Acumule até 56 mil milhas nos voos da Air Canada para Israel com a promoção pontos em dobro do Smiles!

Leonardo Cassol 2 · maio · 2016

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Se você, como centenas de outros leitores, comprou a passagem na super promoção para Israel da Air Canada, fique ligado e veja em qual programa de fidelidade é mais vantajoso acumular as milhas, nesse post exclusivo.

É possível acumular entre 21.728 e 55.956 milhas na viagem completa de ida e volta, dependendo da data do voo e do programa escolhido para acumular as milhas. Nada a mal para quem pagou uma pechincha no preço da passagem aérea, não é? Confira nossa dica e análise!

Onde é possível pontuar das milhas dos voos Air Canada

Inicialmente, precisamos considerar as todas as opções para acúmulo de pontos de voos Air Canada. Entre os programas brasileiros, é possível acumular as milhas voando pela companhia canadense no Smiles ou no Amigo. Entre os programas internacionais, além do Aeroplan (programa de fidelidade da Air Canada), é possível acumular pontos nas companhias membro da Star Alliance, como United (MileagePlus), Avianca Internacionalo (Lifemiles), TAP (Victoria), entre outros menos relevantes para brasileiros, mas que você pode consultar no site da aliança.

Critério de acúmulo das milhas

O critério em praticamente todos os casos é a pontuação pelas milhas voadas. No caso da promoção para Telaviv, temos:

  • Voo (ida): São Paulo (GRU) x Toronto (YYZ): 5.075 milhas
  • Voo (ida): Toronto (YYZ) x Telaviv (TLV): 5.789 milhas
  • Voo (retorno): Telaviv (TLV) x Toronto (YYZ): 5.789 milhas
  • Voo (retorno): Toronto (YYZ) x São Paulo (GRU): 5.075 milhas

Total: 21.728 milhas voadas.

Para calcular as milhas voadas utilizamos a prática ferramenta gratuita milecalc. Basta digitar o código dos aeroportos que ela calcula a distância em milhas aéreas.

Regra de pontuação da tarifa comprada

O próximo passo é conhecer a regra de pontuação da tarifa adquirida. Se você comprou a passagem na super promoção da Air Canada, é quase certo que a sua tarifa será representada pela letra “U”. A tarifa pode ser visualizada no e-mail de confirmação da compra ou no site da Air Canada, utilizando o localizador da viagem. No site da Air Canadá, a tarifa aparece no campo “fare”, na coluna logo depois da “aeronave”, como indicado na imagem a seguir.

air-canada-israel-regra-tarifa

Onde devo pontuar?

Apresentaremos aqui algumas opções que entendemos como mais ou menos favoráveis, mas “o melhor” programa para pontuar será sempre uma decisão pessoal, caso a caso, dependendo do objetivo de uso das milhas, do status do leitor nos programas de fidelidade ou ainda da opinião individual sobre cada programa.

Smiles

Parece a melhor opção para acumular as milhas desse voo. O programa está com uma ótima promoção que oferece o dobro de milhas no acúmulo de voos Air Canada realizados até 19/6. Nesse caso, o acúmulo total será de excelentes 43.456 milhas na viagem (o dobro do total de milhas voadas). Importante: para ganhar os pontos adicionais é necessário de cadastrar na página da promoção antes de voar.

Quer mais? Caso não tenha status no Smiles você ainda pode ganhar bônus de 5 mil milhas de boas vindas à categoria Smiles Prata, que é obtida no segundo trecho de ida da viagem para Israel, e mais 7,5 mil milhas de boas vindas à categoria Smiles Ouro, que é obtida no segundo trecho de volta para Guarulhos, totalizando 12.500 milhas adicionais. Além disso, tem os outros benefícios da categoria Ouro, que oferece 50% de bônus nas milhas acumuladas em voos GOL, até 20 kg ou uma peça de excesso de bagagem em voos GOL, acesso às Salas VIP Smiles e 4 anos de validade para as milhas.

Até aqui estamos somando incríveis 55.956, o que permite resgatar um trecho de ida para a Europa pela Alitalia (35 mil milhas) junto com mais 3 trechos nacionais de curta distância (6 mil milhas cada); ou quatro idas e voltas promocionais para Buenos Aires ou Montevidéu saindo de São Paulo ou do Rio de Janeiro (6 mil milhas cada trecho); ou ainda 9 trechos nacionais promocionais de curta distância (6 mil milhas cada trecho).

Caso o seu voo seja após 19/6, a tarifa U pontua 100% das milhas voadas, então você pode acumular 21.728 pontos, mais os 12.500 milhas adicionais das categorias Smiles Prata e Ouro, totalizando 34.228 pontos, quase suficientes para um trecho de ida para a Europa com a Alitalia (35 mil milhas), ou para 3 idas e voltas promocionais para Buenos Aires ou Montevidéu saindo de São Paulo ou do Rio de Janeiro (6 mil milhas cada). Nada mal, não é?

Amigo (Avianca Brasil)

A tarifa U pontua 100% no Amigo da Avianca Brasil. No entanto, o programa segue uma tabela fica para o acúmulo de voos de parceiros e, nessa tabela, Israel acumula apenas 4 mil pontos por trecho, totalizando 8 mil pontos. Isso seria suficiente apenas para até 2 trechos nacionais promocionais (4 mil pontos cada) nas constantes promoções feitas ao longo do ano pelo programa. Fica muito desvantajoso para os passageiros, por esse motivo não recomendamos a pontuação no Programa Amigo.

LifeMiles (Avianca Internacional)

A tarifa U pontua 100% das milhas voadas no LifeMiles. Então, você pode acumular 21.728 milhas, suficientes para resgatar 4 trechos nacionais dentro do Brasil em períodos promocionais, voando com a parceira Avianca Brasil, ou 1 trecho promocional de São Paulo para Bogotá (15 mil milhas). Tem ainda a possibilidade de usar milhas + dinheiro caso não tenha o saldo suficiente de milhas, o que é um diferencial. Dá pra consultar a quantidade de pontos para outros trechos pelo site.

Não é possível obter nível elite no LifeMiles sem pelo menos 5 mil milhas em voos Avianca. Ou seja, é uma desvantagem em relação aos demais programas.

MileagePlus (United)

A tarifa U pontua 100% das milhas voadas no Mileage Plus da United. Então, você pode acumular 21.728 milhas, suficientes para resgatar 1 trecho de ida para Fernando de Noronha, na parceria com a Azul (12,5 mil pontos). Quem tiver status no MileagePlus recebe bônus equivalente a categoria, que varia entre 25% e 100% nos voos Air Canada.

Não é possível obter nível elite no MileagePlus sem pelo menos 25 mil milhas voadas e um gasto de pelo menos US$ 3.000. Ou seja, é uma desvantagem em relação aos programas nacionais.

Victoria (TAP Portugal)

A tarifa U pontua 100% das milhas voadas no Victoria da TAP. Então, você pode acumular 21.728 milhas, suficientes para resgatar um trecho interno dentro da Europa ou até mesmo um trecho do Brasil para Europa saindo do Nordeste em períodos super promocionais.

Não é possível obter nível elite no Victoria sem pelo menos 30 mil milhas voadas. Ou seja, é uma desvantagem em relação aos programas nacionais.

—-

E aí, onde pretende acumular as milhas dessa viagem? Ficou com alguma dúvida? Comente e participe.

Agradecemos a colaboração do nosso leitor Marcelo Henrique.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos