram a um acordo para o reconhecimento mutuo do documento. Entretanto, há relatos de que alguns estabelecimentos estão aceitando o documento brasileiro. Não esqueça de levar o seu certificado Conecte SUS. Caso não seja aceito o seu certificado nacional o turista terá que fazer um teste rápido de covid-19 para entrar nos estabelecimentos.

Já entre as novas medidas entram em vigor na semana que vem estão:

Estabelecimentos comerciais: 

  • Lotação de uma pessoa por 5 m2;
  • Termina proibição de saldos e promoções.

Bares e discotecas: 

  • Atividade pode recomeçar a partir de dia 14;
  • É necessário teste negativo para acesso;
  • Proibição de consumo de bebidas alcoólicas na via pública.

Eventos: 

  • Não há limitação quanto à lotação, apenas se aplicam as regras de certificado e/ou testagem.

Escolas: 

  • Recomeço das aulas no dia 10 de janeiro.

Isolamento: 

  • Isolamento só de casos positivos;
  • Pessoas com dose de reforço não precisam de ficar em isolamento.

Testagem: 

  • Isenção de testagem para quem levou dose de reforço há mais de 14 dias para acesso a atividades em que seria necessário apresentar teste negativo.

Durante a coletiva de imprensa o primeiro-ministro destacou que Portugal já tem 89% da população com o esquema de vacinação completo e para os grupos etários acima dos 65 anos, há “uma cobertura de dose de reforço de 83%”.

Para tentar controlar a pandemia, além da vacinação massiva, Portugal tem investido em testar grande parte da população. Em média estão sendo realizados mais de 100 mil testes diários. No dia 30 de dezembro foi batido o recorde com 402 mil exames. A variante ômicron do coronavírus é  “absolutamente dominante” em Portugal, encontrando-se atualmente em “90% dos casos positivos”.

Portugal registrou hoje mais de 39 mil casos de Covid-19 em 24 horas, um recorde diário desde o início da pandemia. Em média o país tem registrado cerca de 20 mortes por dia.

*informações Sapo.pt

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção