logo Melhores Destinos

França não vai mais exigir passe de vacina e máscaras, medida seguida por outros países europeus

Rafael Castilho
03/03/2022 às 12:18

França não vai mais exigir passe de vacina e máscaras, medida seguida por outros países europeus

A França será o próximo país europeu a abrandar bem as medidas de combate à pandemia de Covid-19. A partir do próximo dia 14 de março o uso de máscaras não será mais obrigatório em espaços abertos e fechados, com exceção dos transporte público. Além disso, o passe de vacinação não será mais necessário para acessar restaurantes, museus e espaços turísticos, por exemplo. O anúncio foi feito hoje pelo primeiro-ministro francês, Jean Castex.

“A situação está a melhorar graças aos nossos esforços coletivos, graças às medidas que tomámos (..), estão reunidas as condições para uma nova fase de flexibilização das medidas”, justificou o chefe do Governo em entrevistas canal TF1.

Premiê francês Jean Castex (foto actu.fr)

O certificado de vacinação, o famoso pass sanitaire, só continuará obrigatório em instituições médicas, como hospitais e lares de idosos.

A França vem reduzindo as regras sanitárias de combate à Covid-19 paulatinamente. No meio de fevereiro já havia flexibilizado o uso de máscaras em ambientes interno. O número de casos de Covid na França vem se reduzindo a cada semana e hoje gira em torno dos 50 mil por dia.

Com o grande avanço da vacinação, diminuição de internações e de casos, a maioria dos países europeus está flexibilizando as restrições sanitárias. Espanha, Dinamarca, Itália, Suíça, Inglaterra, por exemplo, já aboliram as máscaras nos ambientes externos. Alguns deles também já excluíram as máscaras em locais fechados, como também a apresentação de certificados de vacinação para entrar em locais fechados. Portugal é uma das exceções, mas deve adotar esta liberação geral das máscaras ainda em março, na última fase de flexibilização.

Ficou com vontade? Há passagens aéreas para Paris a partir de R$ 2.687 ida e volta.

Regras para entrar na França

Para quem pretende curtir Paris outros destinos incríveis da França com maior liberdade e menos restrições sanitárias é bom saber que o país continua recendo turistas brasileiros vacinados. As regras atuais exigem que o viajante apresente o comprovante com vacinação completa com as vacinas: Janssen há pelo menos 28 dias antes da chegada ou AstraZeneca (Covishield), Moderna ou Pfizer há pelo menos 7 dias da segunda dose antes da chegada. Quem vacinou com a Coronavac poderá entrar, desde que tenha tomado a dose de reforço com a Pfizer há pelo menos 7 dias. É necessário também preencher declaração de honra.

Veja aqui todos os detalhes.

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção