GOL vai voltar a oferecer comida de graça em seus voos a partir deste mês!

Denis Carvalho 3 · julho · 2015

A Revista Época informou que a Gol voltará a oferecer alimentos de graça em todos os seus voos domésticos a partir deste mês. Segundo a revista, a companhia oferecerá um “snack orgânico”, que usa farinha e grãos integrais, tem sabor de “azeite e ervas” e é feito pela Mãe Terra, uma marca de alimentos saudáveis.

Em 2009, a Gol havia parado de dar barrinhas de cereal ou saquinhos de amendoim grátis aos passageiros em praticamente todas as rotas nacionais, deixando só a opção de cardápio pago, o que desagradou a parte de seus clientes.

Novo snack da GOL
Novo snack da GOL

A Gol calcula que vai distribuir cerca de 2,5 milhões de pacotinhos do novo “snack” por mês. De acordo com a Época, a empresa chegou a negociar com a Nestlé e outras fornecedoras de lanches que pudessem ser chamados de saudáveis. Mas optar pela Mãe Terra teve uma vantagem: por ser uma empresa média, ter a marca exposta nos voos foi visto como uma oportunidade de marketing. Por isso, a negociação ficou mais favorável à companhia aérea. “É um custo que vai caber no orçamento já previsto para o ano”, diz Paulo Miranda, diretor de produtos da Gol. Assim, segundo o executivo, o gasto não terá impacto perceptível nos próximos balanços.

Nos últimos anos, companhias aéreas do mundo todo passaram a cobrar por “serviços extras” – não apenas comida a bordo, mas espaço um pouco maior nas poltronas, permissão para levar bagagem extra e até o conforto de não pegar fila para embarcar.  Na Gol, essas “receitas auxiliares” têm crescido em importância. No primeiro trimestre, elas geraram R$ 277,8 milhões, ou 11% das receitas totais, alta de 32,8% em relação ao mesmo período do ano passado. A conta inclui desde os transportes de carga pela Gollog até a venda de malas pela companhia – e, claro, a comida paga.

A reportagem avalia que nos últimos anos a Gol deixou de ser percebida como a opção “low cost” e que o preço de suas passagens se tornou parecido com o da concorrência. Para especialistas no setor, fica difícil oferecer um serviço muito low cost – a ponto de não ter nem a barrinha – quando não se é, de fato, tão low cost. A empresa detectava, em pesquisas internas, a insatisfação de parte dos clientes. Principalmente aqueles que voam pela primeira vez, um passageiro comum na companhia. “Para esses, uma experiência bacana a bordo é ainda mais importante”, afirma Miranda.

Outra questão é que o cardápio pago – que segue existindo – nunca rendeu margens relevantes para a empresa. “Podemos dizer que ele se paga. Mas não produz um lucro que possa ser sentido no balanço”, afirma Miranda. Dessa forma, a vantagem de ter apenas a opção cobrada, do ponto de vista do negócio todo, parecia não cobrir as desvantagens“.

Leia a matéria completa no site da Época.

Agradecemos a dica do leitor Sérgio Sant’Anna

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Felix Junior

    De graça??? Ou na verdade o valor já está pago embutido na passagem?? Nada nesse mundo eh de graça a não ser amor de mãe!!!

    • jajunior

      Pra mim sempre esteve embutido, eles deixaram de oferecer e fizeram economia.

      • Felix Junior

        Com certeza!!!

      • Don Kalima

        O que a galera não entende é que o sistema de venda a bordo também tem custos! Logicamente que a tarifa não iria baixar. A GOL gasta uma nota com o catering do buy-on-board, do sistema de pagamento via satélite, fora toda logística. Isto não é de graça e mesmo com a venda os custos são altos. Pra ter redução visível em tarifas, teria que tirar absolutamente tudo. E outra, não é ter o salgadinho ou não, olhem o absurdo que o governo tributa o setor, principalmente combustível. Nunca vai ter tarifas padrão Ryanair por aqui com o custo Brasil. Acordem, não é ter ou não salgadinho que a tarifa vai ficar cara ou barata. Em tempos, mtas cias aéreas européias viram que é melhor enganar o cliente com um salgadinho vagabundo do que onerar-se absurdamente com o sistema de venda a bordo e catering caros.

        • Henry

          Eu acho que seus argumentos são bem consistentes…
          Aquele monte de produtos que não são vendidos à bordo, porque as pessoas ficam put– da vida de ter que pagar, devem fazer a festa dos comissários quando chega a data de vencimento do produto..
          Ah…3..2..1…mi…mi…mi…

          • Don Kalima

            No internacional o catering vai pro lixo após o término do voo, não sei como é na GOL. É mta comida jogada fora, tudo isso é custo. Avante o salgadinho free!

          • RABUGENTO SFQNS

            Todos esquecem que faturam muiiiiiiiito com as cargas levadas em cada voo e que cargas não comem…

        • Eduardo

          O sistema de pagamento a bordo é off line. Por isso não é possível fazer a débito, só crédito.

    • Papel Aluminio

      Sempre que há promoções de diversas companhias aéreas, eu optava pela Azul e Avianca justamente pelo serviço de bordo. A TAM era segunda opção e só viajo de GOL se não houver outra alternativa. Voo de 3h entre Brasília e Manaus e até o cafézinho eles cobram ¬¬”

  • Antonio Florencio

    Pensei que iriam servir churrasco e feijoada igual a Varig ???

  • Thiago

    Iniciativa louvável, fato raro elogia cia aérea nos últimos tempos.

  • Andre S

    Qual será o percentual de aumento nas tarifas?? Haha

    • jajunior

      Seria pior eles voltarem com o snack e aumentarem a passagem do que ficar sem o snack. Se tem meia dúzia de pessoas razoavelmente conscientes lá eles não permitiriam isso. Então, presume-se que o valor do “””bônus””” sempre esteve embutido na passagem e eles resolveram é economizar.

      • Thiago Castro

        Isso aí é uma pechincha pra Gol. Nunca ouvi falar nessa Mãe Terra e, na verdade, trata-se de a dona do biscoito estar contratando marketing via Gol. Não tem pq aumentar passagem.

        • Henry

          Tb imagino que seja por aí…
          Se bobear a Gol ainda leva um troco para esta famosa desconhecida promover seus produtos à bordo…
          ..3…2…1…mi…mi…mi

          • Marcos

            Não é tão desconhecida assim, Henry, a Mãe Terra já é oferecida no cardápio da Gol, um remix de frutas secas é vendido por R$ 10. Vai, sim, promover mais a Mãe Terra.

  • Marcio

    Será efeito Azul?

  • Christiano

    Já deixei de viajar inúmeras vezes pela gol e optei pela concorrente que oferecia ao menos uma ruffles durante o voo.

    • jose

      só por causa de um ruffles? meu deus!

    • Rafael

      Gol deve estar fazendo campanha de marketing , todos ganham , incluindo consumidores ,mas ressalto aqui a importância de iniciarem aquisições de telas para as poltronas pois é a única que não possui , principalmente em voos internacionais

  • Raoni

    Deixei de voar com essa companhia, que, nos últimos anos, só foi piorando e se tornando a pior do país, pois cobra o mesmo preço ou até mais caro que azul e tam e oferece serviços medíocres e que não atraem o cliente, só afasta! Com esse gesto, é como se fosse uma confissão da visão errada dos últimos anos! Gol, pra mim, nem de graça!

    • jajunior

      que é ruim é, mas eu dificilmente vejo preços maiores que da Azul (essa sim uma companhia bem interessante e moderna)

      • fernanda

        azul….moderna???eheheheh, pq sera??

      • Raoni

        realmente junior, normalmente a azul é mais cara mesmo.. mas eu sempre compro com atecipação de, pelo menos, 1 mês e os preços tem saido bem semelhantes!

    • luis

      Concordei totalmente!Não há cia pode ser pior!A coisa mais interessante é que a GOL emprega as pessoas péssimas para “ajudar” destruir a fama.Kkkkk…

    • Papel Aluminio

      TODOS os últimos voos que fiz pela Gol foram uma experiência PÉSSIMA. Os voos atrasaram, a aeronave teve que passar por reparo, mudaram os portões de embarque diversas vezes…

      Acho engraçado que quando o voo sai na hora, o piloto vem com aquele papinho furado de “Em compromisso com as normas de pontualidade da ANAC, viemos informar que esse voo está partindo na hora prevista”, só que quando atrasam, eles não falam nada (só falaram 1 vez, que o voo atrasou por “motivos operacionais”).

      • Carolina

        Fora o despacho de bagagem que é um inferno!! Em GRU ficou “menos pior” com a abertura do terminal 3, mas, de fato, a Gol é péssima dentro e fora da aeronave. Pior que rodoviária, poucos atendentes, aquela bagunça toda… toda vez reflito se vale a pena pegar a fila de despacho porque, invariavelmente, ficam gritando os voos que estão encerrando. A pessoa fica três horas na fila pra depois ficarem aos berros chamando os passageiros dos voos que estão encerrando o despacho.

        • Yuri

          Hahah voce me lembrou agora da última raiva que tive com a gol.

          Voo de 1h so, sp sc, fui para gru com antecedência pois odeio atrasos e acreditp na responsabilidade individual e que cada um deve prever imprevistos… enfim… estou eu la esperando pacientemente minha vez na fila de despacho de bagagens quando começa essa aberração: passageiros para Manaus? MANAUS? (Gritos e mais gritos) chegam 2 pessoas passam na frente. Ok. Passageiros para Brasília?? Mais 4 pessoas. Passageiros para Rj? Meu Deus. Gritos e pessoas passando na frente o tempo todo,

          Daí sabe o que aconteceu? O voo anterior ao meu começou a atrasar por que passou tanta gentr na frente que os que vieram no tempo certo recomendado começaram a se atrasar. Foram 40 min de fila sendo que nem estava tão lotado. Ou seja, alguém que chegou com 1h de antecedência ficou como se chegasse com 20 min…. brincadeira né?

          Olha, a desorganização dessa empresa está homérica.

    • Claudia Baum Boeira

      Viajei 1 vez de Azul. A economia da passagem tive que gastar para comprar outra mala. Quebraram a minha de modo irreversível e se recusaram a pagar, mesmo eu reclamando ali, na beira da esteira. Nunca mais, o que eu economizei não compensou pois tive que comprar outra mala.

      • Claudia, quando ocorrem danos à bagagem, é obrigação do passageiro preencher na hora do recebimento efetivo da mesma, um Registro de Irregularidade de Bagagem (RIB), onde deverá constar o tipo de avaria relativo à mesma, com uma cópia para a cia aérea e manter outra consigo.

        Se não me engano, a cia tem obrigação em até 30 dias fazer o conserto ou aquisição de nova bagagem com as mesmas características da que foi avariada.

        Recusando-se a cia aérea a preencher tal RIB, então tens que fazer um BO e prestar uma reclamação à ANAC.

        E também não aceite voucher de compensação. Já vi agente da Azul fazendo isto em Santos Dumont. Nada garante q a companhia irá honrar a tal promessa, e geralmente a avaria é mais cara do que um voucher de R$50-R$100 q a cia ofereceria. Ademais, cada RIB preenchido entra nas estatísticas da ANAC, que eventualmente pode aplicar multas ou outras sanções à cia aérea por não prestar um serviço conforme.

        • Claudia Baum Boeira

          Obrigada Carlos, eu não sabia que podia fazer um BO, pois sempre ouvi que não podia sair da área de bagagem. Procurei o funcionário da Azul ali e após uma discussão ele disse que a empresa não iria pagar. Inventou várias coisas, que a mala já estava quebrada, que não tinha sido quebrada na volta a Porto Alegre (detalhe, era impossível andar com a mala, como eu embarquei com a mala assim? obviamente eles teriam registrado no embarque), ou seja, uns pilantras. Eu já tive mala danificada 2 vezes, 1 com a Gol e 1 com a Varig. A Gol me solicitou que eu enviasse para o conserto, o que eu fiz sem problemas. A Varig pegou a mala na minha casa, arrumou-a e a devolveu depois do conserto. Em nenhum caso o conserto ficou perfeito, mas eu sou uma pessoa que entende quando isto ocorre e aceita o que a companhia oferece. Como em nenhum caso a mala era nova, não exigi que fosse me dado uma nova mala. Agora um funcionário, vendo o problema que se apresentava de forma incontestável, se recusar, me agredir em uma discussão em frente a todos os outros passageiros (a minha mala havia sido uma das primeiras a aparecer na esteira), realmente eu fiquei muito chocada. Isto ocorreu há alguns anos, na primeira vez em que eu voava na Cia Azul. Não precisa dizer mais nada sobre a minha opinião desta empresa. Hoje eu me arrependo de não ter levado adiante uma reclamação contra o empregado da Azul, pela sua falta de educação e respeito por um cliente. Felizmente a última vez que viajei despachando bagagem já faz 1 ano. Para evitar que esta experiência se repita eu tendo não despachar mais a bagagem.

      • Claudio Da Silva Junior

        sobre a bagagem, realmente estou observando isto. Minha mala apareceu com uma lasca a menos desta vez. da vez anterior o simbolo do fabricante ficou pendurado (felizmetne um pouco de cola resolveu o problema). a azul não é cuidadosa mesmo com a bagagem.

    • Orem B. Hartuing

      Companhia aérea boa, pra mim, é que tem horário conveniente e preço baixo. Fazendo quatro vôos mensais nos últimos cinco anos, nunca voei de Azul porque, simplesmente, a passagem custa mais que o dobro da Gol ou da Tam

  • jajunior

    Eles leram meu comentário numa das promos de fim de semana e resolveram voltar kkkkkk

  • Roger

    Reclamantes reclamarão…

    • adriana

      Kkkkk e como o povo reclama né? Se não tem comida, reclamam que não tem, se tem, reclamam também! A única coisa que espero de uma viagem é ter segurança e em chegar viva ao meu destino. 😉

  • Renato

    A empresa é péssima pelo serviço em terra e dentro do avião,especial os funcionários mal educados,não adiantar se oferecer um pacotinho de amendoim.A cia é “pobre”de fora e dentro.

    • Maria

      Vai de american airlines pra ver o que é funcionário mal educado… rs

  • ricardo

    de verdade.. nao entendo o desespero da galera com esses mini lanches a bordo. viajo toda semana a trabalho e tanto faz ter ou nao ter. sempre me alimento antes de sair de casa/trabalho pra pegar o voo. alguém aqui por acaso consegue economizar em seu café/almoço/janta porque “vai ter lanchinho a bordo”??… parecem um bando de gordos desesperados pra comer…

    • jose

      excelente resposta

    • Eduardo

      Concordo, não entendo qual é a fixação do povo nesses lanchinhos de avião.

    • Questionador

      Ri muito com o teu comentário!

    • Papel Aluminio

      Eu deixo de comer no aeroporto (fortuna $$) pra comer o lanchinho a bordo…

      • Thiago Castro

        Come em casa que é ainda mais barato…

        • Papel Aluminio

          Não sei cozinhar ^_^

    • Thalitta Sousa

      Kkkk pois é, galera comemorando por um snack

    • Desaret

      Agora entendo pq brasileiro sempre toma na b…. Pra eles tudo ta bom, preço alto, serviço pessimo, sem entretenimento, e se alguem reclama vem um otario como vc e fala q parecem gordos desesperados. Pedir umas coisas basicas nao é ser miseravel nao, nem gordo. Como vc vai conseguir ter um serviço e preço bom, se vc viaja com essa cia q nao oferece nem uma poorcaria de lanche? Se vc come antes de sair de casa, tem outras pesssoas q nao podem e aquele lanche pode fazer diferença sim, na escolha da passagem. É triste como os brasileiros se acomodam com tudo.

      • Thiago Castro

        Uma coisa é exigir um avião novo, seguro, com espaço decente pra acomodar as pessoas, serviço de check-in decente, pontualidade, cordialidade, etc. Tudo isso deve ser exigido e se a empresa não fornece, vamos para a concorrência. Mas lanche??? Fala sério né? Um snackzinho qualquer que não faz a menor diferença. É por isso que o pessoal quer brigar?? Isso é ser acomodado??? Triste vcs…. Eu quero é preço e dignidade. Comida eu tenho em casa!

    • jajunior

      vamos pedir pra não ter então

      abaixo os glutões voadores

    • Carolina

      Ricardo, eu compartilho do teu entendimento, também não como a bordo (até porque sou “chata” pra comer”), mas a questão é de se reconhecer que a Gol reconheceu ser deficitária neste quesito e resolveu voltar atrás.
      Reconheceu (ainda que nas entrelinhas) que não é low cost.
      De fato tem perdido muitos passageiros frequentes (eu não voo Gol, por exemplo, se a diferença por inferior a 50 reais num trecho interno, prefiro pagar mais) e se o objetivo da cia é focar no passageiro que faz a primeira viagem de avião, este usualmente se importa com o snack grátis, né?

      • jajunior

        é uma questão de experiência de voo. para o passageiro frequente tanto faz quanto tanto fez. pra quem tem pouca ou nenhuma experiência e, mais ainda, as pessoas mais simples, qualquer coisa oferecida no avião é um motivo pra voltar a voar. em um voo de 1 hora e meia é necessário ter entretenimento pessoal? não, mas é um atrativo a mais. dar snacks é algo de vital importância? não, ninguém vai morrer de fome, mas é outro atrativo. é o “supérfluo útil” para a companhia. mas mais interessante de tudo é o povo bravo porque alguém quer um lanchinho a bordo.

    • Henry

      3…2…1…mi…mi….mi…
      Talvez você não saiba o motivo das Cias. aéreas terem introduzido o serviço de bordo:
      Distrair o passageiro, desviar a atenção dele.. isto porque, por mais corajosa que a pessoa seja, no fundo sempre temos medo de voar…
      Se vc tira esse momento do passageiro, aumenta a tendência a gerar stress nas pessoas…
      Claro.. isso é coisa muito antiga… mas pode acreditar que o objetivo era este mesmo…
      Parte disso foi substituído pelo entretenimento à bordo.. e existe notícia que a Gol vai implantar a internet gogo à bordo..
      Servir lanchinho não é e nem nunca foi diferencial.. não tê-lo é que era uma anormalidade…
      Então.. voltar a servi-lo, apenas vai trazer a Gol à condição de Cia. aérea, porque estava mais para ônibus do ar…
      Mas.. precisa melhorar e muito, o atendimento em terra.. principalmente se vc tem bagagem despachada…
      A única exceção de atendimento da Gol, justiça seja feita, é quando vc precisa que eles ofereçam atendimento para crianças e/ou pessoas que sejam mais humildes e que sequer sabem chegar até a porta do avião..
      Sempre que minha filha viajava e/ou a empregada de minha mãe ia até o Nordeste visitar os parentes, o atendimento era excelente…atendentes muito gentis e levavam a pessoa até o assento..

      • Diego Saraiva

        juro por deus que nunca ouvi uma pessoa dizer tanta merda sobre o turismo HAHAHAHAHAHAHAHAHHAA

    • Alessandro

      Não entendo a questão a partir dos clientes serem (ou não) “gordos desesperados”, mas pela qualidade do serviço que a Cia Aérea proporciona, e aí entenda a questão do snack. Caso a companhia fosse, de fato, uma low cost, não teria problema algum, como ocorre em outros países. Porém, a Gol está longe de ser uma e seus valores se equivalem aos praticados pelas concorrentes, como bem enfatiza a reportagem. Logo, servir o “lanchinho” entra no quesito qualidade do serviço prestado.
      Agora, quem não gosta de ser atendido com qualidade e ser correspondido pelo valor pago, pode ficar satisfeito em pagar valores fora da realidade e sentir se bem. Opção estranha, porém, vai saber o que pensa o sujeito.

      PS: quando recebo alguém na minha casa tenho por hábito oferecer ao menos um café, mesmo que o meu visitante esteja sem fome.

    • Flavio Nichikuma

      Excelente resposta…!!!! Aff até parece que a Tam oferece coisa melhor, um copo de coca pela metade e um tostines….kkkkk

      • Paulo

        O que eu vejo de diferencial em TAM e Avianca é o conforto das aeronaves que é superior aos voos da GOL.

        • Thiago Castro

          Na ponte aérea a Gol melhorou MUITO nos últimos tempos. Ainda acho a Avianca melhor, mas a Gol já estaria melhor que a Tam no quesito conforto (na minha opinião).

        • Márcio Sampaio

          Tam melhor que Gol em conforto? É difícil… ela tem as piores notas da Anac no espaço dos assentos! Ainda mais depois que a Gol implantou as aeronaves Gol+…

          • Paulo

            Ta doido? Sempre meu joelho fica batendo no banco da frente nos vôos GOL e nos da TAM sempre sobra espaço. Além das poltronas da TAM serem mais espaçosas (largas).

          • Thiago Castro

            Deve ser a rota que vc faz. Na ponte aérea, o Gol está com muito mais espaço.

          • Paulo

            Eu faço ponte aérea e sempre fico encolhido, extremamente apertado. Já nos vôos da TAM e Azul, sempre fico bastante confortável.

          • Cristiano

            Duvido, que ele tenha 1,92 cm. Toda pessoa alta, fica desconfortável em boa parte das aeronaves da Gol.

    • Renata

      Seu comentário ia bem até inserir um comentário totalmente preconceituoso e desnecessário no final…

    • Bruno Bastos

      Ficar morrendo fazendo questão por causa do lanchinho não é coisa de gordo, é de idiota mesmo.

    • jorge moraes

      Não tem nada demais querer comer no avião. Sempre foi assim desde que a aviação comercial se expandiu mundo afora.

      • Thiago Castro

        Come depois ué!

  • Saulo Alves

    Que esse gasto não seja repassado na tarifa. Prefiro pagar mais barato pela tarifa, pegar o dinheiro da economia e comprar meu próprio lanche.

    Acho que as únicas rotas que eles já servem lanche grátis é SP-RIO ou vice versa. Sempre que faço esse trechos tem.

  • Felipe

    Tô imaginando o pacote de snack,a GOL não vai oferecer alguma coisa cara de graça!

  • Gabriela

    As companhias aéreas tem que entender que pra 90% dos passageiros esses voos curtos tipo SAO-RIO, SAO-BSB, RIO-BSB o passageiro está dando de ombros para lanchinho, TV a bordo o raio que o parta. Ele só quer preço baixo, uma poltrona e que o voo saia pontual e suas malas cheguem. Esse é o motivo do sucesso das low cost europeias. O problema é que no Brasil ninguém quer ser lowcost de verdade e a própria ANAC com seus regulamentos impedem que as cias aéreas possam praticar tarifas mais economicas, obrigando por exemplo às cias oferecerem no mínimo 23kg de bagagem despachada.

    • Patricia

      Será que a maioria não liga mesmo? Eu também não ligo, ninguém vai morrer de fome em voos curtos, mas é tanta gente que reclama disso que não sei não se é a maioria mesmo que não liga…

      • Ricardo

        Pode até ligar mas não vejo sentido. Uma barrinha custa R$1,00. É só levar de casa… A maioria dos voos internos dos EUA e Europa não distribuem nem barrinha (mesmo as grandes empresas) e não vejo pessoas reclamando disso. O que interessa pra mim é um mix entre preço, conforto e confiança na manutenção.

      • Flavio Nichikuma

        eu não sei pq tanta reclamação a Tam não serve quase nada. E no mundo afora só se vende a passagem a comida cada um compra e come o que quer. Viajei muito na Europa, e não tem nada de comida lá não…..

        • Patricia

          Pois é, sou da mesma opinião mas o povo curte um lanchinho

    • Questionador

      Concordo 100%! Muito melhor que a pessoa escolha se ela quer o lanche ou não, a mala ou não, afinal ela vai pagar por tudo isso, vai estar sempre incluso na passagem. Mas temos que admitir que os preços de voos no Brasil são super baixos. Esses dias comprei Porto Alegre-Curitiba por 35 reais, isso é praticamente de graça. Um táxi até o aeroporto dá mais…

      • Se não fosse a obrigatoriedade q a ANAC impõe sobre transporte de bagagem, tenho certeza q todas as cias aéreas iriam ter os mesmos preços nas tarifas, e cobrando no mínimo R$50 p/despachar cada mala até 23Kg.
        E o exemplo disto é a própria GOL: não tem serviço de bordo gratuito, mas cobra o mesmo valor que as demais cias.

    • Papel Aluminio

      O problema é que a GOL cortou o lanche de praticamente TODOS voos, não só os curtinhos RIO-SAO. Pega um voo de 3h pra Manaus sem nada pra comer par ver o que é bom..

    • Gabriela

      Eu tenho a impressão que muita gente acha que avião é algo de luxo então eles tem a obrigação de servir lanche. Já fui várias vezes para o Rio de Janeiro de ônibus, partindo de São Paulo, e muitas vezes nem água tem, você só pode comprar algo para comer quando param nesses Graal da vida, então não entendo mesmo pq o povo reclama tanto. Ngm entende que não existe almoço grátis no mundo, você sempre está pagando.

    • PG

      O que é SAO e RIO?

    • Bruno Bastos

      Gabriela, concordo muito com você. Toda vez que faço uma viagem curta, tenho que pagar o mesmo que quem usou toda a franquia de bagagem, mesmo levando apenas uma mala de mão. Podia ser um diferencial na tarifa, isso é proibido mesmo pela Anac?

  • Gabrielle

    Alguém vôou recentemente com a GOL de GRU pra Buenos Aires? Tenho esse
    vôo pra Dezembro agora, e sinceramente não sei muito o que esperar. É um
    vôo curto, não estou preocupada com lanchinhos, mas se alguém tiver
    alguma experiência a contar, agradeço muito!

    • Patrick Ferreira

      como e voo internacional, acho que vai ser refeição mesmo.

      • luis

        Para Argentina não há,só para Chile oferece prato quente,mas não espere que o prato completo.

    • Hermes Hs

      Vôos internacionais tem serviço de bordo completos. Em vôos curtos como estes geralmente são sanduíches.

      • Gabrielle

        Prezado, muito obrigada pela resposta. O vôo tem pouco mais de 2h de duração, se não me engano. Então a falta de lanches realmente não será um grande problema. Nesse caso a minha prioridade seria a pontualidade, cuidado com as malas…

        • Rodrigo Dal Poggetto

          Gabrielle, sugiro fortemente que você embale suas malas que serão despachadas. Sempre que vou a BsAs faço isso pq já ouvi dizer em uma gangue (lá no aeroporto), que viola as malas, principalmente de vôos do Brasil (parece que lá existe uma fama que brasileiro leva mta coisa na mala e objetos de valor). Melhor prevenir do que remediar… boa viagem!

          • Gabrielle

            Rodrigo, muito obrigada pela dica! Não pretendo trazer muita coisa, mas vou seguir o conselho com certeza. E além disso, o que tiver de valor, pretendo trazer na mala de mão mesmo. Boas viagens!

    • Robson De Barba

      Gabrielle, no voo FLN-EZE a Gol ofereceu um sanduíche de queijo e presunto e refrigerantes/sucos/água. Na volta foi um sanduíche de rosbife.

      • Gabrielle

        Robson, muito obrigada também por ter compartilhado sua experiência! É minha primeira viagem para América do Sul, e também a primeira com a GOL. Infelizmente não consegui ir com a Turkish ou Qtar pois achei que os horários ficariam complicados…

        • Lucas

          Gabrielle, uma vez fui pra B. Aires com minha familia pela Qatar. Melhor impossível! Serviram refeição completa e ainda minha mãe recebeu aquele kit de amenidades mesmo estando na classe econômica. Passamos o Natal e Reveillon lá. Ida + volta + taxas ficou em cerca de 700 reais por pessoa!
          Deixe pra voar de Gol qdo for ficar pelo Brasil mesmo, rs.

          • Gabrielle

            Lucas, sensacional tua dica. Ficou super barato por pessoa, mesmo sendo em final de ano, que normalmente não encontramos promoção. Eu queria muito ir com a Turkish ou Qatar, mas infelizmente achei difícil os horários, já que eles chegam em Ezeiza de madrugada, teríamos que solicitar late check out, pegar táxi à noite, e por aí vai. Mas com certeza na próxima vez vou tentar! Obrigada pela resposta!

    • Elis Serrano

      Fui para Buenos Aires em fevereiro com a Gol. Foi servido um sanduíche + água, refrigerante ou suco. Como é uma viagem curta é tranquilo (desde que não tenha atrasos, claro). O ruim é o avião não ter nada de entretenimento.

      • Gabrielle

        Elis, obrigada pela resposta. Vou sair de GRU para o Aeroparque. Seu vôo foi pontual, e tudo OK com as malas? O esquema da aeronave são 3 x 3, né? Qto ao entretenimento, acho que o jeito é se virar com o celular. São quase 3h de vôo, né?

    • Luís Eduardo Caldeira

      Gabrielle, eu fiz esse trecho no final de maio (GRU-EZE, e AEP-FLN-GRU). Foi tudo tranquilo. Foram pontuais. Nada a reclamar. 🙂

      • Gabrielle

        Luís, bom saber! Agradeço a atenção. Boas viagens pra você!

    • luis

      Para Buenos,somente sanduiche pequeno,além alguma bebida,não há refeição quente.

    • eduardo

      Tem sim, cheguei de EZE mês passado, e teve lanche sim, tanto na ida quanto na volta, foi servido a bordo um sanduiche que poderia ser natural (salada, e queijo) ou de frango (frango com queijo), mais suco, refrigerante ou agua.

      • Gabrielle

        Eduardo, muito obrigada pela resposta!

  • Marcio Melo

    Em 2009? Estranho. Meu primeiro vôo foi pela Gol em Abril/2012 de REC pra CWB e recebi amedoim + suco/refrigerante grátis. No vôo de volta, não tinha mais e já tavam com cardápios a diposição.

  • Henry

    Mi…mi…mi…
    Já me dou por satisfeito de não pagar o segundo copo de água..

  • Boa notícia. Não via muitos passageiros comprarem durante os voos

  • Henry

    …3….2….1….Mi…mi…mi..
    Precisou de um “gênio” em marketing e de outro em finanças para chegar a conclusão de que todas as pessoas já comentavam nos fóruns:
    – a Gol nunca foi low cost;
    – pelo fato de não ser low cost, a falta de um rango, por mais básico que fosse, queimava o filme da empresa.
    Agora, daqui a 30 anos, eles vão juntar uma “equipe de marqueteiros” e realizar um “simpósio financeiro” para chegar a conclusão que certas atitudes e marketing One Seven One, está despedaçando o Smiles…
    Na hora em que o Smiles voltar a respeitar seu cliente, será percebido como um bom programa de fidelidade..
    Mi…mi…mi…1…2…3..

  • Thiago Castro

    Vai ser fominha assim lá longe! kkkkkk

    Eu quero é passagem barata! Como antes ou depois e não estou nem aí pra snack ou amendoim.

    • Marcos Octaviano

      Tbm troço o Rufles por economia na compra da passagem. Com a diferença, em vez do Rufles, como um rodízio de carnes.

  • Patrik

    Tomara que os “fominhas” que tem necessidade de comer em um voo de 1 hora por exemplo reclamem menos!

  • Carolina Maia

    Homem, melhore! HAHAHAHA

    • Cristiano

      Já pensou, se ele pagou R$ 50,00 a mais na passagem? Ruffles caro, hein?

  • Henry

    …3…2…1..mi…mi…mi…
    Putz…chamar uma pasta de cereais, prensada e torrada de “comida” é dose…
    No texto fala snack, mas a chamada fala comida….
    Se a Gol servir Pedigree Champ a bordo é capaz de dizerem que a Cia. está servindo refeição….rsrsrsrsrs…

  • Thiago

    Mas e vai ter refri de graça também? Ou só a água vai ser de graça?

  • Bom era a Webjet, que era low cost de verdade. Não tinha lanchinho nem era tão cara.

    • Henry

      E quem foi que comprou a WebJet para eliminar a concorrência, com a cumplicidade do governo Lulla ????

  • Bira Michels

    É o cumulo você paga um ABSURDO nas passagens e ainda tem que pagar pela comida? Se tivesse 3 4 lojas dentro do avião beleza né? Só que a pessoa não tem pra onde ir é um ABSURDO isso!

    • Thiago Castro

      Não precisa pagar pela comida não. Basta comer antes ou depois da viagem…

  • Wilis

    Gente,a GOL é péssima,mesmo assim se oferece algum biscoito,ela não liga o serviço,só de dinheiro na sua bolsa!

  • Lia

    Deixei de voar de Gol desde qdo na primeira vez, parecia uma lata velha o voo saindo de Fort x Natal..agora saindo de Natal para RJ parecia bem melhor..incrivel a diferença de padrão! Discriminação com nordestino?

    • Thiago Castro

      Faço ponte aérea algumas vezes por ano e o avião da Gol melhorou MUITO no trecho de uns tempos pra cá. E olha que esse é o trecho mais rentável que tem. Mesmo assim, o avião era horrível, mas já está bem melhor. Às vezes até melhor que a Tam.

  • Lia

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Karol D. C. Gonçalves

    De graça? É até grosseiro falar assim. Nunca vi a Gol como uma opção low cost, só mais uma alternativa de voo e ainda, o smiles está impraticável, as quantidades necessárias são absurdas.

  • Daniel Moura

    Eu só voo pela Gol pq é sempre a mais barata entre as companhias. E sempre há promoções. Quando o preço está na mesma faixa, com pouca diferença de preço, seleciono outra companhia. E,sinceramente, em vôos de até 3 horas de duração não tem muita necessidade de ter lanches. Se é para distrair-se do medo,leve um fone de ouvido e escute música,veja filme.E se o fato de comer ameniza o teu medo de vôo, leva umas barrinhas de cereais e pronto.

    • Claudio Da Silva Junior

      a gol nem sempre tem o melhor preço. sempre observo que a azul tem preços melhores. a gol inclusive entre cwb e spo para mgf nunca tem o melhor preço. estou sempre indo de carro ou de azul.

      • Daniel Moura

        Bem, eu falo dos vôos que partem de Recife, que é onde moro. Em outras regiões a política de preço das companhias deve mudar.

        • Claudio Da Silva Junior

          exatamente! hoje em mgf, só temos azul e gol. a tam saiu do trecho e isto deixou durante um tempo a gol fazendo a festa. com a entrada da azul tivemos melhoras nos custos, mas passagens com custos baixos é muito raro.

  • Rodrigo Dal Poggetto

    As pessoas ficam pelo menos 4h trabalhando antes de sair para o almoço, e depois no mínimo mais 4h até chegar em casa (mas para quem mora em cidades com trânsito como o de SP esse tempo aumenta e mto). Pq num vôo curto TEM-DE-TER-COMIDA? Isso está mais pro psicológico do que estômago roncando!
    Ai a cia aérea disponibiliza uma cortesia (estando ou não embutido no preço é uma cortesia, pois esses snacks e mesmo refeições não estão descritos como parte da passagem aérea durante o ato da compra).
    Povo viaja de busão e não “recrama”… aliás a passagem de ônibus é muitas vezes mais cara…

  • Tarcísio Medeiros

    Eu não achei a Azul grande coisa, principalmente porque ela é praticamente inexistente no nordeste. Mas na única vez que voei, não vi nada de demais. Até a TV “ao vivo” (justo no momento do jogo do Brasil), parecia streaming de TV em conexão de telefone: O video pausava e dava problemas direto. Assim como não tive a opção de entrar no avião apenas portando o celular, algo que até a Gol oferece.

    • Paulo

      Faz tempo isso? Viajei ontem de Azul e entrava com celular normalmente.

      • Tarcísio Medeiros

        Foi na Copa, há 1 ano. Mas tanto a TAM como a Gol já ofereciam isso e não era nenhuma novidade naquela época

        • Renatto Mendonça

          Como assim quase inexistente no Nordeste?? Partem e cheagam dezenas de vôos diários da Azul aqui em Recife, e eu definitivamente não tenho do que reclamar sobre o sistema de streaming de TV deles…

          • Tarcísio Medeiros

            Chegam ~ dezenas ~ de vôos do Recife, e um vôo aleatório que peguei aqui, REC – SAO em outubro, tem uma diferença de praticamente 100% no preço do vôo.

            Não é cobrando mais de R$ 1000 num vôo pra SP com mais de 90 dias de antecedência que ela vai ganhar marcado por aqui. Não apenas eu digo isso. Sem falar que nas promoções é praticamente impossível ela estar com preço mais baixo. Tanto que eu praticamente sempre viajo pela Gol, uma vez ou outra com a TAM, mas só voei Azul uma vez e isso porque estava no sul, e não foi nada barato também.

          • Yuri

            Morar no NE é osso mesmo para viajar… ter que descer para SP para fazer voos que seriam infinitamente mais próximos partindo de lá soa quase como piada. 6-8h (voo indo e trecho voltando) de voo jogadas no lixo, sem contar a espera pela conexão. Morrem facilmente 10h de viagem pra nada!

            Moro em SC e aqui também preciso ir para SP pra tudo… pelo menos é perto, mas e quanto aos estados de cima? Ma, Pi, Ce, RN, Pa e Pe? Fica muito muito contra mão!

            Bom mesmo seria aproveitar alguns aeroportos do NE, que são perfeitamente capazes de suportar a carga, e fazer novos hubs no Brasil. Por ex, para a parte norte da América do Sul poderia ter um hub no CE ou Bahia… aliás, o CE poderia servir de hub para a Europa, afinal é o caminho mais próximo… enfim.

            Nao da para entender.. uma região dessas com um potencial absurdo sendo desperdiçado. Brasil é o pais do desperdício mesmo viu.

            Quanto ao comentário do Tarcisio, é bem isso mesmo… o importante acaba sendo a tarifa… Não gosto da gol, mas acabo usando bem mais seus serviços para voos sc sp por causa do preço.

  • Eduardo

    Essas matérias sempre confundem “low cost” com “low fare”, qualquer empresa em especial do setor aéreo hoje em dia, preza por ser de BAIXO CUSTO (low cost), agora ser “TARIFA BAIXA” (low fare) é que são elas… Eu acho o serviço da GOL como de um ônibus, que te levará do ponto A até o B sem mais e nem menos que aquilo, sinto falta de trocentas cordialidades e até mesmo educação que sinto em outras cias. Mas quando vejo o relato das empresas aéreas fora do Brasil e dos preços que cobram, está muito bom por aqui ainda!

  • Bárbara Ramos de Souza

    Olha, minha gente, eu pouco me importo se tem lanche ou deixe de ter pois, estou interessada é no preço das passagens. Vou naquela cia que oferece o menor preço e que seja segura. Comer eu como em casa antes ou quando chego. Simples assim.

  • RABUGENTO SFQNS

    Bons tempos da VARIG e suas taças de cristal….

  • Renan Santos

    Eu prefiro pagar a passagem mais barata em horário conveniente (que use transporte coletivo no aeroporto ou que não precise pagar uma diária a mais no hotel) e levar um pão de frios de 1 real, ou meia dúzia de esfihas compradas no supermercado!

  • Adilson Uchoa

    EU SEMPRE LEVO MEUS LANCHES NA MOCHILA, E MELHORES QUE OS SERVIDOS À BORDO. ÁS VEZES ATÉ COMPRO OS SANDUÍCHES QUE A GOL VENDE, QUE CONSIDERO BONS!

  • Leandro Godinho

    Ah, pelo amor de Deus. .. Pague 10 ou 15 reais que seja no diabo do lanche, a bordo ou no aeroporto. Inclua isso na conta da passagem Gol e pronto. Cada uma…

  • Claudio Da Silva Junior

    Eu ligo muito para os serviços. hoje se tenho opção da gol, azul ou tam, certamente vou pegar a azul, depois a tam e a gol é a ultima opção. Não importa muito se a passagem tem uma diferença de custo, pois o atendimento é importante. A gol se vc for diamante vc só tem direito a uma poltrona maior. Na tam, eu sendo azul (que não é grande coisa), fui recebido e me chamaram pelo nome (acho que só tinha eu com um nivel maior no voo). Mas isto me fez ver a empresa com outros olhos.

    • Claudio Da Silva Junior

      e convenhamos, os serviços da Azul, Avianca são bem melhores que o da Tam e Gol. As duas maiores estão valorizando o seu posto de grande, e em compensação a isto estão sacrificando o usuários.

    • Willis

      Eu concordo,lanche não é uma coisa grande,mas o serviço é importante.Eu não gosto da GOL de jeito nenhum.Há gente fala que só liga para o preço,então vai aguentar a GOL!Eu não,jamais.Prefiro Azul ou Avianca.

    • Bruno Bastos

      Rapaz, é muita carência achar que uma empresa é melhor pq te chamou pelo nome. Seria melhor buscar critérios mais objetivos, como qualidade da manutenção, pontualidade, malha e horários convenientes e, obviamente, o preço.

      • Thiago Castro

        kkkkkkkkkkkk, tb achei mas deixei quieto. rs

      • Claudio Da Silva Junior

        kkk concordo com vc. Mas para mim isto mostra qualidade de serviços. e pelos preços que pagamos a manutenção, pontualidade malha e horarios são mais do que imprecidiveis, apesar de sabemos que não é bem isto que acontece

  • Henry

    Merda quem fala é quem nunca foi piloto…
    E não é sobre turismo.. é sobre aviação..
    Converse com qq piloto antigo e veja se o serviço de bordo não tinha esta finalidade tb…

    • Pessoal, me desculpem por intervir, mas essa conversa não vai levar a nada. Podemos voltar à cordialidade e tolerância? Acho que todos ganham! Um ótimo fim de semana!

  • felipe

    AA está normal se você não criar problema,mas a GOL cria o problema para você.Entendeu?Por outro lado,comparar com cia estrangeira significa alguma coisa?kkkkk…

  • Rodrigo Dourado

    O povo anda de ônibus, onde não tem nada de cortesia ou para vender, e não reclamam. Qual é a necessidade de ter comida em voos nacionais, gente, me respondam, o sistema de compra é bem mais eficiente pq tem opções bem mais consistentes pra quem não conseguiu comer algo antes de embarcar, biscoitinho industrializado em saco com 3 quilos de ar é dispensavel, tenho comida em casa!

  • Rodrigo Dourado

    É sério isso, gente? Pacotão de ruffles custa R$4, não precisa viajar de avião pra comer, amigo!

  • Anna Lucia

    Funcionários grossos e mal educados estão na TAP, Iberia e empresas americanas e não na TAM, Gol ou Azul, viajamos em média uma vez por mês e sempre fomos muito bem tratados por todos. Atrasos também ocorrem na Europa e num percentual muito maior que no Brasil.

  • Francileine

    Dizer que não obtinha LUCROS satisfatórios com os alimentos vendidos na Gol???? É uma PIADA, ou quem é responsável pela compra desses amlimentos (principalmente os Industrializados), nunca foi à um Supermercado/mercado, ou não conhece a nossa moeda (REAL)… Ex: o valor de um Chocolate pronto em caixinha (Quase 8,00R$), no mínimo pode ser “chamado” de ASSALTO À MÃO ARMADA. O valor comercial mais caro do alimento acima citado, é de no MÁXIMO: 1,99R$, e citei apenas um ex que quase infartei quando o vi no cardápio…
    Quanto a opçãode lanche que será oferecido, acho interessante, mas deverião ter no mínimo 3 opções à ofertar aos clintes, além de água e cafés.
    Obrgada!

  • Everdson Afonso

    A coisa ta tão feia pra gol que as ações da empresa ja cairam mais de 30% este ultimos meses

    • Thiago Castro

      Valor de ação só quer dizer alguma coisa pra quem tem os papéis (ou seja, os ingênuos que compraram o papel). A empresa quer saber é de lucro! E isso eu acho que tá rolando…

      • Yuri

        Valor da ação tem ligação com o lucro ou a percepção futura de lucro, portanto cair 30% não é bom sinal nunca

  • Thiago Castro

    Gente, dinheiro ele já tem. Agora só falta o gramour!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Matheus Soares

    O que eu mais valorizo e a segurança de voo , e por incrível que pareça a gol e a azul são as que eu mais gosto. O resto pra mim tanto faz, não viajo pra comer mesmo. Não curto viajar em airbus ( não curto tam)

  • lucas

    A Gol poderia ser péssima, se fosse de fato low cost. Mas ela não chega aos pés da Ryanair no quesito preço, quem viaja de low cost sabe o que espera, e procura preço baixo.

  • Gabriela

    Os códigos das cidades SAO engloba os aeroportos de São Paulo (viracopos, guarulhos e congonhas) e RIO, os aeroportos do Rio de Janeiro (galeão e santos dumont).

  • Rafa

    Gol deveria urgente colocar tv em suas aeronaves , principalmente em voos internacionais como Tam , azul , avianca,aa entre outras

  • Quem servia Feijoada era a saudosa TransBrasil.

  • Gilberto

    Brasileiro jamais entendera a logica das companhias Low cost. Em voos curtos (abaixo de 2 horas de duracao), nao faz diferenca servir uma porcaria como um snack, um sanduiche mal feito ou nada. Se os aeroportos nao praticassem precos abusivos, nao haveria problema algum para aqueles que necessitam comprar uma coisa e levar a bordo. Eu ja fiz isso direto em voos principalmente da Easyjet dentro do Reino Unido ou da Alemanha para o Reino Unido, quando nao estava devidamente alimentado, devido a correria. E como ha aeroportos como Gatwick, Luton, Edinburgh, Glasgow com filial da Mark and Spencer e que pratica um preco nao muito diferente do centro das respectivas cidades, quando precisava pegar um voo muito cedo, e nao tomava cafe, normalmente passava pelo controle de seguranca e comprava algo (sanduiche e smoothie) que acabava levando a bordo e comendo, e aproveitava melhor o tempo. Eu acho pontualidade e seguranca na malha muito mais importante que um singelo lanche, que muita vez eh meia boca por completo.

  • Cristiano

    É isso aí Thiago. Concordo plenamente. Chega a ser patético, o discurso “Se vc come antes de sair de casa, tem outras pesssoas q nao podem e aquele lanche pode fazer diferença sim, na escolha da passagem.”

    Não podem fazer um lanche, previamente, mas andam de avião??? Vai ver no universo dele, um mísero lanche é mais caro que a passagem. Vai entender…

  • Cristiano

    São um bando de mortos de fome, que adoram uma boca livre… Pobreza de espírito total…

  • Fabricio Eu

    Eu penso que o lanche não é fundamental, mas é uma gentileza que melhora a experiência de vôo. Nesse sentido, se o valor da passagem for baixo, acho que compensa ir de gol. Agora, com os preços equivalentes ou mais baratos em outras empresas, é melhor optar pela que te dá um benefício a mais. Ultimamente eu tenho optado pela azul pelo lanchinho e pelo entretenimento a bordo, coisa que inexistiu nos últimos vôos que fiz pela gol.

  • Vou te dizer uma coisa sobre isso: A Gol deve ter dado uma grana pro Lulla. Só fez mal ao Brasil. Outra, se a Webjet não tivesse sido comprada, ela ia acabar quebrando e quebrando todas as outras também.

  • Yuri

    Na verdade nao servir lanches é até melhor, pois convenhamos é um saco aqueke carrinho passando e incomodando todo mundo.

    Fui num voo recente da LAN e cheguei até a reclamar com a comissária pois o serviço de bordo não parava de encher o saco. Ela, claro, me ignorou. Depois de quase 3h de voo, num horário péssimo, com luz acessa e servindo comida, os gênios resolveram servir café e whiskey. Resultado? 15 min depois um sr passou mal. Óbvio que pode ter sido qualquer causa, mas acredito de verdade que foi excesso de comida estinulante na hora de dormir!

    Depois dessa, pararam e resolveram apagar as luzes, daí ninguém mais passou mal.

    Lanchinhos também podem ser um problema. Tudo é questão de bom senso.

  • Heber Fernando De Lima

    Que eles vão voltar a servir esse mês é mentira, viajei no dia 10 e voltei no dia 19 em uma viagem de quase 4 horas pela Gol e não serviram nada, a questão não é servir de graça ou não, a questão é você pagar R$5,00 em copo com menos de 20ml de um café horrivel, e no credito.

  • Thiago

    Meu amigo voou pela Gol essa semana e não tinha lanche de graça, só pago.