Viracopos negocia mais voos com GOL, TAM e duas companhias internacionais

Denis Carvalho 27 · agosto · 2013

Os administradores do aeroporto de Viracopos, em Campinas, estão empenhados no projeto de transformar o terminal, a 100 km de São Paulo, no novo hub internacional da América Latina. Segundo revelou hoje a Imprensa internacional, o Consórcio Viracopos, que administra o aeroporto, está negociando incentivos para aumentar o número de voos da GOL e da TAM. Além disso, duas companhias estrangeiras estariam interessadas em começar voos para Campinas antes da inauguração do novo terminal, marcada para maio de 2014.

“Estamos conversando com empresas (brasileiras). Na linha de atração de mais voos domésticos estamos conversando com TAM e GOL e vamos sentar na mesa e dar incentivos para elas”, disse diretor comercial do aeroporto, Aluizio Margarido. Atualmente, a Azul é a principal empresa aérea que opera voos de passageiros no aeroporto.Entre os incentivos estariam a redução ou isenção temporária de taxas, que poderiam ser usadas pelas companhias para baratear tarifas e atrair passageiros para VCP. 

O executivo também não descartou dar incentivos a empresas estrangeiras para elevar o número de voos internacionais a partir de Viracopos e acrescentou que a concessionária já negocia com duas empresas da América Latina, como parte de sua intenção de atrair estrangeiras para elevar receitas. “Estamos negociando com duas empresas que querem fazer voos já com as instalações existentes, mas grande volume mesmo a gente só vai conseguir com o novo terminal, por causa da infraestrutura”.

Segundo ele, a empresa considera atrair voos que atendam os destinos internacionais mais procurados por brasileiros, como Buenos Aires, Nova York e Miami. Após a falência da Pluna e a alteração de um voo da GOL para Buenos Aires, Viracopos tem hoje somente um voo internacional operado pela TAP até Lisboa. vale lembrar que o terminal acaba de inaugurar uma loja free shop, operada pela Dufry, A falta do atrativo era um dos empecilhos apontados pelas companhias estrangeiras.

Além das duas companhias com negociações em andamento, em outubro a Aeroportos Brasil pretende apresentar o Viracopos para outras empresas aéreas do mundo todo durante o fórum World Routes, em Las Vegas. “Queremos nos tornar um hub para voos com origem ou destino na América Latina”, disse Margarido.

O grande entrave para o crescimento de Viracopos, continua sendo a falta de transporte público ligando o terminal a São Paulo. TAP e Azul mantêm ônibus gratuitos para atrair passageiros, mas é difícil que outras companhias adotem a tática: “O acesso à Viracopos é para nós uma questão fundamental”, disse Margarido, observando que, por enquanto o aeroporto é servido por ônibus fretados. “Com os sucessivos atrasos no processo de licenciamento do trem-bala, a nossa grande esperança agora é o trem regional.”

Saiba mais sobre as obras de ampliação de Viracopos.

Com informações do Wall Street Journal, Nasdaq e agência Reuters

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Cristiano Oliveira

    Eu só troco GRU por VCP se a tarifa do voo for melhor!

    • Fernando

      Finalmente irá acabar esse domínio da Azul em Viracopos. Só tive problemas com essa companhia aérea.

      • mariostefa

        Em defesa da Azul, já fiz diversos voos com ela, e por enquanto nenhuma queixa.

      • Viajo quinzenalmente pela Azul e tenho grande sucesso, dificilmente tenho problema!

  • Diminuir os preços?? Uma tarifa que custava 89,00 comprada 30 dias antes do voo hj custa 219,00 (VCP-BSB)… o que aumentou tanto assim? E não é só a Gol.. a Tam foi pelo mesmo caminho….

    • Dênis Colli

      Em qualquer empresa a regra é praticamente a mesma.
      Quanto maior a urgencia do voo, maior a tarifa, não somente em VCP…
      Qualquer cia aerea trabalha com a mesma regra em qualquer aeroporto do mundo.

    • é a lei da necessidade.

    • Carina

      Pior é que isso nem é regra! Estou vendo vôos de GRU p/ IOS e o preço está diminuindo!

  • Êh isso aí, concorrência sempre êh bom, se Viracopos nao atrair publico da capital, ao menos nao perdera passageiros das cidades vizinhas

  • Renato

    Isso é ótimo para tirar o monopólio da Azul

  • Bruno

    Para quem é de outras cidades e necessariamente precisa fazer escala em GRU para um voo internacional seria uma ótima opção se tivesse preços mais em conta. Melhor ainda seria se a Azul fizesse um codeshare com alguma empresa aérea para voos internacionais.

    • robert

      dificilmente isso irá acontecer… A azul não trabalha com bilhetes aéreos somente ticket less o que impede a grandes cia de conseguir acesso ao sistema dela pois outro detalhe importante ela nao usa GDS, software de gerenciamento de bilhetes das grandes Cias como Amadeus Sabre e Galileu.

  • Viajante

    Quanto mais empresas internacionais por Campinas, melhor !! Sentindo falta da Pluna diretinho pra Montevidéo e da Gol até Buenos Aires !

  • Fred K. Chagas

    se é para ter escala que seja esse aeroporto ae do nome esquisitão. Pior que aquilo que tem lá em guarulhos decerto não é. Mas que um voo direto aqui pro Rio é melhor, isso é inequívoco.

  • jorge moraes

    Campinas e região não têm pax suficientes pra aumentar a demanda em VCP. Então, a administradora do aeroproto vai tentar "garimpar" pax em SP, ridículo. Totalmente sem noção. Antes da concessão de GRU, até daria certo, mas agora com o mega aeroporto que GRU vai se transformar, nenhuma cia aérea internacional de nome vai querer ficar fora dele. E ainda corre o risco de a AZUL cair na real e transferir seu HUB de Viracopos para Guarulhos.

    • Rubens de Freitas

      Colega, veja bem que a idéia é transformar VCP em um HUB, e não necessariamente destino final.

      • jorge moraes

        Rubens, GRU é o dois ao mesmo tempo: HUB e destino final. O máximo que VCP vai conseguir ser é alternativa pra quando GRU estiver com mau tempo. Nada mais.

    • geoshina

      Mas vai atrair todo o interior de São Paulo, na minha opinião. Trocaria fácil fácil GRU por VCP. Sou de São José do Rio Preto.

    • Leonardo Pereira

      Falar que Campinas não tem passageiros suficientes para fazer VCP crescer é não conhecer a realidade da região. A Região Metropolitana de Campinas tem quase 3 milhões de pessoas, 10% do PIB do país, a maior concentração de indústrias de alta tecnologia, uma das melhores universidades do país, e um entorno de cidades suficiente para manter o crescimento. Sem esquecer que para o turismo temos o circuido das águas e das flores aqui na região, com vários eventos anuais importantes. E quem é do sul do minas ou do interior de SP, faria qualquer coisa para evitar a grande São Paulo. Acredito que você está enganado achando que VCP não conseguiria concorrer com SP. Sair da zona oeste até GRU leva quase 1h em horário de pico, o mesmo tempo até VCP, por exemplo. Somando a isso, VCP tem espaço e projeto para 3 pistas, além de um modelo aeroporto/indústria com várias empresas dentro de suas dependências, é o maior aeroporto de cargas em importação… acredite, somando isso tudo que falei, é volume suficiente de passageiros para garantir que seja um dos maiores aeroportos do país.

    • Arthur

      O mercado consumidor do interior de SP já é superior ao da região metropolitana e do litoral somados. Praticamente todo o interior de SP preferirá pegar um avião em VCP do que atravessar a marginal Tietê até Guarulhos. Além disso, para quem vem dos outros estados e países da América Latina com destino final na Europa ou nos EUA, e precisam passar por SP, tanto faz fazer escala em VCP ou GRU e, por isso, existe demanda sim para um HUB internacional. Por fim, GRU não comporta uma terceira pista, ou seja, em pouco tempo, ainda que seu novo terminal seja grande, alcançará sua capacidade máxima e, então, apenas VCP terá capacidade para absorver a demanda excedente.

      • mariostefa

        só complementando sua opinião. em Alphaville/Barueri, tem muitas empresas e ou escritorios de empresas multinacionais e a distancia de lá para Viracopos é coisa de 40 minutos, ao passo que se fosse para deslocar ate Guarulhos, com muita sorte(transito bom)vc faz em 1 hora. Então acredito que Viracopos será a grande alternativa.

      • jorge moraes

        Que história é esta de Campinas e região ser um mercado maior que SP, grande SP e litoral juntos? Sugiro que vc estude um pouco mais, ou consulte as estatísticas do IBGE. Viracopos perde pra Guarulhos até mesmo em CARGA. Se não acredita pesquise no site da InfraZero (estatísticas) e verá que em carga, GRU é primeiro, VCP em segundo e Manaus e, terceiro.

        • Luiz

          Não Campinas e região, mas o interior como um todo!
          Não tem aula de leitura em GRU?
          Se tiver, se inscreva.. E assim como várias empresas estão preferindo o interior para se instalar, muitos passageiros também prefeririam! Questão de tempo. Aguarde e verá nestes gráficos que tanto fala.

  • Tomara que vingue!

  • Marcos Sobral

    Legal. Quando colocarem o trem bala ficará muito bom para quem for do Rio do SP, além de melhorar a concorrência!

    • Régis

      Trem bala não vai sair amigo, esquece… Não é viável economicamente, por isso não atrai interessados.

      • jorge moraes

        Este discurso ultrapassado me parece de um velho burocrata da InfraZero. A realidade é bem outra. A terceira pista de GRU não foi descartada pela concessionária, no momento certo ela será feita, mesmo com desapropriações. E não é porque vc é do interior de SP que fala em nome de todos que moram lá. No máximo que VCP conseguirá , será pegar as sobras de GRU, e mesmo assim daqui uns 30 anos.

        • Luiz

          Sonha…
          Em breve nos veremos em Viracopos!

  • Sérgio

    Vai ser ótimo, mais infraestrutura e mais opções de voos para nós brasileiros! Temos que sair do subdesenvolvimento…

  • Realmente um transporte eficiente interligando CPQ à capital é de fundamental importancia. Nao dá pra confiar em modal sobre rodas, uma vez que a cidade de São Paulo quebra recordes de congestionamentos constantemente e agora com as manifestações se tornando comuns, fica dificil se programar pra fazer todo o trajeto mesmo com segurança de tempo. Lembro das minhas 4h de viagem no bus da GOL saindo de GRU pra CPQ…

    Em "Ale´m disso" dar uma arrumadinha 😉 Texto digitado em mac dá nisso mesmo as vezes kkkkkkk

  • Cesar

    Está na hora da Azul ter concorrência direta, pq seus preços são absurdos!!!

  • Paulo

    Para quem não é de SP ou RJ e precisa de conexão para voos internacionais é interessante ter uma opção a GRU e GIG. No caso de um hub, para quem está em trânsito, não interessa muito a localização, mas sim o conforto que terá durante a espera entre voos.

    • Paulo

      Está na hora dos paulistanos perceberem que não são os únicos brasileiros que voam de avião. Guarulhos é o único hub para o centro-sul do Brasil, mas se VCP se desenvolver, o pessoal aqui do sul certamente voará pra lá, via Azul. E para quem diz que a Azul tem monopólio em Campinas, dirão o que da TAM e GOL em Congonhas?

    • Amarildo

      Tem o aeroporto de Itanhaem

      • GUTÃO

        Ubatuba também !!

  • João Vitor

    Receio que sao Paulo e regiao fiquem “superofertados” de voos, uma vez que projetam uma demanda de 80 milhões de passageiros para viracopos e 65 milhões para guarulhos. Sinceramente, enxergo muito mais potencial em Belo Horizonte e Brasília. a primeira possui uma populacao tres vezes maior que a da regiao de campinas e possui localização geográfica mais privilegiada para realizar conexões, e a segunda possui Muito espaco para crescer no futuro e é super bem localizada, o que ajudaria muito a desconcentrar os vôos do eixo RJ-SP e diversificar a malha aérea brasileira. Além disso, o próprio Galeão, após a provatizacao, tem potencial para se tornar o principal aeroporto da america latina

    • Thiago Castro

      Se localização geográfica realmente fizesse a diferença, todas as estrangeiras escolheriam HUB em Manaus, Belem ou Natal. O importante é a infraestrutura (que Campinas e região tem mais que BH e BSB) e a possibilidade de crescer.

      Claro que eu tb gostaria de diversificação na malha aérea brasileira, mas isso é coisa pra muitas décadas ainda.

  • Interessante que todo mundo reclama de Gru, só que quando aparece uma alternativa aparece um monte de gente colocando defeito, o povinho que reclama de tudo!!!!!!!!!

    • Joao

      #Fato!

  • Camila Gomes

    Eu não viajo TAM e Gol por Campinas porque não tem ônibus levando até lá como faz a Azul… Quando meu voo é Azul, vou sem problema, moro perto do Terminal Barra Funda e é menos trabalhoso do que ir pra GRU

  • Rodrigo

    Será muito bem vindo mais opções de voos. Com mais concorrência maior a probabilidade de diminuir a tarifa.
    Gosto muito da Azul, na minha opnoão é a melhor companhia aérea no momento. Moro a 10 min do aeroporto de VCP e para mim será ótimo toda essa variedade e principalmente a vida de voos internacionais.

  • Vitor J. Nunes

    G1
    27/08/2013 22h13
    Azul planeja criar rota comercial no aeroporto de Guarapuava, em 2014
    Empresa demonstrou interesse, mas aeroporto precisa passar por reformas.
    Quinze cidades do Paraná devem receber investimento do Governo Federal.

    Do G1 PR, com informações da RPC TV Guarapuava

    A empresa Azul Linhas Aéreas demonstrou interesse em implantar uma linha de voos em Guarapuava, na região central do Paraná. A rota dos voos regulares a serem implantados na cidade deve ser de Guarapuava a Campinas, no interior de São Paulo.

  • Vitor J. Nunes

    Técnicos da empresa devem ir à cidade para fazer um levantamento sobre quais obras serão necessárias no aeroporto do município. De acordo com a empresa, dependendo das negociações, os voos podem ser operados logo no início de 2014.

    A administração do aeroporto de Guarapuava informou que algumas obras já começaram a ser planejadas, como a reforma do terminal de embarque e desembarque, instalação de aparelho de raio-x e detector de metais. Além disso, a pista será ampliada de 1.600 metros para 1.800 metros de comprimento.

    Também há expectativa sobre a instalação de um terminal de cargas no aeroporto da cidade. “Começamos a incentivar também uma nova cultura de uso deste novo modelo de transporte. Isso é importante e nós sabemos que a classe empresarial vai ser muito beneficiada”, declarou o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig), Eloi Mamcasz.

  • Vitor J. Nunes

    A instalação da companhia aérea em Guarapuava gerou expectativas em vários setores.
    O secretário da Indústria, Comércio e Turismo do município, Sandro Abdanur, contou que a prefeitura já começou a planejar uma melhora na estrutura dos potenciais turísticos da região.
    Dono de uma agência de turismo da cidade, Douglas Vieira aposta em uma melhora no setor turístico, depois que os passageiros de Guarapuava deixem de depender exclusivamente dos voos que saem de Curitiba para o resto do Brasil. “Hoje a gente fala que a saída é de Curitiba ou Londrina, que são as cidades mais próximas, mas a gente pode falar que tem um voo saindo de Guarapuava e isso é bacana”, avaliou o empresário.

    O empresário Luiz Homero viaja a negócios para São Paulo uma vez por mês e acredita que a novidade vai facilitar para muitos empresários de Guarapuava. “A gente só vai uma vez por mês justamente por causa da dificuldade, se tivesse essa linha poderia aumentar o número de viagens e, ao mesmo tempo, São Paulo é ponto de partida para outros lugares do país”, considerou.

  • Vitor J. Nunes

    Investimentos federais

    No final de 2012, o Governo Federal anunciou um investimento de mais de sete milhões de reais para a construção de aeroportos regionais. Quinze cidades do Paranáx devem ser beneficiadas.
    Além de Guarapuava, as cidades paranaenses Bandeirantes, Campo Mourão, Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Londrina, Maringá, Paranaguá, Pato Branco, Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Toledo, Umuarama, União da Vitória devem receber o investimento.

    O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), afirmou que o governo está à disposição da companhia para discutir quais serão as necessidades de melhor estrutura do aeroporto para que a empresa passe a operar em Guarapuava. “É importante porque contribui também para um desenvolvimento econômico mais acentuado de Guarapuava e região”, pontuou o governador.

  • Certos estão eles. Enquanto isso, o Galeão fica ainda mais abandonado com o ritmo de lesma da paquidérmica Infraero.

  • Carina

    São José dos Campos tb está a 1h de SP, o aeroporto daqui em uma das maiores pistas do país, recebe até o gigantão Antonov. Azul opera aqui muito porcamente com poucos horários para BH e Curitiba. É um terminalzinho de passageiros muito sem vergonha. A região do Vale do Paraíba tb tem potencial, merecia um terminal mais adequado. Obras de melhoria ficam só na politicagem. No fundo mesmo, acho que Embraer e CTA é que não querem ver seu aeroporto "particular" invadido por "estranhos".

  • Junior

    Chamar Viracopos de aeroporto é exagero… aquilo lá é uma rodoviária de quinta categoria!

    • jorge moraes

      Concordo plenamente.

    • João Oliveira

      voce esta sabendo do terminal pra 14 milhões de passagerios que vai ser concluido em 2014???Procure se informar, tem muitos videos no google, é tão simples. Esse Jorge Moraes sempre questionou viracopos, vai quebrar a cara…Viracopos esta localizado numa Rodovia de alto nivel, no maior entrocamento rodoviario do Pais e pode ser opção de embarque pra uma população de 10 milhões de habitantes. A influencia de viracopos abrange a região mais rica do interior do estado de são paulo. O CRESCIMENTO DE VIRACOPOS É UM FATO IRREVERSIVEL, QUER GOSTEM OU NÃO…

  • Instalações de Viracopos serão voltadas para sustentabilidade
    As modernas e novas instalações do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), serão voltadas para a sustentabilidade e aproveitamento da luz solar. Além disso, o…
    13/12/2013
    Viracopos terá investimento de R$ 7,4 bilhões até 2043
    Os investimentos no novo terminal do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), são de R$ 2 bilhões, valor que deve aumentar para R$ 7,4 bilhões até 2043,…
    12/12/2013
    Viracopos será o único com três pistas
    O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), terá um diferencial, segundo o presidente da concessionária, Luiz Alberto Küster, ele será o único aeroporto do país com três pistas.