logo Melhores Destinos

Segundo o IBGE, o preço das passagens aéreas caiu 15% em agosto! Será?

Thayana Alvarenga
06/09/2019 às 19:23

Segundo o IBGE, o preço das passagens aéreas caiu 15% em agosto! Será?

As passagens aéreas tiveram uma redução de 15,66% na tarifa média no mês de agosto, de acordo com dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O item teve o impacto negativo mais intenso na inflação do mês de -0,08 ponto porcentual, ao lado do tomate, com queda de 24,49% e contribuição também de -0,08 ponto porcentual.

Ainda segundo os dados divulgados, as passagens vinham de altas intensas nos dois meses anteriores: 18,9% em junho e 18,6% em julho.

Caiu mesmo?

Apesar do IBGE acompanhar o preço das passagens, eles são diferentes de outros bens e serviços que possuem valores exatos. As tarifas aéreas mudam a todo momento por sua natureza dinâmica. Ou seja, é muito difícil e complexo apontar com precisão uma queda ou aumento de preços.

Julho também é um mês de férias escolares, período de muita demanda, onde os preços costumam ser mais elevados. Além disso, apenas algumas rotas são contempladas na pesquisa, podendo haver movimentos contrários de preços em trechos específicos.

O fato é que durante o mês de agosto tivemos uma promoção de passagens aéreas nacionais promovida pela Latam, o que não víamos há muito tempo, e a redução de tarifas em rotas onde foram lançados novos voos, como em Brasília, Congonhas, Santos Dumont, Salvador e Recife. Mas não dá para afirmar que houve uma queda generalizada de preços nessa magnitude.

E você leitor, sentiu alguma mudança nos preços?

O gerente do Sistema Nacional de Índices de Preços do IBGE, Pedro da Costa, comentou os dados: “É normal ter queda nas passagens aéreas em agosto. Você tem uma base mais alta por conta das férias de julho, então em agosto tem essa queda.”

Acreditamos que o mercado não está em seu melhor momento, principalmente em função da saída da Avianca Brasil, do dólar e dos preços recordes do combustível de aviação, mas a tendência é de uma leve e gradual redução nas tarifas nos próximos meses. Vamos torcer!

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção