Guarulhos terá free shop com o dobro do tamanho e mais 10 mil vagas de estacionamento

Denis Carvalho 19 · novembro · 2012

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

O Aeroporto de Internacional de Guarulhos passou a ser administrado na última semana pela nova concessionária, que apresentou projetos interessantes para o maior terminal brasileiro. Entre as promessas da administradora, chamada agora GRU Airport, estão a construção do novo terminal 3, uma estação para trens, metrô e até trem bala e mais 10 mil vagas de estacionamento até 2014  – um quarto delas já no ano que vem. Além disso, as lojas de free shop devem receber investimentos e dobrar de tamanho. Confira as principais medidas anunciadas:

Free shop

A multinacional Dufry renovou o contrato de exploração do free shop de  Guarulhos prometendo investir US$ 40 milhões e dobrar o tamanho das lojas. Segundo o diretor-presidente da Dufry, Julian González, as lojas no aeroporto serão “um marco no setor e uma atração em si”, com a presença de novas marcas globais, como Ermenegildo Zegna e Victoria´s Secret, além de mais opções de bebidas e tabaco.

A previsão é que até meados de 2013 a loja do setor de embarque passe de 385 m² para 1.000 m². Já a do desembarque crescerá de 1.500 m² para 3.000 m². Segundo a concessionária que controla o Aeroporto de Guarulhos, serão feitas ampliações no Terminal de Passageiros 2 para permitir as ampliações.

Estacionamento

Estacionar hoje em Guarulhos é caro e difícil, mas a noca administradora promete aumentar a oferta de vagas   em um prazo de cinco meses, com a inauguração de um edifício-garagem, com mais 2,4 mil vagas. “Até 2014, vamos ter 10 mil vagas nos estacionamentos”, anunciou Antonio Miguel Marques, presidente da empresa. Até o mês passado havia apenas 2.940 vagas no aeroporto e no início de novembro foram abertas mais 500.

Terminal 3

Considerada a principal obra do aeroporto, o Terminal 3 terá 192 mil metros quadrados e capacidade de 12 milhões de passageiros por ano. Com ele, finalmente Guarulhos poderá receber aviões de classe F, como o Airbus A380 e o novo Boeing 747-800. As obras terão investimento de R$ 2,6 bilhões até 2014. No valor já está a adequação da pista 9, que passará de 45 metros para 60 metros de largura para receber aviões de classe F, que ainda não operam no Brasil devido a restrições aeroportuárias.

Para passageiros em conexão, o Terminal 3 terá um hotel cinco estrelas na área de imigração com 50 quartos para quem precisar esperar por voos no dia seguinte. Também até a Copa, um outro hotel cinco estrelas com mais de 200 quartos deverá ser construído próximo ao aeroporto, ligado ao empreendimento por uma passarela.

 

Terminal de trens e metrô

O projeto de ampliação de Cumbica prevê  um terminal ferroviário para abrigar três linhas de trem e uma de metrô. O primeiro a chegar será o da Linha 13-Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), em 2014. Depois, um trem expresso vindo do centro de São Paulo, em 2016. O metrô é prometido para o ano seguinte e o Trem de Alta Velocidade (TAV), o trem-bala, para 2019. Além disso, a concessionária planeja a construção de um monotrilho para a ligação do Terminal 4 com os demais

A estação será construída no começo do ano que vem para o o trem da  CPTM e a intenção da concessionária é ampliá-la para, futuramente, servir como hub ferroviário da região. O terreno fica na Rodovia Hélio Smidt, na frente do Terminal 4.  Como nada vai sair a tempo do mundial de 2014, a GRU Airport negocia com o Comitê Gestor da Copa um plano para melhorar a mobilidade em Guarulhos. A ideia é oferecer serviços de van e ônibus de e para o aeroporto, provavelmente saindo de algum ponto do centro de São Paulo.

Com informações dos jornais Diário de Guarulhos, O Estado de S. PauloG1 e DCI

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe