Tap Portugal anuncia mudanças em seu programa de fidelidade Victoria

João Goldmeier 14 · dezembro · 2017

Ontem a Tap Portugal enviou um e-mail aos assinantes de sua lista falando em mudanças no programa Victoria, sem dar muitos detalhes. Como a cia aérea tem sido alvo de críticas pela cobrança do adicional de combustível nas emissões de bilhetes com milhas, entramos em contato para saber se as mudanças teriam relação com essa cobrança ou não. É o que você confere agora.

O e-mail fala em mudanças no programa Victoria mas a única informação que ele traz é um desconto de até 17% nos bilhetes com origem no Brasil utilizando o produto Miles & Cash:

Trata-se de uma primeira mudança de uma reformulação maior que deve ocorrer no primeiro semestre de 2018, mas a cia lusitana não quis adiantar se isso significaria a adoção de um modelo de acúmulo baseado no valor gasto no bilhete (“revenue based”) ou mesmo o abandono das tabelas de prêmios fixas para adoção do sistema flutuante.

Certo mesmo está que os bilhetes emitidos com milhas de voos partindo do Brasil (também vale para bilhetes ida e volta) passam a contar com um desconto de até 17% no número de milhas que era cobrado até então.

A implantação deste novo preço foi o que causou a indisponibilidade momentânea de voos para emissão com milhas no mês passado, noticiada por vários de nossos leitores.

Ocorre que o desconto não livra o consumidor do pagamento do que até então se chamava de adicional de combustível e que agora de “complemento Miles & Cash” – que possui o mesmo valor do adicional de combustível.

E aí, o que acharam das mudanças? E o que será que vem por aí em 2018?

Autor

João Goldmeier - Editor
  • Albino

    Continuam com a palhaçada da taxa de combustível, sobretaxa transportadora, Miles&Cash e qualquer outra denominação que venham a adotar ao bel prazer da Tap nas próximas semanas.
    Ilegal e imoral, essa cobrança não deve passar desapercebida por nós, consumidores.
    Quem puder evitar a companhia, evite.
    Quem não puder ou não quiser evitá-la, como eu, ao comprar a passagem entre com uma ação judicial no dia seguinte pedindo a devolução em dobro do valor pago, devidamente corrigido.
    Existe vasta jurisprudência para isso. Não podemos deixar esse absurdo prosperar.
    Igualmente, quem puder denunciar essa prática à Anac e Ministério Público, o faça. Juntos, conseguiremos combater esse absurdo que, se deixar solto, vai ser cobrado por todas as companhias.

    • marcosvalenca

      Boa, Albino. Concordo em número, gênero e grau.

    • Marcelo Wrobel

      Por favor Albino, me de mais detalhes sobre a ilegalidade da cobrança. Estou no Rio, e tenho interesse em entrar na justiça contra cobranças abusivas.

  • Diego Marques

    Os textos do MD poderiam ter mais visão crítica como ocorria antes. Pena =/
    .
    A TAP estimulou toda uma transferencia e usa artifícios para enganar os consumidores.
    Espero que no final ela pague alto esse preço e perca clientes…

  • Ranieri Vieira

    Da TAP não se pode esperar nada de bom.
    Vamos ver qual será o embuste dessa vez.

  • João

    Oi Marcio, falamos sobre isso no post sobre o adicional de combustível.

    • Marcio Correa

      Verdade João, mas não resisti em refrescar a memória do pessoal da TAP que certamente lê o MD 🙂

  • Rômulo Valença Jr.

    Parabéns pela clareza do seu relato, José!!!

    • José Luiz Tarsia

      Obrigado Rômulo !! É uma questão clássica de abuso com o consumidor.

  • Marcio Correa

    Falando em TAP, não devemos esquecer que a Azul tem grande participação na mesma, salvo engano um ex executivo da Azul esta na TAP hoje. Então, para bom entendedor e como dizem aqui em Minas, “um pingo é letra”….

  • Albino

    Infelizmente a taxa para pagamento com cartão de crédito não é ilegal, pois tem respaldo na Lei 13.455/2017.
    Mas qualquer taxa cobrada pela companhia para lucro dela é ilegal.

    • Marcio Correa

      Realmente, tem base legal, mas vejamos por outro lado, o lado do consumidor. Há anos não era cobrado, então certamente este valor, que é custo, era repassado ao passageiro no preço da passagem. Agora que esta cobrando, não seria o caso de descontar este custo na composição do preço do bilhete? Esta parecendo o caso da cobrança de bagagens, eu, sinceramente não vi redução nos preços. Acho prudente também avisar que a partir da “data tal”, será inserido este custo nas emissões por cartão de crédito, quando do pagamento do bilhete. O que, não tenho estatística, mas imagino que mais de 90% paguem assim.

  • José Luiz Tarsia

    Pois é Marcio… Bela analogia. Fazendo com nós brasileiros, novamente o imposto do quinto !!! Vamos aguardar pra ver as cenas dos próximos capítulos.

    • Jorge Salgado

      o quinto do tempo da monarquia, correspondia a 20%…agora pagamos quase 40%…estamos, a esse nível, muito melhores agora…kkk

      • Marcio Correa

        Isto é verdade, bons tempos do quinto, rs.

  • Ranieri Vieira

    O teu comentário se desculpando da duplicidade foi em duplicidade.

    • Marcio Correa

      Verdade, rs, foi em “triplicidade”

  • Marcela

    Aguardando ansiosa a TAM começar operar Lisboa direto de Guarulhos! Alguem sabe se demora?

    • Marcio Correa

      Eu também, mas precisamos de mais, a TAP esta sozinha em muitos aeroportos, indo para Europa. Mas já é um começo. 🙂

    • Fabiano Rei Dos Micos

      Para mim será indiferente, pois a colônia portuguesa no Rio é imensa,porém mais uma vez, a TAM mostra desprezo pelo Galeão.

  • Marcela

    Estranho mesmo! Inclusive o voo direto bh-Lisboa não aparece no smiles. Não sei se ligando lá tem mais opções. Na latam às vezes o voo direto da American tb só por telefone…

  • Gabriel Maxi

    e imaginar que quase o grupo da avianca teria comprado a TAP e com certeza isso nao estaria assim desse jeito! uma pena msm que a avianca nao tenha conseguido a tap, e o pessoal ainda comemorou que o grupo da azul conseguiu!!

  • Demétrius

    Eu também estou parado com 180 mil milhas na TAP. Estava planejando uma viagem para Portugal para mim e minha esposa para o ano que vem ou no próximo em classe executiva, mas caímos numa cilada daquelas. Acredito que teremos que adotar essa medida mesmo, emitir as passagens, e depois solicitar o reembolso em dobro da taxa de combustível.

    • José Luiz Tarsia

      Pois é Demétrius…. Se não me engano, a taxa do Miles&Cash (acobertada taxa de combustível) é proporcional ao valor em milhas das passagens. Ou seja, caso vá de executiva, a taxa de combustível é praticamente o dobro. Mais uma bola fora da empresa.

  • alexandre

    E a Azul que também cobra um valor chamado de “taxa de conveniência” para voos com milhas? Alguém sabe se isso é também ilegal?

    • Fabiano Rei Dos Micos

      Só para passagens não comprada pelo aplicativo,mas do que adianta não pagar se a quantidade de milhas no tudo azul são um absurdo,as vezes,o dobro do multiplus?

  • José Luiz Tarsia

    Pois é Diego…. Vamos aguardar se haverá punição, o que acho difícil !!

  • Fabiano Rei Dos Micos

    Em dinheiro está barato,e muito,cobram menos de em a Lisboa,enquanto a Air France,a Britsh ou a Ibéria cobram muito mais.

  • Izabel Camilo

    Com todas essas taxas, ainda sim vale a pena emitir pela TAP. Vamos aos cálculos, levando em consideração que cada milha custa 0,035 na promoção, uma ida e volta na executiva está saindo por 95.000 milhas BrasilxPortugal com a nova regra, isso daria R$ 3.325,00 sem as taxas, com mais 396,93 Euros de taxas sairia por mais R$ 1.587,72 (Euro a R$ 4,00 mais ou menos), dá um total de R$ 4.912,72 ida e volta.
    Se formos comprar pela Smiles no mínimo começa por 200.000 ida e volta que dá um total de R$ 7.000,00 Ida e volta sem taxas, se formos somar as taxas irá para que dá mais ou menos R$ 280,00 sairá um valor de R$ 7.280,00 no mínimo. Mesmo com todas as promoções que sai pela Smiles dificilmente sairá mais barato. Lembrando que mesmo transferindo milhas do cartão de crédito junto com as promoções de mais 100% para Smiles, tem que lembrar que cada $ 1,00 gasto você ganho no máximo 3 pontos, se fizermos as contas para chegarmos a 95.000 milhas com gastos no cartão esse valor é um absurdo. Embora eu ache um abuso essa cobrança de taxas pela TAP.

    • Diego Marques

      Então o cliente é obrigado a comprar uma executiva para “valer a pena”? Com esse valor aproximado de R$ 4912 eu emito First Lufhtansa ida e volta… usando lógica de outras programas, como Km vantagens onde da pra comprar 1k por 25 que mantem parceria com a lufthansa mesmo sendo star alliance.

    • marcio

      Pra funcionar tem q ter o TAP/Livelo com 100% bônus, o q acho difícil de acontecer novamente. Pelo q eu percebi a TAP se atrapalhou na concessão desse bônus e quando viu q o presente era bom demais passou a inventar essas taxas.

      • Izabel Camilo

        Se você conseguir comprar milhas Livelo com 50% de desconto ainda vale a pena a transferência.

        • marcio

          Mas não sai 95 mil milhas ida e volta a executiva. Pela nova tabela foi encontrado 75 mil a perna o q daria 150 mil ida e volta (info de outro blog famoso). Se houver 95 mil ida e volta valeria a pena realmente.

    • Tarcísio Medeiros

      Sorry, mas essa conta tá completamente errada. Primeiro que não é tão difícil conseguir Smiles por R $0,02 ou até menos pelo Livelo, por exemplo. E nunca que são 200.000 no Smiles. Económica se acha por 80.000 ida e volta ou uns 100~120.000 em executiva, o que daria uns R $2.000 pra R$2.400. Pagar R$3000 pra ir pra Portugal é caríssimo.

  • Marcela

    Obrigada! Uma pena não conseguir o voo direto.

  • Rodrigo Ribeiro

    Mas os voos já apareceram novamente? Não consegui achar nada saindo de Brasília pro ano que vem.

    • Albino

      Tente de outras cidades

  • RABUGENTO SFQNS

    Eles aprenderiam se lessem os comentários feitos no MD. 😉

  • RABUGENTO SFQNS

    Nada mais que pura safadeza.

  • Edmara Carvalho

    E vc pensa em vender esses pontos/milhas?

    • José Luiz Tarsia

      Pensei em certo momento Edmara, até saber que ninguém mais no mercado de milhas se interessa pelas milhas da TAP por ser uma emissão muito mais cara que as outras empresas após essas taxas de combustível.

  • marco

    Quem faz o preço é a demanda. Comprei em maio pela Ibéria, conheci Madri e Barcelona, voei interno pro Porto low cost e a TAP não viu R$1,00 meu. Mudem de companhia pra eles refletirem com a baixa frequência.

  • José FrancoeCosta

    Tarcísio. Como conseguiu emitir? Por telefone? Qual? Tento entrar em contato há 6 meses e não consigo. Desisti e comprei por outra cia mesmo tendo 280k milhas na TAP.

    • Tarcísio Bezerra

      0800 0258638

      Bom, deu um trabalhinho, liguei algumas vezes na mesma tarde, minha dica é você dar uma janela de datas, é pedir para o atendente procurar, se tiver com ma vontade desliga e liga novamente. Liguei 4 vezes, uma atrás da outra, 1ª caiu 2ª e 3ª não havia disponibilidade na 4ª a atendente foi super gentil, educada, paciente e emitiu minha passagem.

      • José FrancoeCosta

        Obrigado pela dica. 👍

  • Thiago

    O bonus da promoção desse ano eu acho que só valia por 1 ano

    • Tarcísio Bezerra

      Houveram 2 promoções, da TAP com 100% de bônus, uma valiam por 3 anos e outra o bônus valia apenas para um ano.

  • Eliana Pássaro

    Bom dia!
    No Apple não aprece a opção “utilizar milhas” na hora de procurar voos.
    Como vc conseguiu?

  • Alexandre

    Tarcísio, conseguiu com qtos meses de antecedência?

    • Tarcísio Bezerra

      Alexandre, emiti para o final de 27 de fevereiro, um pouco mais de 2 meses de antecedência. Mas entenda, que eu tinha em flexibilidade, poderia ser do início de fevereiro (data mínima de saída) até final de março (data máxima de retorno). Além disso queria pegar EUA + um país, que poderia ser Canadá ou Panamá, por muita sorte, bateu certinho o que mais queria Canadá. E para conseguir, tudo isso, tive que pegar o voou saindo de GRU é preciso comprar um trecho interno NY – Montreal.

      • Alexandre

        Entendi. O lance é ter uma certa flexibilidade mesmo. Fica mais fácil achar algo. Valeu

  • carlos Otávio Oliveira

    A Tap de fato piorou muito . Em Fortaleza temos a alternativa agora da Joon que certamente fará com que Portugal
    Perca bastante do fluxo de brasileiros.

  • Marcelo Wrobel

    A TAP VICTORIA é o maior exemplo de falta de respeito ao consumidor. Estimularam varios consumidores a transmitir pontos de programas de fidelidade (Livelo, etc…) e logo em seguida cobram valores absolutamente surreais. Acabei de emitir uma passagem SOMENTE DE IDA do Rio para Barcelona, em executiva com milhas. Me cobraram 316 EUROS (R$ 1.300). É Isso mesmo R$ 1.300 reais para emitir uma perna para Europa. Uma vergonha !!! Liguei para a TAP e me informaram que a cobrança era legal. A COBRANÇA É IMORAL !!! Vamos divulgar em todas as midias… A TAP VICTORIA É UMA VERGONHA !!!

    • Albino

      Entra com uma ação pedindo a devolução em dobro, Marcelo. Não precisa de advogado, é só ir no juizado especial.

  • NTC

    Tendo como presidente um brasileiro, ex-VARIG, era de se esperar…

  • Marcelo Wrobel

    Obrigado Albino ! Vou entrar com processo. Abs !

  • Henri

    TAP pode falir queridinha …

  • Jorge Salgado

    …a tap é uma companhia de bandeira. 49% do capital é do estado português mas o dono de 51% do capital é um brasileiro, por acaso, o mesmo dono da azul…então, quem faz estas “gracinhas” não são os mesmos que cobravam o quinto…esta lógica de cobrar por nada é muito mais brasileira e atual, que portuguesa antiga…rssss
    …mas a culpa do atual estado do país é, continua a ser, claro, do português…

    • Marcio Correa

      Retirado da Wikipédia: “Após as eleições legislativas realizadas a 4 de Outubro de 2015 e com a entrada em funções do novo governo liderado por António Costa, a 26 de Novembro de 2015, o novo governo PS, apoiado pelo Bloco de Esquerda, PCP e PEV, procedeu de imediato ao processo de “trazer de volta” a maioria do capital da TAP para o Estado Português. A 6 de Fevereiro de 2016, o Governo assinou o acordo com o consórcio privado que detinha então a maioria das acções, de forma a que a companhia área voltasse a ser controlada maioritariamente pelo Estado. Para conseguir voltar a ter a maioria do capital accionista da TAP Air Portugal, o Estado Português pagou ao consórcio 1,9 milhões de euros. Desde então, a estrutura accionista da TAP Air Portugal é controlada da seguinte forma: 50% pelo Estado Português, através da Parpública, 45% pelo consórcio privado Gateway, com o Grupo Barraqueiro de Humberto Pedrosa e o Grupo David Neeleman, e os restantes 5% continuam na posse dos colaboradores e funcionários da TAP Air Portugal”. Portanto, a Azul não é dona majoritária da TAP.
      Não obstante, e como cidadão Português que sou, a culpa nunca será do Português, povo honesto e trabalhador. Estas cobranças, impostas a nós consumidores, são feitas pelas empresas ou governos, como aos Portugueses, que pagam um dos IVA mais altos da Europa. Assim como os Portugueses, o Brasileiro não cobra por nada. Não devemos confundir o “povo” com as empresas e os governos. O imposto de quinto, não era cobrado pelo Português, e sim pela Coroa, que não repassava seus benefícios ao povo. Em tempo: a Azul não cobra, pelo menos por enquanto, a taxa de combustível ou qualquer outro nome que deem. Quanto a afirmação que a culpa atual do estado do país ser do Português, “posso não concordar com uma palavra sua, mas defenderei até a morte seu direito de dizê-la,” (Voltaire)

  • André

    É impressão minha ou o Smiles aumentou descaradamente a pontuação de milhas para voar via TAP. Tinha pesquisado semana passada para voar Recife – Lisboa em Maio ou Setembro 2018 a pontuação geralmente era 55k na econômica e 67k executiva e agora estão cobrando “apenas” 80k a 112k na econômica e na executiva sumiu. Assim fica impossível voar com a TAP utilizando Smiles.

    Mais alguém observou isso?

    • Capela

      Eu mandei esse informação pelo chat. Verifiquei q isso aconteceu depois q a TAP adicionou mais frequências para os meses de de Jul a out. Ou seja, tem mais voos e ficou mais caro. PQP