logo Melhores Destinos

Demanda por voos internacionais bate recorde, enquanto viagens domésticas têm queda

Rafael Castilho
Rafael Castilho
26/07/2019 às 16:47

Demanda por voos internacionais bate recorde, enquanto viagens domésticas têm queda

O número de passageiros transportados para exterior pelas companhias nacionais atingiu o maior patamar histórico. De acordo com o Relatório de Demanda e Oferta do Transporte Aéreo divulgado pela Agência Nacional de Aviação (Anac), mais de 4,6 milhões de passageiros voaram para destinos internacionais com as companhias Latam, Gol e Azul. Um crescimento de 3% em relação ao mesmo período do ano passado. Só no mês de junho foram registrados 686 mil embarques para o exterior nas empresas nacionais.

Um dado a ser destacado é que a demanda cresceu 3,2%, enquanto que a oferta encolheu 4%. Estes números estão relacionados diretamente com a taxa de ocupação das aeronaves que subiu e atingiu 86%. Demanda alta e pouca oferta refletem diretamente no preço das passagens aéreas. Dados divulgados pela Anac mostram passagens até 30% mais caras que no ano passado.

No mercado internacional, a Latam continua liderando com folga a participação de mercado com 69,6%. Já Azul tem 17,5% e a GOL 12,8%. A GOL registrou o maior crescimento no ano com 116,5% principalmente devido ao lançamento de novas rotas, como Quito e Cancún.

Mercado doméstico

O Relatório da Anac também registra um dado preocupante sobre o mercado doméstico. A demanda de passageiros recuou 4,7% e a oferta de assentos encolheu 9,2% em junho, quando comparado ao mesmo mês de 2018. Isso é efeito da crise da Avianca Brasil, que deixou de operar abandonando todas as suas rotas. No acumulado do semestre, a demanda subiu ligeiramente, 1,1%, e a oferta caiu 1,4%. Nos primeiros seis meses de 2019 foram transportados 45,5 milhões de passageiros e aproveitamento de assentos chegou a 82,2%.

A Gol lidera a participação no mercado nacional com 40%, seguida pela Latam com 34,1% e Azul 25,4%.

Veja também:

Anac vai distribuir 100% dos horários da Avianca em Congonhas para entrantes, deixando GOL e Latam de fora

Companhias aéreas low cost: como funcionam, onde encontrar tarifas super baratas e dicas para não cair em furada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *