American Airlines solicita novos voos com Boeing 777 para o Brasil

Denis Carvalho 4 · junho · 2012

A American Airlines solicitou à Anac a inclusão de oito novos voos ligando Brasil e Estados Unidos e a alteração de outros sete. O pedido já havia sido apresentado ao Departamento de Transporte (DOT) dos Estados Unidos em meados de maio, para alterações no mês de junho e novos voos a partir de outubro. Segundo a companhia, o objetivo é aumentar o número de ligações entre os aeroportos de Miami e Nova York e as principais cidades no Brasil.

Com as mudanças, a American deve aumentar o serviço  entre Nova York e São Paulo e entre Miami e Rio de Janeiro. O segundo voo diário entre Nova York e São Paulo deve ser iniciado a partir do dia  1º de outubro com jatos Boeing 777-200. A companhia promete ainda que a partir de 2013 São Paulo será um dos primeiros destinos a receber o novo Boeing 777-300ER.

Já o novo voo diário entre Rio e Miami deve ser iniciado no dia 15 de dezembro e será o segundo horário da companhia entre as cidades. A rota será operada com Boeing 767.

Além disso, o a rota diária  Miami  – Salvador – Recife – Miami deve ser convertida em voos diretos Miami – Recife – Miami e Miami – Salvador – Miami, que serão operados cinco vezes por semana. Se forem aprovados, os novos voos devem ter início no dia 15 de novembro, operados com jatos Boeing 757 ou 767.

A  American também pretende aumentar do número total de voos semanais entre Dallas e São Paulo de sete para 12, a partir do dia 14 de junho. Na mesma data, os voos de Miami a Brasília e Belo Horizonte passarão a ser diários – hoje são cinco e três decolagens  por semana, respectivamente.Como comentamos no post anterior, as mudanças demonstram que os norte-americanos apostam cada vez mais no Brasil como mercado prioritário.

TAM

Quem também deve fazer um pedido de mais voos à Anac é a TAM. A agência governamental alocou à companhia brasileira 15 frequências semanais para os Estados Unidos, além de três para a Alemanha e duas para a França. A TAM tem prazo até julho para fazer a solicitar definindo rotas e horários dos novos voos.

Por fim, sempre é bom lembrar que Brasil e Estados Unidos caminham para o acordo de “céus abertos”, com o aumento do número de voos até outubro de 2015, quando o número de ligações passará a ser ilimitado.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Show de bola! Espero que com o aumento de vôos os preços caiam.

  • Thiago Mattos

    a AA nao estava falindo?? parece que ela esta bem saudavel e operacional ! novos B777 vem ni mim!!!!!!! esotu louco para "testar" essas belezinhas e os A340

  • Ricardo

    Interessante é que a American Airlines que aparentemente se apresentou como uma companhia falida vem dando atenção aos brasileiros, aparentemente uma das metas pra salvar a companhia aparenta ser aumentar a disponibilidade para os brasileiros, se tirarem a obrigatoriedade do visto ai a companhia conseguirá fugir da falencia.

  • Flávio Coelho

    espero que os preços abaixem com o maior numero de voos. e promoções também =D

  • Marco Brotto

    Otima noticia, por conta disso fatalmente teremos promocoes excelentes nesse periodo.

    Alias esta na hora das promocoes p a/gosto comecarem.

  • Michael

    E Curitiba?!?!?!?!?

  • Thiago Castro

    Mais opções: ÓTIMO!!

  • Lauro

    Poderim substituir o 757 da Brasilia-Miami !

    • YuriBF

      Ia fazer o mesmo comentário… Enquanto não substituírem as latas velhas que partem de Brasília, me recuso a embarcar em Brasília. Fora que a alfândega daqui só relaxa para os amigos do Cachoeira! hahaha.

      • Jose

        Já fiz esse voo saindo de BSB pela AA e pela Delta e as aeronaves sāo iguais. O 767 que sai do GIG ou GRU tem o mesmo problema que é: pouquíssimo espaço para as pernas para quem tem mais de 1,90. Na minha opiniāo, o que faz a diferença é a classe do voo e nāo a aeronave.

        • Pedro

          Eu discordo, pois pelo menos o 767 é uma aeronave maior, e por isso é mais estável em turbulências. Fazer uma viagem intercontinental de 757 é ter a sensação que o avião vai cair a qualquer turbulência mínima. E sem contar que apenas 1 corredor atrapalha muito o deslocamento necessário para os passageiros em uma viagem tão longa.

          Para NYC eu estou preferindo enfrentar as 11 horas de voo entre GRU-JFK do que as 8h entre BSB-ATL e uma espera gigantesca. Agora, confesso que na volta mesmo o voo sendo tao ruim com aquele 757 da Delta a melhor opção é ele. Nada como chegar no Brasil direto no seu destino, já que a viagem é super cansativa e no final só queremos chegar em casa.

  • FABIANO MIRANDA

    Esse 2º voo NY-SP-NY que inicia em 1º de outubro, pode nos trazer preços mais baixos, pelo menos no início??

    • Denis Martins

      Pode ser que a empresa faça alguma promoção de lançamento!

  • Danilo Fernando

    Ó-TE-MO!

    Concorrência, cadê você?

  • Tarcísio

    Finalmente! Já deixei de pegar várias promoções por conta da aparelhagem ultrapassada da AA.

    Votos sinceros de sucesso!

  • Bruno Ribeiro

    em vez de aumentar o número de vôos, a AA poderia era melhorar o atendimento de bordo, que foi o pior que já experimentei na minha vida toda!

  • Roberto

    Fui de 757 da DELTA e é muito melhor do que quando fui pela American Airlines…..A DELTA está com TV em todas as poltronas na classe econômica além do avião ser mais bem tratado do que a American Airlines

  • Espero que com o voo direto partindo de Salvador, as passagens fiquem mais em conta 🙂

  • hERMES

    Quando fui para Miami saindo de GRU, detestei o serviço da AA. O atendimento é ruim e as aeronaves são velhas. E nem faz tanto tempo, foi no ano passado. Nem a 1ª classe escapa, somente o espaço é melhor mas hoje em dia 1ª classe sem entretenimento individual…não é primeira classe.

    Para não dizer que estou exagerando, na volta a tampa do compartimento de máscaras que estava acima do meu assento se abriu enquanto a aeronave fazia o taxiamento para decolar. Espero mesmo que enxerguem o futuro e além de aumentar rotas melhorem os serviços prestados que são péssimos e os preços não são os melhores!

  • Ney Virgílio

    Quanto mais , melhor- sem duvidas … Agora vamos torcer para que sejam logo anunciados os TÃO AGUARDADOS vôos de Brasilia para Nova

    Iorque e Paris!!!

  • Wallace/BH

    Pelo jeito não está entre as principais cidades brasileiras…

    Bricandeira Michael !

  • Armando

    Alguém aí veio recente dos EUA pelo RIO. Sabe se a receita, de fato, está apertando na fiscalização?

  • Pedro

    Onde vc viu isso? Seria ótimo BSB-JFK e outra opção pra se chegar na Europa além da TAP.

  • Denise

    Que adianta ter voo direto de ida e volta desde Recife se nao tiram a carcaça de 757 que utilizam…na pior das hipoteses um 767 e se quiserem ter sucesso absoluto nos voos do NE para os USA o must seria um 777 ..se nao for assim continuaremos tendo uma pessima imagem da AA e voando para o sul para voar para os USA

  • Armando, voltei em Abril de Dallas. Juntamente com o meu voo chegaram mais 3 internacionais. Na alfândega só tinha uma funcionária escolhendo quem seria abordado. Super tranquilo.

  • Neide

    Estou saindo de BSB em janeiro para Orlando e NY com minha familia, comprei bilhetes TAM (mais caros) exatamente porque a ultima vez que voei de AA foi um horror! Alem de aeronave velha, sem espaco algum, eu e meus filhos tivemos uma diarreia com a comida. Tambem ouvi dizer que vao acabar com a parceria com o programa SMILES. Alguem confirma a informacao? A parceria com TAM ou SMILES garante milhas para pelo menos um trecho para o nordeste!

    A DELTA peca com a conexao em Atlanta, pois aquele aeroporto eh muito baguncado, conheco varias pessoas que nao encontraram a bagagem nessa conexao, perderam tudo.

    Espero que melhore mesmo os voos saindo de BSB.

  • Matheus

    Ao invés de desintegrar Recife e Salvador a AA deveria colocar um 767 ou um 777 no lugar… :$

  • Denis Martins
  • titobosco

    colocar um 777 para as duas cidades com as paradas acho que o custo eh maior do que colocar uma sucata para cada.