Como é voar na Condor

Leonardo Marques 11 · abril · 2011

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Com os excelentes preços e promoções da Condor divulgados pelo Melhores Destinos muitos leitores estavam ansiosos por uma avaliação da empresa aérea. Nossa leitora Anna Caroline Medeiros, acompanhada pelo marido e um casal de amigos fez no mês passado o voo de Frankfurt a Salvador e relata como foi sua experiência.  Infelizmente não temos fotos, mas temos o texto que é o mais importante. Acompanhe:

Eu, meu esposo e um casal de amigos compramos passagens pela Condor no site da empresa cerca de 7 meses antes da viagem e conseguimos um preço excelente. O site não é lá essas coisas, mas dá para comprar as passagens direitinho, como em qualquer companhia aérea.

Entretanto, como decidimos modificar a viagem (inicialmente marcada como Milão-Salvador e depois alteramos para Roma-Brasília) passamos um pouco de aperto para fazer as alterações da reserva, pois no site não havia informação suficiente.

O voo operado pela Condor foi somente o trecho Frankfurt-Salvador (Roma-Frankfurt, via Lufthansa e Salvador-Brasília via Gol).

Check-in e embarque

O chek-in foi super corrido, tendo em vista que o nosso voo para Frankfurt atrasou. Apesar disso, o atendimento foi muito eficiente e a moça que nos atendeu foi muito atenciosa e falava inglês. No ato do embarque, muita tranquilidade, apesar de termos que ouvir: “estão atrasados….”. Obviamente, não havia filas! 🙂

Tivemos que andar bastante (de ônibus) até chegarmos no avião, tendo em vista que o aeroporto de Frankfurt é IMENSO: foram quase dez minutos até chegar lá!!!!

Voo

Quando entramos no avião (767-300) fiquei surpresa: aeronave muito nova, receptivo amigável e conforto das poltronas. Mas não havia telas individuais para assistirmos aos filmes como é na TAM e se quiser ouvir a programação o fone de ouvido pode ser adquirido a um custo de 3,90 euros. Não entre em pânico: não é obrigatória a compra dos fones da Condor, pois a maioria dos fones de ouvido se encaixa no plugue…

A comunicação era um pouco estranha em alemão (não sei nada dessa língua!), mas nada que um “english, please” não resolvesse. O espaçamento entre as cadeiras não é como na primeira classe, mas para os padrões brasileiros é muito confortável. Digo isso talvez por que tenha pego bons assentos (na fileira 24), mas vi muito alemão pedindo pra trocar de assento, pois os seus 2 metros de altura não estavam confortavelmente assentados na poltrona… Recebemos também travesseiros e mantas para utilizarmos durante o voo.

Serviço de bordo

A comida era boa na medida do possível: um pão bem gostosinho, manteiga e queijo camembert (que delícia!), macarrão com molho vermelho e um cheseecake com blueberry. Mais tarde foi servida uma outra refeição: peito de frango empanado com uma salada de repolho, mais pão e manteiga e um brownie de chocolate.

Nesse meio tempo, passou um free shopping ambulante no meio do avião vendendo coisinhas a preços convidativos: canetas swarovski a 19 euros, relógios, óculos de sol, chocolates e mais uma infinidade de miudezas que não deu tempo de você comprar no aeroporto.

Brasil no comando

O voo foi super tranquilo, poucas turbulências e um comandante BRASILEIRO! Achei muito legal, pois alguns avisos foram transmitidos em português.

Uma coisa foi ruim: quando chegamos em Salvador e pegamos as malas, algum tempo depois de termos saído da área de desembarque reparamos que uma das malas dos nossos amigos teve seu cadeado quebrado e foi furtado um par de brincos e um anel. Fomos reclamar, mas como a Condor não tem posto fixo no aeroporto, o pessoal responsável já havia ido embora.

Enfim, apesar do transtorno acima citado, nossa experiência em relação à Condor foi boa e voaria novamente caso aparecesse outra oportunidade!

 

Agradecemos a Anna Caroline pela disposição em relatar a sua experiência com a Condor. E você, já voou na Condor? O que achou?

A foto que está no post é de divulgação fornecida pela empresa.

Autor

Leonardo Marques - Diretor do Melhores Destinos