Rússia, Panamá e outros países decidem fechar fronteiras contra o coronavírus

Thayana Alvarenga
17/03/2020  ·  11:5217 · mar · 2020  ·  11:52

Rússia, Panamá e outros países decidem fechar fronteiras contra o coronavírus

O governo da Rússia anunciou o fechamento das fronteiras terrestres do país para reforçar o combate ao novo coronavírus (COVID-19). Simultaneamente, mais países como Panamá, Filipinas, Guatemala, Honduras, Hungria e Sérvia decidiram bloquear as fronteiras e impor outras restrições ao deslocamento de pessoas para tentar limitar a propagação do vírus.

🇷🇺 Rússia

A Rússia entrou para a lista de países que fecharam suas fronteiras para combater a propagação do coronavírus. O governo de Vladimir Putin informou que a medida já está valendo e fica em vigor até 1 de maio.

As restrições não afetam cidadãos russos, diplomatas ou estrangeiros com cidadania. Também haverá exceções para aqueles que estiverem viajando após a morte de um familiar. O país registrou até o momento 90 casos da doença.

🇵🇦 Panamá

O governo do Panamá decretou a suspensão da entrada no país de estrangeiros e não residentes durante os próximos 14 dias. Os nativos e residentes permanentes podem entrar normalmente em território nacional, porém obedecendo ao isolamento preventivo obrigatório na chegada por duas semanas.

A mudança não vai afetar passageiros que estejam em trânsito pelo aeroporto de Tocumen, na Cidade do Panamá, então as conexões seguem normalmente.

🇵🇭 Filipinas

A Embaixada do Brasil em Manila divulgou um comunicado recomendando a saída imediata de visitantes brasileiros nas Filipinas, em razão do estado de quarentena no país.

Ao contrário da “janela de 72h” anteriormente divulgada, estrangeiros poderão sair do país a qualquer momento.

🇬🇹 Guatemala

O governo da Guatemala anunciou diversas restrições, declarando estado de calamidade pública até dia 5 de abril. Com isso, não está permitida a entrada de passageiros e tripulantes que tenham transitado ou estado na China, França, Alemanha, Irã, Itália, Coreia ou Espanha nos últimos 30 dias. Essa regra não se aplica a cidadãos da Guatemala e residentes.

Ainda assim, os residentes e nativos do país que chegam destes países mencionados devem ficar em quarentena por 7 dias.

🇭🇳 Honduras

O presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, decidiu pelo fechamento das fronteiras e dos comércios por enquanto pelos próximos sete dias. As restrições de fronteiras aéreas, marítimas e terrestres não afetarão o transporte de cargas e o fornecimento de produtos.

🇭🇺 Hungria

Os viajantes estrangeiros não podem mais entrar ou transitar na Hungria. A medida vale apenas para estrangeiros, sendo assim os nativos e residentes podem circular pela cidade “normalmente”, dadas as proporções.

O país já havia declarado estado de emergência nacional devido ao surto do novo coronavírus (COVID-19).

🇷🇸 Sérvia

A Servia está proibindo a entrada de pessoas no país, exceto nativos, residentes e diplomatas. Ainda assim, estes devem se auto-isolar por um período de 14 dias. Quem chegar da Áustria, França, Alemanha, Grécia, Irã, Itália, Romênia, Eslovênia, Espanha ou Suíça ficará isolado por mais tempo: 28 dias.