Parque do Ibirapuera: conheça uma das atrações mais populares de São Paulo

Rafael Castilho
13/09/2019  ·  4:58Publicado 13 · set · 2019  ·  4:58Atualizado 4 · nov · 2019

Parque do Ibirapuera: conheça uma das atrações mais populares de São Paulo

O Parque do Ibirapuera, uma das principais atrações de São Paulo, abriga dezenas de atividades que você pode curtir todos os dias da semana. Qual horário e preço dos ingressos nos museus? Há estacionamento? Como faço para chegar? Onde comer? Descubra aqui cada uma das atrações do Parque do Ibirapuera.

No meio da selva de pedra, o Parque do Ibirapuera – Ibira para os mais íntimos – reluz como uma grande área verde. Para muitos é o pulmão da capital paulista. Inaugurado em agosto de 1954, durante as comemorações dos 400 anos de São Paulo, o espaço abriga museus, planetário, restaurantes e muita área para prática esportiva. Chega a receber 150.000 visitantes por final de semana, cerca de 15 milhões de visitas por ano.

São 158 hectares de área, ou melhor 1.584.000 m², destinados ao lazer dos paulistanos e turistas. Além da grande área usada para praticar esporte, você encontra nas dependências do Parque: o Pavilhão Japonês, Museu de Arte Moderna, Museu Afro Brasil, Auditório Ibirapuera, e muito mais. Destaque para arquitetura de Oscar Niemeyer.

Muitas famílias também aproveitam o espaço para fazer piquenique e até aniversários nos gramados em meio às árvores. O que também não falta são noivos tirando fotos, casais apaixonados e grávidas aproveitando a bela paisagem para registrar profissionalmente estes momentos únicos.

Leia também
* Os 10 melhores destinos do Brasil! Confira os vencedores do Prêmio MD 2019!

O Parque do Ibirapuera é um ótimo refúgio para quem busca muito contato com a natureza e um “ar puro” em meio ao caos paulistano. Na flora, exemplares de árvores como jabuticabeira, jaqueira e pau-brasil. O parque todo abriga cerca de 500 espécies de vegetais, além de 35 de borboletas, 10 de peixes, 8 répteis e 156 aves. Para relaxar basta escolher a sombra mais fresca e aproveitar, ou você pode meditar, fazer ioga, pilates, artes márcias, etc. O Parque é democrático e aceita todas as modalidades…

Como chegar ao Ibirapuera

O Parque do Ibirapuera está localizado na zona sul de São Paulo. A poucos quilômetros do centro e do aeroporto de Congonhas. A região é atendida por diversas linhas de ônibus (ônibus 5175-10, 5178-10, 5185-10, 5300-10, 5630-10, – 709A-10 – consulte a SPTrans).

De metrô também é possível chegar, apesar da distância. A  estação mais próxima é a estação AACD – Servidor, da Linha 5 – Lilás, cerca de 1 km. A Linha Lilás faz interligação com a Linha 1 Azul na estação Santa Cruz e com a Linha 2 Verde na estação Klabin. Veja o mapa do metrô de São Paulo.

O que fazer no Parque do Ibirapuera

Esportes

O parque conta com vias asfaltadas e trilhas para uma boa corrida ou para andar de bike. Há ciclovia exclusiva. O trajeto pelas principais alamedas dá cerca de 3 km, mas uma volta pelas trilhas chega a 6 km.

Adeptos de outros esportes usam os gramados e o espaço da leitura para fazer ioga, pilates, lutas marciais, etc.

Nas árvores, o pessoal aproveita para fazer slack line ou esticar uma rede para descansar. Há espaço para todos.

O Parque também conta com quadras de basquete, vôlei, futsal society, além de uma pista de cooper de pouco mais de 1 km. A pista fica sob as grandes árvores do Parque e lá no meio há uma academia de musculação conhecida como Flintstones, já que os pesos são feitos de rodas e outros materiais.

Parquinho

O Parque conta com um enorme parquinho com brinquedos de madeira e ferro para a diversão da molecada. Há também espaço exclusivo e cercado para os menorzinhos. Nos fins de semana, atrações culturais ganham o espaço.

Praça da Paz

Grande área verde no coração do parque. Espaço ótimo para relaxar ou curtir os shows sazonais.

Monumentos

São vários monumentos espalhados pelo Parque, mas os mais emblemáticos são: o Obelisco, símbolo da Revolução Constitucionalista de 1932, com 72 metros de altura (fechado para reforma); Monumento às Bandeiras, popularmente conhecido como empurra-empurra, representa os bandeirantes, expondo suas diversas etnias e o esforço para desbravar o país, obra de Victor Brecheret; e Monumento a Pedro Alvares Cabral e a Caçadora que trata-se de uma figura feminina consideravelmente estilizada que descansa sobre o dorso de um animal.

Auditório Ibirapuera

Desenhado por Oscar Niemeyer na década de 50, o Auditório Ibirapuera só saiu do papel bem mais tarde e foi inaugurado em 2005. São 800 lugares dedicados a atividades culturais, com programação semanal dedicada à diversidade musical. No fundo do prédio, voltado para o gramado, há um palco utilizado em apresentações ao ar livre. Veja aqui a programação do Auditório Ibirapuera.

Horário Bilheteria
Sexta e sábado: das 13h às 22h
Domingo: das 13h às 20h

Grafites

Uma atração extra e bem colorida no Parque. São dezenas de obras de arte urbana espalhadas por muros, salas, banheiros, etc. Destaque para os murais debaixo da marquise dos artistas renomados Kobra e Gêmeos.

Aluguel de bicicleta e patinete

Na entrada do Portão 3 do Parque Ibirapuera (Av. Pedro Alvares Cabral) é possível alugar bicicletas (R$5/hora). Há capacetes e cadeirinhas para crianças sem custo extra.

Também é possível alugar bike e patinete de Aplicativos. Há estações espalhadas por todas as entradas do Parque.

Marquise

A marquise liga o prédio da Bienal ao Museu Afro Brasil, a Oca e ao Auditório. São 121 colunas e uma área total a quase 29.000 m². Hoje é muito utilizada pelos patinadores e skatistas profissionais e aprendizes. Aos domingos há feira de artesanato no local.

Museu de Arte Moderna de São Paulo

O MAM – Museu de Arte Moderna é uma das mas importantes instituições culturais do Brasil. Localizado sob a marquise do Parque, próximo ao prédio da Bienal, o MAM foi fundado em 1948 por Francisco Matarazzo Sobrinho inspirado no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMa). Atualmente, conta com mais de 5 mil obras de arte dividas entre pinturas, esculturas, fotografias, vídeos e instalações. Realiza diversas exposições sazonais.

Horário
Terça a domingo, 10h às 18h.
Bilheteria até 17h30.

Ingresso
R$ 10,00. Gratuidade para todos aos sábados.
Meia-entrada para estudantes e professores, mediante identificação.

Gratuidade para menores de 10 e maiores de 60 anos e pessoas com deficiência.

 

Quer receber as promoções de passagens aéreas para São Paulo em primeira mão? Instale agora o nosso aplicativo, disponível para Android e iOs clicando aqui!

Museu Afro Brasil

O Museu Afro Brasil  foi inaugurado em 2004, a partir da coleção particular do artista e Diretor Curador Emanoel Araujo. Localizado no Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega, o Museu conserva, em 11 mil m2 um acervo com mais de 6 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos entre o século XVIII e os dias de hoje.

Horário
Terça a domingo, das 10h às 17h (permanência até às 18h).

Ingresso:
Entrada Inteira: R$ 6,00. Gratuito aos sábados
Meia Entrada: R$ 3,00

Museu de Arte Contemporânea

Museu de Arte Contemporânea está instalado em um prédio criado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. O Museu foi criado em 1963 e conta em seu rico acervo, com obras de: Amedeo Modigliani, Pablo Picasso, Joan Miró, Alexander Calder, Wassily Kandinsky, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Emiliano Di Cavalcanti, Alfredo Volpi, Lygia Clark e uma estupenda coleção de arte italiana do começo do século XX. O MAC está instalado do lado de fora do Parque, mas é facilmente acessado por uma passarela. Do alto do prédio do Museu tem o restaurante Vista São Paulo com uma vista deslumbrante, que fica melhor no pôr do sol. O restaurante e o bar tem consumação mínima aos fins de semana de R$ 100, mas o terraço pode ser acessado gratuitamente.

Horário
Terça a domingo: das 10h às 21h (inclusive feriados).
Segunda-feira: fechado.

Entrada e estacionamento gratuitos.

Oca

Projetado por Oscar Niemeyer e inaugurado com o Parque em 1954 é um grande espaço para exposições sazonais. Hoje é administrado pela Secretaria Municipal de Cultura. Veja aqui a programação da Oca.

Planetário do Ibirapuera

O Planetário Aristóteles Orsinifoi o primeiro planetário do Brasil, inaugurado em 1957. Há sessões nos fins de semana sobre o nosso sistema solar e muito mais. Veja aqui a programação do Planetário do Ibirapuera.

Entrada gratuita (distribuição de senha por ordem de chegada).

Escola Municipal de Astrofísica

A Escola Municipal de Astrofísica é um ótimo lugar para ter contato com conhecimentos astronômicos diversos. Ao lado do Planetário, o local abriga biblioteca especializada e promove exposições, palestras e observações monitoradas com telescópio. Veja aqui a programação da Escola de Astrofísica do Ibirapuera.

Inscrições e informações de cursos de 2ª a 6ª feira, das 14h às 20h.

Pavilhão Japonês

Doado pela colônia japonesa no 4º Centenário da Cidade de São Paulo, o Pavilhão Japonês remete ao Palácio Katsura, em Quioto. Um passeio agradável pelos jardins e bem calmo para sair da rotina.

Horário: das 10h às 12h e das 13h às 17h
Preço: R$10 (inteira) e R$5 (meia)

Viveiro Manequinho Lopes

Espaço administrado pela Prefeitura de São Paulo e um ótimo passeio para os frequentadores do Parque. A produção do viveiro flore as áreas públicas da cidade e é também doada para a população. O local possui cerca de 200 espécies diferentes de plantas.

Horário: de segunda a sexta das 7h às 17h
Entrada gratuita

Show de Luzes na Fonte

Ao longo do dia é possível relaxar às margens do lago do Ibirapuera e observar o balé das fontes. Mas a noite o show ganha luzes e som. Em datas especiais, como Natal e Aniversário da cidade, há concertos imperdíveis.

Horário: todos os dias às 20h e 20h30
Entrada gratuita

Bosque da Leitura

Que tal uma sombra e um bom livro? O Parque conta com espaço dedicado a leitura e que fica a lado do Viveiro Manequinho Lopes.

Prédio da Bienal

O Pavilhão Ciccillo Matarazzo é, desde 1957, o palco de uma das mais importantes exposições de arte do mundo: a Bienal de São Paulo. Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, o prédio é um verdadeiro ícone da arquitetura modernista brasileira, tombado pelo Patrimônio Histórico. Além da Bienal de artes, o prédio abriga diversas exposições e feiras ao longo do ano.

O Parque do Ibirapuera é seguro?

O Ibirapuera é bem seguro e registra pouquíssimos casos de violência. A segurança é feira por guardas contratados e pela Guarda Municipal, que faz rondas e conta com uma Inspetoria no local. São cerca de 200 seguranças se revezando no controle da ordem no Parque.

Alimentação no Ibirapuera

O Parque conta com o restaurante Prêt no MAM, três lanchonetes (um na pista de cooper e dois nas vias principais perto do lago) e dezenas de vendedores autônomos que comercializam salgadinhos industrializados, bebidas e muita água de coco.

Horário do Parque do Ibirapuera

Funcionamento das 5h às 24h

Portões: 02, 03, 05 e 10, das 05h às 24h.
Portões: 04, 06 e 09, das 05h às 22h.
Portões: 07, 08 e 09A, das 06h às 20h.
Portão: 07A, das 07h ás 17h.

Estacionamento

O Ibirapuera  conta com vagas dentro da suas dependências. É obrigatório o uso da Zona Azul que obtida por meio de aplicativos. Custo R$ 5 por duas horas, dentro o Parque. A entrada de veículos é feita pelo Portão 3 ( Av. Pedro Álvares Cabral) e pelo Portão 7 (Av. República do Líbano). Saiba mais sobre os APPs da Zona Azul.

Banheiros

O parque conta com oito banheiros masculino e feminino espalhados pelas principais vias e debaixo da marquise. Apesar do serviço de limpeza, os banheiros deixam a desejar neste quesito. A falta de papel e sabão é constante. Funcionam das 5h às 22h.

E você, já esteve no Parque do Ibirapuera? Tem mais dicas para aproveitar sua visita ao parque paulistano? Participe nos comentários! Não deixe de ler nosso Guia de São Paulo com as principais atrações e dicas sobre a capital paulista!