logo Melhores Destinos

Empresa que administra o Galeão vai devolver a concessão do aeroporto e deixar o Brasil

João Goldmeier
10/02/2022 às 17:23

Empresa que administra o Galeão vai devolver a concessão do aeroporto e deixar o Brasil

Segundo o jornal O Globo, a empresa que administra o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Galeão) deve devolver o aeroporto para o governo, encerrando sua participação no negócio. A decisão vem depois de ver seu pedido de reequilíbrio financeiro do contrato ter sido negado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Atualização em 10/02 às 18h45: A Changi Airport acaba de formalizar junto à Anac a decisão do conselho da empresa de devolver o ativo à União. O Ministro da Infraestrutura afirmou que fará uma nova licitação e que o Galeão será leiloado junto com o Aeroporto Santos Dumont.

O Aeroporto do Galeão é administrado pela Chagi Airport, empresa que também administra o Aeroporto Internacional de Singapura, considerado um dos melhores aeroportos do mundo. A empresa calcula que teve R$ 7,5 bilhões em perdas por decorrência da pandemia, e buscava abater o valor nas outorgas a serem pagas até o fim do contrato.

Outro fator que explica a decisão de deixar o Brasil é a lenta recuperação da demanda no Galeão, frente aos demais aeroportos do Brasil. E também a concessão do Santos Dumont à inciativa privada, que deve ocorrer em breve e gerar ainda mais disputa de tráfego com o terminal internacional.

A retirada deverá ser gradual e o governo deverá fazer um novo leilão. Hoje Changi possui 51% do controle do Galeão e a Infraero detém os outros 49%.

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção