Avaliação da KLM

Leonardo Cassol 7 · maio · 2016
Executiva
AMS - GIG
KL 705
Boing 777-200ER
06/12/15

Embarque

Previsto: 09:50h
Efetivo: 09:50h

Partida

Previsto: 10:40h
Efetivo: 10:40h

Chegada

Previsto: 19:40h
Efetivo: 19:18h

Nos últimos anos, a KLM vem investindo pesado na modernização de sua frota, trazendo para o Brasil aviões Boeing 777 com o interior completamente renovado, além de seu novo Boeing 787 Dreamliner, incluindo novas poltronas-cama e um moderno sistema de entretenimento. Essas novidades já estão presentes nos voos que partem diariamente do Rio de Janeiro, sendo que o Dreamliner opera em datas intercaladas com o Boeing 777 reformado. O Melhores Destinos viajou para conferir a nova World Business Class, que você acompanha nessa avaliação exclusiva!

Sobre a KLM

A Royal Dutch Airlines – KLM – é uma empresa de origem holandesa, fundada em 1919. Ela faz parte do grupo Air France–KLM e é membro da aliança global Skyteam. Seu principal centro de operações é no eficiente aeroporto de Schiphol, em Amsterdam. A KLM possui mais de 200 aeronaves, voando para quase 100 destinos no mundo. No Brasil, atualmente, possui voos diários ligando São Paulo e o Rio de Janeiro à Europa, bem como um acordo comercial com a GOL, que conecta os principais aeroportos brasileiros com os voos da KLM.

Duração da viagem: 12h   Aeronave: Boeing 777-200ER PH-BQG (Galápagos Islands)

Capacidade: 318 passageiros (34 Executiva; 40 Economy Confort e 242 Econômica)

Destaques positivos: novas poltronas-cama, refeições e comissários

O que pode melhorar: ausência de Wi-fi

Check-in

9,0

Informações sobre o voo

A KLM começa a agradar antes mesmo de você embarcar. A empresa oferece praticamente todos os serviços pré-embarque pelo seu site e pelo aplicativo para celular. É possível reservar assentos, fazer o check-in, solicitar atendimento ou refeições especiais, tudo pelo site, também disponível em português.

Um diferencial positivo da empresa é a riqueza das informações oferecidas antes do voo. É possível visualizar detalhes sobre a aeronave, a equipe de comissários, a franquia de bagagens, a temperatura no local de destino e muito mais. Afinal, para quem gosta de viajar, a diversão começa mesmo antes do check-in!

Check-in

O check-in pode ser feito 30 horas antes do voo pelo site, aplicativo ou totens do aeroporto. Optei por fazê-lo pelo site e imprimi o cartão de embarque no hotel. O site é fácil de usar e intuitivo. Confirmei o assento 6A (janela) que eu havia escolhido no momento da reserva.

No aeroporto de Amsterdã, o despacho de bagagem é feito em operação conjunta com a Air France. Mesmo com o cartão de embarque em mãos, me dirigi ao check-in para avaliar o tempo de atendimento. Cerca de 2 horas antes do horário de partida do voo, a fila não era muito grande. Precisei de menos de 15 minutos para ser atendido. Na fila Sky Priority, dedicada a passageiros em classe executiva, SkyTeam Elite e Elite Plus e cartões Flying Blue Platinum, Gold, Silver e Petroleum, o atendimento demorou apenas 2 minutos.

Sala VIP

Passageiros em primeira classe, classe executiva, ou com status Flying Blue Platinum ou Gold e SkyTeam Elite Plus voando Air France, KLM ou em companhias aéreas parceiras podem utilizar o excelente Cronw Lounge, a sala VIP da KLM.

O lounge fica ao lado do hotel Mercure, depois da imigração e da área de segurança. É gigantesco, bem amplo, bonito e moderno. Oferece Wi-Fi com excelente velocidade, banheiros, duchas e toalha de banho, sala de TV, jornais e revistas. Muitos pontos de energia disponíveis! Um diferencial é uma sala especial, bem ampla, para quem desejar dormir. A sala é escura, silenciosa e tem poltronas-cama para quem quiser descansar enquanto espera o voo. Bom demais!

Para comer, dezenas de opções quentes e frias, conforme o horário de utilização. Como utilizamos o longe pela manhã, as opções eram para o café da manhã, como pães doces e salgados, croissant, frios, sanduíches, cereais e bolos. Tinha também ovo cozido e batata. Para beber, tudo o que você puder imaginar, desde refrigerantes, tônica e sucos variados, até chá, leite e café expresso. Tem ainda dezenas de opções de vinhos, espumantes, whisky, vodca, licores, chope Heineken, entre outras opções à disposição dos clientes. Tem ainda um serviço de bar completíssimo.

É um ótimo lugar para esperar pelo voo com conforto e comodidade. Uma experiência muito boa!

Embarque

O embarque iniciou e finalizou no horário previsto, começando por pessoas com mobilidade reduzida ou com crianças de colo. Em seguida, embarcaram tranquilamente as prioridades comerciais e os demais passageiros, conforme os assentos marcados. Os funcionários que realizaram o embarque foram eficientes e corteses. A boa estrutura do Aeroporto de Schiphol ajuda a tornar o processo ainda mais agradável.

Logo ao embarcar, os passageiros da classe executiva são recepcionados com champanhe e água. Após encerrado o embarque, a chefe de cabine conversa com cada passageiro, fazendo uma saudação nominal, passando algumas informações sobre o voo e desejando uma viagem agradável a todos. É impressionante a naturalidade com que eles fazem isso, tornando a interação muito agradável.

Decolagem

Esperamos poucos minutos após o término do embarque para a aeronave decolar de uma das 4 pistas do aeroporto de Schiphol. Durante o taxi foi possível ver dezenas de aeronaves da KLM e de companhias aéreas de várias partes da Europa e do mundo.

Cabine

9,0

Nova configuração:

A rota Amsterdam x Rio de Janeiro é operada por uma das 15 aeronaves Boeing 777-200ER da KLM. Os aviões foram reformados recentemente, tendo, inclusive, todos os assentos da classe executiva substituídos.

As novas poltronas da World Business Class reclinam 180 graus e se transformam em confortáveis camas (flat-bed). No novo layout, a classe executiva do Boeing 772-000ER passou a ter 34 assentos, dispostos em 6 fileiras no formato 2 x 2 x 2 (dois assentos são reservados para os pilotos). Antes da reforma o layout no mesmo avião era 2 x 3 x 2. Como dá pra notas nas fotos, a cabine da classe executiva ficou muito mais espaçosa e confortável.

O layout adotado não oferece acesso ao corredor para quem estiver sentado na janela. Isso acaba desagradando alguns passageiros mais exigentes que viajam sozinhos, já que muitas companhias dispõe do formato 1-2-1, espinha de peixe, com todos os assentos dando acesso ao corredor. A própria KLM adotou o 1-2-1 em seus Boeing 787 Dreamliner. Enfim, foi a opção da KLM para o 777!

Ainda assim, o novo assento é muito bom! Mais largo, cumprido e confortável. E, apesar de ter viajado na janela, não veio nenhum passageiro sentado ao meu lado. Ainda assim, simulei a poltrona ao lado na posição cama, e sinceramente não encontrei muita dificuldade de sair do meu assento, andando por cima da poltrona vizinha.

O apóio para os pés não é muito grande, mas também não afunila como em algumas cabines de executiva do mercado. É difícil sentir falta de espaço nessa poltrona. Há uma divisória em metal, com uns furinhos, que achei um tanto diferente. Ela não oferece muita privacidade, mas ainda assim evita um contato direto com o vizinho.

Notem, nas fotos, o controle de reclinação da poltrona, tomada de energia, porta USB e mesa de refeições, bem como o braço reclinável da poltrona, que ajuda a deixar o assento em posição cama ainda mais confortável.

Particularmente, gostei muito do acabamento em tecido escuro da nova poltrona. É sóbrio e elegante. E tem aparência de novo!

Nos banheiros destinados à classe executiva, produtos Zenology. Tem hidratante, sabonete líquido e loção de limpeza perfumante.

Entretenimento

9,0

As aeronaves reformadas agora oferecem um sistema de entretenimento totalmente novo, com uma tela maior de 17 polegadas e qualidade HD, sensível ao toque. O sistema conta ainda com um moderno controle remoto em formato de tablet, com tela sensível ao toque. Muito bacana!

A navegação está disponível em 12 idiomas, incluindo o português. Este sistema apresenta uma quantidade bem grande de conteúdo, com cerca de 150 filmes e 200 programas de TV, além de músicas, jogos, um mapa interativo 3D, um aplicativo de chat que permite a conversar com outros passageiros e até aulas de inglês, holandês e outros idiomas.

Os filmes estão organizados nas seguintes seções: lançamentos, filmes recentes, coleções, família, filmes europeus e filmes holandeses. As séries seguem outra lógica: esporte, comédia, drama, estilo de vida, pessoas e o planeta, e destinos. As músicas são classificadas por estilo e lançamentos. O mapa interativo é um show a parte, permitindo mudar o ângulo de visão, o zoom e o sistema métrico.

Nem todo o conteúdo de filmes e programas oferecido têm áudio ou legendas em português. Mas com tanto conteúdo disponível, certamente não vão faltar opções de entretenimento durante a viagem!

Outro ponto que merece destaque são as amenidades a bordo. Passageiros da classe executiva contam com travesseiro e edredom grandes e de boa qualidade, além de fone anti-ruído e uma nécessaire! Tudo de muito bom gosto, compatível com o padrão de serviço da companhia.

Infelizmente o Boeing 777-200 que voamos não dispunha de internet Wi-Fi. Eu particularmente sou um grande entusiasta do uso da internet durante o voo e acredito que será cada vez mais comum o serviço de Wi-Fi a bordo. A KLM começou recentemente a implantação desse serviço em sua frota de voos intercontinentais, mas nesse ponto ficou devendo.

Serviço de bordo

10

Ao voar entre a Europa e o Brasil com a KLM, pode ter certeza que você não vai sentir fome em momento algum. São 3 refeições muito bem servidas durante o voo. O cardápio é distribuído pela tripulação antes do avião decolar. Em nosso voo, o menu era assinado pelo Chef holandês Jacob Jan Boerma, do restaurante de Leest, estrelado no rigoroso Guia Michelin.

Em função do horário de decolagem, nosso voo contou com almoço, lanche e uma refeição leve antes do pouso. (Sugestão: não coma antes de viajar com a KLM!)

Almoço

O almoço da classe classe executiva começou cerca de 30 minutos após a decolagem. O serviço começa com os comissários trazendo toalhas quentes para a limpeza das mãos. Em seguida, castanhas, nozes e amêndoas como aperitivo. São oferecidas duas rodadas com vários tipos de bebidas, como vinhos, sucos e refrigerantes, além de tônica, cerveja e chá. Optei por refrigerante, afinal de contas ainda era manhã!

Mas, quem quiser ter uma ideia das bebidas disponíveis no voo, destaco: Champagne francês Nicolas Feuillatte (Brut Réserve); The Holy Snail Sauvignon Blanc 2014 (França); Collovray e Terrier Mâcon-Villages Tradition 2013 (França); Ravenswood old  Vine Zinfandel 2013 (Califórnia); Domaine Bousquet Malbec Reserve 2013 (Argentina); Croft Pink Port (Portugal), Taylor’s 2010 entre outros.

As opções de entrada eram salmão marinado com creme de manjericão e vinagrete de endro (minha opção), ou sopa de abóbora à Colette, receita premiada de uma comissária da KLM. Seja qual for sua escolha, pode ser acompanhada de uma salada mista com vinagrete e sementes de abóbora assadas.

Para o prato principal, foram 3 opções bem variadas: coxa de frango em molho de curry verde, com arroz indiano, vagem, pimentão e cenouras, ou almôndegas de carne e beterraba com molho de vitela e ervas finas, mousseline de batata defumada, couve-flor poché em caldo de parmesão e alho-poró cozido, ou ainda filé de bacalhau com salsa e mostarda, com tortinha de batata, chucrute com uvas-passas e maça (minha escolha).

A comida estava deliciosa. Chegou quente e bem apresentada. Veja os detalhes dos talheres e da louça utilizados pela KLM. Tudo de muito bom gosto e bem preparado. Não me arrependi da escolha do prato. Bom demais!

Para a sobremesa tivemos 4 opções: prato de queijos com St. Bernardus (não faço ideia do que seja) e Moulin tipo roquefort, ou frutas da estação (sem graça!), ou mousse de mandarina yuzu com iogurte de limão e pérolas de framboesa (minha escolha, mas não vi as framboesas, muito menos as pérolas!) ou ainda iogurte gelado com mel e nozes de Frozz. Hummm!

Encerrando o almoço,  serviram café, chá, licor e chocolates da famosa confeitaria holandesa Van Wely. Ufa! (+ 1 quilo na balança, com certeza!)

Lanche

O lanche pode ser solicitado a qualquer momento durante o voo. Também ficam disponíveis snacks na galley o tempo todo. Mas, umas 4 horas depois do almoço, os comissários passam oferecendo lanche. Tem uma boa variedade de sanduíches, wraps de cuscuz de espinafre, e os típicos croquete e bolinho holandês. Tem ainda sorvete australiano. Optei pelos típicos e estava bom demais! Pela foto dá pra notar o cuidado da KLM com as refeições, muito bem preparadas e apresentadas.

 

Refeição leve

Antes que você sita fome de verdade, cerca de 2 horas antes do pouso, é servida uma refeição leve com duas opções de prato, sendo uma quentes e uma fria. No caso, frango à biryani (minha opção) e sanduíche clube vegetariano. Havia ainda uma seleção de queijos e frutas, bem como uma torta holandesa servida quente, com chantilly. Uma perdição! Fui “obrigado” a comer tudo para poder relatar nesse review. Quase uma tortura!

Mais uma vez, a comida estava excelente. Na medida. É como se você estivesse num bom restaurante, só que a 10 mil metros de altitude. Parabéns a KLM! Não tem como não dar uma nota 10!

Comissários e equipe de solo

10

A impressão que tive neste voo foi a mesma da viagem que fiz em classe econômica. Excelente! Os funcionários da KLM foram super atenciosos.

Acredito que um dos ativos mais valiosos de uma companhia aérea são os profissionais que lidam com o público. Nesse aspecto a KLM pode se orgulhar de ter funcionários incríveis! A equipe alia o bom humor holandês, com competência, seriedade e muito profissionalismo. Isso me impressionou demais!

Novamente, a equipe de comissários foi bem sênior. Além dos pilotos, era composta por 10 profissionais, sendo 1 comissário chefe, 1 comissário líder, 3 assistentes de classe executiva e 5 de classe econômica. Pelo menos uma comissária falava português e estava disponível para ajudar os passageiros, caso necessário.

A saudação da chefe de cabine antes da decolagem e a entrega das casinhas no final do voo foram apenas destaques de um serviço primoroso que se manteve correto durante todo o voo.

Programa de fidelidade

8,5

A KLM, juntamente com a Air France utilizam o Flying Blue como programa de fidelidade. O voo entre Amsterdã  e o Rio de Janeiro permite acumular 5.940 milhas por trecho ou 11.880 ida e volta, mais 5.940 de bônus pela tarifa de classe executiva, totalizando 17.820 milhas. A partir de 5 mil milhas já é possível resgatar trechos em períodos promocionais, para voar dentro da Europa.

A empresa faz parte da aliança global Skyteam, onde oferece benefícios e parcerias em conjunto com empresas como Air France, Aerolineas Argentinas, Aeromexico, Air Europa, Alitalia, Delta, Korean, entre outras. Quem tiver status Elite ou Elite Plus em alguma das empresas da Skyteam, pode desfrutar de vários serviços adicionais ao voar KLM, como check-in e embarque prioritários, franquia adicional de bagagem, assentos preferenciais e acesso às salas VIP (apenas Elite Plus).

No Brasil, a KLM mantém acordo de compartilhamento de voos com a GOL e parceria para o acúmulo e resgate de milhas com o Smiles. É possível resgatar passagens do Brasil para Europa para voar com a KLM a partir de 50 mil milhas Smiles o trecho ou a partir de 20 mil para voos dentro da Europa. Confira em detalhes as tarifas e o percentual de acúmulo de voos de parceiros no Smiles em nosso guia exclusivo.

Nota final

9,2

Quem voa na classe executiva da KLM tem uma surpresa agradável no final de cada voo. São distribuídas casinhas típicas, em porcelana azul Delft, contendo genebra holandesa. Elas são numeradas e fazem parte de uma coleção especial, que começou em na década de 1950. Cada miniatura retrata uma típica casa holandesa. Todo ano, no dia 7 de outubro, a KLM comemora seu aniversário de fundação em 1919 com a introdução de uma nova casa.

Com o passar dos anos nossas casas miniaturas Delft Blue tornaram-se um objeto de coleção muito desejado, gerando uma animada troca entre passageiros. Tem até um livro e um aplicativo para celular, que ajuda os passageiros a completar suas coleções.

Pousamos suavemente no aeroporto do Galeão quase 30 minutos antes do previsto. Não havia sequer um passageiro na fila de imigração. Foi um dos desembarques mais rápidos da história! 🙂

Voar com a KLM em sua nova classe executiva foi demais! A cabine ficou excelente e a empresa realmente surpreende com uma cultura única, capaz de cativar seus passageiros com pontualidade, aviões bem equipados, refeições fartas e deliciosas, além de comissários atenciosos e bem humorados. Não é a toa que a KLM acumula nota 8.7 (considerando econômica e executiva conjuntamente) no ranking de companhias aéreas do Melhores Destinos, sendo a primeira companhia aérea europeia mais bem avaliada pelos nossos leitores.

Para quem embarca com a KLM nos voos partindo ou chegando de São Paulo, em alguns meses a nova World Business Class também estará disponível nas aeronaves que operam em Guarulhos. Será um upgrade e tanto no conforto da cabine e na qualidade dos assentos.

Nota: os funcionários da KLM não tiveram conhecimento sobre o review ou sobre a presença de nossa equipe a bordo. Não houve tratamento diferenciado em nenhum momento. O anonimato nos permite retratar a experiência real que um passageiro terá ao voar com a companhia aérea. Além disso, os comentários retratam não apenas como eu fui tratado, mas como os funcionários trataram os demais passageiros.

E você, o que achou? Já voou ou vai voar com a KLM na nova World Business Class? Ficou com alguma dúvida? Teve uma experiência semelhante ou diferente da minha? Comente e participe!

—–

Leonardo Cassol – é editor do Melhores Destinos e especialista em milhas e programas de fidelidade. Possui o status máximo nos quatro programas de fidelidade nacionais: Black Signature Latam Fidelidade (One World Emerald), Smiles Diamante, Amigo Diamante (Star Alliance Gold) e TudoAzul Diamante. Também foi membro Premier 1K (Star Alliance Gold) no MileagePlus United por 6 anos consecutivos e Freccia Alata Plus (Sky Team Elite Plus) na Alitalia. Acumula e utiliza, em média, 1 milhão de milhas a cada ano. 

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos