Trip compartilha seus voos com a Azul e deixará de vender passagens em seu site

Denis Carvalho 24 · outubro · 2012

As companhias aéreas Azul e Trip iniciaram nesta semana o acordo de compartilhamento de voos (codeshare) que criou a maior malha doméstica de uma empresa aérea brasileira, com mais de 100 destinos atendidos. O próximo passo na união das duas empresas é a unificação das vendas, que já estão sendo feitas apenas no site da Azul para voos a partir do dia 2 de dezembro. Ao que tudo indica nesta data, o site da Trip deverá sair do ar, ou apenas será mantida uma página de redirecionamento para o site da Azul.

Com o acordo, passagens de múltiplos trechos, operados pelas duas empresas, poderão ser adquiridas pelos clientes em um só bilhete. O compartilhamento foi aprovado em setembro pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e faz parte do processo de compra da Trip pela Azul, que aguarda aprovação pelos órgãos competentes.

O processo de fusão das duas companhias, que passarão a se chamar apenas Azul, está bem acelerado. Já foram definidos os uniformes dos funcionários, uma nova sede única em Barueri e o serviço de bordo único nos voos. Mas a melhor notícia é que todos os voos da Trip passaram a pontuar no Tudo Azul, o programa de fidelidade da parceira.

O fim do site da Trip, pelo menos por enquanto, suspendeu a venda de passagens do Viaja Mais Melhor Idade Trip, para passageiros com mais de 60 anos, e do Galera Trip, para jovens de 12 a 22 anos. As lojas especiais no site da companhia continuam no ar, mas os preços estão defasados e mais caros que os normais. Questionadas pelo Melhores Destinos, a Azul e a Trip disseram que os dois programas de descontos serão mantidos, mas não deram mais detalhes de como será feito e quando serão retomados.

Segundo as empresas, mais informações quanto aos procedimentos de compra de passagens, check-in, despacho de bagagens, alterações e remarcações de voos, podem ser obtidas pelo site www.voeazul.com.br ou pelo telefone 4003-1118 .

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Tiago

    tem 1 errinho no titulo

  • Alex Freitas

    Curso natural da fusão, o pesar, são os consumidores que só têm a AZUL como "opção", sem concorrência, os preços vão lá pra cima

    • Flavio Aguiar

      Ja constatei o aumento dos preços. Utilizo o trecho Araçatuba – Rio de Janeiro e os preços estáo bem mais altos.

      • Victor Dutra

        Eu também já percebi o aumento de preços. As passagens Varginha-BH costumavam ficar em R$89,00 (podendo ser encontradas por R$59,00 nos feirões da Trip). Agora as passagens mais baratas que encontrei são R$ 127 ou 105 e mesmo assim se forem compradas com bastante antecedência. QUE PENA!

  • luciano

    É mas o que eu temia aconteceu, passagens em trechos da trip estão mais caros do que eram. Não sei se é geral isso.

  • Paulo

    Os voos de/para Porto Seguro ficaram pelo menos 3x mais caros, voando nos mesmos voos e aeronaves da Trip, mas comprando pelo site da Azul. Tremendo prejuízo para os clientes!! Não esperava tamanha surpresa com esta "fusão"!

    • titobosco

      ho ho ho, nosso presente de Natal.

      Ja viu o post sobre o fim da webjet? so lamento 🙁

  • Laura

    Leo, notei que depois da fusão de Gol e Webjet e Trip e Azul, os trechos ficaram carissimos.

    Antigamente encontravamos com facilidade IGU/POA por menos de 100 reais pra dias próximos e agora se quiser um trecho pra daqui um mes, com certeza o valor nao baixará de 120 reais…

    Não tenho duvidas que seremos prejudicados.

    Uma pena.

  • Carol

    Eeeeeeeeee Azul!!

    Ontem mesmo fui fazer uma pesquisa no site da TRIP (que estava funcionando com as vendas no proprio site), para compra de passagem CGB-GYN e preço trip 139,00 por trecho. Ao passo que fui atender ao telefone e quando voltei ao escolher o voo, a pagina é redirecionada ao site da Azul e o mesmo voo, na mesma data no valor de 199,00 por trecho (e em letras minusculas: "operado por trip").

    Ou seja, os feirões da Trip com preços razoaveis acredito que jamais irão aparecer novamente… =(

    Sacanagem hein Azul….

  • Bianca Holliday

    Achei péssima essa fusão!!! Quem perdeu fomos nós consumidores, pois a TRIP tinha excelentes preços de passagens, e agora mais que dobraram. Foi um golpe da Azul para acabar com a concorrência, lastimável…..Vou voltar para o ônibus, infelizmente,depois de 3 anos voando TRIP.

    • João henrique

      Um absurdo! As passagens dobraram quando compradas pelo site da AZUL ! Detalhe, utilizando os mesmos aviões da TRIP! O brasileiro é muito otário mesmo para o governo deixar essas "fusões"..

  • Raony

    Que excelente, bom mesmo seria se com a fusão, algumas rotas que foram excluídas voltassem a funcionar, como o voo direto da TRIP Maringá – Cuiabá que foi suprimido, existe alguma notícia nesse sentido? Att.,

  • Caio Alex

    Legal pra quem pode voltar pro ônibus! Agora, imaginem o pessoal aqui de Manaus: a única saída viável de ônibus é pra Boa vista! Nesse segundo semestre, eu vi as passagens mais caras para a baixa temporada. Se antes, com Azul, Gol, Trip e Tam, as passagens já eram caras, imaginem agora que ficaram só três. Lembrando que faz bastante tempo que não há promoções de verdade por aqui 🙁

  • Carlos

    Ninguém achou os preços são mais caras agora pela Azul?

  • Marcus

    E estão modificando a malha aérea…

    Há um tempo atras, a Azul operava dois voos diarios de Caxias do Sul a Campinas… Agora, há apenas um da Azul nesse trecho, e foi criado um voo da Trip Caxias do Sul-Curitiba, ida e volta…

  • Ubiratan

    A Azul entrou com o propósito de ser uma companhia "low cost" no modelo da Jet Blue mas nunca cheguei a voar nela porque além de não ter vôos diretos são sempre mais caros (e muito) do que os dos das concorrentes, iclusive do que das grandes como Gol e TAM. A Trip, por outro lado, além de ter uma rede extensa de destinos tinha ótimos preços, se comprados com atecedência, promoções, além de tarifas especiais para adolecentes e idosos.

  • Manuela

    Nossa, com a Azul engolindo a Trip e a Gol engolindo a Webjet, procurei passagens RIO-REC para um fim de semana comum e os preços estão absurdos. Fora que não vi nenhuma mega promo de verdade esse semestre, por parte de nenhuma empresa.. ta dificil =/

  • Igor – Poa

    Alguns trechos que eram possíveis pela Trip, agora o resultado é "Desculpe, não há voos disponíveis para esta data." em qualquer data.

    Estranho.

    • Laura

      Também notei isso Igor..fui comprar semana passada um trecho IGU/POA e durante toda manhã dizia que não havia trechos disponívels…depois que voltou ao ar, pra um final de semana normal, no final de Novembro, o precinho estava 169,90……complicado né?

  • Leonardo

    O que mais revolta é que o sr. Neeleman afirmou categoricamente na ocasião do início da Azul poucos anos atrás que o foco da Azul era preço baixo, competitivo com as tarifas de ônibus. Entendo que vivemos num mundo capitalista e todo mundo tem que pagar suas contas. Mas trechos exclusivos da Azul são MUITO mais caros que ônibus. Eles têm focado em conforto agora, não mais preços.

    • É verdade Leonardo, eu lembro muito bem disso, em todas as entrevistas que ele dava, ele mencionava que no Brasil existiam e existem muitos passageiros que se locomovem de ônibus porque as passagens eram e são caras de demais, que iria mudar isso… Papo furado.

      Ninguém quer andar de graça, mas que deveriam ser mais racionais e sensatos. Dessa forma vão acabar perdendo mais e mais clientes.

      Um exemplo que sempre falo é a Avianca, tem um serviço de bordo fantástico e os valores das passagens são sempre atrativos.

  • Danilo

    Será que a Azul/Trip irá manter o programa de descontos #GaleraTrip e #MelhorIdade? Att

  • Vinicius Melo

    Eu acabei de fazer uma pesquisa para ir do Rio para São Paulo no Natal, indo dia 21/12 sexta a noite e voltando na terça 25/12 a noite. Olhei todas as opçoes (Saindo de GIG, SDU pousando em CGH, GRU e até VCP) e em todas as cias aéreas, incluindo Avianca. Tudo caríssimo, a Azul é um assalto pra ponte aérea posando em VCP, o trecho mais barato era 220 sem taxas. A Gol na ponte tradicional (SDU-CGH) estava 400. Minha sorte (e para minha surpresa) é que a TAM estava em média 110 o trecho sem taxas. A Avianca 500 por perna. Enfim, é o fim da concorrência e das grandes promoções de trechos nacionais. Acho que o MD agora vai viver de postar promoções somente para o exterior. Lamentável o CADE aceitar tudo neste país.

  • Vinicius Melo

    Falando em Azul e Trip, até agpra não li nada a respeito da parceria da Trip com a TAM. Pessoal do MD, vocês sabem como ficou (ou ficará)?

  • Daniel Bazetto

    A concorrência cada vez menor… 🙁

    • Mel

      Tb constatei um aumento nas tarifas, triste isso.

      Espero que a azul realmente realize promoçoes e que haja o reajuste das tarifas, após esse primeiro momento pós-fusao.

      E podem contar comigo para qualquer manifestação nas redes sociais, principalmente no Twitter!!!

      O que não pode é ficarmos calados!!!

      Obrigada MD!!

  • titobosco

    Saudade do ano passado. O trecho mais caro era 99 reais no Brasil num fim de semana de promoGol.

  • titobosco

    Pelo menos ainda sao atrativos neh… Pagar 75 reais num trecho SSA x REC é muito bom se for comparar com os preços da itapemirim e o tempo q se leva. Enquanto manterem essa politica de expansao e preços baixos melhor, mas qdo se derem conta q estao amargando prejuizos e os insumos forem cada vez mais caros aih a coisa vai mudar e pra pior…

  • Carlos

    Agora a Azul é mais cara,de CNF para VCP,sem taxa,mais do que R$160!Claro o horário não é bom.Quer melhor,page mais R$50!Absurdo!No passado,voei com Azul,ida e volta,quase R$300!Parabéns à Azul,agora vc pode ganhar mais dinheiro com Trip,pq os passageiros não tem mais escolha!

  • André

    Vinicius, passagens mais baratas ou caras dependem da taxa de ocupação dos assentos.

    Por ex, POA-BEL a mais barateira é a Azul : R$ 289,00 cada perna em datas de novembro .

  • Rodolfo Madrona

    É eles não pensaram que na época de férias eles ganhariam muito dinheiro com a compra de passagens com o programa Galera trip. Afinal o site sairá do ar, justamente na época de férias das pessoas dessa idade !

  • Welington Santos

    Srs., uma coisa que notei e faz sentido nos aumentos de passagens da Azul, é como funciona o Programa Tudo Azul. Pode ser isso a causa dos aumentos abusivos.

    Por ser diferente o mecanismo de emissão de bilhetes-prêmio comparado com Smiles e TAM Fidelidade, eles vão subir absurdamente as passagens mesmo.

    A matemática é simples: devido o Tudo Azul ter atingido números exorbitantes de clientes, qualquer um que tiver atingido R$ 100,00 em Vouchers de desconto, para uma passagem que custa R$ 150,00, a empresa vai lucrar apenas R$ 50,00. Imaginem isso em crescimento exponencial, para milhares de passageiros?

    Foi a época que as passagens da Azul eram baratas, pois com os primeiros anos de atuação da companhia os clientes estavam mais acumulando os créditos para descontos do que utilizando os descontos.

    Portanto, na fase atual percebe-se que a utilização de descontos (Vouchers) aumentou significativamente o que em contra-partida obriga a empresa a subir as passagens para obter seu lucro.

    É uma pena que o Tudo Azul é um programa inferior ao das outras companhias, pois jamais com 3 vôos realizados você consegue emitir um bilhete-promocional para qualquer canto do Brasil como na Gol por exemplo, com 3.000 milhas.

    Tem é que viajar dobrado na Azul para voar um trecho de graça pelo Tudo Azul do que se fosse Gol ou TAM (20 vezes Azul para 10 vezes Gol/TAM). Lamentável.

    Abraços e boa sorte para nós.

  • Tiago

    Pessoal, preciso da ajuda de vcs, caso alguém já tenha passado por uma situação semelhante: Comprei uma passagem da AZUL, pelo cartão de crédito, porém recebi um email da AZUL falando que a situação de pagamento estava RECUSADA. Devido a necessidade da passagem, fiz novamente a compra, com outro cartão e então a compra foi aprovada, tudo certo. Mesmo assim, mandei um email perguntando se haviam cancelado mesmo a primeira passage. Só recebi a resposta HOJE, depois de QUASE UMA SEMANA, informando que MILAGROSAMENTE, a compra havia sido efetuada, que o VALOR SERÁ DEBITADO NO MEU CARTÃO, resumindo: devido a um ERRO da AZUL, comprei duas passagens iguais. O problema é que ao tentar cancelar a primeira passagem e receber meu dinheiro de volta, a AZUL está SE NEGANDO a fazer isto e inclusive está cobrando uma MULTA de cerca de 120,00R$ para deixar esta passagem em aberto no sistema deles, UM ABSURDO. Gostaria da ajuda de vcs, como devo proceder? Entro na justiça uma vez que tenho o email comprovando que o cartão havia sido RECUSADO? Procon? Como faço?! Obrigado.

    • Entre em contato com a comapanhia e explique a situação, pedindo o cancelamento da compra, não da passagem. Se não der certo, você pode sim ir ao Procon e em seguida ao juizado de pequenas causas

  • Julio

    Boa noite meu caro,

    Ainda existe o voo 5315 de MGF/CGB a noite, o q nao tem mais eh o 5314 deCGB/MGF, devido fechamento do aeroporto de CGB por reformas fechado das 02:00 as !08:00 diariamente! Agora o voo faz escala em Londrina.. Abcs

  • Julio

    Vc esta certa!!! Por enquanto esta confusa a migracao dos sistemas.. O TI das duas empresas estao trabalhando juntas para regularizar o qto antes e voltar tarifas promociinais! Eh uma questao de pouco tempo… Aguardem….