Passageira relata como foi voar pela Azul

Leonardo Marques 2 · fevereiro · 2009

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Em meados de janeiro convidei uma passageira da Azul para relatar a sua experiência de fazer seu primeiro vôo pela Azul. Ela aceitou e hoje estou publicando aqui o relato dela. Essa passageira é a Bia Kunze, muito conhecida na Internet como Garota sem Fio, nome de um dos seus blogs.

A compra da passagem foi pela Internet e foi tranquila, a confirmação veio por email, até aí tudo padrão.

No dia da viagem, 17/01/09, sábado, cheguei no aeroporto (Curitiba) 40 minutos antes. A fila do check-in estava imensa e não andava. Quando chegou minha vez, o horário do voo já tinha passado, claro, e vi que eles estavam fazendo os cartões de embarque e etiquetando as malas À MÃO! Um funcionário, se desdobrando em mil desculpas, disse que o sistema estava fora do ar.

foto voo azul

foto avião azul

O voo saiu uns 20 minutos atrasado, mais uma vez o comandante se desculpou pelos transtornos e a viagem foi bem tranquila. A aeronave era bonita, limpinha e ainda com cheirinho de nova … As comissárias foram muito gentis, o serviço de bordo estava perfeito…

Logo no início do vôo serviram um copinho de água mineral. Depois veio o serviço de bordo com opção de salgadinho (batata chips) ou um biscoitinho doce, em embalagem fechada e personalizada da Azul. Como tenho restrições alimentares para esses 2 itens, fiquei só no suco. Havia também refrigerantes.

Esta aeronave ainda não tem as prometidas telas de LCD que a Azul prometeu colocar em todas as suas aeronaves para até o final de 2009 para passar programação de tv a cabo .

Desembarquei em Viracopos e peguei o ônibus gratuito da Azul para São Paulo, descendo no Shopping Villa-Lobos. Durou cerca de 1h a viagem.

Minha volta acabou sendo pela Varig/Gol porque tive que remanejar datas, acabei adiando meu bilhete de volta da Azul para março para não perder a promoção.

Gostei da Azul, em março viajarei de novo e espero que desta vez os cartões de embarque não sejam manuscritos.

Agradeço muito a Bia Kunze por ter feito o relato. Ainda nessa semana iremos divulgar um outro relato de um passageiro que também voou pela Azul.

Caso qualquer leitor queira enviar seu relato de vôo para publicarmos aqui é só mandar para o e-mail contato@melhoresdestinos.com.br que iremos publicar com o maior prazer.

Autor

Leonardo Marques - Diretor do Melhores Destinos
  • Bacana..traz maior competividade nos ares brasileiros.

    Ótima idéia colher relatos sobre, assim, ajudando todos nós.

    Parabéns pelo site/blog, assim como já o sigo no twitter, favoritado o site agora.

  • gostei muito porque informa como a cia azul esta funcionando. Abre-se outra alternativa viajar com
    conforto e com desconto!!! ´voces estão no caminho certo.

  • Muito legal o lance de "crítica" da empresa, principalmente feito por outra blogueira. Parabéns pela idéia e obrigado pelas informações ;]

  • Dirriba

    Acredito que a Azul está se adequando a nova realidade e que vai se dar muito bem. Pelo menos por mim, ela já ganhou 1 pax 🙂

    Gosto muito da proposta dela de serviço de bordo, equipamentos nacionais e acho que vamos ter modificações em breve por parte das outras cias em especial TAM e GOL.

    Lembrando sempre que o pax ao comprar a passagem sempre tem que se atentar ao que deseja. Por exemplo, uma amiga queria o conforto da Azul mas não estava disposta (mesmo com toda as regalias da Azul)a ir até a Campinas para o embarque -em especial de onde sai o ônibus num era cômodo a ela-, queria embarcar em CGH dae complica pois a Azul ainda num opera deste aeroporto e as tarifas ali não são em 90% dos casos das mais competitivas. Acabou por ficar com uma solução intermediária voando pela TAM por GRU (utilizou o Onibus da TAM CGH – GRU).

    Acho que a Azul se daria bem tb colocando ônibus de GRU ou de CGH para Campinas e vice-versa. Com certeza minaria a resistência dela de vez 🙂

  • Patrícia

    Então está tudo ótimo pelo relato, até porque 20 minutos de atraso, infelizmente, para os padrões brasileiros é "normal" e se pelo menos preocuparam-se em pedir desculpas (coisa inédita nos aeroportos quando o assunto é atrasos) para mim a Azul já ganhou muitos pontos.

  • Pingback: Como foi o vôo inaugural da Azul em Goiânia | Melhores Destinos()