logo Melhores Destinos

Boa notícia! Chile libera entrada de turistas vacinados com doses de reforço sem PCR ou quarentena!

Yenifer Contreras
16/11/2021 às 15:20

Boa notícia! Chile libera entrada de turistas vacinados com doses de reforço sem PCR ou quarentena!

A partir de 1º de dezembro o governo do Chile vai liberar a entrada sem quarentena nem PCR para quem já possui o reforço de alguma das vacinas do coronavírus. A medida é parte do plano “Fronteiras Protegidas” e deve facilitar a entrada dos turistas brasileiros, visto que o Ministério da Saúde liberou o reforço para todos os maiores de 18 anos que já tenham tomado a segunda dose (ou dose única) a pelo menos cinco meses.

Qualquer pessoa, independentemente da nacionalidade, que tenha uma dose de reforço da vacina contra o coronavírus antes de viajar e que tenha seu Pase de Movilidad registrado, estará isenta do teste PCR de chegada, que se aplica no Aeroporto de Santiago e da quarentena de entrada.

Aqueles que possuem um Passe de Mobilidade, mas não receberam doses de reforço, deverão fazer o testados no Aeroporto de Santiago – ou outro ponto de entrada no Chile – e colocados em quarentena até que um resultado de PCR negativo seja recebido.

Todas as pessoas que não têm suas vacinas validadas, independente de sua nacionalidade, devem ser testadas e colocadas em quarentena. A quarentena nestes casos é de 5 dias, mesmo que o resultado do PCR realizado na fronteira de entrada seja negativo. Nos dois casos, o custo do teste PCR deve ser por conta do viajante.

É importante esclarecer que a “dose de reforço” refere-se a ter um esquema de vacinação completo de 2 doses (ou uma dose no caso da vacina Jansen) e mais uma dose para reforçar a imunidade.

Quem pode entrar no Chile?

  • Todos os chilenos e estrangeiros residentes
  • Todos os estrangeiros não residentes com suas vacinas previamente validadas pelo Ministério da Saúde. Confira nosso post com os detalhes de como validar suas vacinas para entrar no Chile.
  • Todas as crianças com menos de 6 anos de idade, independentemente de sua nacionalidade ou situação de vacinação.

Requisitos para entrar no Chile a partir de 1º de dezembro de 2021

Chilenos e estrangeiros residentes

  • PCR negativo realizado no país de origem 72 horas antes do embarque no avião (a partir dos 2 anos).
  • Declaração que é preenchida no site C19.
  • Passe de mobilidade.

Estrangeiros não residentes

  • PCR negativo realizado no país de origem 72 horas antes do embarque no avião (a partir dos 2 anos).
  • Declaração que é preenchida no site C19.
  • Seguro médico de 30 mil dólares que cobre doenças associadas à Covid-19
  • Validação de vacinas homologadas pelo Ministério da Saúde. Confira nosso post com os detalhes de como validar suas vacinas para entrar no Chile.

Conexão nacional por voo para outras cidades

A partir de 1º de dezembro, todos os viajantes que entram no país, mesmo aqueles que realizaram o teste de PCR de chegada no aeroporto, podem fazer conexão para a cidade de destino final sem esperar o resultado do teste. Eles terão que ficar em quarentena aguardando o resultado negativo em seu destino final.

Fronteiras terrestres abertas

A partir de 1º de dezembro, o Chile  abrirá as fronteiras terrestres de Chacayuta, Colchane, Pino Hachado, Los Libertadores e Cardenal Samoré.

Para circular por essas fronteiras, os viajantes devem atender aos mesmos requisitos que explicamos acima.

Somam-se a essas etapas os aeroportos de Antofagasta, Iquique, Santiago e Punta Arenas, previamente autorizados para a circulação de viajantes internacionais.

Não perca nenhuma oportunidade!
ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
tela do app do melhores destinos
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção