Azul anuncia compartilhamento de voos com a americana JetBlue!

Leonardo Cassol 28 · março · 2016

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras e a americana JetBlue Airways anunciaram um acordo de compartilhamento de voos que vai facilitar a vida dos passageiros das duas empresas e garantir melhores conexões entre Brasil, Estados Unidos e Caribe. O compromisso garantirá um serviço unificado de reservas e emissão de bilhetes, o que inclui, entre outras vantagens, cartão de embarque e despacho de bagagem até o destino final.

Nesta nova parceria a Azul vai compartilhar diversos voos da JetBlue a partir de Fort Lauderdale e de Orlando. O acordo ainda precisa ser aprovado pelas autoridades brasileiras e norte-americanas para que as empresas iniciem a comercialização de passagens.

JetBlue

“Estamos muito satisfeitos que, agora, nossos clientes poderão aproveitar o reconhecido serviço da JetBlue em rotas dentro dos Estados Unidos e no Caribe. O acordo consolida ainda mais a presença da Azul no mercado internacional, ampliando a nossa rede de serviços com os destinos operados pela JetBlue”, destaca David Neeleman, fundador e CEO da Azul. “Estamos certos do sucesso deste codeshare, que colocará Azul e JetBlue em posições muito vantajosas no mercado”, complementa Neeleman.

A JetBlue conta com aproximadamente 900 voos diários para 96 cidades nos Estados Unidos, Caribe e América Latina. Em 2015 foi eleita a melhor companhia aérealow-cost em relação a satisfação do consumidor, além de ter recebido diversos outros prêmios. Assim como a Azul, a JetBlue oferece snacks e bebidas à vontade e sem custo adicional, além de TV ao vivo.

Entre suas rotas internacionais, a Azul oferta voos para Fort Lauderdale/Miami e Orlando. Com a forte presença da JetBlue nestes aeroportos, os clientes que desembarcam nos Estados Unidos saindo do Brasil podem conectar-se à ampla malha aérea do parceiro norte-americano (confira, abaixo, os horários dos voos da Azul nos Estados Unidos) e chegar às demais regiões dos Estados Unidos, assim como o Caribe. O inverso também ocorre: clientes da JetBlue podem chegar a aproximadamente 100 destinos no Brasil por meio da oferta da aérea brasileira em Fort Lauderdale/Miami e Orlando.

Horários dos voos da Azul em rotas para os Estados Unidos 

Origem Saída Destino Chegada Frequência
São Paulo (Campinas) 23h10 Fort Lauderdale/Miami 5h30 Diária
Fort Lauderdale/Miami 19h45 São Paulo (Campinas) 5h56 Diária
Origem Saída Destino Chegada Frequência
São Paulo (Campinas) 9h41 Orlando 17h00 Diária
Orlando 20h45 São Paulo (Campinas) 7h34 Diária

O codeshare com a JetBlue é o terceiro acordo internacional firmado pela Azul. As empresas já mantinham uma parceria de interline, quando passaram a comercializar quase todos os destinos servidos por ambas as malhas aéreas em seus canais de vendas.

Aeroportos servidos em codeshare entre Azul e JetBlue:

JetBlue – Aguadilla, Albany, Boston, Charleston, Hartford, Jacksonville, New York (John F. Kennedy), Ponce, Providence, Richmond, San Juan, Worcester (todos nos Estados Unidos). A lista pode ser ampliada em breve, segundo a Azul.

As companhias não mencionaram a integração de seus programas de fidelidade até o momento.

O que acharam da novidade?

Agradecemos a contribuição do leitor Leandro Alves.

Publicado por

Leonardo Cassol

Editor

  • Fabrício Rezende

    Se continuar caro igual as passagens Azul/United vai ser dificil…

  • Carlos Voltolini Neto

    Comprei em janeiro/2016 pela Azul os trechos de ida e volta Las Vegas / San Francisco operandos pela JetBlue.
    Não pude concluir a compra pelo site devido a um erro no momento do pagamento, tive de ligar para a Central de Atendimento.
    Quando o bilhete foi emitido, não pude acessar a reserva pelo site da Azul nem JetBlue. Ambas as empresas disseram que não é possível gerenciar a reserva pelos sites por incompatibilidade entre os sistemas.
    Se eu soubesse disso antes, teria comprado diretamente no site da JetBlue, pois agora só poderei fazer check-In presencial e pagarei a mais para despachar a bagagem.

    • Caio

      Amigo, sua a viagem é quando?

      Comprei uma passagem para abril com destino Punta Cana partindo para Orlando e estou com o mesmo problema.

      O problema no caso é da Jetblue, que não aceita passagens compradas por agências para fazer o web check-in

      • Carlos Voltolini Neto

        Minha viagem é em maio.
        Tanto a aul como a JetBlue informaram que reserva não pode ser acessada pelos sites respectivos, o que inviabiliza o check-in online.
        Consegui, no entanto, acessar a reserva (código enviado pela JetBlue, não o código a Azul) no aplicativo da JetBlue para celular. Vou tentar fazer o check-in por lá quando estiver liberado. Se não for possível, o check-in deverá ser feito presencialmente.

  • MOACYR LOPES DOS SANTOS

    Já estava disponível a compra há uns 4 meses, pois havia reservado uma passagem da Azul para NY via FLL com conexão na Jet Blue. Fiz isso em novembro. Na época, ida e volta estava por 1700,00 mais taxas, Vamos ver agora

    • Hermes Hs

      podia ter a venda… mas o code share, é a permissão para a Jet blue vender os voos da Azul com o codigo JET BLUE e a Azul vernder os voos da JET BLUE com os codigos da Azul.. Na prática a mesma coisa. Mas faz com que a cia tenha em sua malha aerea os voos da parceira como seu!

    • Era o acordo interline. Mas precisava pegar as malas. Quando o compartilhamento entrar em vigor as malas vão direto.

      • MOACYR LOPES DOS SANTOS

        Não sabia deste detalhe. Obrigado pelo esclarecimento.

  • Luis

    Desejo ter vantagens dos programas.

    • Henry

      Pra não cansar, espera sentado… eles estão operando o acordo há mais de ano e até hoje nada de emitir passagens pelo TudoAzul…
      A gente fica preso aos 2 destinos: FLL (Miami) e MCO…

  • Jetro

    Boa… Já voei Jetblue algumas vezes (inclusive descendo no La Guardian) e gostei muito do atendimento. E a 1a mala é gratuita… diferente de outras empresas aereas americanas que vc paga já na 1a mala!!

    • Francisco

      JetBlue já vai mudar regar de despachar mala,logo ela vai cobra para despachar bagagem.